História Universos Alternativos - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Doctor Who
Personagens 10º Doctor, Jack Harkness, Personagens Originais
Tags 10º Doutor, Harem, Hentai, Jack Harkness, Romance, Universos Alternativos
Visualizações 7
Palavras 1.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá Corujas >.< Estou com a mínima vontade de escrever, então eu sei lá se o cap ficou bom ou não, então, espero que gostem.

Capítulo 6 - Capítulo 6


Lana on

 

         Quando acordei, senti que ainda estava abraçada com o Jack, só que ele estava fazendo carinho em minha cabeça... Eu não estava querendo sair dali, então apenas fingi estar dormindo, o que infelizmente parece que ele percebeu...

Jack: Eu sei que já está acordada.

Eu: Xiu.

Jack: Parece que alguém me quer por perto agora.

Eu: Xiu!

Jack: Ta bom...

         Ele continuou fazendo carinho, e me trouxe mais para perto dele, e logo senti seus lábios nos meus, foi nessa hora que abri os olhos, e vi que ele estava dando um sorriso vitorioso depois de separar o beijo...

Jack: Parece que alguém aqui me adora agora.

Eu: Idiota.

         Me levantei e fui para o banheiro, tomei um banho demorado, e ele simplesmente veio entrando no banheiro.

Jack: Não sabe que tem que pegar toalha não?

Eu: Esqueci.

         Ele deixou a toalha pendurada e saiu, me deixando sozinha. Não sei como que eu não tive vergonha dessa vez... Da última vez eu estava quase berrando...

         Peguei a toalha e me enxuguei, sai do banheiro e fui até as minhas coisas, peguei algumas roupas e as coloquei rapidamente, então eu coloquei o meu tênis e saí andar pela Tardis para tentar encontrar a cozinha, mas encontrei o Jack, acho que já serve.

Eu: Onde fica a cozinha?

Jack: Isso de novo?

Eu: Eu vou fazer aquele negócio de novo... Eu acho que já saquei como funciona.

Jack: Como assim?

Eu: Não vou dizer, a não ser que você me leve até a cozinha.

Jack: Eu não vou levar se você não me contar.

Eu: Tá bom, eu vou me perder por ai.

         Eu comecei a me afastar, e ele me puxou na direção contrária, venci!

Jack: O Doutor vai me deixar na minha casa por um tempo, parece que ele quer ficar sozinho.

Eu: E o que ele vai fazer comigo?

Jack: Não sei, provavelmente vai te deixar ficar aqui.

Eu: Entendi... Por quanto tempo mais ou menos?

Jack: De acordo com ele... Apenas uma semana, mas o tempo vai ser diferente para mim né.

Eu: Já saquei, a mesma coisa aconteceu a Amy Pond na série, o Doutor falou 5 minutos e demorou 20 anos.

Jack: Eita.

Eu: É ué, então no caso, pode acontecer o contrário, ele passar 20 anos fora, e para você só vai demorar uma semana.

Jack: Pode até acontecer isso.

Eu: Ficarei livre de você.

Jack: E eu pensei que você não iria gostar disso...

Eu: Por que eu não iria gostar?

Jack: Você é muito chata.

Eu: Não fale muito.

         Paramos de falar, e seguimos o resto do caminho para a cozinha, eu comi alguma coisa que eu não sei o que é, mas eu to foda-se, porque tava gostoso.

         Depois nós fomos até a parte principal da Tardis, e vimos o Doutor olhando pro nada...

Eu: O que aconteceu com ele?

Jack: Sei lá, eu não acho certo perguntar isso agora...

Doutor: Um amigo de infância que está morto.

Eu: Amigo de infância?... – Parei fingindo pensar, mas na verdade, fui eu que o matei, melhor, que a matei – Ah! O Mestre? Ou melhor dizendo, Missy?

Doutor: Sim, apesar de sermos inimigos já tivemos nossos bons tempos.

Eu: Acho que todos aqui tiveram bons tempos, menos eu.

Jack: Querem parar de falar de coisas depressivas por aqui?

Eu: Não, os incomodados que se mudem.

Jack: Como é que é?

Eu: Você usou essa frase uma vez na sala de aula, eu guardei quase todas – Ele parecia chocado por eu ter prestado atenção em alguma coisa... – Que foi? Achou que eu não havia prestado atenção em porra nenhuma?

Jack: Era o que todos esperavam.

