História Until Dawn (Nova personagem) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Until Dawn
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 1.804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demora para postar o capítulo 2, minhas aulas começaram e o tempo foi ficando difícil. Esse capítulo é menor, mas já estou escrevendo o próximo. É só para eu não demorar mais, então mesmo sendo mais curto, estou atualizando.

Capítulo 3 - Capítulo - 2


 

Ponto de vista: Narradora

 

É 2 de Fevereiro de 2015, aniversário de desaparecimento das irmãs Washington, um dia atrás Josh havia convidado todos seus amigos de volta ao chalé no próximo dia. Annie tinha ficado em dúvida se ia ou não, ela perdeu sua melhor amiga que considerava uma irmã e a Beth, que também era sua amiga. Seria difícil voltar para lá e não se lembrar delas. Além do mais, porque era estranho esse reencontro justamente naquele dia e naquele  lugar.

 Annie está dormindo tranquilamente, sem nenhuma preocupação, como se todos os seus problemas estivessem sumido, depois de ir ao cinema com Sam na noite anterior ela estava exausta. As notificações repentinas do seu celular que estava no criado mudo ao lado de sua cama acabam á acordando (http://imgur.com/a/HSkdu). Sonolenta, parece uma múmia. Ela retira seu braço de dentro das cobertas e pega o celular e trás até seu rosto. Seus olhos podem dizer que talvez não descansasse bem, a luz forte á encomoda, parece que estava olhando diretamente para o sol. Annie pega seus óculos e põe em seu rosto, desbloqueia seu celular e avista inúmeras notificações. Twitter, Instagram, Facebook... Então o celular toca e é o Josh.

 

Ponto de vista: Annie.

 

Eu atendo.

- Oi Josh? – Atendo com a voz meio preguiçosa.

- Oi Annie. Estava dormindo?

- Acordei agora. – Digo, tirando as cobertas de cima de mim e me sentando na cama.

- Você disse que ia responder hoje se ia ou não para o chalé conosco de volta. Você tem que vir!

- É verdade. Você quer mesmo voltar lá? – Digo escutando barulho de zíper do outro lado da linha. Josh  deve está fazendo suas malas para esses dias em Blackwood.

- Sim, Annie. Faço isso por elas, o grupo passou muito tempo afastado. Creio que elas queriam que estivéssemos juntos. Você vai não é?

- Hm... – Desvio meu olhar para uma foto minha e da Hannah em cima de uma prateleira ao lado de vários livros, era uma foto nossa de infância. Penso que seja isso que elas queriam, que nós não nos afastássemos.

- Você tem que vir! Por favooor.- Ele implora.

- Está certo, vai ser divertido. Eu vou fazer isso por elas e por você, sabe que pode contar comigo. Além disso, vai ser legal rever os nossos amigos. – Eu acabo cedendo. Levantando-me da cama e indo em direção ao guarda roupa.

- EU TE ADORO! Vamos nos divertir bastante. Sabia que podia contar com você.

- Claro, pode contar comigo Josh. – Eu abro o guarda roupa e fico observando as roupas e a minha mala no cantinho abaixo de algumas roupas bagunçadas. (http://imgur.com/a/ID7sV)

- Já arrumou suas coisas? – Digo, apoiando o braço esquerdo na cintura e ficando parada por uns segundos.

- Acabei agora. Suponho que deve ter escultado o barulho do zíper, não?

- Sim! – Eu rio – Vou arrumar a minha agora. Depois a gente se fala. – Pego algumas roupas de frio que estava á minha frente e jogo na cama.

- Tá certo, até mais.

- Tchau... – Já estava prestes a desligar quando ele volta a falar.

- Annie...?

- Oi? – Pergunto, ao mesmo tempo puxo a mala para fora do guarda-roupa e jogo em cima da cama.

- Eu nunca te agradeci por está ao meu lado nas consultas com o Dr.Hill, me apoiando, me aconselhando, me escultando. Obrigado, de coração, por está presente quando precisei e têr me entendido.

- Como eu disse, Josh, pode contar comigo. Amigos servem para isso. Você estava precisando.

- Bom. Vou deixar você arrumar suas coisas. Essa noite vai ser INCRÍVEL! Tchau.

- Tchau. – Eu rio e desligo o celular.

Está certo. Agora temos que voltar lá, para aquela montanha arrepiante, confesso não me sentir tão segura naquele lugar. Deve ser paranóia minha apenas... Limpo a mala batendo com a mão, pois já faz tempo que está guardada, última vez que a usei foi... Um ano atrás. Arrumo minha mochila e... - Voilá! -Está pronto. Preciso apenas me preparar. Uma calça, blusa listrada manga longa com uma jaqueta azul escura e uma bota marrom. Afasta as cobertas para o canto, espalho as peças em cima da cama e vou em direção ao banheiro, ligo a água da banheira enquanto que eu lavo meu rosto, depois escovo meus dentes e amarro meu cabelo. A banheira já estava cheia, tiro meu pijama e entro nela, a água está quentinha (http://imgur.com/a/eiCww). Nada melhor quando você passa a noite com frio, apesar de ter estado com várias cobertas sobre meu corpo e uma meia (observo vendo a cama desarrumada atráves da porta que estava aberta e meu par de meias jogadas no chão). Em meio a minha meditação o celular começa a tocar. Ele está em cima de minhas vestes espalhadas no chão. Sacudo meu braço para sair à água e atendo a chamada, é a Sam.

- Alô, Sam?

- Como vai, Annie? Ontem tu tava que nem uma múmia quando vim te deixar na sua casa depois do cinema.

- Vou bem, eu estava bem exausta mesmo. – Digo rindo – Acordei uns minutos atrás.

- Dominhoca! – Ela ri. - Você vai para Blackwood com a gente? Ficou de responder hoje.

