História Undertale do Humor (HUMORTALE) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Doggo, Flowey, Frisk, Gerson, Greater Dog, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Tags Alternativo, Comedia, Engraçado, Fireboltvioleta, Humor, Paródias, Serie, Subterrâneo, Undertale, Universo, Zoeira
Exibições 187
Palavras 1.088
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Self Inserction, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Dois Noivos e Uma Vela Jogando Sister Location


Fanfic / Fanfiction Undertale do Humor (HUMORTALE) - Capítulo 17 - Dois Noivos e Uma Vela Jogando Sister Location

 

SANS: FALAÍ, CAMBADA (entra na sala de informática do castelo, vendo Bia e Asriel juntos em um dos computadores) ué. Cadê todo mundo?

ASRIEL: (vira a cabeça igual à menina do Exorcista pra ver Sans) ah, oi, Sans. O pessoal está fazendo os arranjos do casamento. As almas estão ajudando nos enfeites… tirando a Zoeira, que ainda quer que coloquemos lhamas na entrada da capela. Ta quase tudo pronto (sorri pra Bia) Mettaton vai ser o padre, Smyle será a daminha de honra, e Undyne se encarregou de arrumar a Bia. Tem mais coisa, mas não lembro de mais nada (risadinha)

SANS: ooook (murmura, confuso) e vocês?

AUTORA: (joga cabeça pra trás da cadeira) estamos na nossa despedida de solteiro. Vamos fazer gameplay de Sister Location com a Chara.

CHARA: (aparece do nada atrás do monitor) oi.

SANS: pera (guincha) Asriel podia ir num clube de striptease, você podia encher a cara… e vão fazer a despedida de solteiro na sala de informática??

TODO MUNDO: é.

SANS: tão tá, né (Sans dá de ombros, surpreso, dando meia volta e saindo da sala)

CHARA: (agoniada) AHHHH, VAMOS ACABAR COM ESSA MERDA LOGO.
 

UMA MÚSICA TEMA DE “SPEAR OF JUSTICE” E UM BERRO DE CHARA DEPOIS…

 

ASRIEL: falaí, galera! Aqui quem fala é o Deus da Hipermorte, em sua última gameplay como solteiro, graças a Deus (Bia ri, e Chara revira os olhos) e hoje vamos jogar Five Nights At Freddy's: Sister Location (faz gesto dramático com as mãos)

AUTORA: YAY!

CHARA: (fingindo animação) eeeee….

ASRIEL: bem, sem mais delongas… partiu, minha gente!

 

JÁ NA GAMEPLAY…

 

CHARA: noite um! Turururu….

ASRIEL: (abraçando Bia, que está com o teclado) não se tenha medo (rindo) eu estou aqui.

AUTORA: não se tenha medo (histérica, enquanto entra pelos dutos de ventilação) eu tô com MUITO MEDO, CARAI (não entende nada que o cara diz em inglês e resmunga) É TUA MÃE, AQUELA CABRITA!

CHARA E ASRIEL: (entreolhando-se na facecam e rindo)

ASRIEL: ok, belezinha, Dá um choque na Funtime Foxy. Apunhala a raposa. Apunhala a raposa. Na brisa, na nóia, vei (dá um pulo na cadeira com o som do choque) tá poha. Tadinha da Foxy. Que sadismo do tio do alto-falante, meu.

AUTORA: mano, por que estou me arrastando pelos dutos? Virei Springtrap agora? (recordações nada legais passam pelos olhos de Bia) ei, Baby. Onde você tá, sua comedora de empadinha? Num tá. A vadia das trancinhas não tá na merda do palco. Que? (confusa quando a noite termina) mas já?

CHARA: eeee (agora genuinamente feliz) vamos pra casa… tafoque. A gente foi mesmo pra casa (aponta pra tela, onde aparece um cara comendo pipoca) TA PASSANDO CREPÚSCULO NA TV! Eita, Vlad embucha a guria e não assume o filho. Viado. Manda pro Programa do Ratinho!

AUTORA: (revirando os olhos, enquanto a noite dois começa) noite dois (começa uma dancinha) tamo ferrado. Tamo ferrado.

ASRIEL: aaaaaaaaaai, minha mão ta dormente (funga, ficando quieto por um tempo) ai, eu não gosto da Ballora. Ou é pro que me lembra a chatonilda da Integridade?

