História UNKNOWN - Desconhecido - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Scream (Série), Teen Wolf, The Vampire Diaries
Exibições 11
Palavras 870
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá leitores,

***** ATENÇÃO****
AMORES FIZ UMA PEQUENA ALTERAÇÃO, A MÃE DELA NÃO MORA MAIS EM SEATLLE, E SIM EM NOVA JERSEY. ACHEI MAIS DIFERENTE, ESPERO QUE GOSTEM.

Bjos da Lillie

Capítulo 3 - Apresentação


Fanfic / Fanfiction UNKNOWN - Desconhecido - Capítulo 3 - Apresentação

"O garoto apenas sorriu rapidamente e dirigiu-se para o único lugar vago na sala. Atrás de mim. Respirei fundo quando o menino começou a vim em minha direção. Seus olhos me descobriram em meio a sala lotada de alunos. Senti-me intimidada demais a ponto de desviar o olhar e abaixa a cabeça quando ele passo por mim e se sentou. Soltei a respiração, finalmente relaxando todos os músculos."

 

- Bom, acho que agora que todos estão aqui, podemos iniciar a aula. 

 Comecei a me sentir desconfortável. Mexia-me, mexia no cabelo, mordia a caneta, balançava o pé. Conseguia sentir ele olhando para mim, seu olhar queimava minha nuca. Talvez eu possa perdi para o Luke troca de lugar comigo. Logo menos dispensei aquele pensamento. Cara, eu iria parecer uma idiota. Apenas respira, inspira e não pira. 

- Gostaria que vocês se levantassem e fizessem um circulo. - Sugeriu o professore. - Pode ser mais dinâmico se fizermos a atividade sentados dessa maneira. 

 Todos começaram a se levantar e nos organizamos em um circulo. Tentei fracassamente me sentar do outro lado do Luke, longe do Liam. 

- Ótimo. - Elogiou o professor. - Percebi que temos uns rostos novos e queria que todos se apresenta-se novamente. 

- Alguém me mata... - Sussurrou o Luke. 

- Tratem de dizer: seu nome, sua idade, livro preferido e o que deseja ser no futuro. 

 Dei uma risadinha. Eu geralmente era uma pessoa que cativava as pessoas, porém não era muito boa em me apresenta. As apresentações foram seguindo da esquerda para a direita. Ou seja, eu iria me apresentar primeiro que o Liam, o que de fato começou a me deixar muito nervosa. Quando foi aproximando a vez do Luke se apresenta, o nervosismo já estava me sufocando. Respira, respira, respira, respira, respira, respi...

- Bom, eu me chamo Luke Styles, tenho 17 anos, Inferno de Dan Brown é meu livro preferido, espero poder cursa Engenharia Mecatrônica na faculdade. 

- Muito bom, Luke. - Disse o professor. - A senhora é uma aluna nova, apresente-se por favor. 

 Respira, respira, respira, respira. Levantei-me e dei uma olhada no Luke, com um aceno de afirmação, me dando força para falar. 

- Sou Liz, tenho 17 anos, acho muito interessante Lolita, 1960, pretendo fazer historia na faculdade. 

- Lolita? - Perguntou o professor curioso. - O que te chamou atenção em Lolita?

- Talvez o amor doentio de Humbert pela Dolores. Ou como uma criança com 12 anos pode ter interesses tão peculiares. Se não ambas. 

- Quem te inspirou a escolher fazer historia na faculdade?

- Meu pai. - Respondi. - Ele era historiador, dava aula na universidade da Pensilvânia. 

- Uma migrante? - Indagou. 

- Sim. 

- O que te fez escolher Nova Jersey? 

- A morte do meu pai. - Disse tentando finalizar o assunto. - Vim morar com a minha mãe. 

- Bom, acredito que ele ficaria orgulhoso ao saber que foi um exemplo para sua unica filha. 

 Dei um sorriso amarelo, o professor fez um sinal permitindo que me sentasse e desse espaço para o Liam se apresentar. Confesso que me deixou ansiosa saber que poderia descobrir alguma coisa dele. Sentei-me e voltei toda minha atenção a ele. 

- Liam, nunca estive tão ansioso para saber mais de um aluno. 

- Não se exalte, Theo. - Brincou o Liam. - Quero fazer isso mais rápido possível. 

- Então, por favor. 

- Me chamou Liam. - Começou a se apresenta capturando meu olhar, fazendo parecer que havia apenas nós dois na sala. - Tenho 17 anos. Meu livro preferido é As vantagens de ser invisivel, Quero cursa arte plastica na faculdade. 

- Faltou alguns detalhes. 

- Não quero queimar o filme tão cedo. - Retrucou fixando o olhar em mim. - Vamos queimar aos poucos, se não, não te graça. 

 Em seguida se encaminhou em minha direção, fazendo o nervosismo voltar. Droga, Liz se controle. Sentou-se, permitindo que me concentrasse nas outras apresentações. Quando o sinal tocou, quase sai correndo pelos corredores de felicidade. Porém, enquanto arrumava meu material para avançar o próximo nível da minha rotina. Senti alguém se aproximando, ousei levantar os olhos na procura do Luke, infelizmente para minha surpresa era o Liam. 

- Ia dizer meu nome, porém quero poupar mais apresentações desagradáveis. 

 Sorri apenas. Não tinha o que dizer, por isso apenas sorri. 

- Pensilvânia? - Indagou mais a si mesmo do que a mim. - Minha tia mora Warren, uma cidadezinha, conhece?

- Sim... Eu era de lá. 

 Ele abriu um sorriso simpático que me impressionou. Ele parecia ser reservado, totalmente na dele. 

- Liz. - Chamou o Luke, interrompendo a conversa. - Minha próxima aula é Inglês. 

- Tudo bem, já estou indo...

- Então, ai está o problema. - Disse se desanimando. - Pelo seu horário, sua próxima aula é Química.

- Eu posso ir com você. - Ofereceu o Liam. - É minha próxima aula também. 

 Olhei para o Luke que fez uma cara d desaprovação. Porém a iniciativa dele ter vindo conversa comigo, mudou a forma que eu estava começando a pensar dele. Pensei por um momento e logo aceitei. 

- Pelo menos teremos um pouco mais de tempo para conversa. - Disse sorrindo.


Notas Finais


Gostou? Então comenta.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...