História Unexpected - Capítulo 66


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kaya Scodelario, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Sam
Exibições 78
Palavras 3.858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 66 - 66


Fanfic / Fanfiction Unexpected - Capítulo 66 - 66

23/09/2016        7:00 a.m
-NATE! Grito saindo do meu quarto.
Desço as escadas pisando forte e a música estava ainda mais alta.
-NATE!  NATE! ABAIXA ESSA MERDA! SÃO PORRA DE SETE HORAS DA MANHÃ!  EU QUERO DORMIR E OS VIZINHOS TAMBÉM!  Grito adentrando o escritório.
Nate estava fumando e me encara.
-Relaxa docinho. Falou.
Ele traga e reviro os olhos.
-ABAIXA ESSA MERDA! Falo cruzando os braços.
Ele ri.
-Estou ouvindo minha nova música. Falou.
-Não estou nem aí!  Abaixa isso! AGORA! Falo.
-O que está acontecendo? Escuto a voz de Nash.
-Nate está com o som alto! São sete horas da manhã!  Eu quero dormir! Manda ele abaixar isso pelo amor de Deus! Digo séria.
-Nate,abaixa o som por favor...Os vizinhos vão reclamar. Nash falou.
Nate apaga o baseado e fecha o notebook.
O som sessa e dou graças a Deus.
-Obrigado. Digo.
Saio do escritório e nash me acompanha.
-Juro que da próxima vez que ele fizer isso eu vou sair desligando a energia dessa casa. Falo.
-Sam,ele também mora aqui...Temos que nos respeitar. Falou nash.
Rio.
-É...Ele não tá respeitando os outros que moram aqui. Digo.
Adentro meu quarto e fecho a porta,apago as luzes e me afundo entre os cobertores.
Fecho os olhos e suspiro com o silêncio.
                                +++
Acordo com o barulho do despertador e bato a mão nele.
Me sento na cama e passo a mão no rosto,saio da cama em um pulo e sigo para a cozinha.
-Bom dia. Taylor falou assim que me viu.
-Bom dia Taylor,Nash. Digo.
Caminho até a geladeira e pego uma caixa de suco a abro e bebo o suco de maçã.
-Bom dia Sam. Nash diz me dando um beijo na testa.
-Nate foi dormir? Pergunto.
-Sim. Respondeu.
Me sento e pego um pedaço de pão.
-Hayes chega hoje. Falo.
-Sim...Vou buscar eles. Falou encarando o celular.
-Eu vou sair com Madison e ver alguns lugares para alugar com Nick. Digo.
Nash desvia seu olhar para mim.
-Tudo bem...Só não se esqueça que hoje você tem chamada por Skype com sua médica. Disse me lembrando.
-Pode deixar...droga,Shawn lançou cd havia prometido a ele ver ele hoje. Falo me lembrando.
Bato na testa e eles riem.
-Hoje ele vai aparecer na TV...Para divulgar o cd. Taylor falou.
-Droga! É verdade...Eu sou muito esquecida. Falo.
-Mas a gente te ama. Nash diz.
Rimos e lhe dou um abraço.
-Eu vou me arrumar adeus. Falo.
Me retiro da mesa e subo para o quarto
Tranco a porta e me dispo,escolho uma roupa e decido colocar um blusão e meu all star.
Tomo um banho rápido e me visto.
Solto o cabelo e faço uma maquiagem simples.
Escovo os dentes e escuto meu celular tocar.
O pego e era madison
-Já estou descendo. Digo assim que atendo.
-Tá bom. Falou.
Saio do quarto e vejo Nash.
-Estou saindo. Aviso.
-Bom passeio. Falou.
Desço as escadas e saio,passo a chave na porta e vejo o carro da Madison.
-Bom dia. Digo assim que adentro o carro.
-Bom dia. Falou animada.
-Como você está?  Perguntou.
Ela dá partida e liga o som.
-Bem e você?  Respondeu.
-Bem. Respondi.
Começa a tocar side to side e acompanho a música, madison ri.