Eu: Nossa! ninguém tinha fé em mim.

Doutor: Bem... Já estamos na sua vila Jack, eu não poderei deixá-la, já que ela não pertence a este universo.

Jack: Tudo bem Doutor, uma semana hein.

Doutor: Não se preocupe, em uma semana eu volto.

         Quando Jack ia sair, ele se virou para mim.

Jack: Tchau.

Eu: Tchau.

         A ideia de ter ele longe me pareceu a melhor coisa do mundo, o que será que poderei fazer sem esse cara no meu pé?

Doutor: Onde você quer ir?

Eu: O lugar mais distante dele já ta bom.

Doutor: Você vai estar viajando no tempo, então eu acho que qualquer lugar vai ser longe dele.

Eu: Que bom, e eu não sei exatamente uma época que eu quero ver...

Doutor: Bem, vamos ver onde a Tardis nos leva então.

         Ele começou a mexer em uns controles da nave, que mesmo vendo a série, eu não sei como que eu não aprendi a mexer também...

         Logo chegamos em algum lugar, que eu não sei qual que é... Assim que sai eu falei para mim mesma “Esquece, você sabe sim”, estou na época dos Vikings, então, eu terei de fazer agora, o papel da Clara Oswald, isso vai ser divertido.

Eu: Já sei qual época é.

Doutor: Você sabe, eu não, então... Sem spoilers.

Eu: Ta legal.

         Andamos um pouco, e aconteceu a mesma coisa da série, os Vikings nos prenderam e nos levaram para a aldeia deles, vi a garota que vai se tornar imortal e tals... Mas eu queria algo que não fosse humano... Que droga... Isso tá ficando chato... Eu não precisava ver esse episódio ao vivo.

         Só que este Doutor não podia se dizer ser Odin... Ele é muito novo... O que será que ele irá dizer?...

         Então aconteceu, Doutor estava concentrado na sua mentira, e eu olhando para o céu, apenas esperando o “Odin” aparecer, assim que ele apareceu, eu fui levada junto para a nave, assim como a Clara, agora eu acho que o meu conhecimento do episódio vai entrar em ação.

         Fiz os mesmo passos que a Clara, e fiz a Ashildr (N/A: Para quem não viu a série e está aqui de bobeira, se pronuncia Axildra ou pelo menos eu falo assim) me seguir, fomos as únicas que conseguimos escapar, e sinceramente, parece que “Odin” ficou meio putasso com isso, mas o Doutor quer descobrir sozinho como acabar com ele, então eu fiquei dando voltas pelo vilarejo, isso está um tédio mortal... Agora eu sinto a falta do Jack, falta de alguém para irritar.

 

*Quebra de tempo*

 

         Era de noite, e o Doutor finalmente achou um jeito para vencer isso, e sinceramente, eu não preciso mais ver nada por aqui, vou voltar para a Tardis, vou apenas avisá-lo antes.

         Fui até o local onde o Doutor está, e fiquei olhando em volta até encontrar ele, assim que o fiz, fui até o mesmo.

Eu: Doutor!

Doutor: O que foi?

Eu: Quero voltar para a Tardis.

Doutor: Por quê?

Eu: Você não precisa da minha ajuda por aqui, e não quer que eu ajude por eu saber o que tem que fazer, então eu vou voltar para a Tardis.

Doutor: Tá bom, te encontro lá.

Eu: Tchau!

         Saí correndo dali, mas não consegui sair a tempo, e quase fui atingida por um raio, se eu não tivesse ido parar novamente naquela outra dimensão... Eu acho que eu mudo de dimensão todas as vezes que a minha vida está em risco... Tenho que testar isso... Se eu conseguir controlar, talvez eu consiga voltar para casa...

         Corri em direção em que a Tardis estava, saindo da zona de perigo, então eu retornei aquela dimensão, eu acho que não irei demorar muito para pegar um bom jeito de fazer isso...

         Entrei na Tardis e fui para o MEU quarto, aquele que não tenho mais que aguentar o Jack por um tempo, eu sinto que o Doutor vai demorar, e eu ainda não decorei o caminho para a cozinha, então eu vou ter que dormir mesmo, isso vai ser bem melhor do que ficar sem fazer nada, pelo menos eu nem vou ver o tempo passar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, se não, foda-se, porque ninguém comenta nessa merda ;-; até o próximo cap Corujas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...