História Unidos pelo colégio AH - Interativa - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colégio, Interativa
Exibições 27
Palavras 1.612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Zona Proibida?


Fanfic / Fanfiction Unidos pelo colégio AH - Interativa - Capítulo 3 - Zona Proibida?

 Ao anoitecer o plano de Haianny ja estava todo esquematizado, ela e Beatricce sairiam de seu quarto pouco depois que o sinal de recolher tocasse, iriam até o quarto das outras meninas, Marshall e Erick fariam o mesmo, só que pelo quarto dos meninos, e depois todos se encontrariam na sala de estar, e então Haianny, beatricce e Marshall que já conheciam a zona proibida iriam guiar os outros alunos.

Quarto D12

- Queen? Queen você não está ouvindo ouvindo porta? - perguntou Samantha saindo do banheiro, a garota acabara de tomar banho - Emmaaaa - gritou.

- Meu deus, pra que gritar Samantha? - A loira gritou de volta tirando os fones do ouvido.

- A porta, deixa que eu abro.

Quando Sam abriu a porta viu que se tratava de Haianny e Beatricce, e algumas outras meninas atrás delas, ela lembrava de ter visto algumas, mas só se lembrava mesmo das duas da frente, pois já as conheciam desde o ano passado.

- Bea? Aconteceu algo? - perguntou confusa a menina com rosto angelical e cabelos verdes, ela e Beateicce se conheciam, mas apesar de serem próximas, não eram como melhores amigas.

- Quem são vocês? - Queen se levantou da cama indo até a porta.

- Essas são Beatricce Montgomery, e Haianny Lancaster, são do segundo ano - explicou Sam.

Queen e Bea se olham e sorriem uma para a outra se cumprimentando, Haianny quando vê isso não gosta muito e olha para Queen com uma cara nada amigável, "Quem essa novata pensa que é?" Era o pensamento que se passava pela cabeça da morena, Queen sem nem se importando com a cara que Hanny fez, apenas revirou os olhos.

- Tá mas o que vocês fazem aqui? À propósito, Beatricce, amei seu colar - Queen pronunciou tocando o colar de Bea que era um pequeno microfone junto de uma máscara, que simbolizava a música e o Teatro para a garota - Ah sou Emma, mas pode me chamar de Queen Hell, ou apenas Queen...

- Ah, obrigada, Queen, bom nós viemos aqui chamar vocês para um tour no colégio.

- Mas o diretor ja faz um tour com nós novatos hoje.

- E eu já sou veterana, conheço esse colégio a três anos como a palma da minha mão - falou Sam - e outra, vocês estão loucas, o sinal de recolher ja bateu, não era nem para vocês estarem aqui, e o diretor pega vocês...

- Gente, nós vamos ou não? - perguntou uma menina que estava atrás de Hanny, provavelmente uma novata, já que as meninas não a conheciam.

Depois de ouvirem sobre a tal zona proibida às duas resolveram ir junto, e então foram para a sala encontrar os meninos.

- Por que demoraram tanto? - perguntou Marshall - estavam passando maquiagem pra andar pelo colégio?

- Cala a boca idiota.

- Bea você é tão irritante.

- Ei vocês dois, ja deu, desde quando se viram vocês só brigam, deveriam se conhecer melhor ao invés de ficar trocando farpas - esbraveceu Hanny.

Beatricce ergueu o dedo do meio em direção a Marshall e todos começaram a seguir Hanny. Ao chegarem ao fim do corredor da sala de biologia, encararam uma porta, aparentemente trancada, mas Hanny sabia que a chave ficava escondida em um dos vasos de plantas ali presente.

- A diretora disse que nao poderíamos entrar nessa sala em circunstâncias alguma - pronunciou Queen.

- É por isso que se chama "Zona proibida" gênio, e outra, você se importa mesmo com isso? - ironizou Hanny.

- Pensando bem, nem um pouco - respondeu ultrapassando a porta junto com os outros alunos.

Ao descerem a escadaria estavam em um largo corredor, com algumas portas. Ali estavam algumas salas, para ser mais específica, três salas salas onde a primeira guardava objetos que os professores pagavam dos alunos, tais como celulares, mp3, alguns jogos e coisas do tipo quando algum aluno não estava prestando atenção na aula, e também algumas roupas de anos e estações passadas que os alunos perdiam e então jogavam naquela sala, era como um achados e perdidos, mas que nunca seriam achados pelos seus donos. A segunda sala, quando Hanny, Bea e Marshall à invadiram no ano anterior, descobriram que lá estavam alguns "segredos" do Avalon High, lá tinham várias fichas de alunos de outras gerações, alguns diários com umas histórias um pouco estranhas. Até aí naquela época os três não entenderam o por que de ser proibida a entrada ali sendo que não tinha nada de mais. Já a terceira porta eles não sabiam o que havia, pois quando estavam saindo da segunda, a diretora os pegou e quase levaram suspensão, depois disso nunca mais voltaram lá, até agora, que Hanny teve essa louca ideia, apoiada por seus amigos.

O grupo de alunos entraram na primeira porta, e a grande maioria, por nunca ter visto aquela parte, ficaram pasmos com a quantidade de aparelhos eletrônicos, cadernos, roupas e várias outras coisas que estavam ali.

