História Unforgettable Moments - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski
Tags Sterek
Visualizações 118
Palavras 1.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drabs, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, Slash, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estamos de capinea nova. Observem essa obra de arte.
#Amemgeovana

Olá humanos.
Eu vou postar esse capítulo hoje, porque, se eu deixar pra amanhã eu me esqueço.

Entaaaaaao, feliz dias dos pais e blá-blá-blá, devemos lembrar do fato que família é amor e não gênero.

Os erros do capítulo são propositais.

Capítulo 20 - Capítulo 20


Fanfic / Fanfiction Unforgettable Moments - Capítulo 20 - Capítulo 20

- Vamos Derek, nós estamos atrasados. -Stiles gritava por Derek esperando o mesmo perto da porta de entrada.

O lobo desceu as escadas carrancudo, a boca de Stiles foi ao chão, não por Derek estar bonito, mas por Deus, o homem usava um terno risca giz preto.

- Homem, aonde você pensa que vai de terno? -o humano pediu tentando segurar o riso.

- Na apresentação. -o lobo murmurou.

- Jesus Derek, é uma apresentação de escola. -Stiles riu gostosamente. - Vai trocar de roupa.

O lobo bufou descontente, o que se usa na primeira apresentação de escola do seu primeiro filho?

O moreno resmungava enquanto subia as escadas, porque ele não podia usar terno.

Tirou o terno preto e a gravata vermelha, trocando sua roupa por uma calça jeans, blusa branca e sua jaqueta de couro, e pegou um tênis qualquer.

Desceu as escadas carrancudo e encontrou Stiles com a chave do carro na mão.

- Bem melhor. -exclamou. - Agora tire essa carranca do rosto, vai assustar os amigos do nosso filho.

Quando Stiles beijou sua bochecha, a cara de mal suavizou. Os dois saíram de casa indo direto ao carro.

Derek estava nervoso mesmo que não demonstrasse, era a primeira apresentação de dia dos pais do filho, ele não sabia como agir, ou o que fazer.

Seu filho de quatro anos, Andrew, o menininho que tinha adotado a algum tempo, tinha começado a escola esse ano, e agora, em agosto no dia dos pais, iria haver uma apresentação sobre os pais.

Derek não sabia bem o que o filho ia fazer, nem Stiles, ele so lembrava de Andrew roubando uma chave de fenda sua e o distintivo de FBI de Stiles.

Stiles levou o menino mais cedo pra escola e os dois voltaram a se arrumar, e agora era a hora.

A escola estava bem arrumada, tinham vários pais e famílias, os dois se dirigiram para o auditório da escola e sentaram em uma das primeiras fileiras, aonde tinha seu nome.

Uma professora ruiva, entrou, ela falou sobre o que se tratava a apresentação, e que, as crianças seriam chamadas pro ordem alfabética.

Derek apertou a mãos de Stiles, se estivesse certo, Andrew seria o primeiro.

Mas não foi.

Foi Bianca, uma garotinha ruiva, que falou como gostava do fato de seu pai ser médico, ela estava devidamente vestida como uma médica, o jaleco ficava grande demais para ela.

- Cadê o Andrew? -o lobo cochichou para o humano.

- Não sei. -Stiles franziu as sobrancelhas em confusão.

As crianças foram passando, teve um cozinheiro, um dentista, uma professora, um veterinário, e várias outras.

E terminou. Acabou. Andrew não apareceu. A mulher ruiva voltou para o palco e pediu que os pais não se retirassem.

- Todos os pais, aqui representados, tem sua devida importância, cada um deles teve um passo fundamental para "formação" dessas crianças, nos temos um aluno especial... - fez aspas com os dedos. -... Andrew. -ela chamou, o menino entrou correndo com suas perninhas curtas.

Derek quase chorou, seu filho usava uma camisa social branca- grande demais para seu corpo pequeno-, uma calça jeans, manchada de graxa, juntamente com a camisa, em seu pescoço pendia o distintivo do FBI, e ele segurava a chave de fenda de Derek. Seu rostinho gorducho tinha algumas manchas escuras.

O lobo poderia dizer que era uma junção dele e do marido, Derek não entendeu o porque disso.

A professora ajustou o microfone de modo que ficasse e do tamanho do garotinho.

- Eu tenho doisi papai... -o menininho começou. -... tem o papai cacanludo... -as pessoas riram. -... e tem o papai que não é cacanludo. O papai Delek tem uma loja, ele conselta calos, eu não entendi muito bem o que ele faz. -o menino confessou, Derek tinha seu maior sorriso no rosto, que estava molhado de lágrimas. - Ele chega sujo de gaxa em casa, ai o papai Sti manda ele tomal banho polque ele tá fedendo.-foi inevitável que as pessoas não rissem. - O papai Stiles tabalha com o vovô John, o papai Delek disse que ele salva pessoas, ai eu entendi que o papai é o supel-homem. -Stiles sorriu, mesmo que estivesse chorando. - O papai Delek me dá solvete antes do janta, ele me disse que não era pla conta pro papai Sti, mas eu não entendi polque. -Andrew parecia confuso. Stiles olhou perigosamente para Derek, que sorriu torto. - Ano passado os doisi papai me levaram da casa gande, eu acho que é olfanato, não ela legau lá, tinha muita cliança, e a tia do olfanato não dexava a gente come dileito, e ela não me acoldava com bejinho, ela ela malvada, e não me deixava bincar na tela, na casa da folesta é legau, polque o papai me deixa binca na tela, e depois ele me dá banho na banhela, ai o papai Delek faz a comida, polque o papai Stiles coloca fogo na cozinha... -as pessoas se assustaram.-... foi o papai Delek que disse, ele também falou que não ela pa fala plo papai Sti polque ele ia fica bavo. Ai depois que eu tenho minha baliga cheia o papai Sti me conta uma histolia, a que eu mais goto é aquela que o helói salvou o mocinho na pischina. E de manhã o o papai Sti me acolda com um monte de bejinho e tem paqueca. -Stiles e Derek se entrolharam e sorriram. - Meu amiguinho pediu se eu quelia uma mamãe, ai eu pedi o que uma mamãe fazia, ele disse que uma mamãe dava calinho, amo, divesão, atenção, e coloca a gente pa dolmi, ai eu vi que eu não peciso de uma mamãe polque o papai Delek e o papai Sti já me dão amo e calinho, e divesão, o dia mais divetido na minha vida foi o dia que os papai me levalam a um paque de divesão, ai a gente foi na montanha lussa, e deu de ve toda a cidade lá de cima. E eu amo meus papai.- Andrew saiu xorrendo e abracou os pais.

Derek e Stiles se debulhavam em lágrimas enquanto as pessoas aplaudiam o garotinho, os dois chegaram a conclusão que tinham o melhor filho do mundo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...