História Unexpected - Capítulo 65


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kaya Scodelario, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Sam
Exibições 84
Palavras 3.085
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 65 - 65


Fanfic / Fanfiction Unexpected - Capítulo 65 - 65

-SHAWN MENDES PVO'S-

Olho no relógio e marcava sete da manhã,encaro Sam e ela estava dormindo.

As vezes se mexia e logo voltava a ficar na mesma posição de antes.

Saio da cama sem fazer barulho e sigo até minha mala,pego um short,uma blusa cavada e meias.

As visto e calço o tênis.

Encaro Sam e sorrio.

-Eu te amo. Sussurro.

Sigo para o banheiro e escovo os dentes.

Pego meu celular e plugo o fone.

Pego uma caneta e um pedaço de papel e escrevo um bilhete para Sam.

"Fui na academia do hotel....Volto as oito."

Deixo o bilhete de baixo do seu celular e saio do quarto sem fazer barulho.

Chamo o elevador que logo aparece.

Aperto o botão da academia e logo estou no andar.

Caminho até a academia e ela estava vazia.

Sigo até uma esteira livre e dou início ao meu treino.

                                 ++++

Chego ao quarto e Sam ainda estava dormindo.

Entro sem fazer barulho e sigo para o banheiro.

Tomo uma ducha fria.

Visto uma cueca e um short e saio do banheiro.

Peço um café no quarto e me sento na mesa.

Abro meu computador e checo meus emails.

Escuto uma batida na porta e logo vou atender,era a funcionária do hotel com meu café.

-Obrigado. Digo dando uma gorjeta a ela.

Pego o carrinho e sigo com ele para dentro do quarto,fecho a porta sem fazer barulho e coloco tudo na mesa.

Encaro Sam e ela estava serena.

Penso em acorda - lá mas desisto da idéia.

Ela precisava descansar.

Encho una xícara com café e encaro Sam novamente.

Pego a outra xícara e coloco primeiro o cappuccino,em seguida o leite e um pouco de canela em pó,mexo e a coloco ao lado do prato.

Sigo até a cama e me sento no colchão.

-Bom dia. Digo acariciando seu rosto.

Ela franze o nariz e leva as mãos aos olhos.

-Bom dia. Disse baixo.

-Desculpa...Não queria te acordar,mas o café chegou. Falo.

-Não tem problemas. Continuou a falar baixo.

Ela se senta na cama e sorri.

-Eu te deixaria dormir até de tarde,mas você precisa comer. Falei.

-Amor...Tudo bem,de verdade. Falou segurando minha mão.

Fecho a mão e a levanto da cama.

A guio até a mesa e puxo a cadeira para ela,assim que ela se senta empurro sua cadeira e me sento a sua frente.

-O que tem de café?  Perguntou.

Ela boceja e fecha os olhos.

-Pão,bolo,frutas,granola,queijos. Respondo.

Ela sorrio ao ver a xícara.

-Está como se fosse a mamãe que tivesse feito! Falou animada.

Sorrio.

-Isso é ótimo de se ouvir...Fico feliz que eu tenha acertado como fazer. Falo rindo.

Ela me acompanha na risada e da um gole na bebida.

-Como você está?  Me perguntou.

-Estou bem....Você melhorou? Respondo.

Ela afirma.

-Me desculpe pelo ocorrido. Falou.

Pego uma panqueca e a coloco no prato,coloco mel e algumas cerejas.

-Tudo bem...Você não tem que se desculpar...Você precisa contar isso para sua médica. Falo e ela afirma.

Ela pega um pedaço de queijo e uma panqueca e enrola ambas e começa a comer.

-Eu vou falar para ela...Isso não era para ter acontecido. Disse sem me encarar.

Seguro sua mão e ela me encarar.

-Se isso acontecer de novo eu vou estar junto de ti...Vou te proteger...Falo.

Ela sorri.

-Eu sou maluca. Falou.

-Mas eu te amo...E isso não vai mudar o que eu sinto por você...O amor faz isso.disse

Ela sorri sem mostrar os dentes.

-Obrigado por me amar do jeito que eu sou. Falou.

Dou um beijo em sua mão e volto a comer.

-Preciso assistir o clipe. Falou.

Rio.

-Sim...Precisa. Falei.

-Eu vou tomar um banho e assisto. Falou.

-Não vai comer mais? Pergunto .

-Não Shawn! Comi duas panquecas,o cappuccino,pão e uma fatia do bolo que a propósito estava uma delícia. Respondeu com a mão na barriga.

Rio.

-Tem que tomar is remédios. Falei.

