História Unintentionally Loved You - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Bebê, Camila G!p, Camren, Camren G!p
Exibições 1.899
Palavras 813
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Maratona 3/3
Espero que gostem!

Capítulo 33 - Nem faço ideia


Fanfic / Fanfiction Unintentionally Loved You - Capítulo 33 - Nem faço ideia

                     Pov Lauren

"Será que perdi a cabeça?

Será que estou ficando louca?

Se você soubesse das coisas más que eu gosto

Não acho que consigo explicar

O que posso dizer, é complicado

Não importa o que você diga

Não importa o que você faça

Eu só quero fazer coisas más com você

Tão bom, que não dá para explicar"

Ficamos mais alguns minutos no quarto, e depois descemos até a cozinha. Agora minha fome voltou, e eu poderia comer meu bolo, mesmo a Camila dizendo que já estava quase na hora da janta, eu a convenci a comer só um pedacinho. Pedacinho esse que se  transformará em um pedaço grande na verdade.

_ Amélia, você faz o melhor bolo de chocolate do mundo! Minha mãe que não escute isso. Mas é  a mais pura verdade! - digo assim que termino de comer meu pedaço de bolo, e deixo um beijo na bochecha dela, que cora com meu ato.

_ Fico lisonjeado, em ouvir isso, Laur. - ela diz tímida. 

_ A Amélia é mesmo uma cozinheira de mão cheia. Temos sorte em te - la com a gente. - Camila diz me abraçando por trás. 

_ Assim vocês me deixam sem graça. 

_ É a verdade, Amy. Você devia estar acostumada!  - digo e a Camila concorda.

_ E eu já ia me esquecendo. Não precisa vim trabalhar no fim de semana. Não vamos ficar em casa. Então, curta sua folga! - ela diz e a olho curiosa.

_ Não? Onde vamos? - pergunto curiosa e ela sorri.

_ Para a fazenda. Meus pais e os seus vão hoje, na verdade, eles já estão vindo e vão levar o Benjamin. Eles combinaram isso ontem. E nós vamos amanhã depois do almoço. 

_ Por que eles vão levar o Bê hoje? E por que nós só vamos amanhã? - pergunto. O bom é que eles combinam, e nem me perguntam nada. Só me avisam de última hora.  Tenho que ter uma conversa com minha mãe e com a senhorita Camila. 

_ Você conhece nossos pais, eles querem ficar com o Benjamin o máximo que podem.  E sobre irmos depois, é porque amanhã temos que acertar os últimos detalhes da festa do Ben. Daqui uns dias nosso pequeno completa um aninho.

_ Verdade, eu tinha me esquecido que iamos resolver as coisas amanhã. Falando nele, vou lá apertar meu pequeno antes que o levem de mim.

_ Vamos lá exagerada. Mas eu acho que ele ainda tá dormindo. - Camila diz e vamos até o quarto do Bê, que como a Camz disse, ainda dormia.

_ Vamos ter que acordar ele. Senão ele não vai deixar nossos pais dormir. - falo isso mais pra convence - lá a acordar ele, e curti ele mais um pouco antes dele ir pra lá. 

_ E você acha que eles vão fazer ele dormir na mesma hora que a gente? 

_ Eu sei que não. Eles só fazem o que ele quer.  - digo conformada.

_ Avós mimam os netos, isso é fato.

_ É, só que aí eles esquecem de mimar  os filhos um pouquinho. 

_ Pode deixar que eu te mimo no lugar deles. - ela diz e me dá um selinho. 

_ Gostei disso! 

                              X

Nossos pais não demoraram a buscar o Bê, e quando eles chegaram, o Benjamin já tinha acordado. Eles estavam todos empolgados de ficarem o fim de semana com o neto.  Eu e  a Camz preferimos não falar nada do que aconteceu mais cedo pra eles, para podermos passar o fim de semana sem lembrar disso. E a Camila já conversou com a Mani, e ela disse que podemos ficar despreocupadas. E que ela tinha tudo sobre controle. Assim espero!

                                X

Depois de um dia  um pouco agitado, tomei um banho relaxante, e quando sai do banheiro, usando um conjunto de lingerie de renda preta, a Camila estava sentada na cama só de cueca, e falava no telefone com alguém, que eu acho ser sua mãe. 

- O Benjamin ainda não dormiu? 

- Mas não pode. Amanhã ele vai ficar todo enjoado.

- Tá bom, mãe. Eu sei que a senhora sabe como cuidar dele. - ela diz, e só aí ela percebe minha presença no quarto.

- Mãe, vou desligar. Amanhã a gente se fala. Tchau! - ela desliga o celular e me encara.

_ Você não perde a oportunidade de me provocar, em Lauren Michelle? - ela pergunta, e faço a minha cara de mais inocente que consigo.

_ Eu? Provocar? Eu nem sei o que é isso, Camz. - digo e me sento em cima do seu membro.

_ Não sabe, né? Nunca ouviu nem falar? - ela pergunta com um sorriso malicioso, que eu amo.

_ Nem faço ideia. - digo e deixo uma mordida em seu queixo. 

_ Então, eu vou fazer questão de te ensinar!


Notas Finais


Desculpem qualquer erro!
Bjs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...