História Unknown - Vhope - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Rapmonster, Suga, Taehyung, Taeseok, Vhope, Yoongi
Exibições 1.440
Palavras 914
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 36 - 36. TAEHYUNG


Fanfic / Fanfiction Unknown - Vhope - Capítulo 36 - 36. TAEHYUNG

Fiquei totalmente sem reação, como assim ele era o Jhope? Isso não faz sentido, por que ele mentiu pra mim.

Hoseok não era o Jhope, o meu Jhope. Senti minha garganta fechar e meu rosto esquentar, eu queria chorar. Hoseok me ignorou por dias na escola e agora vem e me diz que era o Hope.

Jhope era um amor comigo, sempre que eu precisava ele estava ali pra mim, já o Hoseok podia te dito que gostava de mim. Mas isso não muda nada, por dias ele me ignorou enquanto eu tentava falar com o mesmo.

Tae: Não, você não é ele

As poucas pessoas que estavam ali não prestavam atenção em nos, agradeci mentalmente por isso.

Hoseok: Tae, só peço que você se sente, ok?

Hoseok tocou no meu braço e me afastei rapidamente, eu sei que posso esta sendo rude mas aquilo realmente estava confuso.

Ele acha que é assim? Eu confiei no Jhope, contei coisas que nunca contei para ninguém. Eu me apeguei a ele, e dói ver que ele mentiu pra mim, saber disso me machucou demais.

Tae: Por favor não toque em mim - sussurrei, afastando a mão de Hoseok do meu braço.

Hoseok: Você prometeu que ia me ouvir - sussurrou

Hoseok tinha um olhar triste no rosto, tentei ignorar. Eu estava triste, muito triste.

Tae: Isso foi antes de saber quem você era - falei - eu confiei em você, na verdade eu confiei no Jhope

Hoseok ficou me encarando, ele podia gostar de mim, mas me machucou.

Tae: Tudo faz sentido agora - dei uma risada falsa - Preciso ir, licença.

Me virei para ir embora, mas sua mão segurou meu pulso com delicadeza.

Hoseok: Você me prometeu Taehyung, me escuta, por favor

Me virei para olhá-lo, ele tinha um olhar triste e lágrimas nos olhos. Parte de mim queria correr para logo, mas a outra parte queria ouvi-lo. Queria saber se iria valer a pena desculpa-lo.

Tae: Ok Hoseok, eu fico, mas quero que me fale tudo. - respirei fundo.

Hoseok: Eu disse que ia contar, e vou.

Ele me levou até a mesa, uma senhora loira apareceu e nos entregou o cardápio.

Hoseok: Qual você quer - perguntou.

Tae: Pode escolher

Hoseok fez o pedido e a senhora logo saiu de lá, eu tinha perdido a fome quando soube que Jhope e Hoseok eram a mesma pessoa.

Eu sou muito lerdo mesmo, como eu não percebi antes? Eu realmente sou muito lerdo.

Tae: Por que Jhope? - perguntei.

Hoseok: Me deram esse nome na aula de dança como já havia falado, sempre falaram que eu era a esperança do grupo e o J é por causa do meu nome Jung.

Tae: Ah sim

Hoseok: Mais alguma pergunta ?

Tae: Tenho muitas Hoseok

Hoseok: Pode perguntar.

Tae: Eu quero saber de tudo, desde o começo.

Hoseok passou a brincar com seus dedos, deu um gole no seu guaraná e me olhou.

Hoseok: Quero que me escute ok? Sem interromper

Revirei os olhos e acabei sorrindo.

Hoseok: Já estudamos juntos uma vez, você sempre foi um menino extrovertido e eu o gótico da sala - sorriu - Trocamos poucas palavras naquele tempo, mas eu gostei de você. Você tinha o cabelo roxo e eu disse que roxo era minha cor favorita, conversamos sobre algumas coisas naquele dia, mas uns dias depois eu saí da escola por causa de uns problemas com minha família - suspirou.

Hoseok olhou para a grande janela que tinha ali e ficou observando o movimento da rua, ele estava nervoso e eu também.

Agora sim eu me lembrava dele, ele sempre pareceu ser um menino triste eu tentei animá-lo naquele dia, mas depois eu nunca mais o vi na escola.

Tae: Eu lembro de você - Hoseok assentiu sorrindo.

Hoseok: Sabe o motivo de eu te saído da escola? Eu tive depressão, meu pai não aceitava ter um filho gay. Ele abandonou minha família, eu sinto falta dele mas se ele quis assim eu não posso fazer nada. Por anos tive que tomar remédios para a depressão não voltar. E até mais ou menos um ano atrás quando eu voltei para escola e te reencontrei você, minha depressão melhorou. Eu tinha muito medo dos meus sentimentos, ainda tenho.

Tae: Por que se apresentou pra mim como Jhope e Hoseok?

Hoseok: Foi um erro, eu queria ser seu amigo dos dois jeitos. Mas quando conversei mais percebi que você é um garoto extraordinário e que não merecia isso, quando eu ignorei você foi por ciúmes, mas não foi somente por isso. Eu queria me afastar de você, eu também pensei em parar com as mensagens, mas eu vi algo que me fez não desistir de você.

Tae: O que te fez não desistir ?

Hoseok: Ver você beijando o Mark, naquele momento eu vi que deveria correr atrás do seu amor.

Tae: Oh - respondi olhando para baixo totalmente corado.

Eu gostei de ver Hoseok se abrir comigo, ele estava me explicando tudo. Ele queria me mostrar como era sua vida, mesmo sendo difícil, vi que ele queria me mostrar que eu faço bem para ele.

Hoseok: Eu te dava pistas sobre mim, mas você nunca reparou.

Tae: Sou meio lerdo - falei vendo o mesmo sorrir.

Nosso pedido chegou, pizza de calabresa a minha preferida. A fome havia voltado e Hoseok percebeu já que eu estava quase babando na pizza.

Hoseok: Vamos comer ? - perguntou enquanto ria.

Tae: Com certeza


Notas Finais


O próximo tá maravilhoso, até amanhã ou segunda ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...