História Unfair Love - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hopega, Jikook, Namjin, Sobi, Yoonseok
Exibições 20
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shounen, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


TO AQUI NOVAMENTE


LIDE COM ISSO


:)

Capítulo 8 - Hope



Hoseok olhava pro ser a sua frente, alguém com máscara de coelho que de certa forma agradecia por estar ali, era mil vezes melhor do que ficar na presença de SungJo. Havia se passado três dias desde o ‘sequestro’ , três dias querendo morrer de uma vez, três dias perdendo a esperança, três dias que sentiu falta de sua antiga vida e por fim , três dias que pareciam uma eternidade.


Já havia feito várias perguntas mas o coelho só falava “câmera” , as duas câmeras estavam lá presenciando todas as ações do Jung mais velho, Hoseok concluiu com aquilo que realmente, seu pai era um psicopata. E não via a hora de sair daquele lugar e prender aquele que o torturou, mesmo querendo que ele morresse , meio insensível? Levemente.


Enquanto estava sentado em um colchão velho que havia sido colocado ali a pouco tempo, tentou lembrar-se de como era ser livre. Saiu de sua navalha e de seus remédios para ter uma prova do inferno. “Que ótimo” pensou o castanho em ironia se perguntando se Jin já havia sentindo sua falta, estava preocupado , havia criado um laço forte com os Kim e os dois eram como uma família. É a sua família.


E em todas essas reflexões chegou a lembrar de Yoongi, queria ter aproveitado mais a sensação de ter seus lábios selados ao do esverdeado.


Pegue ou então irá morrer ㅡ o coelho pronunciou-se tirando Hoseok de seus devaneios.


Não é como se estivesse aqui para viver ㅡ respondeu pegando o copo de água junto a umas bolachas e torradas.


Tudo em seu tempo Jung Hoseok, deveria estar feliz pois seu tempo neste lugar está se esgotando, e em breve estará livre, isso só depende de você.  ㅡ falou a pessoa calma enquanto voltava a limpar o chão ensopado de sangue.


O que quer que eu faça? Ser torturado e levar na boa? Ninguém vem me buscar, Ninguém irá me soltar . Aquele cara ㅡ apontou para uma das câmeras ㅡ é um completo doente, ele matou minha Mãe e COM CERTEZA muita gente por aí. Como depende de mim? Explique-me ! Está difícil de entender como posso sair dessa bosta apenas sofrendo em silêncio.


Sabe pelo menos a quem está se referindo? Entenda que nem tudo é o que parece. ㅡ falou indo embora.


Hoseok então voltou a refletir, desta vez sobre tais palavras do coelho com voz de google levemente modificada. Após terminar seu alimento ouviu o estrondo da porta e o sorriso malicioso do que acabou de entrar, queria que não fosse ele.


Iria começar tudo mais uma vez.



¤¤¤


Um pouco mais tarde na casa dos Kim , Jin abraçava Namjoon mais uma vez, Três dias que ele não havia conseguido dormir, três que Namjoon fez de tudo para achar Hoseok e ver novamente um sorriso no rosto de seu amado,  três dias que o Jung não estava lá para brigar da comida queimada.


Jimin estava ajudando Namjoon a melhorar Jin enquanto Taehyung e Jeongguk se responsabilizavam pelo estabelecimento do mais velho, o restaurante/padaria não podia fechar. E nesse pequeno tempo Mark estava investigando tudo em silêncio, e só o fato que de vez em quando visitava Tae, Jeon e Jimin para ajudar surpreendia os mesmos, afinal ele costumava aparentemente odiar o Jung. Mas tinha uma pessoa que não estava gostando nada da presença de Mark e esse alguém era Yoongi , simplesmente achava estranho as escolhas do loiro e como já havia presenciado o mesmo agredindo o castanho , não confiava nada nele.

Mas ele não sabia que tal investigação estava de certa forma dando certo,  Mark sabia onde Hoseok estava , porém esperava o momento certo para tira-lo dali, e tinha "ajuda" de um certo coelho. Não podia entrar e simplesmente invadir e fugir com o castanho, tinha algo muito mais além disso, alguém que estava do lado do Jung havia planejado aquilo.

¤¤¤¤


Hoseok estava preso na cadeira com seus olhos focados no chão, enquanto soluçava sussurrando para que o ajudassem. Não queria dar este prazer de sofrer na frente de SungJo mas não aguentava mais.


Ah vamos lá, cresça um pouco e pare de ser esse bebê chorão falou o mais velho rindo diabolicamente’ enquanto desferia mais cortes no corpo de Hoseok.


“Em breve estará livre” ecoava na cabeça do castanho até que sua visão foi ficando cada vez mais embaçada e escura.


Hoseok havia desmaiado.


Notas Finais


Desculpe pelo cap pequeno...mas olhe o lado bom

É um Cap

Bjo no kokoro de quem leu

Quem comentou no cap passado zs

Quem deu favorito

E os possíveis fantasmas

Até Breve ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...