História Unfair Love - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hopega, Jikook, Namjin, Sobi, Yoonseok
Exibições 28
Palavras 881
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shounen, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AHA...EU FALEI QUE IA VOLTAR

Capítulo 7 - Save Me


Após todas as aulas Hoseok só queria ir pra casa e se jogar na cama, esses mistérios entre seus amigos acabava com seu psicológico de certa forma. E desde o momento que falou com Mark, não havia visto um ruivo chamado ParK’inho Jaiminho.


Sua vida estava voltando a ser como era antes, mas desta vez tinha Yoongi. E enquanto andava na rua, tinha um leve sorriso nos lábios lembrando de como o Min ficou preocupado em lhe acompanhar, mesmo gostando MUITO da companhia de Yoongi , só queria chegar em casa.


E achou até estranho a reação dele na hora de sair, não é como se o mundo fosse acabar….ou sim….Não dava importância.


E devia se preocupar ou prestar atenção, principalmente no cara mascarado atrás de si, porém  já era tarde demais pra isso. Literalmente em um piscar de olhos, já estava desacordado e sendo carregado para dentro de um carro.



¤¤¤


Enquanto isso ainda na escola, Jimin e Taehyung provocavam Jeongguk enquanto o mesmo fingia não dar atenção. Tudo começou quando Jeon teve uma crise de ciúmes por ter visto Jimin a conversar com Mark, nisso Tae entrou defendendo o Park enquanto Jeon começava com mais uma de suas birras.


Yaw Kookie ㅡ  chamava o ruivo pela décima quinta vez, enquanto o Kim observava os dois com um sorriso em seu rosto ㅡ Desculpa Okey? Eu só estava curioso quando vi ele puxando Seok no shopping ㅡ abraçava Taehyung que encarava cinicamente Jeongguk que arregalava os olhos levemente.


Isso não importa...Vamos pra casa, Tenho “coisas” a resolver com vocês ㅡ não deu tempo para os dois responderem e já estava os puxando.



¤¤¤



Hoseok sentia sua visão embaçada e, ao voltar ao normal queria não ter aberto os olhos. Reconhecia o lugar, seu antigo quarto, porém completamente vazio e escuro deixando apenas uma lâmpada iluminando seu corpo preso a uma cadeira. Até tentaria se soltar mas em sua mente , estava se perguntando onde estava e o motivo. “Seria alguma brincadeira? Definitivamente não. Alguem iria vender seus órgãos na Deep Web? Provavelmente”


E antes de falar algo ouviu o som de passos.


QUEM ESTÁ AÍ ? ME TIRE DAQUI! EU DOU UM RIM SE ME SOLTAREM. ㅡ se remexia na cadeira em uma tentativa falha de fugir, seus pulsos estavam doloridos e, alguns cortes estavam sangrando.



Você ainda continua barulhento , Não é mesmo? ㅡ alguém nas sombras se pronunciou.


Hoseok tremeu ao ouvir aquela voz, sabia muito bem de quem era. Agora seria um bom momento para refletir sobre suas ações e brigar internamente por não deixar Yoongi acompanhá-lo. Estava fodido, e muito.


Me admira de estar vivo Jung Sung Jo, Deduzi que após mandar um de seus escravos para matar minha Mãe você se mataria também , mas parece que me enganei ㅡ falou em um tom de deboche mesmo querendo chorar por dentro.


Muita sentimental da sua parte ㅡ riu sarcasticamente aproximando-se do menor ㅡ  Mas para sua infelicidade, não estou no clima para brincadeiras e daqui a pouco você também ㅡ olhou com os olhos negros totalmente sem brilho fazendo Hoseok se encolher um pouco.



Admitia que se arrependia de cutucar a onça com vara curta mas não deixaria passar, não depois de o assassinato de sua Mãe, principalmente para o outro Jung, que se recusava a chamar de pai.


E bom, tudo ia bem até o mais velho começar a torturar a pele de Hoseok que já acostumado com a dor só deixava suas lágrimas molharem suas bochechas.



¤¤¤


Jin totalmente inquieto ligava para o celular do seu “filho” enquanto Namjoon perguntava pros amigos do mesmo se haviam visto o mesmo.


Sem notícias.


E isso fazia SeokJin abraçar o outro Kim que tentava confortá-lo criando expectativas que sua criança estava a salvo. Até Mark estava na casa deles apenas observando tudo e todos pensando sobre o assunto.


O que um Idiota como ele está fazendo aqui ? ㅡ  rosnou Yoongi para Jimin que já estava vermelho de tanto chorar sendo abraçado por seus dois namorados que estavam se segurando para não desabar.


Eu acho que você devia ficar quieto ai  e ser mais educado, afinal , também quero encontrar Hoseok ㅡ Mark se intrometeu encarando o esverdeado friamente.


Quer encontra-lo para o agredir novamente? Quem é você para me ensinar as boas maneiras “Senhor Bonzinho” . Mas quero que saiba que não vou gastar meu tempo contigo, tenho alguém de verdade para encontrar e, não só em fingimentos. ㅡ Saiu com rapidez da casa  parando na frente da mesma quase arrancando seus cabelosㅡ Você sumiu no momento errado Jung HoSeok.


¤¤¤


Enquanto SungJo ria de forma totalmente macabra vendo o castanho gemer de dor banhado em sangue. Agora o quarto estava mais iluminado , continuava com as paredes cinzas porém com duas câmeras  a observar tudo.


Hoseok queria ter forças para gritar ou atacar o cara a sua frente, mas estava totalmente incapacitado ,cada pedacinho de seu corpo estava com cortes ou marcas , sua pele banhava-se no vermelho escarlate . Queria seu Yoongi, seus amigos, e sua família.


Desta vez estava solto , porém totalmente largado até que viu o ser repugnante aproximando-se de si novamente.


Se você se comportar posso pensar em te trazer alimento ...ou você será o meu ㅡ sorriu malicioso deixando o menor pra trás , retirando-se do quarto logo o trancando.


Hoseok tinha esperança de que alguém iria tirá-lo daquele inferno.


Que para infelicidade dele (novamente) só estava começando.


Notas Finais


É...sou eu

Quem quiser me atacar, jogar uma batata em mim...eu deixo..esqueci de falar que o capitulo anterior é importante ..deixei umas pistas que ....MDS...joguei umas pistas nesse tbm e...vcs irão ver.

É provavel ter atualização amanhã :D

O Que estão achando?


Espero que tenham gostado e...é isso..

Desculpe qualquer erro

Bjos

Abraços

Até a próxima :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...