História Unintentionally loved you - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jihope, Menção!vkook, Namjin, Yoonmin
Exibições 66
Palavras 1.668
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente, quanto tempo!!!!!
É eu sei. Eu demorei bastante.  Mas tenho uma desculponaaa fui roubada.
O fdp pegou meu celular, onde eu escrevia às fics.
Tá tudo bem, eu poderia escrever no PC sim poderia, mas eu ñ gosto então fiquei um bom tempo vendo o que eu faria,  pensei em escrever no cel da minha mãe porém seria muito arriscado ela ver esse Cap magavilhosoo, bom então consegui falar com um amigo e ia fazer no cel dele, mas como g dragon reina, me abençoou com meu pai me dando um novin (n me perguntem o pq, tbm não sei)

Aí tava toda feliz, já querendo escrever aí eu lembro q eu já havia me acostumado com as notas do meu antigo celular, e o pior não era um App já era do celular mesmo,

1 conclusão
FODEU DE NOVO.
2 conclusão tive que baixar um app de notas o mais parecido com o antigo pra eu achar que conseguiria escrever nele.
Em fim vocês vão perceber que a formatação  tá diferente tipo o parágrafo e tals, ta pode ser q vcs nem se importem e eu estou me preocupando aki fds...
Mas acho isso importante .

Então gente agr e sobre o capítulo, lembrem se q eu havia dito esse capítulo e especial e então eu ñ vou dar continuação ao capítulo anterior e sim ao antes do anterior, sim meio confuso mas é só lembrar q nesse capítulo eu vou retratar a noite do casal (que ainda não é um casal) jihope

É tbm uma forma de presentinho, vai ter mt açúcar sim, porém nada de limonada.

É isso leiam e aproveitem.

Capítulo 8 - Capítulo 7


Após deixar Jungkook e Taehyung em suas devidas casas, Namjoon tratou de se encaminhar para sua junto de seu irmão, namorado e Hoseok, este último que não deixava-os esquecer de sua presença no carro, não parava um minuto sequer de cantar e gritar.

       Chegava até a ser engraçado o jeito que o Jung ficava ao estar bêbado. 

      Porém pra nenhum dos três foi engraçado ter de subir com um bêbado alegre, e ao mesmo tempo sonolento.

 -eu juro que matarei o Hoseok se ele inventar de tomar todas outra vez. - o mais velho murmurou se jogando no sofá deixando agora que o Park cuidasse do Jung.

- calma amor vou fazer uma massagem pra você relaxar. - Namjoon disse já se pondo atrás do namorado.

 -Ótimo, e o bebum eu que cuido né? -reclamou  o mais novo empurrado. Era o mais novo e o mais fraquinho dali, por que devia ficar com o trabalho pesado?

 -nossa chiminnn!!! Você não quer cuidar de mim? Não gosta mais de mim? Eu sabia!

    O moreno começou com um tom indignado e no final já estava quase chorando

Ótimo além de chato Hoseok consegue ser manhoso quando está bêbado. 

Pensou o ruivo fazendo um bico nos lábios.

 - É por isso que quem vai levar ele até seu quarto é você Jimin, ele só quer ir com você.  -Namjoon riu, acompanhado de seu namorado. Enquanto Jimin apenas revirou os olhos e seguiu sozinho com o moreno.

Em fim  quando chegaram no quarto do mais novo, Hoseok foi direto pra cama. Sendo acompanhado por um Jimin exausto.

 -ai que soninho!- o moreno bocejou.

 - não pode dormir hyung, não vai colocar uma roupa mais confortável, às minhas provavelmente não vão caber em você, mas eu posso ir buscar alguma roupa do Namjoon hyung.

A cada palavra dita por Jimin os olhos do mais velhos se fechavam cada vez mais rápido, parecia que um anjo sussurrava em seu ouvido, bem baixinho.

-não se preo- parou para dar um longo bocejo. - preocupa não.  Eu to bem.

      Fechou os olhos pronto pra se entregar a aquele soninho que estava o levando para o mundo dos sonhos.

 -tudo bem eu vou me trocar então.  - assim que ouviu aquela frase, parecia que passarinhos voavam e começavam a cantar a mais bela música. O sorriso de Hoseok se abriu de orelha a orelha.