- Ah, claro! Josh tinha me ligado agora a pouco para saber a resposta. Então eu pensei e aceitei. – Eu encosto minha cabeça na banheira e fico olhando para o teto conversando.

- Ótimo! – Ela faz uma pausa rápida e volta. - É estranho ter que voltar lá. Naquela noite você disse várias coisas para o pessoal depois do que fizeram á Hannah.

- Não é a primeira vez que brincam assim com ela. Isso é chato. Eu me ponho no lugar dos outros e aquilo é bastante constrangedor. Você sabe que sou protetora.

- Foi idiotisse o que fizeram... Você vai sozinha ou quer ir comigo?

- Vamos juntas. Em 1 hora eu posso te encontrar na tua casa e partimos para Blackwood.

- Está bem. Você ta tomando banho? Estou escultando barulho de água.

- Sim, na banheira. Com maior cuidado para não cair o celular na água. – Eu ponho minha cabeça para fora da banheira após me tocar que o celular poderia cair na água.

- Não vou atrapalhar seu banho de beleza, senhorita. Depois se falamos. – Ela rir.

- Certo – Agora é minha vez de rir. - Tchau. – Desligo o celular e coloco-o em cima das vestes no chão.

Alguns minutos passam e a água já estava esfriando. Levanto-me e pego a toalha, me enrolo e vou em direção a cama com o maior cuidado para não escurregar, pois eu teria se esquecido de deixar a chinela ao lado da banheira. Me visto deixando a roupa bem alinhada. Abro a gaveta da minha cômoda e espalho algumas roupas para pegar algo no fundo. Meu cordão, o pingente era uma alinça que tinha escrito “Best” nele. É um cordão de Best Friends, o outro era da Hannah. Havia muito tempo que não tinha colocado em meu pescoço, um sentimento de angústia desperta em mim junto a inúmeras lembranças. Balanço a cabeça e apenas o coloco olhando pelo espelho. Pego o cachecol cinza que está cabeceira da cama e enrolo no meu pescoço. Solto meu cabelo, passo um pouco de maquiagem. Ponho o celular no bolso e o fone e carregador na mala. Já está tudo pronto. A mala que eu havia arrumado rapidamente só precisava fechar, ela estava aberta caso eu queria acrescentar algo, mas nada mais veio na minha cabeça depois de por as últimas duas coisas. Para mim já era hora de se encontrar com Sam.

- Ah não. Está faltando algo, como ouso voltar lá sem levar isso? – Eu já estava abrindo a porta e volto para o centro do quarto, olhando para todos os cantos e tentando me lembrar de onde eu tinha escondido aquilo.

- Cadê essa... – Eu me interrompo ao acabar de lembrar que estava em uma caixa de baixo da cama.

Abaixo-me e puxo a caixa, estava com poeira. Passo a mão para limpa-la e á abro. A ponho em um bolso que havia dentro da jaqueta. Agora eu estava pronta de verdade. Pego a mala e parto. Alguns minutos depois eu já estava com a Sam, pegamos o ônibus e nos sentamos lado a lado. Ela está conectando seu fone de ouvido em seu celular e ouvido algumas notícias. Eu puxo um lado e coloco no meu ouvido.

- O que está ouvindo? – Pergunto olhando para a tela de seu celular.

- Está falando que hoje é o aniversário de desaparecimento da Hannah e da Beth... – Diz ela, inclinando o celular para eu poder ver melhor. Ela está com uma cara de aflição. Eu fico em silêncio apenas observando a notícia.

- (...) Há um ano atrás, durante a noite, as garotas Washigton deixaram a segurança do chalé de seus pais e saíram em uma nevasca (...) Tem um indivíduo que consideramos com um possível suspeito... – Eu olho para a Sam com uma expressão de dúvida. Ela retribui o mesmo olhar – Mas sua localidade atualmente é desconhecida. Ele tem uma história interessante com a família Washington. Ele os avisou que não deveriam continuar o projeto de construção, a terra era sagrada para seus ancestrais. (...) – A notícia acaba e vai logo se direcionando ao vídeo de Josh.

- Oh, um vídeo do Josh– Digo surpresa.

- Beleza. Bom, olá, amigos e fãs! É pra lá de incrível ter vocês todos de volta este ano. Primeiro, preciso dizer que estou superempolgado para receber todos os meus amigos para o refúgio anual, de inverno em Blackwood! – Diz Josh no vídeo.

- Ele já deve está lá nos aguardando. – Diz Sam olhando para a janela vendo se já estamos próximos de chegar ao destino.

- Então... Me deem sabe, um momento para falar sobre um assunto muito chato agora...Eu sei que todos vocês estão provavelmente preocupados comigo... E sei que vai difícil para todos nós voltar lá, depois do que aconteceu ano passado. Mas... Eu só queria que todos soubessem que... é muito importante pra mim que a faça isso. E eu sei que seria muito importante para Hannah e Beth, que ainda estivéssemos juntos, pensando nelas. Eu realmente quero passar um tempo legal com cada um de vocês e compartilhar momentos que nunca iremos esquecer, será em nome das minhas irmãs, vocês entendem? Ótimo... Então! A gente vai se divertir que nem atores pornô, que tal?E fazer essa viagem uma experiência inesquecível, tá legal? Isso! – O vídeo termina

- Bom... Aqui estamos nós. – Diz Sam que tira do vídeo.

- Puff! “Atores Pornô” tomara que ele não esteja imaginando o que vai acontecer nesses dias no chalé o que eu estou pensando. – Digo e a Sam ri. – Ele precisa de uma namorada. – Nós duas rimos.

Chegamos ao destino.


Notas Finais


O que acharam? Próximo capítulo já está sendo escrito. Perdão pela demora e espero que estejam gostado. S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...