História U.N.I (you and i) - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Visualizações 305
Palavras 1.530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha eu bem louca aqui de novo! hahaha

Gente, cochilei em cima do notebook ontem e apaguei uns três parágrafos do capítulo anterior, então pra vocês que já o leram, dêem uma checada de novo lá! rs
É bem no começo ^^"


Música do capítulo: Take It All - Adele

Capítulo 51 - Take It All


Fanfic / Fanfiction U.N.I (you and i) - Capítulo 51 - Take It All

Então acabou? Realmente acabou?

Você está desistindo muito facilmente

Eu pensei que você me amasse mais que isso

LONDRES, ABRIL DE 2014

– Sophia... Que tantas sacolas são essas? – Layla questiona, entrando na cozinha assim que escurece e eu sinalizo pra ela ficar em silêncio.

– Olha isso aqui. – chamo séria, dando play pela milésima vez no vídeo em que Ashton beija uma fã na Suécia.

– Nossa, que espertinha. Coitado do Ash.

Olho para Layla horrorizada.

– Você viu que no final ele está sorrindo?

– Ele obviamente foi pego de surpresa! O que mais ele poderia fazer?

– Se defender, fazer cara de nojo, sei lá!

– Com fã não se discute, você mesma disse. Agora que tantas sacolas são essas?

– Eu fui a Poundland comprar produtos de limpeza. – respondo a contragosto, chutando a sacola da Topshop pra debaixo da mesa.

Layla estreita os olhos miúdos na minha direção.

– Quantos milhões em produtos de limpeza você comprou?

– Eu comprei outros troços também, nada demais.

– Sophie... – ela começa com um tom de adulta responsável – Você sabe que não está podendo gastar.

– Era tudo por um pound! Nós vamos precisar de três porta-trecos e de um cortador de durex cor-de-rosa algum dia!

Ela suspira balançando a cabeça em negativa, mas desiste, indo pegar algo na geladeira para comer. Lhe pergunto como foi o dia e ela faz um resumo dos problemas e novidades no estágio, enquanto eu assisto ao vídeo do Ashton beijando a fã mais uma dúzia de vezes.

Estou tão distraída que nem percebo quando Layla puxa a cadeira para sentar ao meu lado, encontrando mais uma sacola de compras.

– SOPHIA! Topshop?!

– É do outlet!

Recolho o pacote de imediato, abraçando-o como se minha vida dependesse disso.

– Eu juro que foi super barato!

– Tsc, tsc, incorrigível.

– Pare de me olhar assim, uma garota tem que fazer o que for preciso pra se sentir feliz. – gemo fazendo biquinho.

– To vendo aí a tua felicidade.

Franzo o cenho.

– Ah, tinha funcionado até eu chegar em casa e ver esse vídeo. Não tenho culpa se Ashton está por aí, beijando Deus e o mundo. Ele me faz tanta falta!

– Você deveria falar com ele, já está ficando depressivo te ver stalkeando cada passo da banda.

– Eu não vou falar com ele.

– Você é melhor do que isso, Sophie.

– Não se trata apenas do Ashton, okay? Eu sinto falta de viajar com a banda. Antes daquela bruxa da Zoe chegar eu tinha acesso garantido a todos os shows e agora cá estou eu, tendo que recorrer ao tumblr e a sites de fofocas por informações. É um absurdo, é o fim dos tempos.

Vincent aparece e para ao pé da porta, avaliando o clima.

– Se o assunto for o menino franzino me diga de uma vez que eu volto pra minha cama enquanto há tempo.

– Ashton está beijando outras garotas. – Layla entrega de bom grado.

Vincent desata a rir, praticamente correndo na minha direção.

– Você tem o vídeo aí?

Bufo, revirando os olhos, mas dou o play do mesmo jeito.

– Que sensacional, o garoto maravilha não perde tempo. Afinal, vocês brigaram ou o quê?

– Nós não brigamos. Ele pode ficar com quem quiser enquanto estivermos longe um do outro. Está no nosso livro de regras.

– Hum... E é por isso que ele não quer mais te levar com a banda? Pra ele aproveitar a fama e dar um trato nas fãs bonitinhas?

– Ugh! Para com isso, Ashton não é desses! – rebato, empurrando um ainda sorridente Viny para longe – Isso é coisa da Zoe.

– A nova responsável pela banda. – Layla explica e Viny pega um cacho de uvas, sentando ao meu lado.

– Ela é gata? Você acha que ele te trocou por ela?

Faço careta.

– Ela é uma tia velha.

– Hum, já está claro a esse ponto que ele prefere mulheres maduras, então...

– Cala a boca.

– Sabe de uma coisa? Estou achando tudo isso ótimo.

– Claro que está. – murmuro a contra gosto.

– É sério. Você tem ideia do quão sortuda tem sido até agora? Do quão ferrada você estaria se alguém descobrisse sobre vocês dois?

– Ninguém vai descobrir nada, Viny. – digo cansada.

Acho que já tivemos essa mesma discussão umas trinta vezes.

– Que inferno! Você não se preocupa com o próprio futuro? – ele retruca, ficando de pé – Se o menino franzino já desapareceu a uma altura dessas, certamente não vai estar por perto quando você for deportada para o Brasil e ele estiver muito ocupado ganhando prêmios na MTV.