-Como esta sua vida? Me perguntou.
-Ótima. Respondo sorrindo- E a sua?
-Bem...Se importa de ir um pouco no estúdio? Preciso ver umas coisas da música nova. Falou.
-Tudo bem...Eu só tenho que ver o horário que vou sair com Nick. Respondo.
-Tá...Onde vai querer ir primeiro? Perguntou.
-Você escolhe. Respondo rindo.
-Vamos para Beverly Hills. Falou.
-OK...Como esta com Jack? Pergunto.
Ela me encara.
-Estamos levando... Respondeu.
-Mesmo? Pergunto.
-Mesmo...Mas vamos falar de você e Shawn! Falou me fazendo rir.
-Estamos muito bem...Shawn é um amor...Ele é carinhoso,atencioso,preocupado, engraçado. Digo sorrindo.
-Seus olhos estão brilhando. Falou.
-Ah...Eu amo ele. Falo.
-Vocês são lindos juntos...Espero que durem muitos anos...Vocês ficam felizes um perto do outro. Disse.
-Eu espero isso também. Digo.
Ela para os carro e descemos.
-Ei Madi,podemos ir na Hollister? Pergunto.
-Podemos. Respondeu rindo.
Adentramos a loja e a atendente vem até nos.
-Se precisarem de mim me chamo Agines. Falou.
-Obrigado Agines. Digo sorrindo.
Ela se retira e seguimos ver as roupas.
-Já sabe qual vai ser sua fantasia? Madison me perguntou.
-Já...Mas vai ser surpresa. Respondo.
-Poxa Sam! Da uma dica. Madison falou rindo.
-Era uma coisa que eu fazia quando era criança. Respondo.
Ela ri.
-Nossa, me ajudou muito. Falou.
-Já já você descobre. Falo olhando as blusas.
                                  +++
Madison estava gravando e eu apenas observo o quão feliz ela fica enquanto canta.
Meu celular vibra e era mensagem do shawn.
"Bom dia meu amor...Lembre - se de sorrir,alguém pode estar se apaixonando pelo seu sorriso."
Sorrio ao ler a mensagem.
"Bom dia amor...Pode deixar vou sorrir bastante,como você esta? "
"Bem...E você? Esta aonde?"
"Estou bem...Estou no estúdio com a madi."
Madison estava rindo e caminha até mim.
-Vem cantar. Mandou.
-Não madison! Minha voz é horrível! Falo e ela ri.
-Vem logo Samantha! Falou.
Me levanto e caminho até ela,o produtor dela me encara.
-Mostre seus talentos. Falou rindo.
Ela me da o fone e coloco apenas um lado no ouvido,seguro ele e começa a melodia da música.
Reconheço a melodia e era Colors.
Vejo madison com o celular virado para mim e faço careta.
Tiro o fone.
-Seu tom de voz é perfeito. Falaram.
-Obrigado. Digo rindo.
Madison continuar a me gravar e começo a dançar.
-Você é doidinha. Falou rindo.
-Eu sei...Você já acabou de gravar? Pergunto.
-Já sim...Quer ir comer? Perguntou e afirmo.
Saímos do estúdio e Caminhamos até uma barraca de suco.
-Vou querer um de limão. Peço e pago.
Madison havia pedido um de laranja.
Meu suco sai e começamos a caminhar.
-Madi,quer ir à praia amanhã?  Pergunto.
-Claro! Podemos nos encontrar lá?  Perguntou.
-Aham...As oito. Falo.
-Combinado. Falou animada.
Fazemos um high-five e seguimos para o seu carro.
Madison me deixa em casa e a espero ir embora para poder entrar em casa.
-Cheguei! Digo adentrando.
-Oi. Nash falou.
-Como você está?  Pergunto.
Coloco as sacolas no sofá e faço um coque.
-O almoço está pronto. Taylor disse.
-Obrigada vida. Digo e eles riem.
Sigo para a cozinha.
-Taylor isso está com um cheiro ótimo. Falo e ela ri.
-Obrigado Sam. Falou.