-Eu sei...Eu já vou tomar. Falou.

Ela se levanta e segue para a mala,escuto o barulho dos comprimidos batendo contra a embalagem e observo ela tomar os remédios.

Ela me encara sorrindo e segue para o banheiro com uma troca de roupa.

Meu celular toca e era Aaliyah.

-Bom dia. Digo assim que atendo.

-Bom dia Shawn!  Como esta? Perguntou.

-Bem e você? A viagem foi boa? Pergunto.

-Bem...Foi sim! Sam está bem? Falou.

-Está...Ela teve um pesadelo de noite,mas agora está bem. Respondo.

-Nossa! Ela está dormindo? Perguntou preocupada.

-Não...Ela foi tomar banho...Não precisa ficar preocupada ela está bem. Falo.

-Diga que mandei um beijo para ela.. Preciso ir. Falou.

-Pode deixar,eu digo a ela...Fique  bem. Falo.

-Você também...Te amo. Falou.

-Eu também. Digo.

Ela finaliza a chamada e sinto dois braços me envolvendo.

-Está cheirosa. Digo.

Sinto um beijo no pescoço o que me faz arrepiar.

-Seu cheiro é tão viciante. Falou rindo.

-Eu sei...Eu sei. Digo.

-Para de ser convencido! Falou rindo.

Me levanto e a puxo para um abraço.

-Minha irmã te mandou um beijo. Falou .

-Depois eu ligo para ela...O que você tem hoje? Perguntou.

-Tenho entrevista. Respondo

-Que horas? Perguntou me encarando.

-As onze...O que você quer fazer? Pergunto.

-Hm...Podemos ir passear no parque? Perguntou.

-Podemos,como você quiser. Falo e ela sorri.

-Saudades daqui. Falou com os olhinhos brilhando.

-Só vou me trocar e aí vamos passear pelo parque. Falo e ela sorri.

Vejo ela indo para a janela do prédio e passo as mãos pelo cabelo.

Essa garota ainda vai me deixar louco.

-Ei,Shawn. Sam me chama.

-Diga. Falou.

Caminho até minha mala e pego minha roupa.

-Você tem falado com o Jack? Perguntou.

-As vezes...Por que? Respondo.

-Ele e madison parecem estar distantes mesmo estando juntos. Respondeu.

Sua atenção ainda estava na janela.

-Depois eu falo com ele okay,se acontecer algo no relacionamento deles não se meta...São coisas da vida e nesse caso é melhor eles terminarem,como você mesma disse eles estão juntos mas tão distantes. Digo.

Ela se vira para mim e arqueia a sobrancelha.

-Eu sei...Mas eu não quero ver nem un dos dois sofrendo. Falou.

Ela caminha até mim.

-Amor...Você não pode evitar  que um relacionamento acabe. Digo e ela afirma.

-Eu sei...Mas...Mas Madison vai sofrer e Jack também. Falou.

Visto a blusa e encaro Sam.

-Eles podem sofrer...Mas não tem como evitar! Se eles não estão mais bem juntos é melhor terminar - Falo vestindo a calça -Vamos pensar em nós!? Por que eu quero ficar muito tempo junto de você.

Ela sorri e me dá um abraço.

-Prefira você sem blusa. Falou me fazendo rir.

-Ah,mas você vai me ter sem blusa várias vezes. Falo sério.

Ela engole em seco e início um beijo.

Suas unhas começam a fazer movimentos de vai e vem em minha nuca e dou um pequeno apertão em sua cintura,ela arfa e para o beijo.

-Hoje não mendes. Falou com os olhos escuros.

-Você quem manda. Falo sorrindo de lado.

Ela ri e afirma.

-Vamos passear logo. Falou animada.

-Já vamos. Falo.

Calço o tênis e saímos.

-Shawn...Muitas pessoas já estão falando que estamos namorando. Sam falou me encarando.

-E estamos...Deixem falar,logo vamos assumir. Digo segurando seu queixo.

-Eu queria falar logo,mas tenho receio. Falou.

-Vamos falar quando nos sentimos que está na hora. Falo.

Ela sorri e afirma.

-A gente pode ir ao Central Park?  Pergunto.

-Vamos aonde você quiser. Falo.

Ela dá alguns pulinhos e o elevador se abre.

Adentramos e o celular de Sam começa a tocar.

-SAMANTHA GRIER PVOS-

Meu celular toca e era madison.

-Hey. Digo assim que atendo.

-Oi. Falou com a voz fanha.

-O que houve? Pergunto.

-Tá tudo errado. Falou.

Retribuo o beijo do shawn.