– Você diz isso porque não sabe como as coisas têm sido entre a gente. Ashton está tão envolvido nisso quanto eu.

– Mesmo? Não é o que parece. – ele rebate, apontando para o notebook.

– Já deu, né pessoal? – Layla intervem – Estou cansada de vocês dois brigando o tempo todo.

– Então coloque algum juízo na cabeça dela! – Vincent praticamente grita – Aviso logo que eu estou a dois passos de contar pros teus pais.

– Você não se atreva!

Juro que se não fosse a mesa entre nós eu estaria estapeando-o agora.

Vincent não parece nem um pouco assustado, mas seus olhos estão igualmente furiosos quando ele se inclina para frente, aproximando o rosto do meu.

– É melhor eles irem se preparando, afinal, quem mais vai pagar a dívida que você vai fazer com o governo quando tiver que devolver a bolsa? – ele provoca irônico.

– Vai se ferrar! – grito, perdendo o controle e ele dá de ombros.

– Depois de você.

– Ei, ei, ei, que feio vocês dois. – Layla dispara, parando na ponta da mesa – Sophia, peça desculpas ao Viny. Viny, peça desculpas a Sophie.

– Não! – rebatemos ao mesmo tempo.

– Vocês estão partindo meu coração, sério mesmo. – ela reclama, pousando as mãos no ombro de cada um – Nós somos uma família, temos que nos apoiar.

O apelo dela derrete meu coração e eu fraquejo, olhando para Viny com uma expressão mais amena, conferindo se ele topa uma oferta de paz. O inglês barbado comprime os lábios, movendo a cabeça em negativa e então se desencosta da mesa, me olhando com decepção.

– Eu não posso apoiar isso. – ele murmura e então repete com mais firmeza – Eu não vou apoiar isso.

Assisto enquanto Viny deixa a cozinha e então desabo na cadeira, mais chateada do que eu estava meia hora atrás. Não ajuda em nada que eu passe tanto tempo em casa sem fazer nada, mas Morella me dispensou de todos os seus projetos como castigo por eu ter escolhido continuar com a 5 Seconds of Summer, então só me resta ficar na busca por vídeos estúpidos online.

A que ponto minha vida chegou?

– Eu preciso de um batom novo. Topa ir na Oxford Street?

Layla faz careta, sentando ao meu lado.

– Você realmente deveria esclarecer as coisas com Ashton pra ver se vale a pena todo esse drama, Sophia.

– Eu não quero.

– Por quê?

– E se não valer?

Olho pra ela desesperançosa, temendo a resposta da minha própria pergunta.

– O quê? Você está com medo?

Suspiro, clicando na outra aba aberta do navegador, mostrando o vídeo que me fez entrar em colapso nervoso pra começo de conversa.

Layla se posiciona melhor e assiste em silêncio enquanto a entrevistadora pergunta se os meninos estão solteiros ou envolvidos com alguém. Calum e Luke imediatamente dizem que não, Michael inventa rumores sobre ele e Miranda Kerr e todo mundo ri. Parece que Ashton vai passar batido, mas a entrevistadora insiste em ouvir a resposta dele.

– Não, eu estou solteiro também. – ele admite com um sorriso – Bem que eu gostaria de ter alguém, mas nós estamos tão ocupados viajando de uma cidade pra outra que a essa altura da nossa carreira fica impossível namorar.

– Eu não acredito nisso! – o outro entrevistador insiste achando graça – Caras bonitões como vocês devem ter uma garota esperando em cada cidade. Vamos lá, Ashton, nos diga a verdade.

– Essa é a verdade! – ele rebate, ligeiramente constrangido dessa vez – Eu acho que em algum momento vou encontrar uma garota que faça o esforço extra valer à pena, mas enquanto isso não acontece, estou satisfeito namorando minha bateria.

Dou pausa no vídeo e olho para Layla esperando um veredito.

Ela franze os lábios miúdos, reflexiva.

– Entendo que é chato ouvir uma coisa dessas, mas é melhor do que ele admitir pra todo mundo que vocês estão juntos, não é?

– Nós estamos juntos? – pergunto sem disfarçar minha tristeza – Ele não precisava revelar o meu nome pra dizer que estava saindo, ou pelo menos gostando de alguém.

– Isso só ia gerar mais perguntas. – ela continua, condescendente.

– Mas ele precisava ir tão longe com a história de não ter encontrado uma garota que faça o esforço extra valer a pena? Eu odeio admitir, mas isso doeu mais do que eu podia imaginar. Eu continuo ouvindo essas palavras na minha cabeça como se ele estivesse falando diretamente pra mim.

– Ele não está. É só um programa de TV que ele provavelmente acha que você nem vai ver.

Mordo o lábio inferior, incapaz de me livrar da desagradável sensação de que o estou perdendo a cada minuto que passamos longe.

– Eu gosto mesmo desse garoto, Layla.

– E você disse isso a ele?

Faço que não e ela suspira, transbordando compreensão.

– É... Pro seu próprio bem talvez seja a hora de começar a tentar.


Notas Finais


Não vou mentir pra vocês, tava com saudades da Layla e do Viny ♥

Música: https://www.youtube.com/watch?v=zseWWNejZ9s


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...