Me sento na mesa e me sirvo,pego a salada,legumes refogados um pouco de arroz e mais umas coisas.
Começo a comer e nash aparece.
-Isso está incrível. Falo e Taylor se senta ao meu lado.
-Obrigada Sam. Disse encarando nash.
-O que ele tem? Pergunto.
-Eu não sei...Foi  depois de um telefonema. Respondeu.
-Ah...Não tem nada haver com a viagem para a Jamaica? Sugiro.
-Pode ser...Depois eu converso com ele.
Termino de comer e sigo para o quarto.
Escovo os dentes e chamo um uber.
Meu celular toca e era Caio.
-Hey! Digo descendo as escadas.
-Hey! Como você está?  Falou.
-Bem e você?  Respondo.
-Bem...Como esta aí?  Perguntou.
Escuto algumas vozes.
-Calor...Quem está aí?  Ele ri.
-Emily e Katie. Respondeu.
-Nossa! Elas nem me ligaram. Falou triste.
-Elas vão falar com você. Disse.
-Tá bom. Falo.
Meu celular vibra e era mensagem avisando q o uber chegou.
Saio de casa e adentro o carro.
-Onde vai? Me perguntou.
Passo o endereço e ele segue caminho.
-Hey! Katie falou.
-Hey! Você e sua irmã são umas vadias.falo e ela ri.
-Desculpa a gente...A gente mudou de casa e nossos pais estão com o divórcio em andamento. Disse em tom de defesa.
-Tudo bem...Eu desculpo vocês...Estou com saudades. Falo.
-Nós também!  Quando você volta? Perguntou.
Suspiro.
-Dia trinta,saio daqui de noite. Respondo.
Vejo o taxista me encarando e sorrio para ele.
-Vamos estar no aeroporto te esperando. Disse e ri.
-Tá bom...Por favor,só não leve balões rosa. Digo rindo ao me lembrar das vezes que eles fizeram isso.
-Pode deixar,vamos inovar. Disse.
-Meu deus! Exclamo.
-É...Bota meu deus nisso. Disse rindo.
-SAMANTHA! TESÃO!  BONITA! GOSTOSA! Emily berrou e eu caio no riso.
-Obrigado Emily...Você também é. Falo rindo.
-Emily! PARA DE CORRER COM MEU CELULAR! Caio gritou.
Começo a rir.
-Eu e a Sam vamos casar Lalalalalalala! Falou.
-Adoro! Falo
Coloco a mão na barriga,ela estava doendo de tanto rir.
-Emily! Um,dói, três!  Para agora! Caio gritou.
Escuto um estalo e um grunhido.
-O que houve? Perguntou.
-Caio sua orca! Emily disse.
Katie estava rindo.
-Gente? Os chamo.
-Eu pulei em cima da Emily. Caio Respondeu.
-Por que? Pergunto.
-Ela estava correndo com meu celular na mão,pulando na cama. Respondeu.
-Ah sim. Foi a única coisa que eu digo.
-Onde você está?  Perguntaram.
-Estou no uber. Respondo.
-Ahhh sim. Falaram e dou risada.
-Pronto querida. O homem fala.
Sorrio.
-Obrigado,quanto tenho que pagar?  Pergunto.
-Cem. Respondeu.
Pego o dinheiro na bolsa e entrego a ele.
-Tenha uma boa tarde e um bom serviço. Digo.
Desço do carro.
-Vou precisar desligar...Depois ligo para vocês. Falo.
-Tá bom...A gente te ama. Falaram em coro.
Isso está me assustando.
-Amo vocês também...Tchau. Falo.
Desligo e adentro a agência.
-Sam! Que saudades! Brianna falou.
Sorrio ao ver ela.
-Eu também estava com muitas saudades! Falei.
Lhe dou um abraço apertado.
-Como você está?  Perguntou.
-Bem e você? Pergunto.
-Bem...E o tratamento? Como esta? Perguntou carinhosa.
-Bem! Eu fico a base de remédios, tenho consultas todos os dias,tomo pelo menos uns dez remédios mas eu estou me sentindo feliz,de bem com a vida. Respondo e ela sorriu.