      Levantou-se num sobressalto, e seus olhos já fitavam o corpo baxinho que se assustou com a reação do mais velho.

 -Então eu vou ter um strip só para mim? - os olhos de Hoseok brilharam só de pensar na possibilidade em ver seu amado o fazendo um showzinho especialJimin não se aguentou, soltou uma gargalhada interminável.

 - Não acredito Hobi. Você estava quase dormindo, e levanta pra dizer isso.

  - Jiminie-ah, faz isso pra mim. Uma dancinha só, você ia me dar vários orgasmos. -suspirou o mais velho, sem se importar com o rosto corado do garoto.

 -Hyung ya, que vergonha eu não vou fazer um strip pra você.  -murmurou tampando o rosto envergonhado nas mãos. 

 -ok, ok, não precisa dançar faz assim tira a roupa sensualmente olhando pra mim. - pediu de um jeitinho tão inocente que Jimin até poderia esquecer o que  moreno estava pedindo.

 -HOBI!! - surpreendeu-se com a cara de pau que o mais velho tinha.

 -Ta você tem razão, onde eu tô com a cabeça.  Ó nem precisa olhar pra mim é só tirar a roupa na minha frente.

Jung Hoseok só podia estar de brincadeira, era muita cara de pau pra uma pessoa só.

 -hyung para estou com vergonha.

-Okay, então finja que eu não estou aqui. Apenas tire a roupa como sempre faz. Eu prometo que não grito.

      Jimin riu, chegava a ser engraçado a insistência do rapaz, como se fosse algo muito normal.

 - Tá hyung você me convenceu, você pode me ver enquanto me troco. - disse enquanto se encaminhava para seu armário em busca de roupas confortáveis.

Fingiu não perceber a animação do garoto atrás de si.

  - eu posso tocar você?

   - O QUÊ? Não hyung!

   - tá, então eu posso bater uma olhando pra você? - Não, aquele não podia ser Jung Hoseok, era difícil de acreditar que seu amigo era assim tão pervertido.

   - não Hobi apenas olhar!

   -nem uma rapidin-

     Calou-se ao ver o olhar de Jimin.

 - okay Jimin, só olhar.  - disse mais baixo.

Jimin sorriu e deixou as roupas que havia pegado para si, em cima da cama começando a se despir primeiro tirando o casaco azul marinho largando-o em cima de sua poltrona.

      o Jung mordia o lábio inferior com força podendo o rasgar a qualquer momento. Jimin era uma completa tentação, mesmo que ainda estivesse vestido.

Tirou o tênis junto com suas meias, os deixando perto da porta. Jin o mataria por ter entrado de tênis ao invés de o deixar na porta.

  -vai Jimin tira isso logo, você quer me matar? - o moreno disse impaciente.

  - calma hyung, está com pressa? Eu não estou.

Mesmo que não fosse de seu feitio, Jimin não pode evitar um toque e ironia em sua voz, o que fez com que Hoseok se desesperasse ainda mais.

   Fechou a boca para evitar que babasse enquanto assistia o mais novo arrancar a camisa branca que vestia seu tronco.

  O dorso nu parecia de um anjo,a pele alva e chamativa, Jung não conseguia pensar em outra coisa que não fosse ele marcando cada cantinho daquele corpo.

  Era pedir demais poder tocar?

Jimin só podia estar querendo o matar de tanta tentação. 

  Mas o pior ainda estava por vir, o Jung quase caiu pra trás quando as coxas foram descobertas, e aquela calça apertada que antes cobria aquelas pernas maravilhosas foram direto para o chão. 

 - Minie-ah - resmungou baixinho seus olhos correram por todo aquele corpo magnífico, lógico que Hoseok já havia visto Jimin daquele jeito outras vezes, mas naquele momento ele estava bêbado, podia fazer o que quisesse, olhar o quanto e o tempo que quisesse. Sem problema, Jimin olhava fixamente para si.

  E o moreno via que Jimin tentava segurar um sorriso no canto dos lábios. 

  Antes que o Park pudesse pegar suas roupas na cama, Hoseok deu um salto e pulou em cima das mesmas capturando-as e jogando as mesmas no chão perto do armário. 

