História Undertale versão anime - Capítulo 30


Escrita por: ~ e ~Flowey_A_Flor

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Alphis X Undyne, Bate Papo, Briga, Ciúminho, Papyrous X Mettato, Romance, Sans X Frisk
Visualizações 100
Palavras 2.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Hentai, Josei, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Super Power, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)


EU AINDA VO COLOCA A IMAGEM DO ASGOR GOXTOSÃO, FUI EU QUE DESENHEI ENTON NAUM ME JULGUEM!!!!!!!!

Capítulo 30 - Cap. 31 - Flowey. Frisk-Sans E UM POUCO DE UNDYNE


Fanfic / Fanfiction Undertale versão anime - Capítulo 30 - Cap. 31 - Flowey. Frisk-Sans E UM POUCO DE UNDYNE

 


( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)

Yoooooo!! Bem, desculpa a demora, mais eu dou uma explicação bem rápida depois, agora não to a fim de explica. Acho que eu vou dar um pequeno resumo - nas notas do autor- no próximo capítulo. Esse capítulo vai ser um dia onde a Flowey tá um pouco na escola e tá em casa também... E NOSSAAAAAAAAAAAAAAAAA 6 ME DEIXARAM NA BOIXTA; ----; num teve nem 1 comentário falando pelo menos que o capítulo tava boixta ;-; ESPERO QUE NESSE TENHA NÉH (dai 6 vão lá e não comentam nada ¬¬’ ) bom, então... Pelo menos comentem se vocês querem que eu continue a fic...

BAAAAAAAAAY~~~~~~~~ 

--------------------------------------------------------------------------------------------

Quando todo aquele mimimi de preocupação acabou, todos os meus amigos e colegas se despediram e foram cada um para sua casa. Eu fui para o meu quarto e me deitei na cama, olhando pro teto, cheio de estrelinhas verdes e brilhantes.

- Hmmmm... Que dia legal – Me viro – Será que eu vou poder fazer isso de novo..? – Fecho os olhos e caio no sono.

Acordo no dia seguinte, as 6:30, com o despertador tocando, me causando uma forte dor de cabeça, me levantei e desliguei o mesmo. Fui para o banheiro e fiz o que todo mundo faz quando acorda.

Quando acabo de me trocar, e tomar café, vou para a escola, com meu celular e meu fone de ouvido. Chego na escola, mais uma vez, e todos me cumprimentam, e eu vou para a minha carteira. A aula começa e eu ake, ouvindo música e desenhando, nem prestando atenção na aula. (Como sempre :P)

- FLOWEY POR QUE TU NÃO TA PRESTANO ATENÇÃO NA AULA MININA?!? – A professora fala, ou melhor, berra.

- Pro, é que eu não to me sentindo bem... – Falo, coçando um pouco a cabeça, olhando pro lado.

- Ah, ENTÃO ÉH ISSO?! VAI PRA INFERMARIA MININA! –Ela berra mais uma vez.

- Ok... – Eu me levando, pego as coisas que estavam em cima da mesa, (As coisas que estavam em cima da mesa não são todas as coisas dela ok) e saio da sala, me sento no corredor. _Nem fudendo que eu vo pra enfermaria_ (Quando eu coloco esse _ é por que ela falou na mente, e não falou de verdade.) _Nem to me sentindo mal._ - Me levanto e vou cabular aula. (Loading... – Sem imaginação -) quando me esbarro em alguém. (como sempre...)

- É-a... Desculpa, estava indo á enfermaria –Eu digo com a voz mais inocente que eu possa fazer –

- Oh... Não foi nada, não precisa se desculpar. - Ele passa a mão na minha cabeça. Me assusto ao ver quem era.. O mesmo sai andando logo após o ocorrido. Fico para ali mesmo, e quando a presença do mesmo desaparece que eu começo a andar.

-... Asgor... – Ando em direção á fora da escola, mas me lembro de que deixei meus materiais dentro da sala de aula, e volto na sala, para pegar meus materiais. – Professora, os meus responsáveis vieram me buscar. – Pego a minha mochila.

-Ah, ÓTIMO, tava querendo falar com eles mesmo! – Ela fecha o livro de história que estava lendo para a sala com raiva.