-É tão bom ouvir isso de você! Falou segurando minha mão.
-Eu sou uma nova pessoa. Disse.
-Você está tão melhor! Esse seu sorriso está tão alegre e esses olhos estão com um brilho diferente! Falou me observando.
Afirmo.
-Eu fui diagnosticada com depressão psicótica e quando menor tive depressão também...Mas eu estou melhor! Falo e ela afirma.
-Bom,Nick falou que você e ele tem negócios a tratar e não quero mais roubar o tempo de vocês. Falou.
Rio.
-Depois eu passo aqui só para falar com você. Falo e ela afirma sorridente.
-Tá bom Sam...Ele está na sala te esperando. Falou.
Ela volta para a mesa e foca sua atenção no computador.
Sigo para a sala de Nick e assim que adentro a sala uma nostalgia toma conta de mim e algumas lágrimas rola.
-Sam! Por que está chorando? Nick perguntou.
-Estou lembrando de tudo...Desde o começo. Respondo.
Ele me envolve em um abraço carinhoso e me dá um beijo na bochecha.
-Como você está?  Perguntou.
-Bem...Estava com saudades de vir aqui. Falo observando a sala.
Sorrio.
-Então vamos colocar seu projeto em ação! Falou animado.
-Vamos! Digo no meus tom.
Ele fecha a porta e nos sentamos.
-Certo,eu estava vendo alguns prédios para alugar e eu achei uma galeria aqui perto. Falou com as mãos juntas.
-Isso é ótimo...Mas ela é grande? Pergunto.
-Sim...Ela é bem grande- Respondeu- da para ensinar as garotas em umas quatro salas e colocar uma passarela grande e da para transformas o resto das salas em alguns quartos,um banheiro e uma cozinha.
-Bom...Isso seria ótimo...Posso ver a galeria? Pergunto.
-Claro...O corretor está a sua espera. Falou.
-Uau! Digo e ele ri.
Ele se levanta e repito seu ato.
Saímos da agência e o encaro.
-Fica a cinco minutos daqui...Da para ir de a pé. Falou.
-Tudo bem...Então vamos. Falo.
Ele ri e guarda o celular no bolso.
Começamos a caminhar e esbarro em alguém.
-Desculpa. Digo.
A pessoa se vira e era Shawn.
-Hey! Falou me dando um abraço.
-Hey. Digo sorrindo.
-Estava com saudades. Falou.
-Eu também...Eu ia passar no hotel a noite. Falei.
Ele ri.
-Tudo bem...Vou adorar. Falou.
-Ah esse é Nick...Nick esse é o shawn. Falo
Eles riem.
-Prazer. Shawn diz apertando sua mão.
-Onde estão indo? Perguntou.
-Ver uns lugares para alugar...Quer vir? Pergunto.
-Claro. Respondeu.
Shawn passa seu braço sobre meu ombro e saímos andando.
-Você está bem? Pergunto ao Shawn.
Ele estava no mundo da lua.
-Shawn! O chamo e ele me encara.
-Oi? Falou.
-Você está bem? Repito a pergunta.
-Sim por que? Respondeu.
-Você está longe. Respondo.
-Só estou pensando. Falou.
Abraço sua cintura.
-Chegamos. Nick falou.
                   +++
-O que você vai fazer de janta? Hayes me perguntou.
-Batata frita e lanche. Respondo.
-Quer ajuda? Perguntou.
-Não...Pode pegar o saco de batatas no congelador por favor. Peço e logo ele me entrega.
-Te amo. Falou ele me enviar deu um beijo na testa.
O vejo sair e checo o óleo que já estava fervendo.
-HAYES GRIER PVO'S -
-Amanhã saímos para tomar café. Tez falou.
-Beleza. Falo.
Escuto Sam gritar alto estava seguindo vários palavrões, ela me chama diversas vezes e corro até a cozinha.
Ela estava chorando e segurando sua mão.
Vejo a panela no chão e o óleo espalhado.