AUTORA: (olha para Chara, chocada) caraleo. Elas são iguaizinhas (abre uma aba na internet e compara Integridade e Ballora) sas pohas são gêmeas, gente!

CHARA: TÁ, AGORA VOLTA LÁ. Se eu levar um jumpscare, vou dar tanto grito no teu ouvido, Bia… esses bichos querem estuprar nóis. E AQUELA POHA ALI? (aponta pra mascara de Ennard no teto) parece a cria de uma suruba entre o Pinóquio, e um mímico francês!

ASRIEL E AUTORA: (risos)

ASRIEL: afe, tem que coletar estrelinhas pra jogar aquele minigame da Baby satãnica? Que coisa gay.

CHARA: ah, é. Até por que soltar raios coloridos é uma coisa muito viril e máscula, né, Azzy?

ASRIEL: (levanta um dedo no meio na facecam, enquanto Bia segura o riso, tentando manter alguma) vá tomar nos seus anus, Chara.

AUTORA: (ainda rindo) ai, gente. Se concentra. A gente vai morrer nessa bosta (choraminga quando a voz manda ela pra galeria da Ballora) num quero ir (entra no duto e começa a engatinhar pela galeria) Ballora, num me mata. Deixa a gordinha rastejar em paz, vai.

CHARA: (cheia das maldades) sendo você, não seria mais fácil sair rolando? AI! (olha feio pra Asriel, que provavelmente pisou em seu pé, dada a cara de bacuri cozido da menina) SE LASCAR, ASRIEL!

AUTORA: (começando a cantar outra música de nervoso) “Vai me enterrar na areia? Não, não, vou atolar….”

OS TRÊS: “TO FICANDO ATOLADINHA, TO FICANDO ATOLADINHA, TO FICANDO ATOLADINHAAA….”

CHARA: (rindo, enquanto Bia continua rastejando no jogo) minha nossa senhora da piranha. De onde vocês desenterraram essa?

ASRIEL: sei não… falando em piranha, não vi a Undyne e Alphys o dia todo (suspiro) onde será que elas estão?

CHARA: devem estar se servindo de tainha e vinho por aí.

AUTORA: mas tainha é um peixe. Undyne é um peixe.

CHARA: (sorriso safado) exatamente.

ASRIEL: afe, Chara…

AUTORA: vamos lá, falta pouquinho agora… (música suave de balé se aproxima) só mais dois centímetros…

Do nada, Ballora dá seu jumpscare, abrindo seu rosto medonhamente, gritando feito o diabo, fazendo os três caírem rolando das cadeiras, e com que Chara chute a CPU do computador, desligando tudo.

 

FORA DA GAMEPLAY…

 

AUTORA: (ainda falando a língua do susto, caída no chão com Asriel e Chara) ahhh… meu Deus….

CHARA: mano, nunca mais… jogo… essa… macumba…

ASRIEL: (rindo, se levantando e ajudando a irmã e a noiva a se erguerem) cara… que loucura (dá um sorriso tão carinhoso pra Bia que ela só falta morrer de fofura) essa foi a melhor despedida de solteiro do mundo! (gargalha, segurando a mão dela)

AUTORA: (abraça Asriel) sendo com você, senpai, poderia ter sido uma partida de UNO. Teria sido perfeito de qualquer jeito….

CHARA: uh… eca (passa na frente dos dois) me deem licença os dois. Vou botar os biscoitos da Muffet pra fora ali no jardim e já volto (some porta afora)

ASRIEL: (revirando os olhos exageradamente) é. Essa é minha irmã. Bipolar, psicótica…

AUTORA: (dá beijinho no focinho do noivo) mas no fundo ela é legal, Asriel. Deixe de ser o irmão coruja, seu bobo.

ASRIEL: (risadinha) tem razão. Chara sabe se virar (cutuca nariz da Bia) e agora a senhorita vai ter que se virar comigo amanhã, Sra. Dreemurr. Prepare-se pra eu te perturbar por um longo tempo, tampinha.

Bia balança a cabeça, gargalhando, e sai da sala de informática, abraçadinha em Asriel, sorrindo contente – não sem antes se virar para a tela e fazer um gesto qualquer, fazendo tudo desaparecer numa fumaça colorida.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...