História Universo - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, D.O, E'Dawn, Hui, Hyun A, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae
Tags Baekhyun!trans, Bts, Chanbeak, Confusão, Jikook, Liskook, Namjin, Suga, Suga!flex, Taegi, Vhope, Vmin, Yoonjin, Yoonmin, Yoonseok
Visualizações 60
Palavras 2.879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


SUJU
VAI
VIM
PRO
BRASIL
ANO QUE VEM
SOCOOOOORROOOOOOOOO
Boa Leitura ^^

Capítulo 11 - O que estou fazendo?


Fanfic / Fanfiction Universo - Capítulo 11 - O que estou fazendo?

- OS DOIS PALERMAS TÊM EXATOS CINCO MINUTOS PRA COMER E IR PRO PONTO DE ONIBUS, ISSO CLARO, SE NÃO QUISEREM MORRER LENTAMENTE COM UMA FACA ALOJADA NO ORIFICIO ANAL.

-Puta que me pariu viu. – Sentei na cama e fiquei uns segundos encarando o nada.

- Hyung? – Ouvi a voz de sonolenta de Namjoon – Você viu meu uniforme?

- Veja no cesto de roupa suja do meu banheiro. – Vi o moreno assentir e entrar no banheiro.

Duas semanas se passaram desde que Nam veio morar aqui, ele já age normalmente sem aquele mimimi de vergonha. Sua mãe não tinha dado noticias até hoje e o moreno afirmava que não se importava, porem eu percebia que não era totalmente verdade. 

Levantei-me e fui em direção ao banheiro encontrando o mesmo revirando a cesta de roupa suja, fui em direção a pia e comecei a fazer minha higiene bucal ignorando os murmúrios do garoto.

- Puta que me pariu, não ta aqui também. – falou se sentando no chão.

-Neum bete to na exrole?

- Eu não sou interprete pra entender esse idioma novo que você ta falando. – Disse, revirei os olhos e lavei a boca.

- Não deve estar ta escola? – falei puxando a toalha do gancho e a pondo nos meus ombros – ontem teve educação física e você saiu da escola correndo pro trabalho. – Disse vendo o mesmo fazer uma cara confusa. – Você deve ter esquecido no vestiário anta.

- Deve ser... – falou encostando a cabeça na parede. – Me empresta uma camiseta?

- Minhas roupas não devem nem passar na sua cabeça. – falei em tom obvio, o cara é três vezes o meu tamanho e ainda vem me pedir roupa, mereço viu. – Acho que o Jin deve ter, Ele estudou uns três meses na escola antes de se formar. – falei dando de ombros. – agora vaza que eu quero tomar banho. – falei já retirando minha camiseta, vendo o garoto que agora tinha os olhos fechados. – Vai querer tomar banho comigo Kim Namjoon?

- Tentador, mas dispenso. – falou se levantando e saindo do cômodo. Terminei de me despi e olhei pro espelho.

- Eu realmente tenho que pintar o cabelo.

- Namjoon coma devagar. – Jin reclamou enquanto o moreno comia feito um desesperado, não era por menos, estávamos extremamente atrasados.

- Eu – Tomou um gole de suco e se levantou pegando sua mochila – to pronto.

- Até que fim. – falei indo em direção a porta sendo seguido do mais alto.

- Boa aula pra vocês – Jin disse enquanto lavava a louça – ah tenho um compromisso depois da aula então chegarei mais tarde.

- Okay – disse quando fechei a porta.

- Nós vamos perder o ônibus. – Nam falou enquanto esperávamos o elevador.

- Culpa de quem? Aé, sua. – disse apertando o botão do elevador novamente. – Como você não procurou essa merda na lavanderia Namjoon?

- E eu la ia saber que o Jin Hyung tinha posto minha roupa pra lavar?

- Normalmente é o primeiro lugar a se procurar sua anta. – O elevador finalmente chegou e adentramos sem nem mesmo olhar na cara da pessoa que estava la.