-O que tá dando errado? Pergunto.

-Jack e eu...Tá tudo confuso. Falou.

-Wow! Calma okay...Vocês têm que conversar! Logo vão se resolver... Digo.

-Eu só queria minha mãe. Ela falou.

-Bom...Só voltar para Nova Iorque. Falei.

-Eu sei...Você está aí não? Perguntou.

-Aham. Respondo.

-Junto com Shawn? Perguntou novamente.

-Aham. Respondi.

Ela ri.

-Me desculpe atrapalhar vocês dois! Vocês vão sair? Falou.

-Vamos passear no parque...Não tem problemas. Falo.

-Depois eu te ligo...Se divirtam. Falou.

-Tá...Obrigado. Digo.

Ela finaliza e Shawn me encara.

-O que aconteceu? Perguntou.

-Madison e Jack...Mais tarde eu vou ligar para ela. Respondo.

Arrumo seu cabelo que estava rebelde e ele me da uma mordidinha na bochecha.

-Ei...Eu vou voltar pro hotel quando você estiver na entrevista. Falo.

-Tá...Vai querer almoçar?  Me perguntou.

-Não eu espero você...Digo..

Saímos do hotel e começamos a caminhar e algumas pessoas nos param para tirar foto.

Vejo uma outdoor com frase de Mercy e sorrio.

Shawn faz uma careta e vejo ele tirando o celular.

-Isso é incrível!  Falo.

Ele me olha sorrindo e seus olhos estavam com um brilho a mais.

A minha vontade era de pular em seu colo e o beijar.

-Você é incrível. Digo dando um abraço nele.

Ele ri e retribui o Abraço.

Ele começa a me girar.

-Shawnn!  Digo prolongando o 'n'

Ele me bota no chão e me encara.

-Você é incrível. Falou.

Entrelaço sua mão na minha e saio correndo com ele.

Algumas pessoas estavam rindo e isso me faz rir,vejo o parque e solto a mão de Shawn.

-Você é doidinha. Falou me parando.

-Foi só pra chegar rápido.  Digo arfando.

Ele passa o braço sobre meus ombros e começamos a andar.

-Dia tanksgiven tá chegando. Shawn disse.

-Só em outubro. Falei.

-Eu sei né- Falou em um tom ironico- Foi modo de dizer.

-Seu chato.digo e ele ri.

-Vai passar com a sua família?  Perguntou.

-Vou...E você?  Respondo.

-Com a minha família...Não quer passar comigo? Perguntou.

-Não Shawn,obrigado...Vou passar com a minha e você se lembra do que houve com a sua mãe. Respondo.

Ele parece triste e sorri.

-Eu sei...Assim seria uma forma de vocês se resolverem,mas se você já sabe onde vai passar tudo bem. Falou.

Sorrio.

-Eu juro que o quatro de julho ou outro feriado sem ser o natal e ano novo passarei com você. Falo.

-Tudo bem...Está anotado.

    {QUEBRA DE TEMPO}

Chego no quarto e a primeira coisa que eu faço é tirar meus sapatos.

Fecho a porta e tiro a roupa,caminho até a mala e pego um short do merch do Hayes e uma blusa escrito bad.

Escuto meu celular tocando e o pego.

-Alô? Digo

-Sam! Que saudades!  Nick falou.

-Muitas! Como esta?  Pergunto.

-Bem e você? -perguntou- vi o vídeo que você fez.

-Estou bem...Eu preciso conversar com você. Falo.

-Sobre? Perguntou.

-Alguns projetos e eu quero a sua ajuda...Claro se você topar. Falo.

-Claro! Pode ser por telefone? Perguntou.

-Pode,eu te explico e quando eu estiver em Malibu podemos nos encontrar. Respondo.

-Certo...Pode começar estou animado. Falou.

Rio.

-Certo,quero abrir uma agência de modelos e uma escola também- Falo- Iria descobrir rostos novos e ensinaria tudo as pessoas.

-Isso é interessante estou dentro. Falou.

Solto uma pequeno grito de animação e ele ri.

-Elas ganharão certificado,tudo certinho. Falo.

-Sim...E você está pensando em abrir essa agência aonde? Perguntou.

-Em Los Angeles- Respondo- Mas teria que me mudar para aí novamente,e nesse momento eu quero ficar na Carolina.

-Vamos fazer assim,eu cuido da agência,quando tiver que escolher as meninas você vem e da algumas aulas e depois volta para Carolina. Sugere.

-Pode ser...Resolvemos isso semana que vem. Digo.

-Certo...Você precisa ver algum estabelecimento para fazer a escola e a agência. Falou.