-TEZ! VAMOS PARA O HOSPITAL! Grito.
Levo Sam até o carro e logo tez aparece.
A mão de Sam estava vermelha meia esbranquiçada,estava com várias bolhas.
-SAMANTHA GRIER PVO'S-
Minha vontade nesse momento e de socar alguém diversas vezes.
-Porra tez! Vai mais rápido pelo amor de deus. Falei suplicando.
Não demorou muito Até chegarmos no hospital,assim que adentro a enfermeira vem até mim.
-O que houve? Perguntou.
-Óleo quente caiu na minha mão. Respondo.
-Vou precisar olhar okay? Falou.
Afirmo etavnfermeira ela observa minha mão e franze o cenho.
-É uma queimadura de segundo grau...Vou te encaminhar para um médico e ele verá se é a superficial. Falou e afirmo.
-Pode me acompanhar. Falou.
A sigo e logo estou em uma sala branca.
-Pode entrar. Falou.
Adentro a sala e a médica me encara.
-Oi querida! Como esta? Perguntou.
Mostro minha mão e sorrio fraco.
-Deixe - me ver. Falou.
Me sento e mostro minha mão.
-É uma queimadura de segundo grau e é superficial...Vamos passar água fria e colocar uma gaze para não infeccionar...Mas precisará ficar um pouco frouxa para cicatrizar. Falou e afirmo.
Ela começa a limpar e faço careta.
Ela passa a gaze e sorri para mim.
-Trocar todos os dias e pelo menos três vezes ao dia e cuidado para não esbarrar e bater a mão. Falou.
-Pode deixar. Em quanto tempo vai cicatrizar?Pergunto.
-Em três semanas....Não ficará com cicatriz. Respondeu.
-Tá bom...Obrigado. Falo sorrindo.
Saio da sala e vejo os meninos.
-Vamos? O que foi? Hayes perguntou.
-Tive queimadura de segundo grau superficial...Vamos,tez precisa assinar. Respondo.
-Já assinei e paguei. Tez falou.
Hayes me abraça de lado e seguimos para casa.
-Preciso ligar para a mamãe. Falo.
Hayes me entrega o celular e vejo que estava ligando para a mamãe.
Ela logo atende.
-Mãe. Digo.
-Oi querida,o que houve? Por que você está com essa cara? perguntou
-Mãe...Acabei de sair do hospital...Estava fritando batata e  sem querer esbarrei na panela e ela virou e o óleo eu tive uma queimadura de segundo grau superficial. Respondo.
Ela fica branca.
-Onde está Nash? Perguntou.
-Mãe!  A culpa foi minha! Hayes e Tez me levaram para o hospital! Já está tudo bem. Falo.
-Samantha! Eu já te expliquei que quando for fritar qualquer coisa o cabo da panela fica virado pra dentro do fogão. Falou.
-Eu sei mate! Eu errei okay? Desculpa. Falo.
-Está doendo? Perguntou.
-Um pouco...Mas já melhorou. Respondo.
-Depois pede para Nash me ligar. Falou - Tome um relaxante muscular.
-Tá mãe...Vou desligar a bateria do hayes está acabando. Falo.
-Tá bom....Cuidado. Disse.
-Pode deixar...Te amo. Falei.
-Eu também. Falou.
Desligo e entrego o celular para hayes.
Tez para o carro e vejo que já estava em casa
Desço do carro e vejo Nash,sua cara estava de preocupação.
-Nash? O chamo e ele me encara.
-Sam,o que houve? Perguntou.
-Eu queimei a mão, tez e hayes me levaram no hospital, tive uma queimadura de segundo grau superficial. Respondo.
Vejo Taylor saindo da cozinha.
-Sam você precisa ter mãos cuidado! Ele falou passando a mão no cabelo.
-Eu sei me desculpe okay? Falou.
Ele me da um abraço e acaricia minhas costas.
-Vá tomar um banho. Nash falou e afirmo.
Sigo para o meu quarto e tomo um banho gelado.
Faço o curativo na queimadura e me visto.
Coloco uma calça moletom e uma blusa regata.
