História Unintentionally loved you. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), TWICE
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, Tzuyu, V
Tags Crossover, Drama, Jiminniepabosz, Romance, Suspense
Exibições 8
Palavras 1.053
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Mistério, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HELLOOOOOOOOU
Espero que gostem desse capítulo!
kissus ^3^

Capítulo 2 - Goodbye...


Fanfic / Fanfiction Unintentionally loved you. - Capítulo 2 - Goodbye...


No capítulo anterior:
Solto um suspiro e logo dou um outro sorriso e logo vou me deitar, já tinha até me esquecido do que tinha ocorrido.
Me virei para o lado e coloquei minha mão direita à frente de minha cabeça e logo fitei a aliança que Lucas havia me dado, sem mais delongas retirei a mesma, abri um pouco a janela e joguei o mais longo que podia.
Pode até parecer loucura mas senti um peso saindo de minhas costas. Voltei para minha cama e logo adormeci, saberia que quando eu acordasse o dia seria longo.

****************************************************************************************************************************************
[07:00 am]
Acordei sentindo alguns finos raios solares batendo contra meu rosto, abri meus olhos lentamente e logo me sentei na cama me espreguiçando.
Sai da cama e verifiquei se não havia nenhuma notificação importante.
Fui ao banheiro e fiz minhas higienes pessoais e logo fui até a cozinha preparando o que estava com vontade de comer.
Fitei pela varanda o dia nublado e aparentemente frio por conta da chuva da noite passada e fui me sentar no sofá.
Depois de assistir um pouco de TV, vi que já era horário de almoço e resolvi ir almoçar fora.
Fui tá meu quarto e vesti uma calça jeans meio clara, uma blusa preta rendada com a manga flare e uma bota que vinha até meus joelhos. Fiz uma maquiagem leve, peguei minha bolsa e meu celular e logo fui ao restaurante.
Chegando lá procurei uma mesa com vista para a cidade que eu morava e logo uma garçonete veio me atender.
-Olá senhorita! Boa tarde! Aceita ajuda para escolher seu pedido? - ela me diz abrindo um sorriso amigável.
-Oh! Boa tarde, hmmm, acho que vou querer ajuda sim.
Ela me dá algumas dicas de pratos do dia e acabo escolhendo o primeiro que ela me recomendou. (imaginem como vocês querem que o prato seja)
Logo depois, a garçonete saiu me deixando só.
Mas, eu estava me sentindo estranha, parecia que..... eu estava sendo observada.
Olhei em volta do restaurante e meu olhar parou sobre um rapaz muito bonito com seus cabelos num tom meio rosa. Ele me encarava descaradamente, chegava a me dar arrepios.
Meu olhar sobre ele foi desviado quando a garçonete chegou com o meu pedido, agradeci educadamente e quando fui olhar para o rapaz ele já não estava mais lá e quando fui olhar em volta novamente ele havia passado pela porta de saída.
Terminei minha comida e logo fui pagar a conta.
Entreguei minha conta para o rapaz do caixa e ele fez uma cara estranha.
-Moça, esta conta já está paga - A primeira coisa que veio em minha mente? Rapaz bonito misterioso
-Já? Você tem certeza? - perguntei para ter certeza.
-Sim sim.... Ah! Me lembrei! Um rapaz bonito disse que pagaria a conta para você.
-Ah muito obrigada. - sorri e sai do estabelecimento.
Cheguei em casa e logo tirei meus sapatos e me joguei no sofá, fiquei por algumas horas pensando no que iria fazer da minha vida quando chegasse na Coréia
Acho que fiquei mais do que deveria pensando e quando fui ver já eram 16:56 pm.
Ouvi batidas fortes na porta e dei um pulo de susto e logo começo a me aproximar da porta lentamente. Olho pelo olho mágico e meu corpo estremece quando reconheço ser o Lucas.
Abro a porta bruscamente e encosto no batente da porta desinteressada.
-O que quer aqui? - digo fitando-o de forma séria.
-......- ele não responde e somente ficou me observando.
-Anda! Responde logo! Não tenho todo o tempo do mundo!
Ele continuo me observando e em um segundo ele me beijou e me encurralou na parede mais próxima.
Com forças do além empurrei ele e esbofeteei sua face fazendo a mesma virar para o lado, quando ele voltou a olhar para mim em seus lábios surgiu um sorrio psicopata que me assustou.
Eu esbofeteei novamente sua face e o empurrei para fora de minha casa
-SOME DA MINHA VIDA IDIOTA!! - fechei a porta fazendo um estrondo e logo encostei na mesma fazendo meu corpo descer até me ver sentada ao chão agarrando minhas pernas e chorando muito mais do que antes.
Aquele rosto dele, me assustou... ele estava diferente.
Ainda chorando cai no sono no chão frio, já não ligava mais as circunstâncias do momento.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
[12:00pm]
Acordei e logo me sentei rapidamente lembrando do ocorrido mas logo percebo que estou em meu quarto.
Mas, quem me trouxe para cá? Confesso que não tranquei a porta pois só bati a mesma. O Lucas já tinha ido embora, eu ouvi seus passos se afastando.... será que... o rapaz bonito misterioso sabe onde moro? Não não, isso só pode ser coisa da minha cabeça, devo ser sonâmbula e não sabia.
Vejo as horas e me assusto, já 12:00???
Preciso arrumar minhas malas
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Depois de arrumar minhas malas, me trocar e deixar tudo mais ou menos pronto resolvi assistir alguns doramas romance no celular pra passar o tempo, como não tinha nada pra fazer.
Depois de um tempo assistindo doramas vi que já estava na hora de ir até o aeroporto, já que o mesmo era um tanto longe de meu apartamento.
Peguei minha mala e minha bolsa e estava saindo até o corredor quando piso em algo que faz um barulho diferente, olho em direção a essa coisa e noto ser um envelope.
Me abaixo e pego o mesmo e o abro com certa pressa e ao abri leio :
"Vim te visitar ontem meio tarde e percebi que você estava dormindo atrás da porta, então como sou legalzinho te deitei na sua cama, beijos.
Te vejo na Coréia. - Com amor J."

Era isso! Eu não sou sonâmbula! SABIA! Mas... alguém entrou aqui, e tem a inicial J.
Mas eu não tenho tempo para pensar nisso! Tenho que ir!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Chegando no aeroporto vou logo resolver as coisas que preciso e percebo que cheguei bem a tempo.
Vou até alguns bancos para esperar até a hora de meu voo
-Atenção senhores passageiros com destino a Coréia do Sul, por favor dirijam-se até o local de embarque, o voo sairá em 10 minutos. -
É, essa era minha deixa. Adeus Brasil, Olá Coréia.
Chegou a hora de conhecer novas pessoas, novas culturas, criar novas histórias.
 


Notas Finais


Obrigado por lerem até aqui. Divulguem se gostaram e favoritem

Até o próximo capítulo
Kissus ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...