-Eu sei...Você não poderia ir vendo alguns espaços para mim? Perguntou.

-Claro...Vai ser algo grande? Perguntou.

-Sim...Com várias salas grandes. Digo.

Começo a procurar papel e caneta e vejo na escrivaninha,pego o papel e escrevo na parte limpa.

-Será que conseguimos algo no centro ou perto da praia? Pergunto.

-Conseguimos....Vou começar a ver isso hoje mesmo...Você vai precisar de ajuda para ensinar as meninas. Falou.

-Não pode me emprestar a Jenna,Alicia,Geórgia, Peyton e Debby? Pergunto e ele ri.

-Claro...Vou conversar com elas sobre isso também...Eu preciso ir docinho. Falou.

-Obrigado! Tá bom...Até semana que vem. Falou.

-Até. Disse.

Finalizo a chamada e bloqueio o celular.

Ligo a tv e coloco na ABC.

Vejo o flash do meu celular piscar e o pego,Hayes estava me ligando.

-Hey! Falo assim que vejo seu rosto.

-Hey! Como está? Perguntou.

-Bem e você?  Não foi a escola? Pergunto.

-Estou bem...Não eu acordei atrasado...- respondeu-Como esta aí? 

-Bem...E aí?  Mamãe, sky e John estão bem?  Pergunto.

Me deito na cama.

-Está tudo bem sim...O que está fazendo? Respondeu.

-Nada,estou no quarto do hotel e você?  Respondo.

Observo sua blusa e era a mesma de três fotos que ele havia me mandado.

-Hayes meu querido,por um acaso essa é a mesma blusa que você está usando a três dias? Pergunto.

-Eu estava estudando história,é ela mesma algum problema? Respondeu.

-Que nojo hayes! Para de ser porco por favor! Digo e ele ri.

-Sou cheiroso. Falou.

-Você tem que ter higiene! Higiene é uma coisa bem legal! Falo.

Hayes ri ainda mais.

-A mamãe sabe dessa porquisse? Pergunto

-Sabe,ela já mandou eu colocar a blusa para lavar...Mas ela aí da está cheirosa. Falou cheirando a blusa.

Fecho os olhos ao ver a cena e franzo o cenho.

-Isso está cheiroso. Falou.

-Imagino...Como esta os negócios? Pergunto.

-Bem...Segundo a mamãe melhor do que nunca. Respondeu.

-Isso é bom...Quando vamos ver o papai? Pergunto novamente

-Eu não sei...Quando você vai para Malibu? Perguntou.

-Semana que vem,por que? Respondo.

-Estou indo para lá semana que vem. Respondeu.

-Tez vem? Perguntei.

-Vem...Sairemos daqui no domingo a noite. Falou.

Ele parece estar com mais alguém e logo vejo um cabelo loiro era sky.

-Oi Sam!  Ela falou.

-Oi meu amor, como você está? Falei.

Ela abre um sorriso.

-Bem e você? Sam,sabe o que a mamãe acabou de comprar?- Perguntou e Nego - Um trator novo.

Rio com toda a animação dela.

-Melhor pro Hayes...Eu estou bem,e estava na escola? Falei.

A porta do quarto se abre e era Shawn.

-Hey. Digo sorrindo para ele.

-Hey. Falou.

Ele tira os sapatos e se deita ao meu lado.

-Não eu sai com a mamãe...Shawn está aí? Pergunto.

-Sim. Respondeu.

Sky gargalha.

-Oi Shawn. Sky falou toda fofinha.

-Oi Sky,estou com saudades de você!  Shawn falou.

-Eu também!  Ah Sam hayes pediu para avisar que ele foi no banheiro. Disse se lembrando.

-Tudo bem...Ele foi tomar banho? Pergunto.

Ela ri e nega.

-Faça ele tomar banho,por favor Sky. Digo.

-Ele está bem fedido. Falou fazendo uma careta.

Shawn se deita em meu peito e Acaricio seu cabelo.

-Eu sei sky...Derrube ele no lago,assim ele é obrigado a tomar banho. Sugiro.

-Pode parar. Hayes falou.

-Tenho dó da maggie. Falo.

-Por? Perguntou.

-Por ter pagado pra você...espero que quando aconteceu você tenha tomado banho. Falei.

Hayes começa a rir.

-E aí Shawn...Ocasiões especiais merecem banho. Disse.

-Todo dia merece banho hayes! Para com essa porquisse. Falo.

-E aí Hayes...Tomou seus remédios Sam? Shawn perguntou.

-Tenho que tomar depois da comida. Respondi.

