História Until Dawn - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Until Dawn
Personagens Ashley "Ash", Beth Washington, Christopher "Chris", Emily "Em", Hannah Washington, Jessica "Jess", Joshua "Josh" Washington, Matthew "Matt", Michael "Mike" Munroe, Personagens Originais, Samantha "Sam"
Tags Alosh, Chrash, Smike, Until Dawn
Exibições 16
Palavras 2.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 19 - E o psicopata é....


Fanfic / Fanfiction Until Dawn - Capítulo 19 - E o psicopata é....

Chris tinha sido afetado por um pó que o deixou com sono e o fez dormir, Ash tinha levado com um soco na cara, fazendo ela desmaiar, e Alex foi "drogada" com uma agulha, tal como a Sam e a Riley, tudo aquilo tinha sido muito rápido, o maníaco levou a Alex para a mesma sala onde estava Sam, adormecida ainda, e levou a Ash e o Chris para uma sala do velho hotel, e  prendeu ambos em cadeiras.

Chris, Ash- velho hotel- 3:11

Chris tinha acordado, o efeito do pó já tinha passado, ele estava com uma ligeira dor de cabeça, aliás ele tinha uma ferida na sua testa. Na sua frente Ashley, ainda desmaiada. No meio deles tinha uma mesa de madeira com um revólver em cima dela, um pouco afastado deles tinha uma câmera a gravar tudo o que se passava.

Chris- A minha cabeça...- ele tenta por a mão na sua testa, mas suas mãos, e pés, estavam presas na cadeira.- Merda! Estou preso...- ele repara na Ash, desmaida na sua frente.- Ash? Ash!- ela tinha recuperado os sentidos, estava numa lástima, sua roupa cheia de sangue do Josh, seu rosto também tinha rastos de sangue, mas o que mantinha a atenção de Chris era o seu olho direito roxo e inchado.- Meu Deus, Ash... o que ele te fez?

Ash- Acho que me bateu...- Ash estava com muitas dores no seu olho.

Chris- Eu vou matar aquele filho da puta!

Ash- Onde é que está a Alex, ela estava connosco?

Chris- Eu não sei... eu acordei e só tinhas tu aqui.

Ash- O que será que ele lhe fez, Chris?

Chris- Eu não sei... mas tomara que não lhe tenha acontecido nada.

Ash- O que é isto? Oh, Chris....- começa a chorar. Ambos se tantavam soltar, mas era impossível.

Chris- Deve ser o gajo que matou o Josh!

Ash- Oh meu Deus, não!- Ash começou a forçar cada vez mais a corda, mas conseguia desatar aquele nó.

Chris- Meu grande filho da puta! Seu monstro!- Chris gritava para todos os lados, com a esperança de ele estar a ouvi-lo.

Ash- Nós vamos morrer, Chris! Eu não quero morrer já!- gritava desesperada.

Chris- Ninguém vai morrer!

Ash- Eu queria dizer-te.... Isto não é justo!- ela gritava cada vez mais alto.

Chris- O que é que querias dizer?

Ash- Agora é tarde.- ela queria confessar o seu amor pel Chris, mas ela pensava que eles iam morrer.

Chris- Pra, diz logo.- Chris fez uma cara de preocupada, ele via na cara da Ash que ela estava a sofrer bastante, aliás ela não parava de chorar.

Ash- Sempre evitáos o assunsto, e agora sinto que foi tempo perdido!

Chris- Ashley... não foi tempo perdido.

Ash- Como assim?

Chris- Todos os segundos que passei do teu lado, foram os melhores momentos da minha vida.- dizia com num tom calmo, ele estava com lágrimas nos olhos.

Ash- O que queres dizer com isso, Chris?

Chris- Eu sei que pode ser tarde, mas eu.... eu... Ashley eu amo-te! Amo-te desde o primeiro dia que te vi, na escola.

Ash- Eu também te am....- de repente duas serras, unidas, começaram a descer até ás suas cabeças, tal como aconteceu ao Josh.

Chris- Oh meu Deus!

Ash- Não! Socorro!- gritava desesperada, ela tentava a todo o custo arrebentar aquelas cordas.

Chris- Ash, eu vou tirar-te daqui!- ela gritava desesperada, quase que ficava sem voz, até que, nas colunas de som, o maníaco começou a falar.

Psicopata- Olá minhas lindas e preciosas cobaias.

Ash- Tenho medo, Chris...

Chris- Não tenhas medo...- diz ele numa voz serena para tentar acalmar Ashley que estava a chorar.

Psicopara- Ah, mas devias ter, Ash, porque é aqui que complica. O Chris já fez uma escolha fatal hoje.- referia-se ao Josh.- E agora... tem de fazer outra. Chris.... podes pegar na arma que está á tua frente e dar um tiro na Ashley, ou podes dar em ti mesmo. Quem sobrar...fica vivo! A escolha é tua.- Chris pega na arma, Ash chorava e gritava desesperadamente e Chris estava cheio de medo, não queria matar a Ash. Chris dá 3 tiros na serra, mas não deu nenhum resultado.- Não sejas tonto, Chris.- ria-se ás gargalhadas.