-Eles estão com pressa. – Eu interrompo a professora, e a encaro por um pequeno tempo.

- Oh... Ok então. - A mesma fica intimidada e abre o livro novamente, voltando á leitura como se nada tivesse acontecido.

 

------------------------------------------------------------------------------------------------- - - - -

------------------------------------------------------------------------------------------------- - - - -

 

Um tempão depois eu consigo sair da escola, sem ninguém na minha cola, eu vou para uma loja de roupas.

- Ah... Eu acho que vou gastar todas as minhas mesadas aqui... – Chego em muitos pares de blusas com shorts/calças/saias e compro metade da loja nesta porra (Eu também faria isso se recebesse uma mesada ;-;) – Merda... Acabo meu dinheiro;_; - Digo com muitas sacolas na mão. Logo após vou para casa, comendo sorvete, com os dois reais que sobraram.

Quando já estou em casa percebo que estou sozinha.

-CARALHO, SÉRIO?! PUTA QUE PARIU NUNCA FIQUEI SOZINHA EM CASA Ah, esqueci, que quando eu era flor nem tinha casa direito... FODA-SE! –Entro no meu quarto correndo e pego as coisas para tomar banho. (Roupas/sabonete/shampoo-condicionador/ etc.)

- AAAAAAH... É tão bom tomar banho sem ninguém falando pra você sair logo, só por que qué toma banho... - Falo com apenas a cabeça, fora da água da banheira.

Após sair do banho vou comer alguma coisa, e depois arrumar o meu quarto e minhas roupas. Pra depois assistir Yuri on ice (LEMON ÉH CLARO NÉH AMOR) e Netflix. (Um filme qualquer que eu achar daora)

Passa-se um tempão e acabo caindo no sono, acordando no dia seguinte com o som do despertador. Arrumo-me novamente para a escola e saio de casa, com a minha mochila.

----------------------------------------------------------------------------------------- - - - - -

Saio de casa sem nem comer nada, e acabo percebendo que a casa estava igual á ontem, sem ninguém.

Chego na escola, o Luke e a galera toda vem pra cima de mim perguntando se eu to bem, ou o que aconteceu pra eu da o olhar frio pra professora. Eu respondi todo mundo e fui para a minha sala com o Luke e com mais duas amigas. Já que o resto é de outra sala.

Na primeira e segunda aula a professora não veio, por que teve que levar o filho No oculista. E enquanto isso eu e o restante da sala, brincamos de verdade ou desafio. Eu acabei beijando a Bia e o Luke, o chão também... É... Foi bem triste. MAIS VAI TE VOLTA! A Isa não foi pra escola deis de o dia que nóis brigamo... Ainda bem, se não eu metia a mão naquela mimada filha da puta, tapada do caralho.

Chego a hora do recreio, eu como a comida da escola, e compro alguns docinhos pra mim e pro Luke, com o dinheiro da Bia _Claro que eu do pra ela também. Aliás, o dinheiro é dela. _.

O Luke fica todo agarradinho em mim na hora do recreio, eu acho isso fofinho, apesar dele ser zueiro a maior parte do tempo. O recreio acaba todos vão para as suas salas, temos aula de Ciências e história. As matérias que eu mais gosto.

Na aula de ciências eu fiquei brisando, quando eu vi Asgor cuidando de umas crianças que estavam no parquinho. Ele ficou mó gostosão com a aparência de humano... Eu acho que ele nem se lembra de mim, eu mudei bastante, de flor pra humana...

OK,OK!! VAMOS DAR UMA PAUSA NÉH?! APOSTO QUE VOCÊS NEM SE PERGUNTARAM O POR QUE O SANS E A FRISK NUM TAVAM EM CASA! Hehehehehe,AGORA EU VOU CONTAR O POR QUE!!!

 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - ---------

-Frisk on-

Eu acordei com o Sans me sacudindo como um saco de batata.

-QUIÉ PORRA – Eu grito e ele me olha com a cara mais feliz do mundo.

- EU CONSEGUI INGRESSOS PRA PODE VÊ A UNDYNE NAQUELES PROGRAMAS QUE MEDEM A SUA FORÇA E VE SE VOCÊ CONSEGUE QUEBRA UMONTE DE COISAS!! - Ele fala me sacudindo ainda mais.

