História Unpredictable Destiny - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~laranjaverdenon

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Eren Jaeger, Jean Kirschtein, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman
Tags Drama, Eremika, Ereri, Lemon
Exibições 20
Palavras 661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Saga, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sim, eu sei que está horrível...
Mas como esta fic foi excluida, e na minha humilde opinião teria uma boa história, vou reposta-la.
Quero avisar que escrevi isso há muito tempo, então vai ficar assim mesmo.
Preguiça é foda...

Boa Leitura!

Capítulo 1 - Prólogo


Mikasa pov’s

 

Acordo com o despertador tocando ready or not da, Bridgit Mendler, eu já disse que amo essa musica?

Então, eu sou Mikasa Ackerman, tenho 17 anos, estudo no colégio Asas da Liberdade, to no 2° ano do colegial, ótimo agora que já me apresentei vamos começar...

Assim que acordei logo troquei a musica que tocava no despertador para uma mais animada, tipo Summer do Calvin Harris, e fui ao banheiro tomar, escovar os dentes essas coisas, depois me vesti com uma calça jeans preta normal e uma blusa branca simples e o meu cachecol vermelho sangue, porque foi meu namorado que me deu então gosto de usar sempre.

Desci na cozinha de casa para tomar café da manha e encontro meu irmão mais velho, Levi Ackerman, tomando café da manha e fazendo sabe se lá oque no celular, ah esqueci-me de dizer Levi também estuda na Assas da Liberdade, só que ele é do 3°ano. E logo pra começar o dia chegam meus pais se agarrando, tinha que ser logo cedo?

-Começaram cedo hoje em... – Comentei me sentando ao lado do Levi e pegando uma torrada com manteiga.

-Será que a gente fez algo de errado quando éramos pequenos pra merecer isso?-comento Levi e demos uma risadinha juntos, é sim quando se trata de falar ou pregar uma peça em alguém ate que nós nos damos bem.

-Ah é assim!? Okay, então porque vocês não pensam um pouquinho em passar as férias no colégio sem ir a nenhuma das festas hum?- Disse minha amada surpreendendo a mim e o Levi que nos entreolhamos e já começamos nosso show de lagrimas.

-NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOO, por favorzinho não fica brava nos não fizemos por mal, vai desculpa a gente, nos te amamos tanto - Imploramos em uníssono e chorando falsamente nosso pai só se matava de tanto rir de nossa caras de tristeza e da nossa mãe tentando resistir da nossas apelação sentimental, e acho que deu certo já que ela pulou chorando em cima de nos dizendo:

-Mais é claro que desculpa vocês meus amores.

-hahaha ai assim vocês me matam de rir... Bom eu vou para o trabalho tchau crianças vejo vocês nas férias - E foi embora.

Bom se vocês se lembram de que eu disse que hoje era o primeiro dia de aula? Bom é, mas é um colégio interno, assim a gente tem chegar hoje pra arrumar os quartos e tal, além disso, o colégio fica em outra cidade, então eu só vejo meus pais nas férias e só vejo meus amigos em festas ou no colégio onde fazemos o terror com os professores, oque? Quem mando eles serem uns chatos mandões! huehuehuehue...

Logo nós terminamos de comer e fomos arrumar as malas, afinal daqui a 5 horas temos que estar no aeroporto, além do que nosso pai não deixou nos levarmos nos carros, por isso ficamos umas 2 semanas na casa dos nossos amigos dando festas e nos divertindo, enquanto ele achava que ficamos chorando por ele ter dito não, da pra acreditar?

Acabei de arrumar minhas malas e to indo pra casa da Annie, minha melhor amiga, sabe aquelas amiga que te ajudam em absolutamente toda brincadeira que você vai fazer? Então essa é a Annie, e vamos admitir ela chega a ser pior que eu, isso porque eu já fui expulsa de umas seis escolas ao longo da minha vida, isso porque todos olham pra mim e falam algo do tipo “ meus deus como você pode desconfiar dessa carinha ” ou  “ fala serio olha pra ela e me diz se ela tem cara de quem faz isso ” ,dai eu tenho que ficar lembrando que não sou nenhuma puta patricinha mimada que só sabe sair e gastar dinheiro, agrrrr que raiva...

Bom, eu realmente falo muito porque já chegamos à casa da Annie e eu passei o tempo todo falando, foi mal povo é que to ansiosa pra me divertir um pouco...

 

Continua...


Notas Finais


~ Sayonara


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...