- Minha mãe costumava levar minha roupa de volta pro quarto, não me culpe. – disse bufando

- Mas como você nem cogitou essa idéia? – falei incrédulo – e se você pegar minhas preciosas meias de novo eu arranco seu pau. – disse agora o encarando.

- São só meias Yoongi. – falou revirando os olhos.

- São minhas meias do G-Dragon Namjoon! – falei estupefato.

 - Mas é cada coisa que ouvimos nesse elevador, meu Deus. – Me virei ouvindo a voz sarcástica de Jackson. – Meias do G-Dragon Suguinha? Serio mesmo?

 - Vai cuidar da sua vida vai, o loiro falsificado. – falei revirando os olhos e me virando pra Namjoon que parecia ter visto um fantasma de tão tenso que estava. – Nam?

- Não vai falar comigo Joonie? – Jackson disse usando o apelido do moreno ao meu lado, me fazendo franzir a testa em confusão

- Se conhecem? – perguntei ao garoto atrás de mim, isso não é uma coisa muito boa.

- Muito bem, somos amigos. – falou rindo de lado, fazendo minha confusão aumentar. – Não é Namjoon?

- Cala a boca. – ditou baixo de olhos fechados.

- Vocês conversam como se morassem juntos. – Jackson disse cruzando os braços sem tirar os olhos da nuca de Namjoon.

- Nós...

- Isso não é da sua conta. – Cortou-me Namjoon seco, me fazendo o encarar com a sobrancelha erguida, definitivamente tem algo de errado aqui. – Vamos Yoon. – disse me puxando pelo braço assim que a porta do elevador se abriu.

- Namjoon de onde você conhece aquele estrupício? – perguntei assim que entramos no ônibus a caminho da escola.

- De lugar nenhum. – disse colocando os fones, um sinal claro de Não quero conversar.

Tem merda nessa treta e ta começando a feder pra mim agora.

Namjoon não falou nada até o horário do intervalo, fui obrigado a interagir o Taehyung e Hoseok durante todas as primeiras aulas e acredite isso foi um saco.

- Hoseok Oppa – A voz de corneta da Lee Han se fez presente na sala, me fazendo a encarar com um nojo evidente.

-Hoseok oppa – Imitei a mesma afinando a voz, fazendo Taehyung e Hoseok rirem ao meu lado.

- Fala Lee Han. – Hobi respondeu encarando a menina que agora me olhava cínica.

- Está tendo uma pré estréia de um filme... – começou passando as mãos pelo braço do moreno. – Queria saber se você pode me levar...?

Nessas duas semanas que se passaram meu relacionamento com o Hoseok estava uma confusão que só.

 Mesmo não tendo nenhum envolvimento amoroso, nossa convivência estava extremamente confusa e após nossa conversa no quarto – cof cof – não chegamos a trocar carinhos íntimos, mas eu sentia que deveria dar mais atenção ao mesmo e é essa sensação que estava me fazendo ficar confuso.

- Te levar pra ver seus parentes demônios no cinema? – perguntei erguendo a sobrancelha. - Soube que realmente lançou um filme novo de terror... Fez participação nele exu?

- Não, Lee Han. – Hobi respondeu se segurando pra não rir. – Pela terceira vez essa semana, eu não vou te lavar pra sair. – Disse pra oferecida. – Eu já tenho uma pessoa. – falou fazendo a garota tomar uma expressão enfurecida.

- Quem? A Lee Seok? A Boong Soo da equipe de ginástica? – perguntou batendo o pé – Eu sou mais bonita e inteligente que todas elas!

- Não é nenhuma delas – disse rindo vindo em minha direção. – É o Taehyung! – falou puxando o garoto ao meu lado e o abraçando de lado, fazendo a garota os olharem inconformada.

E foi nesse momento que percebi que eu tava mais perdido que padre em feira pornô.

