História Undertale:Uma história diferente - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Gerson, Grillby, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Underswap, Undertale, Universo Alternativo
Exibições 27
Palavras 953
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heey =3 Mais um Capítulo, Espero que gostem. Boa leitura

Capítulo 2 - Aprendendo com o Papyrus


Fanfic / Fanfiction Undertale:Uma história diferente - Capítulo 2 - Aprendendo com o Papyrus

P.o.v Sans

Acordei e chara estava com o rosto a dois centímetros de distância do meu rosto, Corei com a situação e levantei fui ao banheiro fiz minha Higiene pessoal e tomei um banho Saí do Banheiro e chara continuava dormindo peguei uma cueca box preta e um calça preta uma bota Azul Cano longo que cobre metade da calça uma camisa cinza e meu... Cachecol que só tiro pra tomar banho... Ele é muito especial pra mim e eu vesti uma luva azul passei a mão no cabelo e fui pra cozinha lá estava Toriel e asgore —Asgore ele é apenas uma criança! —Ele é um Humano! E ele contém muito mais do que determinação! É uma ameaça para todos os monstros! —Heh... - Eu ri um pouco alto mas o suficiente pra eles ouvirem —Ameaça? Até onde eu sei... Foram os monstros que começaram a guerra...  —Não se intrometa Garo...  —Cale-se! Você não é digno de me dirigir a palavra! Ainda mais com sua arrogância! —Ora seu...  —VOCÊS MATARAM MEUS PAIS! - Meu olho flamejou verde mas eu ja controlava melhor eles a aura só aparecia quando tinha extrema raiva —A minha família... Vocês... A sua espécie matou minha família... Parece que vocês sao dignos do Nome “Monstros” - Asgore lançou seu tridente em minha direção —Patético - Eu disse e então fiz um “Pare”  com a mão esquerda e assim fez o tridente eu levantei a mão direita e asgore foi rodeado por ossos, De onde vieram... Não sei... —Não faça isso Sans! - Disse chara e eu não liguei —Por favor minha criança! - Suspirei pesadamente e fiz os ossos desaparecerem —E meu tridente pirralho? - Fechei a mão esquerda e o tridente virou pó —Tá aí - E ia pro meu quarto —EI! SANS! NÃO QUER COMPRAR UMAS ROUPAS COM O GRANDE PAPYRUS?! —Claro —WOWIE! VAMOS HUMANO! - Segui papyrus até um grande shopping onde havia monstros em todo lugar —HEY HUMANO! ESCONDA SEU ROSTO... OS MONSTROS NÃO ESTÃO MUITO ACOSTUMADOS COM HUMANOS - Tapei metade de me rosto com o cachecol e fomis até uma loja que vendia umas roupas iguais a minha e de papyrus —VENHA SANS! ROUPAS ÓTIMAS! AQUI VOCÊ IRÁ PRECISAR DE UMA ARMADURA, FIQUE COM ISSO! - Ele me deu uma proteção de ombros feito de ferro mas não era pesado cabia perfeitamente nos meus ombros e então escolhemos várias roupas —SANS, APRENDA A FALAR COMO EU! —Eu, o magnífico sans falo muito melhor que o Papyrus —WOWIE! VOCÊ APRENDEU RÁPIDO! - Sorri para ele *11 anos depois* —Sans Acorda! Você vai atrasar agente! —Me deixa dormir! - Virei pro lado ela se aproximou de mim e beijou minha bochecha Acordei na hora —Agora acorda né? - Aff, Chara sempre me provocando,levantei e fui pro banheiro fiz minha Higiene pessoal Tomei um banho rápido e me troquei na frente de chara mesmo, estamos acostumados em ver o outro —Cada dia mais gostoso hein Sans - Ela passou a mão pelo meu peitoral —São seus olhos - Brinquei e coloquei uma bermuda preta e uma camisa branca e um sapatênis preto também —Mesmo vocês vestindo roupas diferentes, vai continuar sendo meu Blueberry fofo —E você minha linda tímida *Flashback*

Eu estava no quintal pensando um pouco quando chara sentou do me  lado —Oi sans —Oi chara —Pensando? —É - Eu estava com uma camisa azul uma bermuda azul e com a armadura que papyrus me deu e na época eu era bem baixinho —Posso te dizer uma coisa Sans? —Claro —Eu...Eu... —Eu...? - Falei incentivando a mesma —Gosto muito de você! - Disse ela como se estivesse tirando um peso das costas —Também gosto de você Maninha —Não...Sans eu...Te amo —Eu também te amo, Você é como uma irmã pra mim [Autor:ISOLAAAAAADOOOOOOOS ISOLAAAAH AAAH DOOOS UUUUUUUUH] —Aff Sans! - Ela se aproximou de mim e me beijou era minha primeira vez eu não sabia oque fazer apenas fiquei parado —Sans, Te amo como homem —Chara... Eu também te amo como mulher... —Então... Primeira vez? —Sim...  —Não esquenta, eu vou te ensinar - Falou ela mordendo o lábio inferior *Fim do flashback*

E foi assim que perdi meu BV, e depois fomos trocando carícias e beijos pelo corpo todo até brincamos um pouco, Se é que me entende (Aquela carinha) mas não chegamos a tirar a virgindade um do outro —Quer faltar hoje? - Falou chara mordendo o lábio inferior me olhando com desejo —Se for com você - Começamos um beijo cheio de desejo até que asriel bateu na porta —Vamos! —Depois agente continua - Eu falo então fomos pra escola entrando na escola fui paparicado por um monte de Monstras —Calma Calma, Sou só um heh —Dorme comigo Sans! —Desculpa ele tem dona - Disse chara e então ela me beijou —Vamos pra sala Blueberry —Blueberry kkkkk que nome kkk - um garoto disse —Você é ridículo Sans - Disse outro garoto do grupo dele —Continue no meu caminho, e será reduzido a pó - Falei com uma voz grossa e séria —Conta outra - O tempo parou e apenas nós três estávamos nos mechendo e tudo está preto e branco —Oque é isso cara?! - Meu olho ficou verde para levita los e então joguei eles no teto e depois no chão e repeti mais duas vezes —Para por...Favor...Ta doendo...  —Desculpa cara! —Não se atreva a me irritar de novo - Tudo voltou ao normal e eles saíram correndo —De novo Sans? —Disse chara —Eles se meteram no meu cami...  —Sei sei...“Se meteram no meu caminho e mais um pouco eu os reduzia a pó” sei que você não é mal —Tem razão... - Não foi nada demais hoje apenas normal e fomos pra casa 


Notas Finais


Comentem e favoritem! Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...