- MINTIRA, OUVI DIZE QUE ELA FICOU MÓU MAROMBA! –Eu me sentei, com as mãos nos ombros do Sans.

- E ELA TÁ MAROMBA MESMO, ESSA QUE É A GRAÇA PORRA- Ele fala indo pra porta me levando junto.

- CALMA SANS EU TENHO QUE ESCOVA OS DENTE – Eu falo isso e saio de perto do Sans, indo pro banheiro, escovar os dentes na velocidade da luz, me trocar e pentear o cabelo.

- Carai, foi rápida ein, comparando com as outras vezes eu te esperei. – Ele fala se levantando da minha cama e indo para o carro. Eu fui junto éh claro.

----------------------------------------------------------------------------------- - - - - - - -

Agente chegou ao lugar, e pelo incrível que pareça, TÁ LOTADO PRA CARALHO E-S-T-A- -P-O-R-R-A- Nem dá pra acredita que tem TANTA GENTE ASSIM QUE GOSTAM DE VE PESSOAS QUEBRANDO A MESA COM A CABEÇA (hueheuheuheuheuheuhueh eu sou uma dessas pessoas)

Grassas aos ingressos VIIIIP agente (Eu e o Sans) consegui ficar numa das primeiras fileiras, perto do palco.

Antes da Undyne, vieram umas mulheres móu gordas, caindo em cima de umas mesas de madeira e quebrando elas, sem ter nem um arranhão na barriga.

Quando a Undyne chegou, tudo se apagou e apenas luzes vermelhar ficaram posicionadas só na Undyne. O público começou a fica doido, á grita igual doido.

- VOCÊS QUEREM VER SANGUE?! – Undyne grita com os braços para o alto, a plateia responde, com gritos e berros (SEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEIIIIIIIIM - Sim-) Então um homem que tava lá no fundo taca uma cadeira, e a mesma quebrou a cadeira com a cabeça, e gritou logo em seguida, depois vieram muitos pedaços de madeira de tudo quanto é canto, e Undyne foi quebrando todos com chutes e socos, a cada soco que ela dava, dava pra ver os músculos, ver que ela é mais forte que o JOHN CENAAAA TAN TÂRÂRââ^^aââââãÃÃÃÂÃÂÂÂÂ^^Aâããããããañ (é a música do JOHN CENAAAAA)

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tava tudo normal, até de repente...

 

 

CONTINUAAAAA...

 

Brinks -_-

Tava tudo normal até de repente, a Undyne pular na plateia e todo mundo começa a agarra ela, tipo SAAAAAAAAAAAAAAI ELA É MINHAAAAAAAAA!!! É, isso ai. E foi nessa hora que a Undyne e o narrador falaram que ela tava dando autógrafos. Ou seja, que o show acabou.

Quando acabou, eu e o Sans pensamos em voltar pra casa, APENAS PENSAMOS MESMO HEUHEUEHUEH, mais como era muito longe resolvemos ficar num Hotel mesmo.

- Sans, eu tô com tédio... – Falo entediada.

- E eu com isso? – Ele pergunta olhando pra TV e comendo salsicha.

- NOUSSA, VAI TOMA NO SEU CU TAMBÉM FILHU DA PUTA! Afe, grosseiro do caralho... – Entro pra de baixo da coberta e durmo, entediada.

EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!!! E FOI ISSO QUE ACONTECEU! ELIS VÃO VOLTA PRA CASA, MAIS COMO A FLOWEY ESTUDA DE MANHÃ, ELA NÃO TEVE A PRESENÇA DELES NA CASA AA A A A AA EEE EE E E E E EEEE!!!

Ou seja: Eles não estavam em casa, por que foram assistir a Undyne soca umonte de pedaços de madeira e cadeiras. E não voltaram pra casa por que tavam em um hotel, pois tava muito tarde pra irem de carro até em casa, já que é bem longe. DAI C ME FALA ‘’ Ah, autora, mais o Sans de teleporta!’’

Como eu disse: TA LONGE DE CASA

 

FIM! (desse capítulo, quer dizer... VOCE DECIDE SE CONTINUA OU NAUM ;-;)


Notas Finais


( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)
( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...