Ao ver meu ex adquirindo uma coloração avermelhada e tentando empurrar Hobi que apenas gargalhava e apertava o abraço, não sabia definir se fiquei com raiva, ciúmes, inveja ou as caralhadas a quatro; apenas sabia que eu, definitivamente, não gostei de ver aquela cena.

- Acho que vou ligar pro Jimin. – Falei pegando meu celular fazendo os dois pararem o que estavam fazendo e me encararem friamente. – Saudades dele. – falei com um sorriso malicioso no rosto.

Nesse meio tempo me aproximei muito de Jimin, conversávamos direto e sempre que podíamos saiamos pra tomar café ou sorvete, ele era sempre uma companhia agradável e conseguia me arrancar boas risadas e proporcionava ótimos momentos sempre. E com essa aproximação repentina descobri que Taehyung tinha muito ciúmes do garoto, já que o mesmo era atualmente seu melhor amigo e de acordo com ele, eu estava “roubando seu posto” e Hoseok não gostava do mais baixo perto de mim desde quando descobriu o que rolou no banheiro la de casa e sempre que eu podia azucrinava os dois usando o alaranjado, que não fazia idéia das tretas que eu o colocava.

- Disca esse numero e vocês dois serão homens mortos. – Hobi disse empurrando a piranha fora da água para o lado pra tentar tirar o celular já discando de minhas mãos.

“- Oi Yoon. Bom dia”

- BOM DIA JIMIN, COMO VOCÊ VAI EM? – Respondi me desvencilhando de dois brutamontes que queriam pegar meu celular.

“- Ahn... Eu to bem...”

- Sabe – falei correndo para o outro lado sala pulando algumas cadeiras – fiquei sabendo de um filme ai que vai lançar. – Senti o olhar assassino do Jung em minha direção, meu Deus eu to cutucando a onça com vara curta.

“-Ah sim, eu estou sabendo... eu ia chamar o Tae pra ir comigo, mas acho que ele não vai querer.”

- Ah serio? – perguntei sorrindo ladino pra Taehyung que me fuzilava. – Quer ir comigo?  - retirei o celular da orelha e pus no viva-voz apenas para irritar os garotos a minha frente.

“Ahn... eu adoraria ir com você!”

- JIMIN VOCÊ É UM HOMEM MORTO – Taehyung gritou

“Tae? Pera o que esta acontecendo?”

- Te encontro hoje à noite as 19hrs em frente ao shopping Jiminie – falei rindo das expressões irritadas a minha frente. – Não se atrase, bye.

“Espe...”

- Estou com fome... – falei guardando o celular no bolso e indo em direção a cantina, sentindo dois pares de olhos furiosos atrás de mim.

- Taehyung... – A voz de Hobi se fez presente como um trovão, talvez eu tenha arrepiado um pouco... Talvez. – Quer ir ao cinema comigo?

- Claro Hoseok, Vai ser um prazer. – respondeu o outro no mesmo tom.

Continuei andando porem agora tinha um sorriso maléfico no rosto, essas crianças continuam previsíveis como sempre.

 

- Sabe Tae... – Ouvi a voz de chorosa Hobi enquanto caminhávamos junto com Tae e Jimin em direção a sala de exibição. – Acho que eu tinha um compromisso ai... Acho que tenho que ir.

- Deixa de ser medroso Hoseok, é só um filme. – Disse Tae irritado enquanto revirava os olhos.

- Um filme cheio de fantasmas, assombrações e demônios. – Falei olhando a expressão assustada de Hobi e rindo internamente.

- Eu ainda to querendo saber o que ta acontecendo. – Jimin resmungou baixo.

Se eu sabia que os meninos não iam me deixar sozinho em uma sala de cinema com Jimin?

Obvio.

 Porem eu também sabia que Hobi era um verdadeiro cagão em relação a filmes de terror... E o Tae? Bem Tae não suporta aranhas.

E do que eu já sabia do filme, tinha aranhas e muitas aranhas.

