História Until the end - imagine jin ( seokjin )sorrio - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts
Visualizações 83
Palavras 826
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá

Capítulo 2 - Resposta


Fanfic / Fanfiction Until the end - imagine jin ( seokjin )sorrio - Capítulo 2 - Resposta

            *Jin*

Estou em meu carro  indo ao encontro do senhor n/s/p sim eu resolvi aceitar a proposta dele

    ~Quebra de tempo~

Estou em um restaurante que se chama ******* (escolha um nome ai) com a maleta que está com o dinheiro

N/s/p : olá , ja tem a resposta ? - diz ele se sentando , coloco a maleta aberta em cima da mesa e empuro pra ele

Jin : isso responde a sua pergunta - digo sério vendo ele sorri

N/s/p : oh claro mais antes eu tenho uma condição - faço um jesto com a cabeça para que ele continue - quero poder visitar minha filha - começo a rir - do que está rindo ?

Jin : acha mesmo que ela irá querer ver você depois que souber que a vendeu ? - fecho a maleta me levando e digo -o dinheiro e todo seu buscaremos sua filha agora é quando a sua condição você só poderá a ver se  assim ela desejar - saio andando -vai ficar ai ou vai me levar até ela .

N/s/p : claro

                         *s/n*

Acabo de tomar banho coloco  uma lingerie preta visto um vestido rosa meias no joelho , deito na minha  cama e fico jogando vídeo-game  até que escuto a porto do meu quando ser aberta por meu pai

N/s/p : filha

S/n : sim papai

N/s/p : vá para meu escritório agora - diz sério e sai enquanto ele fecha a porta eu escuto um me perdoe baixinho resolvo não ligar pego um sapato e desso correndo , entro no escritório vendo um homem desconhecido -filha esse e o senhor kim seu dono - começo a rir - do que está rindo mocinha ?

S/n : pai que brincadeira é essa kkkkk muito engraçado agora diz o que quer - vejo o tal senhor kim se aproximar de mim

Jin : seu pai não está brincando ele me vendeu você - me olha sério , vou me aproximando do meu pai se é que posso chamar esse homem de pai, ja com as lágrimas caindo

S/n : como pode fazer isso comigo COMO PODE QUE TIPO MOSTRO VENDE A PRÓPRIA FILHA - começo a gritar e tacar tudo que encontro nele até ser segurada pelo meu suposto comprador - ME SOLTA EU VOU ACABAR COM ELE

Jin : pense bem para não cometer uma estupidez

S/n : OLHA QUEM DIZ VOCÊ QUE ME COMPROU

Jin : abaixe a voz e vamos embora eu tenho mais o que fazer - me
puxa

S/n : ME SOLTA EU VOU MATAR ESSE DESGRAÇADO A QUEM UM DIA CHAMEI DE PAI

Jin : escuta bem nos vamos sair por aquela porta e ir embora - concordo ainda chorando - assim está melhor

S/n : eu ...pos...posso pelo me...me..menos pegar ....uma...coi. ..coi...coisa - digo soluçando

Jin : claro mais eu vou com você - balanço a cabeça concordando quando estamos saindo sinto a mão de meu pa....quer dizer  do senhor n/s/p  me tocar

N/s/p : me perdoa eu não posso pender a sun - dou um tapa em seu rosto

S/n : nem que eu mora eu te perdoaria - olho para o Kim  - podemos ir embora

Jin : uhum - saímos da minha antiga casa e entramos num caro que por sinal e muito chique

S/n : a onde estamos indo

Jin : ao seu novo lar - ele liga o carro

    ~alguns minutos depois ~

S/n : falta muito pra chegar ? - pergunto com medo que ele me maltrate

Jin : não muito

S/n : senhor posso pergunta uma coisa ?

Jin : primeiro me chame de seokjin ou jin segunto sim claro que pode

S/n : me comprou porque ? Quantos anos você  tem ? Vai me maltrata ? Você vai me bater - ele dá uma risada

Jin : foram 4 perguntas mais ok - continua sorrindo - primeira pergunta  te comprei porque te achei bonita e também porque se eu não te comprasse seu pai ia te vender para um velho ou uma  casa de prostitutas e acho você muito novinha pra essas coisa , segundo tenho 21 anos , terceira não  , quarta e última pergunta não eu não vou te bater - sorrio aliviada - minha vez de fazer perguntas ne

S/n : uhum

Jin : é virgem ? - coro

S/n : s..sim

Jin : me acha velho

S/n : um velho que é lindo

Jin : obrigado - o carro para e ele diz  - chegamos - descemos - essa é minha casa  - entramos - vem - ele segura meu braço e me puxa pela escada para em uma porta  destranca e entramos - esse aqui é nosso quarto

S/n : como assim nosso

Jin : vamos dormir juntos horas

S/n : mas - ele me corta

Jin : sem mas - chega a boca perto do meu ouvido e segura minha cintura com firmeza - sabe 



Notas Finais


Deixem o q acharam nos comentários


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...