História Unfair Life - The Lie - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Jikook, Jungkook, Lisa
Exibições 160
Palavras 944
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Volteii espero que gostem ❤

Capítulo 26 - Capítulo 26


Fanfic / Fanfiction Unfair Life - The Lie - Capítulo 26 - Capítulo 26

~Jungkook Pov~

Eu estava muito feliz, o Jimin aceitou sair comigo, meu coração está a mil, espero que dê tudo certo com esse encontro. Eu estava levando ele ao seoul grand park, eu amo aquele lugar é um dos meus favoritos...

- Jungkook vai demorar muito?- Jimin perguntou fazendo bico.

- Calma estamos chegando.- Eu disse rindo de lado pela fofura dele, não demorou muito e havíamos chegado.

- Nossa eu amo esse parque.- Jimin disse fazendo um "O" com a boca.

- Eu também.- Eu disse e passei meu braço pelo ombro dele, entramos no parque e ficamos andando e observando as coisas e conversado, resolvemos sentar em um banco para descançar um pouco já que aquele parque era enorme.

- Olha que lindo.- Ele disse olhando para um casal de gays, eles estavam sentados e segurando um bebê no colo, eles pareciam muito felizes, aquela cena me tocou e eu fiquei pensando no meu futuro com o Jimin, ia ser tão bom se desse tudo certo entre nós e quem sabe um dia adotamos um bebe...- Tá pensando em que?

- Aah na-nada.- Eu disse meio sem graça, eu não ia falar que eu queria construir uma família com ele, vai que ele se assusta ou algo do tipo.

- Deve estar pensando o mesmo que eu.- Ele disse corando e sorrindo de lado.

- Com certeza.- Eu disse sem graça.- Então, vamos comer algo?

-Vamos.- Ele disse e então levantamos, fomos para praça de alimentação e decidimos comer cachorro quente, fomos até a barraquinha e fizemos nossos pedidos, compramos refrigerantes e nos sentamos para comer. - Nossa isso é muito bom.

- Verdade, sempre que venho aqui eu compro um desse.- Eu disse e então continuamos comendo, quando terminamos nós nos levantamos, eu queria levá-lo à um lugar especial que ninguém ia, aquele parque era enorme existe lugares em que ninguém nunca ouviu falar, que desde criança eu aparecia lá para pensar, o Jimin seria a única pessoa que eu levaria até lá.

- Onde pretende ir?- Ele perguntou curioso e então eu passei meu polegar pelo canto de sua boca que estava sujo de ketchup, ele sorriu envergonhado e continuamos à andar.

  - À um lugar especial, espero que goste.- Eu disse sorrindo, entramos no meio de umas árvores e andamos uns dez minutos, eu descobri aquele lugar me perdendo quando criança, foi engraçado.

- Nossa que longe.- Ele disse ofegante de tanto andármos.

- É um pouco longe mesmo.- Eu disse tentando lembrar o caminho, e então depois de dois minutos havíamos chegado lá.

- Nossa Kookie aqui é muito lindo!- Ele disse surpreso.

- Gostou?- Eu perguntei nervoso e corando.

- Claro que sim.- Ele disse com a boca aberta.- Pena que ninguém conhece esse lugar.

- Concordo com você.- Eu disse e me sentei e em seguida ele se sentou ao meu lado, ficamos observando aquela vista maravilhosa da cidade, aquele lugar é como se fosse e ponta do parque, como se fosse uma pequena montanha, tinha algumas flores a algumas arvores ao redor e pássaros cantavam em sintonia, já que as pessoas se interessavam mais pelas atrações ninguém ia ali, e aquele era meu lugar preferido para pensar na vida e observar aquela cidade.

- Por quê me trouxe até aqui?- Ele perguntou olhando para o céu.

- Queria que você conhecesse esse lugar.- Eu disse suspirando.

- Nunca pensei que você me levaria para um lugar tão especial para você.- Ele disse sorrindo de lado, ficamos observando aquela vista, meu coração estava acelerado, eu não sabia o que fazer naquela hora, então eu me virei para ele e tomei coragem.

-Jimin?- Eu disse para chamar sua atenção.

- Oi?- Ele disse se virando.

- Você quer namorar comigo?- Eu perguntei corando, ele ficou todo vermelho parecendo um tomate.

- Vo-você tá falando sério?- Ele perguntou surpreso e parecendo não acreditar.

- Claro que estou.- Eu disse e peguei em sua mão, eu fui muito esperto, antes de vir para cá eu pedi para o táxista passar em uma loja de alianças e então eu comprei e guardei a caixinha em meu bolso.- Então, você aceita?- Eu disse e tirei a caixinha do bolso, ele ficou boquiaberto na hora.

- S-Sim eu aceito.- Ele disse e então eu coloquei o anel em seu dedo, depois ele colocou no meu.

- Eu te amo tanto Jiminnie, eu me sinto um lixo por tudo que te fiz passar eu ainda não acredito que deixei aquilo tudo acontecer e...- Eu disse passando a mão em seu rosto macio até ele me interromper colocando o seu dedo em minha boca fazendo um "shiii" baixinho.

- O que importa é que você me ama, e eu continuo te amando, meu amor por você só veio aumentando esses dias.- Ele disse e aproximou seu rosto do meu, não pensei duas vezes e puxei sua cintura e selei nossos lábios, seus lábios eram macios, doces, a coisa mais gostosa que eu já provei, dentro da minha barriga borboletas faziam uma festa, depois de um selinho demorado ele pediu passagem para a língua e eu cedi, nossas línguas dançavam uma com a outra, era algo calmo, apaixonante e com gostinho de quero mais, mas infelizmente o ar nos faltou e tivemos que parar o beijo com alguns selinhos, se eu soubesse que beijar ele ia ser tão bom eu teria feito antes, estávamos ambos corados e com vergonha, passamos um tempo se olhando e rindo feito dois idiotas, logo eu levantei e ajudei ele à se levantar, entrelaçamos nossas mãos e saímos do parque, chamei o taxi e voltamos para a minha casa...


Notas Finais


Só isso por hoje espero que tenham gostado 🌚🍃💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...