Desço e eles estavam comendo.
-Sam vem comer. Hayes falou.
Me sento na mesa e meu prato já estava montado.
Começo a comer e solto um gemido quando bato a mão na mesa.
-SHAWN MENDES PVO'S -
Chego no hotel e vejo Sam.
Ela estava com aparte de cima da mão enfaixada e a encaro.
Caminho até ela e ela me encara sorrindo.
-O que houve? Pergunto.
-Tive uma queimadura de segundo grau superficial. Respondeu já parecendo cansada dê responder a mesma coisa.
Seguro sua mão e subimos.
-Desculpa não ter visto sua apresentação eu estava no hospital. Falou.
Ela estava parecendo culpada.
-Não tem problema amor...Não tem problema mesmo. Falo.
Ela me da um beijo e sorri.
Abro a porta do quarto e Adentramos.
Tranco a porta e coloco uma mecha de seu cabelo atrás de sua orelha.
-Parabéns pelo álbum novo. Falou.
Rio com meus lábios no seu e ela sorri.
-Eu te amo. Falou.
-Você é a sintonia perfeita para mim. Falei.
Ela me da um beijo na bochecha e me encara.
-O que você quer fazer? Perguntou.
-Posso tomar um banho antes de qualquer coisa? Pergunto.
Ela faz beiço e eu dou uma leve mordidinha.
-Pode. Falou.
Lhe dou um beijo na testa e ela se taca na cama,sigo para o banheiro e me encaro no espelho.
-SAMANTHA GRIER PVO'S -
Shawn vai tomar banho e eu ligo a tv,entro no meu snap e tiro uma foto da minha mão e coloco a seguinte legenda.
"Cuidado com o óleo quente,descobri que ele machuca muito! Ouçam suas mães em relação a panela elas estão certo"
Posto na my story e vou no twitter.
Havia várias notificações, olho todas.
Uma me chamou a atenção,era uma  foto minha com o Shawn e a legenda era fofa.
"Wow! Eles precisam estar em um relacionamento,eles são tão lindos juntos! "
Dou rt e a Respondo.
"Quem sabe não estaremos em um relacionamento futuramente?"
Dou rt em algumas coisas dos meus irmãos e no dos outros meninos.
Logo várias pessoas comentam na minha resposta.
Começo a ler os comentários e fico um pouco tristes com eles.
-O que foi? Shawn perguntou.
-Ah...Apenas uns comentários. Respondo.
Ele pega meu celular e começa a ler eles.
-Não ligue para isso okay...Sempre vai ter quem vai aceitar e quem não vai aceitar!  O que importa é se estamos ou não felizes certo. Disse.
-Você tem razão! Digo.
O puxo para a cama e começo uma massagem.
-Vai dormir aqui?  Perguntou.
-Não...Prometi para os meus irmão que iria voltar para casa a meia noite. Respondo.
-Poxa. Falou e eu ri.
-Amanhã eu te levo tomar café. Falo.
-Adoro! Falou em um tom afeminado.
Rio e dou um beijo em seu ombro.
-Amanhã você vai fazer o que? Pergunto.
-Vou ver a loja que vai vender os produtos e vou cantar. Respondeu.
-Pela manhã? Pergunto e ele afirma.
-Vou tentar ir ver...Amanhã vou assinar assinar o contrato com o vendedor. Falou.
-Eu sei Sam...Estava junto com você. Falou.
-Nossa...seu grosso. Falo.
Paro de fazer a massagem em suas costas e cruzo os braços.
-Amor! Não fica assim. Shawn disse se virando para mim.
Eu o encaro.
-Sam,da um sorriso pra mim da. Shawn diz.
Ele começa a me fazer cosquinha e não consigo segurar o riso.
Começo a rir e ele sorri.
-Quando a gente casar eu quero ter três filhos com você. Shawn diz.
Eu o encaro.
-Meu amor...Vamos pensar no agora,você tem sua carreira,acabou de completar dezoito anos. Falo- e agora eu só estou pensando no quão você me faz bem,estou pensando no agora. Falo sincera.