Chris fica paralisado, não sabia o que fazer, a serra aproximava-se cada vez mais, ele não queria dar um tiro na Ashley, nem em si mesmo. As serras estavam a cerca de 10 cm de distância de cada um.

Ashley- Não!!!!

Sam, Alex- cave da cabana Washington- 3:05

Sam tinha acordado finalmente, ela vê do seu lado a Alex, que estava ainda com o efeito da "droga"

Sam- Alex? Estás bem?- Alex acorda e estava com uma ligeira dor de cabeça.

Alex- Hã? Onde é que eu estou? Sam! Tu... tu estás bem?

Sam- Sim, mas.... onde é que estamos?

Alex- Sei lá eu! Espera, onde é que está o Chris e a Ash?

Sam- Eles estavam contigo?

Alex- Sim... nós estávamos á tua procura e da Riley...

Sam- A Riley? O quê? O maníaco apanhou-a?

Alex- Sim.... Bem, ela não estava na cabana.- elas são interrompidas por Mike, que estava na espreita por uma pequena janela.

Mike- Meninas...- susurrava Mike, para mais ninguém ouvi-lo.

Sam- Mike, és tu?

Alex- O quê? O que...

Mike- Anda cá, Sam!- Mike falava o mais baixo possível. Sam mexe sua cadeira até á pequena janela, ambas estavam amarradas a cadeiras, por sorte com rodas... Mike corta, com o seu facão que tinha arranjado no sanatório, a corda que estava atada ás mãos de Sam. 

Alex- Despachem-se!- Mike dá o facão a Sam que corda a corda que tinha atada aos pés, logo de seguida corta as cordas atadas ás mãos e aos pés de Alex.- Ai, obrigada, aquela merda era apertada...

Sam- Oh Mike, ainda bem que nos encontraste.

Mike- Tenham calma. Vocês estão bem?

Alex- Eu não compreendo... Como é que tu... Vieste até aqui? Como nos encontras-te?

Mike- Anda um cabrão de um maníaco aqui na montanha....

Mike- Ele vive, num labirinto de túneis... Estava lá em baixo á procura duma saída, quando dei com a grelha e vi as duas.

Sam- Ouve... esse tipo de que estás a falar... ele atacou-me! 

Alex- A mim também, e á Ash e ao Chris! Ele levou-os para outro sítio.

Sam- E ele mostrou-me uns vídos também e um deles mostrava o Josh a ser morto.... Tipo... todo cortado por umas serras grandes pra caralho!- ela começou a chorar.

Mike- Meu Deus!

Alex- Parem de falar do Josh! Ele morreu na minha frente...

Sam- Sério, Alex calma... eu sei que tu gostavas muito dele, eu vou ajudar-te a superar isso, prometo!

Mike- Sim, Alex, nós vamos matar esse filho da puta! Olhem, há aqui uma porta... mas não abre. Conseguem destracá-la do vosso lado?- Sam pega na sua mochila rosa que estava pendurada no puxador, ela não sabia como ela foi lá parar. Ambas saíram da sala onde estavam, tinha duas portas no corredor e Sam tira a tábua da porta do lado esquerdo para deixar o Mike entrar.- Ei....

Sam- Credo. Tu estás uma lástima.

Mike- É bom ver-te também.- Sam foi-se trocar, aliás ela estava apenas com uma toalha.- Estás a fazer o quê?

Sam- Por acaso a toalha acabou por não ser a fatiota ideal para combater maníacos assassinos, compreendes? Tu importas-te, Mike?

Mike- Oh, tu... Ahm.. Certo desculpa.- Mike estava de costas para a Sam, ele até deu uma espreitadinha, bem discreta, e conseguiu ver um pouco do corpo de Sam, Alex vê a cena e dá um soco no ombro do Mike.

Alex- Mike, privacidade!

Mike- Ok.... desculpa...- Sam tira as suas roupas da sua mochila e vestiu umas botas pretas, umas leggins pretas, que lhe ficavam pelo joelho, uma camisola branca e o seu casaco vermelho.

Sam- Ok, pronta!

Alex- Muito melhor, pelo menos não passas mais frio.

Sam- Ok. Vamos lá terminar isto.

Mike- Se faz favor.

Eles conseguiam ouvir umas vozes do outro lado da porta da direita, eram da Ash e do Chris.

Ash- Não.. por favor!

Chris- Eu não... não consigo decidir!

Sam- Ouviram aquilo?

Mike- Ouviste.... chorar?

Alex- É a Ash e o Chris!- eles arrombam a porta da esquerda, quando entraram viram a Ash e o Chris presos em cadeiras. O maníaco aproxima-se deles.

Ash- Não! Não, não, não! Afasta-te!- Chris dá tiros no maníaco, mas as balas eram de pólvora seca...

Psicopata- Oh Chris.... Oh Chris, Chris, Chris.- abana a cabeça de desilusão.

Chris- Mas que porra?- Chris fica preplexo pela arma não funcionar.

Psicopara- Nunca ouviste falar de pólvora seca? Pá a sério?- o maníaco tira a máscara e era o JOSH!!!!!

