História UnderZueira - Capítulo 43


Escrita por: ~, ~losty e ~RSans

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Doggo, Flowey, Frisk, Gerson, Greater Dog, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Tags Zueira
Exibições 10
Palavras 570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Festa, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


SÓ PQ O LOSTY ESCREVEU CAP EU VOU ESCREVER TAMBEM PRA REVIVER ESSA BAGAÇA

Capítulo 43 - Passado sombrio


P.O.V RSans


Eu tava por aí.... Não pera.... Eu tava dormindo bem de boas, quando di nada, o meu sonho fica completamente preto e eu começo a ouvir umas vozes estranhas...

-Você acha que é um humano comum?

-Sim tiu, por que?

-Saiba que você não é normal. Lembre-se disso.

Acordei, olho para o lado, Frisk está dormindo, levanto calmamente para não acordar ela, vou para a sala, Asriel está sozinho.

-Feliz aneversario Asriel! Onde ta o Losty?

-Ele foi dar uma volta.

-Ok, se ele foi sozinho provavelmente ele vai demorar alguns dias para voltar, talvez ele tenha ido se drogar ou alguma coisa assim, toma cuidado, vou fazer meu café.

Vou até a cozinha, na hora que pego a faca, ela começa a ficar preta e escorrer um liquido MUITO escuro, começo a ouvir vozes na minha cabeça.

-Você sabe o que foi.... Você nunca se livrará disso.

Caio na mesa de cabeça, meus olhos ficam negros.

-Eu lembro...

Começo a ter lembranças de meu passado, o pior passado possível, como Chara, eu não caí no mundo dos monstros por acaso, eu iria me matar... Começo a lembrar que não sou um humano, sou na verdade um meio-demônio, um dia eu havia me cansado de torturar a humanidade, ofereci meu coração ao lucifer para me tornar alguem bom, eu finalmente havia virado um meio-humano, mas os humanos não me queriam, sabiam o que eu havia feito, então, fui ao monte ebott cometer suicídio, a ultima coisa que eu esperava era caír em um lugar cheio de monstros, acabei sendo acolhido por Sans, o Papyrus ainda queria me capturar, mas o Sans não deixava, ele via que eu aprendia rapido de mais os ataques e defesas para ser um humano, e um tempo depois eu conheci o Losty, ele foi o melhor "Humano" que ja havia sido meu amigo, um tempo depois, Frisk caiu tambem, então como eu não tinha mais nada para fazer, ficava escondido observando ela, quando ela quebrou a barreira, eu fui até ela e me apresentei.

Paro de lembrar e acordo com Asriel perguntando se estou bem, abro levemente os olhos e escuto a voz de kira:

-Já sei o que vai acordá-lo.

Sinto uma voadora nas minhas costas.

-AI DESGRAÇA, POR QUE?

-Tu não acordava.

-JA TINHA ACORDADO.

-Desculpa então.

-Hmpf, ok.

Vou até o quarto e acordo Frisk com um beijo, ela olha para mim, me puxa para cima dela e começa a me beijar tambem, melhor jeito de se começar uma manhã.

~~~~~quebra de tempo~~~~~

-A gente podia comer alguma coisa hoje, ja que ninguem vai cozinhar.- Diz Losty

-Eu não sinto fome!- Dizemos eu e Kira ao mesmo tempo, olhamos um nos olhos do outro.

-... Ok né? Eu e Frisk vamos sair hoje de tarde, então decidam o que vão fazer.

Eu e Frisk vamos para o quarto e nos arrumamos.

-Vamos no shopping ou no centro?- Pergunto

-Acho que podiamos ir no centro hoje.

-Ok!

Eu dirjo até o centro, estaciono o carro e andamos até a sorveteria, no meio do caminho, um idiota para nós dois.

-E aí lindona?- Ele ta cantando a Frisk, eu ainda mato esse cara.

-Sai fora troxa, ela é minha- Respondo.

-Vai fazer o que? Me cegar com esse verde lima do seu casaco?

Dou um passo a frente e Frisk me segura.

-Me solta, eu vou comer o cu desse arrombado (metáforas, não literalmente)

-O único cu que você pode comer é o meu, deixa esse merda quieto antes que você mate ele.

Fico vermelho

-Ta bom.....

Paramos na sorveteria, eu pago o sorvete e voltamos para casa.


Continua.......................................................................................................................................................................................................................................................

....................................................................................................................................................................................................................................

Ok, ja deu de pontos







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...