História Unknown Stranger - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taegi, Vhope, Vkook, Yoonjin
Exibições 249
Palavras 796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEEEEI MEUS FILHOTEEES, TUDO BOM?
Sem drogas, Sugu.
Sem drogas.

SÓ LEIAM SÓ LEIAM, converso com vocês lá nas notas finais.

Capítulo 16 - Sixteen





Jungguk sem dúvidas alguma estava nervoso.

Em suas mãos era nítido o nervosismo pois as mesmas suavam freneticamente. O garoto queria jogar-se em um ponte lembrando tudo que Taehyung o enviou nas ultimas mensagens. A destra fechou-se, levando-a até sua frente onde tinha a porta que o separava de seu melhor amigo, bateu duas vezes com as curvaturas se seus dedos e ditou sofregamente:

ㅡ Tae.

Taehyung do outro lado, que estera jogado em seu sofá escutou alguém lhe chamar fora de sua casa. Levantou-se, rumou até o objeto amendoado e visualizou pelo olho mágico seu grande amigo mordendo seus próprios lábios. 

O  ㅡ agora loiro ㅡ suspirou pesadamente, temendo perder seu amigo aquele dia, coisa que não queria pois foi uma luta ter o feito amar depois do acidente, realmente iria chorar como um bebê abandonado.

ㅡ Oi, Tae ㅡ Tae abriu a porta e debateu-se com um sorriso forçado do mais novo.

ㅡ Oi, Jungkook.ㅡ Abriu espaço para o garoto ㅡ Entra.

E assim o mais novo dos dois fez.

O clima não era legal, diga-se de passagem. Tae, depois de fechar a porta voltou seu corpo ao  de cabeleira achocolatada.

ㅡ Então, vamos direto ao ponto. ㅡ Encostou-se no objeto atrás de si.

ㅡ Eu só quero saber de toda à história, Taetae  ㅡ Jungguk massageou suas têmporas.

ㅡ Te conto, fofo ㅡ Andou em passos lentos até seu sofá, sentando-se no mesmo ㅡ Por onde você quer que eu comece, Guk? ㅡ Cruzou suas pernas, batendo sua mão esquerda no sofá, mandando o Jeon sentar ali.

ㅡ Sem brincadeiras, hyung ㅡ Sentou ao lado do mais velho, esperando alguma continuação do outro.

ㅡ Vou ser direto, porque não sou de rodear as coisas. ㅡ Suspirou, olhando fixamente para o moreno ㅡ Você transou comigo, isso já sabe e...-

ㅡ Não acredito, ainda não acredito. Não dá para acreditar que dei meu cu para meu melhor amigo ㅡ Jungguk deixou seu corpo ficar totalmente esparramado no acolchoado.

ㅡ Pois é, amigão. ㅡ O loiro riu ㅡ Foi tão bom, modesta parte.

ㅡ Taehyung, pelo o amor do Senhor ㅡ Sorriu, corando e pondo sua destra na testa ㅡ Não fala assim, vocês sabe que não lembro disso, dá agonia pensar que minha heterossexualidade foi por água abaixo depois disso. ㅡ A gargalhada de seu hyung soou agoniante em seu ouvido, ah droga ele estava totalmente pertubado pela descoberta.

ㅡ Eu já fui apaixonado por você, Jeon. Na moral, acho que se o Yoongi não aparecesse em minha vida, eu estaria sendo trouxa por ti até hoje.

ㅡ Eu gostava de você? ㅡ Inspirou laborioso.

ㅡ Não, não gostava. Só queria sexo, sexo e mais sexo. ㅡ Sorriu irônico ㅡ Em parte, alimentava meu sofrimento, não é?

ㅡ Conta mais. 

ㅡ A gente ficou com essa ㅡ Fez aspas com seus dedos ㅡ "amizade colorida" certo tempo, daí você conheceu o Jimin, começou à sofrer por ele, e do nada parou em um leito.

ㅡ Resumiu legal ㅡ Ajeitou-se ㅡ tô com fome ㅡ Jungkook levantou-se disposto e Taehyung o olhou com cara de "sério isso?".

Como o garoto poderia não ter uma reação estranha se o final de sua adolescência ㅡ cuja aquela que foi atrapalhada por seu acidente; infelizmente ㅡ estava convencido que era heterossexual e ninguém iria mudar sua opinião? Grande pergunta, sem responta.

O mais novo sentiu o peso do olhar de seu hyung, virando-se;  Taehyung o vislumbrou com uma puta cara de ironia. Porra, o garoto deixou tudo indiferentemente.

ㅡ O quê? ㅡ Perguntou o mais novo.

ㅡ Você vai reagir assim? Não vai defender sua "heterossexualidade".

ㅡ Não, já sei que sou gay. O que posso fazer? Dei até o cu ㅡ Pôs suas mãos na cintura ㅡ Não tem mais volta ㅡ Soltou um muxoxo, rindo de suas palavras ao percebê-las ㅡ Desculpa, hyung.

ㅡ Desculpa, por quê? ㅡ Tae levantou e pulou literalmente sobre seu amigo, enchendo-o de beijinhos por todo o rosto. ㅡ Meu gayzão ㅡ Jungguk o olhou com escárnio ㅡ neném do Taetae.

ㅡ Neném, não. ㅡ Tentou tirar o Kim de seus braços.

ㅡ Neném, sim. ㅡ O loiro sorriu fofo, parecendo uma lagarta em cima do outro, pois se contorcia de um lado ao outro, esfregando-se em Jungkook que ainda estera jogado no chão, por conta de sua queda ao ser "abraçado".

ㅡ Tae, menos esfrega-esfrega. ㅡ Por que diabos Jungkook foi falar isso?

ㅡ Então vai se foder também. ㅡ O Kim queria levantar-se, irritado, contudo o moreno segurou seus pulsos com aquelas mãos delicada que só elwetinha.

ㅡ Eu também te amo, Tae. ㅡ O abraçou.

Ahm, que bebê. ㅡ Fez o mesmo deixando sua bochecha ser amassada à semelhante do Jeon.

ㅡ Tae só não me deixa ser atropelado de novo.

ㅡ Nunca.

Poderiam ser estranhos, poderiam ser gays demais, entretanto sabiam que essa amizade ㅡ que já foi uma dia "colorida"; permaneceria forte por anos.

Bom, é o que os dois pensam.






Notas Finais


Desculpem pelos erros e sério, estou rly rly rly sem conseguir escrever.

Queria muito postar mais um capítulo, mas vou fazer recuperações, pois é. Provavelmente fiquei em várias, e quero me dedicar totalmente a escola. Certo?

Um beijo, filhotes <3
Obrigada por todos esses favoritos, nunca pensei que US chegaria a essa quantidade. Eu choro até hoje por ver esses +200 favoritos crescendo ;-; Eu amo vocês serião.

Mas uma coisa, aliens:
Irei criar um grupo no whatsapp se a quantidade de números ㅡ de celular; que vocês forem enviar nas mensagens chegar à no mínimo 15, okay?

Desculpa se vocês não entenderam nada, é que eu estou neurbaoseseraeer e com um puta do caralho bloqueio criativo, novamente. (novidade, puft).

Um beijo no cu <3
Fui /0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...