 -opa, deixei cair Minie, melhor você pegar. - sorriu malicioso, Jimin revirou os olhos entendendo bem as intenções do mais velho.

   Mas já que ele queria brincar..

   -Oh, caiu não é.

Jimin abaixou-se bem, deixando bem a vista sua bunda, coberta por aquela boxer branca.

   Aquele menino era pura perdição, e Hoseok desconfiava que o menor sabia bem disso.

Aquela bunda empinada para o alto, as coxas roliças, bem definidas, costas nuas marcadas.

        Só podia ser um anjo.

Hoseok não podia ter pensamentos impuros. 

Aquilo só lhe traria uma ereção, é era o que ele menos gostaria de ter.

    Mas ai pra poder acabar com seu psicológico, Jimin levantou-se lentamente. Sem pressa, pra poder causar ao mais velho uma morte lenta e dolorosa.

   Vestiu as peças com um sorriso ladino, e o mais velho resmungou baixo ao ver o garoto já vestido com um moletom. Seguindo em direção à cama já se deitando ao seu lado.

   - mas já acabou?- Hoseok indagou com um biquinho.

  - ah hyung, não sabia que você era assim tão pervertido. - riu o baixinho.

     - só com você, e pra você.  - sussurrou perto da orelha pequena do garoto. Que sentiu um arrepio correr por sua espinha.

   Os rostos estavam tão colados, as respirações pareciam uma só, e nenhum dos dois conseguia desviar o olhar que ambos lançavam. 

  - hyung...

 -Jiminie não diz nada, não me faz olhar pra sua boca, e desejar ela sem ter. - suspirou pesado.

     Mas o ruivo decidiu que era a hora de tacar o foda-se.

   - Hyung, me beija logo.

       Os olhos do mais velho se arregalaram ao ouvir tal pedido. Mas decidiu não contrariar o garoto, ele não poderia perder a oportunidade da sua vida. Jimin estava ali na sua frente o pedindo um beijo. Era muito estranho para ser verdade.

    Antes que o garoto pudesse se arrepender de seu pedido, e lembrar que um tal de Min Yoongi existia.

      Hoseok capturou os lábios grossos em um beijo insaciável, um beijo esperado, muito esperado. Porém delicado.

      O mais velho mordeu o lábio superior de Jimin o puxando deliciosamente, fazendo o garoto soltar um pequeno suspiro. 

 Os dois se separaram rapidamente sem dar muito espaço, apenas para poderem sentir o gostinho que ficou em seus lábios, Jimin mordiscou seu próprio lábio e depois o lambeu, um convite mudo para que Hoseok o tomasse novamente para si, e foi o que o mais velho fez.

As mãos do moreno agora encontrando o caminho da cintura alheia o puxando para mais perto, os lábios se encostaram pela segunda vez, e dessa vez à língua de Jimin rondou toda a cavidade bucal do mais velho, que só conseguia sentir o sabor dos lábios de Jimin e se perguntar se aquilo era mesmo verdade.

Devia ser só mais um sonho de bêbado.

Foi desperto desses pensamentos sentindo os lábios cheinhos sendo pressionados nos seus em vários selinhos. E mais um beijo foi iniciado. 

 O Park só conseguia se surpreender cada vez mais com seu hyung, mesmo bêbado, tendo o ruivo para si, para fazer o que quisesse, ele não avançou em nada. Continuava com as mãos na cintura do garoto, as vezes dando leves apertões que só deixava aquele beijo mais gostoso.

Mas em nenhum momento ultrapassou algum sinal, bem ao contrário de Yoongi, que se fosse ele ali, já estaria fazendo de tudo para arrancar suas roupas.

 Um último beijo foi cessado, e os olhos ainda se encaravam. Hoseok sorriu, e então Jimin sorriu, o baixinho apertou o mais velho em seus braços e se aconchegou em seu peito.

Sabendo que o mais velho já iniciará seu sono.

E hoje poderia dormir feliz após lembrar da declaração de seu hyung. 


Notas Finais


Bom foi isso, então gostaram? Comentem lá

É não se esqueçam que nosso hobi e daqueles bebum q acorda e n lembra de nada, então ele esqueceu de tudo isso ai, tadinho quando realiza o sonho esquece.

Beijos ssss gebte jdjsnsjjsks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...