Ele me da um beijo.
-Eu sei...Mas sonhar é bom. Falou.
Afirmo.
-Hold up me fez chorar. Digo.
-Awn! Eu chorei também. Falou.
Rimos.
-Que fofo. Digo apertando suas bochechas.
-Qual sua música preferida? Perguntou.
-Roses,patience,Lights on,like this e bad reputation. Respondo.
-Interessante...Muito interessante. Falou me fazendo rir.
Me levanto da cama e pego meu celular,coloco something big e começo a dançar.
Vejo Shawn com o celular virado para mim e ele estava rindo.
O puxo e faço ele dançar comigo.
-SHAWN MENDES PVO'S -
Sam dança com leveza e tranquilidade,seu modo de se mexer era livre.
Ela para de dançar e faz uma careta.
-O que foi? Pergunto
-Minhas pernas estão doendo. Respondeu rindo.
Ela se senta no chão e ela tira o celular do bolso.
me sento de frente a ela e ela me da a língua.
-Taram,taram,taram,taram. Ela diz e pula em meu colo.
Caímos deitados e ela ri como uma criança.
Me sento sobre ela e seguro suas mãos com delicadeza sobre sua cabeça.
Ela continua a rir e fecha os olhos.
-Você me faz tão bem...Esse seu jeito é viciante assim como seu cheiro e o azul de seus olhos. Digo.
Ela abre os olhos e da um breve sorriso.
-Shawn mendes você é um poço de talento e fofura...Seus pais tem tanto orgulho de você assim como eu...Se eu não tivesse você eu não sei o que seria de mim. Falou.
Me inclino para frente e lhe dou um beijo.
-Os opostos se atraem...Você seria uma pessoa menos feliz sem mim. Falo e ela ri.
-Bobo. Disse e me dá a língua.
-Ninguém é obrigado a ter bom gosto né. Digo.
Ela abre a boca e franze o cenho.
-Pode parar Mendes! O senhor está insinuando o que? Perguntou rindo.
-Nada...Que você tem bom gosto. Falo.
-ah...Eu sempre soube disso. Disse convencida.
Rio e saio de cima dela.
-Eu preciso ir. Falou olhando o celular.
Me levanto e a ajudo levantar.
-Até amanhã. Falei segurando seu rosto.
-Até. Falou sorrindo.
Lhe dou um beijo e ela corresponde.
-Passo aqui as oito. Falou.
-Vou estar te esperando. Digo.
-Dorme com Deus. Falou me dando um abraço.
-Você também...Não se esqueça dos remédios. A lembro.
-Pode deixar amor. Falou.
Me deu um selinho.
-Tchau. Falou.
Ela pega a chave do carro e sorri.
-Tchau. Digo.
Ela sai do quarto e fecha a porta,me deito na cama e passo as mãos no cabelo.
-SAMANTHA GRIER PVO'S -
Saio do hotel e algumas pessoas me param para tirar foto.
-O que houve com a sua mão? Uma garotinha perguntou.
-A Sam foi fritar batata e quando eu virei sem querer eu bati no cabo da panela e ela virou o óleo na minha mão. Respondo.
-Meu deus!- Exclamou assustada - Quem estava com você?
-Hayes e Tez. Respondo.
Ela me da um abraço confortante.
-Quero que você melhore logo. Falou.
-Obrigado meu anjo! Falei a abraçando de volta.
Ela sorri para mim.
-Já está tarde para você estar sozinha aqui fora. Falo preocupada.
-estou hospedada aqui. Respondeu.
-Ah sim...Entre pois é perigoso ficar aqui sozinha...Seus pais devem estar te esperando. Falei e ela afirma.
-Tchau Sam!  Fique bem logo. Falou sorrindo.
-Obrigado! Fique bem também!  Digo.
Ela abana a mão e entra no hotel,sigo para o  carro e alguém esbarra em mim.
-Me desculpe. A pessoa diz segurando meus ombros.
Sinto um arrepio quando a pessoa me toca e pareço reconhecer essa voz.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...