Alex- Josh???- Alex estava confusa. Ele começa a rir-se ás gargalhadas.

Sam- Josh!- Sam e Alex vão ter com a Ash e o Chris e soltaram os dois.

Josh- Muuuuuuito bem!- ria-se ás gargalhadas.- Parabéns a todos! É o meu nome! E depois de tudo o que passaram! Boa, boa, boa. Como se sentem? hã? Como se sentem? Gostaram de se sentir aterrorizados? Humilhados? Em pânico? Foi tudo aquilo que as minhas irmãs sentiram no ano passado! Mas sabem que mais? Elas não sentiram nenhum alívio! Não, não, não. Elas estão mortas!

Mike- Eu não sei se reparaste, Josh, mas não vejo ninguém alíviado.

Josh- Oh vá lá, va lá, va lá... Estão de trombas? Então? É bom sentir adrenalina de vez em quanto, não é? E vejam bem a adrenalina que sentiram! A bombar! Espero que tenham gostado do meu espetáculo fantasmagórico! Foi tudo ao promenor! Nenhuma oportunidade perdida! Foi um.... prazer ser o mestre dominador do vosso pãnico pavloviano! Sangue e mais sangue! Corpos falsos, serras circulares!- explica a sua morte falsa.- Esta merda é cara. E ao primeiro take! Não, não, sem repetições! Ah, deviam ter visto as vossas caras. Todos vocês caíram que nem uns patinhos.

Sam- Josh... Porque é que estás a fazer isto?

Chris-  A Alex, sofreu por tua culpa! Ela chorou por tua culpa! Tu não tens a mínima noção do que fizeste, pois não?

Mike- Não se deem ao trabalho de perguntar ao desmiolado. Ele sabe lá. Perdeu os parafusos todos.

Chris- Não deve andar a tomar os remédios.- Josh tem um problema mental desde criança.

Josh- Então, malta. A vingança é o melhor remédio.

Mike- Já eras...

Chris- Mike, ele é doente....

Alex- Tu por acaso sabes o que sofri por tua culpa? Este tempo todo pensei... pensei que tinhas morrido! Eu esperava muito mais de ti, Josh! Tu... tu desiludiste-me! Aquele beijo não significou nada para ti? Foi em vão aquele beijo? Sabes.... Eu... nunca mais te quero ver na minha frente, seu monstro sem coração!- Sam abraça Alex, que fica a chorar no seu ombro, ela disse aquilo de boca para fora, ela amava e ama muito o Josh.

Josh- Alex, espera! Eu amo-te!

Alex- Não amas! Se tu me amasses não fazias isso!

Josh- Mas.... Eu sempre te amei!

Alex- Para, tu fizeste-me sofrer muito esta noite!

Josh- Mas, Alex....

Alex- Cala-te!

Josh- Ok....Mas vocês vão agradecer-me por se terem tornado estrelas da internet!

Chris- O quê?

Josh- Ah pois é. Este vídeo vai tornar-se viral, canalhada. Isto tem amor platónico. Tem sangue. Não devem existir coputadores suficientes na China paar contar as visiatas que isto vai receber, malta!

Mike- O que estás para aí a dizer, caralho? A Jéssica está morta!- todos ficam a olhar para Mike.

Josh- O quê?

Mike- Ouviste bem? A  Jéssica está morta....- Mike dirige-se até Josh.- E tu vais pagar, seu filho da puta!- dá um soco na cara de Josh que o faz cair no chão.

Riley, velho hotel- 3:27

Riley estava deitadano chão, numa sala ao lado onde estavam todos, ela acaba por acordar e estava com dores de cabeça, tinha uma ferida nos joelhos e na testa.

Riley- Hã? Onde é que eu estou?- Riley levanta-se.- Alguém aí?- grita.- Que merda é que aconteceu?- ela ouve vozes.- Hã? Socorro!- começa a bater na porta.

Sam- Hã o que é isto?

Ash- É a Riley!

Chris- Vem daquela porta.- Sam vai a correr abrir a porta, Riley sai de lá a chorar, estava uma lástima, ela abraça forte a Sam.

Riley- Oh meu Deus, muito obrigada! Sério....- ela repara no Josh caído no chão.- Porque o meu filho está desmaiado no chão? O que lhe fizeram.

Alex- O seu filho, é um doente!

Riley- Como assim?

Mike- Era ele o tempo todo... Ele prendeu a Sam e a Alex, prendeu a senhora, a Ash e o Chris.... ele é um maníaco!

Riley- O quê? Foi ele que me prendeu? Eu lembro-me de ver a Sam caida no chão fui ajudá-la e ele apanhou-me...- Riley começa a chorar.- Eu não acredito... o meu filho, o meu filho... é doido!

Chris- Pelo que parece, não andava a tomar os comprimidos.

Riley- Não quero mais saber dele para nada! Depois do que ele fez a mim, e a vocês.... Não há perdão para o que ele fez! A partir de agora não é mais meu filho!- ela começa a chorar e a Alex vem abraçá-la, amabas choravam no ombro de cada uma.

CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...