Ai como eu sou uma bixa maléfica.

Rir internamente com meus pensamentos vendo Jimin andar meio cabisbaixo e olhando para trás vendo o casal tiroteio, soltando alguns suspiros de vez em quando.

Entramos na sala de exibição lotada e fomos para nossos lugares marcados, a ordem acabou sendo Taehyung, Hoseok, eu e Jimin. E é claro que isso arrecadou algumas discussões.

- Eu apoio ficar entre o Jiminie e o Suga. – Taehyung disse com um bico no rosto.

- E eu apoio vocês me explicarem que caralhos tão fazendo aqui? – Jimin disse irritado quando percebeu que iria começar um breve bate boca.

- Viemos assistir o filme – disse Hobi com a voz falhada. – Não podemos?

Jimin o encarou cínico e revirou os olhos, bufando em seguida.

- Você é mais cagão que um bebê seu estrupício. – disse o obvio- e você Tae, eu não te chamei porque sei que você odeia aranhas e do que eu saiba é uma das coisas que esse filme mais tem!

- T-T-Tem a-a-aranhas? – Jimin apenas arfou irritado e se jogou contra a poltrona, eu sinceramente estava amando a situação.

- Jimin?- Sussurrei baixo pro garoto quando os trailers começaram a passar, e os dois palermas estavam presos em seus mundos amedrontados.

- Hum? – Me olhou de lado.

- Ta incomodado? – perguntei – Sabe, com eles?

O garoto fechou os olhos e encostou a cabeça na poltrona, ouvi sua respiração pesar por um segundo e logo em seguida um pequeno sorriso aparecer em seus lábios.

-Eu, sinceramente, preferia que eles não fossem tão escandalosos. – sussurrou de volta, assumo que certo desconforto se apoderou de mim, me fazendo sorrir fraco e acenar lentamente. – E também... – continuou porem desviou o olhar de mim para o pote de pipoca em suas mãos – E-eu gosto de passar um tempo com você... Quero dizer só com você.

Estaria mentido se falasse que o desconforto não desapareceu na hora e que eu no momento não lutava contra um puta sorriso que queria subir no meu rosto. Abaixei a cabeça rindo comigo mesmo e sentindo minhas bochechas corarem um pouco, graças a divindade estávamos no escuro.

- Jimin. – O chamei novamente vendo o garoto me olhar novamente. – Também gosto de passar um tempo só com você. – falei vendo o garoto perder um pouco a compostura e se endireitar na poltrona, pra logo em seguida abrir um daqueles seus sorrisos maravilhosos, fazendo seus olhos sumirem.

Ao decorrer do filme eu queria me esconder em um buncker e nunca mais sair de lá.

Hoseok e Taehyung gritavam pra qualquer coisa que aparecia na tela, eu olhava de relance pros dois de vez enquanto e sempre via os dois agarrados um ao outro, tremendo e de olhos arregalados pra tela.

- Eu não sei é pra rir desse filme péssimo ou desses dois medrosos. – Jimin disse pra mim enquanto sorria de lado vendo aquela cena.

- Pelo menos a caracterização dos personagens esta boa. – falei voltando a olhar a tela a minha frente, porem com a visão periférica vi o garoto assentir concordando.

- Mas serio, que hist... – Jimin não completou sua fala porque uns dos demônios tinham dado de Freddy de FNAT* e dado um jumpscary fazendo o garoto ao me lado dar um pulo na cadeira e agarrar meu braço ao mesmo tempo em que os outros dois gritassem e começassem a choramingar ainda abraçados.

- Eu quero ir embora... – Hobi disse arrastado, vi Tae concordar amedrontado ainda agarrado ao braço do moreno.

- Vão ué... Tem ninguém prendendo vocês aqui. – Jimin disse enquanto soltava meu braço que agora tinha uma certa marca vermelha.

- Aish... – Hoseok começou a resmungar – E-eu vou ao banheiro. – falou e se levantou saindo da sala.

