História Undertale Depois De Frisk (interativa) - Capítulo 61


Escrita por: ~ e ~JB_Temmie

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Chara, Flowey, Mettaton, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne
Exibições 38
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HoooooY
Cheegaaaaaaaay
Aleluia 100ooor
Alguns problemas familiares, já resolvidos no momento, mas aqui estou!
Espero que gostem!

Capítulo 61 - Capital: Problemas no Corredor


//Didi On//

Finalmente chegamos...estamos na casa de Toriel, a rainha dos monstros...
Assim que entramos, um cheiro de chá e torta invadiu a sala...um cheiro delicioso...

Toriel: Olá meus pequenos...eu sou Toriel, Rainha do subsolo e ex guardiã das ruínas...já esperava por vocês. - disse num tom doce...ela era uma cabra bípede, que usava uma roupa roxa e lilás com um símbolo no meio e uma coroa na cabeça. Ela tinha um olhar autoritário e confiante, mas ainda assim acolhedor...eu confesso que achei estranho encontrar um clima como esse, em uma situação como essa, mas confesso...ajudou muito...

Aly: Ola! Sou Alaska, e esse é Sonic! - pelo olhar de Aly, pude ver que ela gostou de Toriel...

Seguidos dela, todos nós apresentamos...Toriel, logo em seguida, nos acolheu e nos serviu torta e chá...foi uma das melhores tortas que já comi...

O clima até que estava bom aqui...ninguém se atrevia a tocar no assunto "genocida". Apesar disso, pude perceber que também não havíamos abaixado a guarda...

Um silêncio se instalou...mas não um silêncio constrangedor...mas sim um silêncio calmo...de segurança...

Olhei para Aly, e ela parecia prestar atenção em algo...

Aly: *suspiro*...devemos continuar - disse quebrando o silêncio....

Toriel: parece cansada, minha pequena...por que não descansa um pouco, enquanto mostro algo pro grupo? Não vamos continuar sem você, não se preocupe...

Aly assentiu com a cabeça, e Toriel lhe ofereceu um quarto pra descansar...por mais que todos estejamos meio cansados, essa parada pra nós foi o suficiente...mas para Aly, que é uma criança...creio que ela precise de um descanso maior...principalmente depois do que houve no resort...

Logo depois que fechou a porta, Toriel se virou para falar conosco

Toriel: Eu realmente quero lhes mostrar algo...

Toriel nos guiou para fora de sua casa, e mandou que os guardas cuidassem da entrada...

A seguimos por uma rua próxima ao palácio, e andando um pouco, pudemos ver mais a frente, uma "cerca" que começava a rodear a área do palácio, e ia numa direção que passaria em volta da casa de Toriel...a "cerca" era feita dos mesmos espinhos que Gabriel usou contra nós em Hotlands...

Toriel: Antes...essa cerca estava mais longe...mas agora...está chegando próximo de rodear todo o palácio e suas entradas...ele planejou isso...não sei se ele sabe que estão aqui...mas que vocês chegariam, ele sabia...

Elena: Vamos voltar para sua casa...vamos continuar...

Maia: concordo...

Crock: Vamos...

E então fizemos o caminho de volta..

Mandy: Aly deveria ficar...- disse repentinamente

Geno: oi?

Mandy: Aly deveria ficar...quanto mais pertos da barreira estivermos, mais perto Gabriel estará...ele quer nos ver chegar ao objetivo, e nos ver falhar...se formos, e deixarmos Aly com Didi e Toriel, Gabriel vira até nós, e além disso poderemos poupar Aly de ver uma batalha de risco...

Elena:....também acho uma boa ideia...

Crock: pode ser...Toriel é forte o suficiente para proteger vocês, e tem uma ótima cura também...caso algo de errado...- disse olhando para mim

Didi: acha mesmo bom nos deixar pra trás?!

Crock: sei que posso estar bancando o cara mal em dizer isso mas...sim...- disse respondendo minha pergunta

Mercy: talvez seja o melhor...Flowey pode ficar também...

Geno: É... Acho que...pra crianças como Aly, o que ela viu no resort...já foi um trauma gigante...

Toriel: Alphys tentou me contar o que houve...ênfase no tentou...só pela situação de Alphys, imagino como estava o lugar...

Elena: Você nem faz ideia...

Toriel: vocês o viram? - perguntou preocupada

Elena assentiu

Mandy: a destruição foi total...e Aly o viu...vai ser bom pra ela ficar aqui...

Eu não comentei mais nada...

Chegando a casa de Toriel, ela explicou como chegar a barreira, e disse que provavelmente encontrariam com algum monstro ou alguém da Guarda...

Depois disso, eu e Toriel fomos para o quarto onde estavam Aly, Sonic e Flowey... Aly estava dormindo

O resto do grupo saiu...depois disso, uns 15 minutos depois, Aly acordou assustada

Toriel: que houve minha criança? Teve um pesadelo?

Aly negou...

Aly: Não foi pesadelo...foi aviso...

Flowey: Aviso?

Aly: Flowey...onde fica uma sala cheia de janelas...de chão e paredes em dourado?

Flowey: A sala do Julgamento? Ora! É pra onde seus amigos foram! 

Ao ouvir aquilo, Aly saltou da cama, e correu em direção a saída da casa

Didi: Aly! - a alcancei, e segurei seu braço - Que houve? Me explica...!

Aly: Tem uma alma...rachada lá...mas não como a de Paps...tá rachada por algo sentimental...essa alma está pronta pra atacar qualquer humano que pisar na sala...e eu sei como para-lo...

Didi: ....vamo nessa! - a encoragei 

Toriel: Eu também vou pequenos...

Saímos os três correndo pelo mesmo caminho que mais cedo passaram os outros...por um momento, pude ver uma outra saída, provavelmente uma saída do palácio para esse corredor...

Depois de um tempo, vimos ao fundo de um corredor, um dos nossos amigos entrando numa porta...o que significa que, ou eles andaram muito devagar, ou nós corremos muito rápido...provavelmente os dois juntos...

Logo depois, uma poeira alta saiu da virada, o que significa que eles receberam um ataque que provavelmente destruiu uma parede ou pilastra...

Corremos mais rápido. Pude ver Aly sussurrando algo para si mesma, algo como..."vou precisar da sua ajuda"...

Ao chegarmos na sala, vimos nossos amigos atravessados por ossos azuis, todos eles estavam parados como estátuas... Uma nova onda de ossos viram na nossa direção, e ao fundo da sala, pude ver um Sans vazio, como que...não estivesse percebendo, que era a gente em quem ele atacava...

Tudo tava acontecendo muito rápido...

A onda de ossos que vinham na nossa direção foram quebrados por uma barreira de fogo de Toriel.

Assim que o fogo abaixou, rapidamente Aly atravessou, e ficou em modo de proteção a frente de nossos amigos.

Antes de Sans lançar outro ataque, incrivelmente... algo chamou sua atenção...parecia que era algo a frente de Aly...talvez eu esteja pensando bananas...mas pode ser algo que só ele vê...não é mesmo..?

Aly: Tá tudo bem Sans...eu estou aqui...- e então, os ossos que prendiam nossos amigos sumiram...

Sans: O...que..?

Aly: Tudo bem...sou eu...- Aly falava, e se aproximava...mas...parecia que nem era Aly quem falava...

Foi aí que eu lembrei...

Aly estava com a alma de Papyrus...

Continua...


Notas Finais


Wou 
Tretas
Magia
E muito mais
Aqui, no Depois de Frisk!

Huehue

Até o próximo!

WALUIIIIGI


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...