História Unknown good? - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys(bts)
Visualizações 17
Palavras 657
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 49 - Idiot


Fanfic / Fanfiction Unknown good? - Capítulo 49 - Idiot

Pov's Fer

 

Estava no quarto deitada na cama pensando e imaginando o que pode acontecer é o que está acontecendo. Penso se a sun está bem e por um segundo sinto uma dor no peito uma dor no peito tão forte que chego a me contorcer,a porta se abre e jimin corre desesperado até mim tentando me acalmar.

Jm:fer,fer,FER,SE ACALMA-ele diz é me abraça,me acalmo e ele se separando abraço me olhando Ainda preocupado-você está bem? Está sentindo algo?-ele continua me olhando e eu assinto.

F:sim foi só uma dor-digo colocando a mão na cabeça.

Jm:só uma dor? Você estava se contorcendo como um Peixe fora d'Água e era só uma dor?-ele diz um pouco nervoso.

F:olha jimin,não estou boa para discutir tá? Estou cansada só isso,é muita coisa que anda acontecendo e você gritar comigo não vai resolver nada, então se puder calar a boca eu agradeço-digo me levantando e pegando meu casaco,visto o mesmo e saio do quarto,desço as escadas e saio de casa. Estava muito frio,hoje faria a noite mais fria do ano,olho para os lados e começo a andar sem destino pela floresta coberta de neve. Minhas mãos estavam congelando,passo uma mão na outra tentando esquenta-las,coloco as mãos dentro do bolso do casaco e ouço um barulho um pouco distante. Começo a escutar barulhos assim por todo lado,estava ficando louca. Caio de joelhos no chão e coloco a mão na cabeça desesperada. Sinto uma mão no meu ombro e alguém me abraça,não faço questão de ver quem é,e só retribuo o abraço com medo dos Sons.

Jm:calma meu amor,eu estou aqui-ele diz e continua me abraçando.

 

Pov's Sun

 

Me levanto do chão em busca do meu celular,não o acho,meu quarto era iluminado geralmente pela luz da lua,mas eu teria que acender a luz e procurar o celular. Ando até o interruptor e puxo para baixo,olho para cima e não acendia a luz. Desisto e pego uma lanterna de dentro do criado mudo, ela começa a piscar. De repente a janela abre bruscamente é um vento fortíssimo invade,coloco a mão no rosto impedindo que o vento trouxesse algo e entrasse em meu olho. O vento passa e eu abro os olhos retirando minha mão do meu rosto. Percebo algo diferente e ando cuidadosamente em direção a escrivaninha havia algo em cima da mesma. Era um papel,pego ele na mão e parecia uma foto na verdade. Viro a foto e vejo jungkook,uma garota e uma criança pequena um menininho que era a cara do jungkook,sinto meus olhos começaram a lacrimejar e então olho para a janela que se encontrava aberta ainda,me inclino para a frente e puxo a janela. Fecho o trinco Dela e sinto um tipo de formigamento em meu ombro,me viro e vejo um homem com uma injeção na mão,depois tudo escurece.

 

Acordo em um lugar estranho e parecia abandonado,olho ao redor e havia uma mesa com facas,estava amarrada em uma cadeira. Minhas mãos estavam doendo,minha roupa estava toda ensanguentada e eu desesperada. Olho para frente e tinha uma porta que foi aberta,revelando um homem,mas a toca tampava seu rosto. Ele anda até mim e eu começo a pensar no que fazer,em como me defender e como fugir. Ele para na minha frente e tira a toca,bem que eu desconfiei que fosse ele...

Xx:ola minha querida,vejo que ele tinha razão,jungkook tinha um bom gosto para mulheres-diz quase encostando a mão na minha bochecha,mas eu viro o rosto e ele ri.

Xx:agora você é minha,e terá que me respeitar e obedecer-diz pegando meu rosto com força e fazendo eu olhar para ele,logo em seguida ele levanta a mão e eu fecho os olhos esperando o tapa,mas nada dele.

Xx:eu disse para não bater nela-diz um outro homem enquanto segura aquele idiota que quase me bateu. Enquanto um deles dava bronca no outro eu começo a analisar o lugar e vejo uma foto do pai do jungkook e esse homem que impediu o tapa...

 

                      Continua...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...