- Eu também vou, acho que bebi muito refrigerante. – Jimin disse em seguida, também saindo da sala.

- Yoon... – Ouvi a voz manhosa de Taehyung e me virei pra ver o que o mesmo queria. Acho que o pulo que eu dei de susto foi maior do que o filme proporcionava.

- Obrigado por rebaixar minha auto-estima ta. Eu nem sou tão feio assim pra você pular dessa maneira. – Taehyung disse com o rosto a menos de 3cm de mim, quando foi que ele chegou tão perto?

- Espaço pessoal. – falei enquanto empurrava seu corpo mais pra trás.

- Sabe Yoongi, você gosta de quem? – Perguntou me olhando nos olhos. – Jimin ou Hoseok?

- Não acho que isso seja da sua conta, mas eu não gosto de nenhum dos dois.

- Eu não te entendo. – falou virando para frente – Você às vezes age como namorado do Hoseok e em outras como se estivesse de quatro por Jimin, você costumava ser bem claro com seus sentimentos... Nunca brincava com as pessoas, mas parece que você esta se divertindo iludindo Jimin e o Hobi.

Fiquei em silencio por alguns segundos, eu estava iludindo eles?

Eu estava me divertindo iludindo eles?

Que merda eu estou fazendo com eles?

Que o Hobi sentia algo por mim eu já tinha certeza, já que o mesmo me falou... Mas eu estava ao seu lado não é? Ele mesmo disse que não tentaria nada serio, então tratá-lo bem estaria o fazendo bem não é? Ou não? Eu estava dando esperanças?

E Jimin... Ele sempre disse que no começo era pura atração... Mas e agora? Eu gostava de passar um tempo com ele, era reconfortante estar ao seu lado, mas admito que não gosto de ver ele com outras pessoas e pra mim é normal já que eu sou demasiadamente ciumento com meus amigos, porem como era pra ele? Ele tem sentimentos por mim? Ele sente algo alem de desejo?

- Entende o que eu to falando? – Tae falou quando viu que eu não o responderia. – Eu sei que você mudou nesse tempo... Mas ao ponto de brincar com os outros?

- Você não tem muito o direito de me dar sermões Taehyung.

- Eu sei – Disse suspirando – Mas não estamos falando do nosso passado, e sim do seu presente. – Passou as mãos no cabelo e segurou minha mão – Você não é mais aquele garoto perdido Yoongi, não é mais aquele garoto que eu me apaixonei mesmo ainda te amando, sei que você é uma pessoa completamente diferente e essa diferença ta me assustando.

- Taeh...

- E essa diferença pode fazer meus amigos se magoarem. – Disse baixo.

- Desculpa a demor... To atrapalhando algo?  - Ouvi a voz baixa de Jimin e puxei minha mão que ainda estava sendo segurada por Taehyung.

- Não Jimin. – falei encarando Taehyung que já tinha ido pro seu lugar.

Jimin não falou nada, apenas nos encarou desconfiado e se sentou em seu lugar.

Durante o resto do filme pude perceber Jimin me encarando algumas vezes e isso fez  me perguntar novamente quais seriam as expectativas do garoto comigo...

Taehyung estava certo sobre uma coisa, eu definitivamente não era mais aquele garoto perdido e talvez eu tenha mudado mais que eu mesmo tenha percebido, mas agora... Quais eram as minhas mudanças?


Notas Finais


Mano, vou vender bala no sinal pra poder ir sensualizar no show do SUJU ao som de Black Suit
Na moral
To felizona
Só falta EXO agr
Pra sensualizar ao som de The Eve
( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°)
Espero que tenham gostado
Desculpe os erros
Bjus de Lux

Minha bebezinha Jikook, Cold Demons S2

https://spiritfanfics.com/historia/cold-demons-10864246

Minha nenem Yoonmin ABO, Passarela <3

https://spiritfanfics.com/historia/passarela-9177610


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...