-Vou desligar,Jake está aqui.

-Okay Hayes...Mande um beijo para ele. Digo.

-Pode deixar...Tchau! Disse.

Desligo a chamada e encaro Shawn.

-Como foi? Pergunto.

-Bem...Foi bom. Respondeu dando sua atenção a mim.

-Podemos ir comer? Minha barriga está com muita fome. Digo e ele ri.

-Podemos sim...O que quer comer? Perguntou.

-Subway. Respondo.

Ele se levanta e me levanta logo em seguida.

-Nick me ligou e vai me ajudar com os projetos. Falo.

-Isso é incrível! Quando vão se encontrar para resolver? Perguntou calçando o tênis.

-Semana que vem...

-Ah sim...Espero que de tudo certo. Disse abraçando minha cintura.

-As quatro tenho chamada no Skype com a minha médica. Falo.

-Voltamos antes das quatro. Falou.

                       +++

Chegamos no hotel era quatro em ponto.

Ligo meu computador e entro no Skype.

Angel me liga e logo atendo.

Vejo Shawn e ele estava concentrado no caderno e no piano portátil.

-Como esta? Angel perguntou.

-Bem...Hoje de madrugada eu tive um pesadelo. Falo.

Ela me encara.

-Como foi? Pergunto

Desvio o olhar e suspiro fundo.

-Começou com uma garotinha,essa garotinha era eu menor...Ela me levou para  quando eu e meus irmãos éramos menores. Começo.

-E o que eles estavam fazendo? Perguntou.

-Estavam brincando comigo. Respondi.

-Ah sim...Pode continuar. Disse.

-Logo em seguida a garotinha correu para a floresta,eu comecei a correr atrás dela e a chamar mas eu não a achava,depois eu vi uma menina mais alta e andei até ela...Ela estava de roupas íntimas e suja de sangue ela me pediu ajuda...Quando ergueu a cabeça eu vi que era eu. Continuo.

Ela parece anotar algo e larguei volta sua atenção para mim.

-O homem que me sequestrou aparece e a Anne também, começo a correr coma outra eu e no final eu morri.  Termino de falar o sonho.

-Certo...Você tomou os remédios? Perguntou.

-Tomei. Respondo

-Você se estressou? Passou nervoso? Perguntou.

-Sim...Discuti com a mãe de Shawn. Respondo.

-Isso pode ter ajudado a fazer você ter o pesadelo...Quando você for dormir,tome dois comprimidos do de sono. Disse escrevendo em sua agenda.

-Okay...Shawn e eu transamos...E eu não pensei no estupro nem no assassino na hora...Só esta noite. Falo.

Ela me observa e sorri.

-Você confia nele...Você se sente segura perto dele. Disse e afirmo.

Ela sorri.

-Ele está ai? Perguntou.

-Sim...Esta compondo. Respondo.

-Ele é talentoso. Falou.

-É sim...Eu amo ele. Digo sorrindo.

Ela solta uma risada.

-Ele está te fazendo bem? Perguntou.

-Está sim...Eu só não gosto de surtar quando ele está por perto. Respondo.

-Por que? Perguntou.

-Eu não sei...Me sinto culpada por fazer ele se preocupar comigo quando tenho os surtos. Respondo.

Sinto duas mãos me envolvendo e vejo Shawn.
Ele me da um selinho e sorrio.
-Essa é Angel minha médica.  Digo
-Sam fala bastante de você...Prazer em conhecer. Shawn falou simpático.
-Prazer Shawn...Sam também fala muito sobre você. Angel falou sorrindo.
-Sam é um amor de pessoa. Shawn falou.
Ele se senta em meu colo.
-Ela é mesmo...Sam,nosso horário acabou. Angel falou.
-Obrigado Angel! Até amanhã. Digo.
-Até querida...Tchau Shawn. Falou.
Finalizo a chamada e Shawn me encara.
-Eu amo o jeito que você sorri,amo seus olhos,seus lábios, sua bochecha,seu rosto. Falou passando a mão por cada parte que ele dizia.
Sorrio e Acaricio seu rosto.
-Eu te amo. Digo.
Ele roça nossos lábios e da uma pequena mordida no meu lábio inferior.
-Agora sou toda sua,o que você quer fazer? Pergunto e ele ri.
-Vamos passear. Falou.
-Vamos. Digo.
Ele se levanta e eu me levanto.
-Vai assim? Perguntou e afirmo.
-Você fica linda de qualquer jeito. Falou.
Ele me puxa para perto dele e seu rosto fica próximo ao seu.
Sua respiração estava quente e calma..



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...