- Caraca, olha meu mp3, perdi ele ano passado - Erick falou mostrando o pequeno aparelho cinza.

- Como você sabe que é o seu, podem existir milhares iguais a esse no mundo, e aqui provavelmente deve ter mais, ouvi que ano passado umas três pessoas perderam um desses - Matheus falou mexendo nos cadernos.

- Tem meu nome gravado, olha - falou mostrando o aparelho - será que eu posso levar? Se bem que eu não tenho nem o carregador disso mais, ah deixa pra lá.

- Gente, vamos para a próxima porta, lá tem uns diários velhos e coisas do tipo, precisamos ir logo para não demorar muito, dessa vez quero entrar na terceira porta - Beatricce chamou o pessoal.

- Até que você está animadinha pra quem não queria se meter em encrenca em Triz - falou Hanny também saindo da sala e entrando na segunda.

- Vai dizer que você estava com medo Bea? - provocou Queen.

- Vai se ferrar vocês duas - riu a garota.

Os alunos ficaram ali por um tempo olhando aquele monte de folhas, em que a maioria estavam comidas pelas traças, Beatricce estava tentando pegar um dos diários que estavam na prateleira só que um pouco alto demais para ela que era baixinha.

- Eu pego pra você - ouviu uma voz e logo viu um braço pegando o que ela queria - aqui está.

- Obrigada, você é...?

- Bruno, e você beatricce não é? Já ouvi falar de você.

- Hum, tchal - A garota ia saindo de perto de Bruno, mas o mesmo a chama novamente e ela para de andar virando para ele - o que foi?

- Você não vai dar em cima de mim? - falou confuso e estranhando aquilo.

- Por que eu deveria fazer isso? - perguntou franzendo o cenho.

- Não, por favor não fique prava, é que desde que eu pisei nesse colégio as garotas vem pra cima de mim como urubus, se oferecendo, isso é um saco.

- Você é novato, carne nova no pedaço, esse colégio tem muita vadia, isso é normal acontecer, daqui a pouco elas te esquecem, mas não sou uma delas então não espere tal ato de mim sem contar que você não faz meu tipo.

- Bom saber, ja gostei de você só por isso, mas espera, como assim não faço seu tipo? Tá me chamando de feio? Ou você é... sabe, lesbica? - a garota começa a rir com a especulação de Bruno.

- Nenhum dos dois, não sou lesbica, e você até que é bonito, mas realmente não faz meu tipo, agora vamos lá pois o povo ja está indo para a terceira sala, e ela é a que mais me interessa - Os dois trocam um sorriso e saem da sala, Hanny ao ver Bea puxa ela para perto.

- Quem é o garoto? Bonitonho ele - pergunta o fitando.

- Bruno, ele é bem legal, vamos logo.

Eles conseguem abrir a terceira porta, mas acabam por ouvir um barulho vindo da escadaria e se assustam.

- Ai caraca deve ser a diretora - estremeceu Samantha - e agora?

- Agora fudeu - Marshall sussurrou.

- Gente, entrem aqui, rápido - chamou Erick o mais baixo possivel e todos entraram na sala mais esperada.

Eles fecharam a porta e ficaram em silêncio no escuro, ouviram a diretora chamar algumas vezes "Quem está aí?", mas continuaram quietos, eles sabiam que se fossem pegos sofreriam uma punição.

Depois de um tempo ali em silêncio, Matheus abriu um pouco a porta e viu que a barra estava limpa, sugeriu que fossem para seus quartos, mas Beatricce e Hanny bateram o pé que iriam ficar, e quem quisesse ir que fosse, mas elas ficariam já que já estavam na sala mesmo. Com medo a grande maioria dos alunos saíram da sala que ainda estava escura e foram para seus quartos, os únicos que sobraram foram Marshall, Beatricce, Matheus, Haianny, e Queen. Eles ascenderam às luzes da sala e ficaram frustrados como que viu.

- Que porra é essa? Aquela diretora velha tem problemas? Por que ela faz tanto auê com esse andar sendo que não tem porra nenhuma nesse caralho? - Falou Hanny quase gritando.

- Eu achei que era algo mais grave, af, deveria ter ficado em meu quarto dormindo - Completou Queen.

- Francamente, desde quando uma sala com coisas perdidas dos alunos, outra com diários e registros velhos, e essa que é a pior, cheia de uniformes velhos, deveria ser chamada de "zona proibida"? - Se frustrou Bea - estou decepcionada, me sinto burra, aí que ódio da senhorita X, pra que tanto mistério massas porcarias?

- Somos todos burros então Bea, não é só você - matheus pegou um uniforme e jogou longe.

- Ah vamos para nossos quartos, chega de ser trouxa por hoje, não acredito que me coloquei em risco para nada - Marshall saiu da sala e os outros foram atrás.


Notas Finais


Aqui estou eu novamente 😂😂 espero que tenham gostado da Zona proibida, pois nossos alunos não curtiram muito, e ai, também estão bravos com a diretora? Ou acharam que os alunos foram curiosos de mais é mereceram?

By: Tia Pipoca


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...