História Until The End S.M - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Shawn Mendes
Tags Magcon, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 22
Palavras 2.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cara... Cara... CARA
meu, eu esqueci de vocês, me desculpem haha, eu não parei com a fic e nem abandonei ninguém, eu só esqueci... Sorry
A tela do meu telefone quebrou, e estava horrível escrever, aí eu tbm enrolei um pouco, mas já vou trocar e estou aceitando q vou precisar usar ele assim por enquabto...
Me desculpe heheh e aproveitem esse capítulo maravilhoso

Capítulo 29 - Me tratem como mulher!


Fanfic / Fanfiction Until The End S.M - Capítulo 29 - Me tratem como mulher!

Shawn saiu correndo de raiva e tentamos segui-lo. Quando chegamos no carro, suas mãos tremiam e ele praticamente não conseguia abri-lo.
-Tenha calma Shawn, não é nada demais!-Aaliyah tentou acalma-lo logo percebendo o desespero de todos nós 
-Claro que vou me acalmar! Nós estamos sozinhos e você resolve fazer as coisas escondidas, e olha só o resultado! Gostou disso?? Se você não fosse burra não teria acontecido!- o garoto falou nervoso, porém com razão- Eu conversei com você, disse para se afastar, mas você acha que nada dá errado... Porque você acha que nossos pais nos proíbem de algumas coisas? Para não fazermos merda como você fez! -Concluiu.
-Não exagera Shawn...-eu disse é antes mesmo dele me responder, ordenei silêncio.
Entramos no carro e nos ajeitamos. Shawn saiu em alta velocidade, corria na avenida como se fosse o único carro, pedíamos para ele diminuir mas a raiva já era maior q a consciência .
Quando gritamos já era tarde, o veículo foi exatamente ao encontro de uma árvore. Por um segundo escutei o barulho de cada coração, e o mesmo tendo um choque e parando de susto. Tudo parecia estar em câmera lenta.
Quando senti o carro finalmente se estabilizar no chão, e finalmente relaxei.
-Você está louco? Quer matar alguém?- gritei obviamente histérica 
-E-e-eu não sei o que aconteceu Cat...
-Ah não sabe? Você bateu o carro e quase matou todo mundo, se quer morrer, faça isso sozinho...- sai do carro, que graças a qualquer criatura celestial, não capotou.
Fechei a porta e me encostei na mesma. Shawn verificava se estava tudo certo com a irmã. Fui deslizando até o chão, até conseguir sentar.
Apoiei meu queixo em meus joelhos e saquei meu celular do bolso e senti minhas mãos tremerem, desbloqueei o mesmo é rapidamente manei uma mensagem para Paris explicando o que aconteceu mas avisei que estava tudo bem.
Não havia acontecido nada de errado, estava tudo bem, mas mesmo assim o fato saber que você estava dentro de um carro que acabou de bater é traumatizante.
Fechei os olhos e relaxei escutando os irmão Mendes discutindo.
Após 10 longos minutos um homem veio nos ajudar a pelo menos ligar a bateria para chegarmos em casa.
-Porque agora você não bate a testa na parede?- gritei antes de sair do carro novamente e sair esperneando
-Para! O carro só ralou à frente. Foi só impacto
-já estou muito impactada não precisava disso...
-isso é só coisa de adolescente, já passou!- Aaliyah  disse pomposa passando entre eu e Shawn
-Essa garota está passando dos limites!- resmungou o mais velho
-realmente, ela que bate carros- retruquei 
-Pelo menos eu faço as coisas sozinho, não vou no banheiro ligar para minha amiga...- provocou lembrando de New York
-Pelo menos eu não trato nenhuma menina igual pateta...
-Agora pegou pesado... Aquele dia eu fui bem babaca, mas eu não te conhecia, achei que você seria diferente...
-não quero falar sobre isso, vai tomar outro banho pra relaxar e depois ligamos para o seguro. E chama a sua irmã que eu quero conversar com ela... 
Apenas concordou com a cabeça e subiu as escadas. 
Me sentei no sofá com a cabeça jogada pra trás e meu pescoço a mostra. Aquilo fez me lembrar de momentos com Shawn. Uma corrente elétrica se instala em todo meu corpo me arrepiando. Sorrio com todas as lembranças e ao abrir os olhos, Aaliy está parada na minha frente rindo da minha cara de boba.
-Aproveitando os pensamentos impuros?-disse sarcástica 
-Eu não estou de brincadeirinhas com você... Senta, precisamos conversar...
-Até você? Quer falar que é errado eu estar com um menino mais velho e blá-blá-blá,... Se eu me importasse com idade já teria terminado, e eu também não me importo com essas fotos, que se dane, eu sei que não são minhas, então quem ver, vai apenas ver uma mentira...
-Ok Aaliyah, eu e seu irmão queríamos apenas te ajudar... Ele quase causou um acidente terrível por culpa sua, mas se você está tão "de boa" em relação a isso, Foda-se, que você se ferre sozinha...-me levantei da maneira mais majestosa possível e me retirei da sala, indo em direção aos quartos.
Subi as escadas em silêncio pronta para contar para Shawn o que a irmã acabara de me dizer. Parei em frente ao seu quarto e não pude deixar de olhar. Ele estava tirando seu moletom e cada músculo de seu abdômen estava a mostra. Seus braços bem definidos e suas veias do pescoço me aqueciam por inteiro.
Me aproximei e fiquei bem gente a porta, tudo estava ótimo, até eu relaxar e meu corpo se chocar na maçaneta e ela estalar, chamando a atenção do rapaz. Me pus em posição de guarda novamente fingindo que nada havia acontecido.
-o que você estava fazendo tão perto da minha porta?- disse já rindo sabendo exatamente o que eu estava fazendo 
-Eu queria só... Na verdade eu... É porque... Ai... Eu só queria dizer que sua irmã não quer saber de nada, eu mandei ela se foder e você não precisa se preocupar 
- Certo, se ela quer ser adulta, a tratarei como adulta
- Só não faz bosta, por favor!
- Tentarei...- Shawn passou do meu lado com velocidade mas voltou. Enrolou seus dedos em meu cabelo e me deu um selinho - Hoje eu não volto para casa, mas amanhã nos vemos na escola- colou seus lábios em meu ouvido e sussurrou- quem sabe antes...
Shawn, você não pode olhar nos meus olhos e dizer que não me ama e sair da minha vida, pra sempre...
Tudo é confuso, nada faz sentido, e se fizesse também não teria lógica, mas tudo seria mais fácil. As pessoas certas não existem, mas por que sempre as mais complicadas?
Fui até o quarto de Aaliy para pegar seu perfume "emprestado" e acabei vendo seu telefone com várias notificações em cima da cômoda. Sem querer ser intrometida, mas antes que ela aparecesse, rolei as notificações e acabei vendo o que não queria
"A noite ontem foi ótima, quer repetir hoje?"
Não era o que eu queria ver. Imaginava que no celular de uma menina de 15 anos teriam coisas como "nossa que sapato lindo o seu", ou " nossa como seu irmão é gato", não que eu ache,mas isso seria bem mais normal. Mas já que ela não quer ninguém cuidando dela, deixarei ela se dar mal.
Fui para meu quarto tomar outro banho e relaxar depois desse dia.
Decidi usar a banheira, acho que ninguém me mataria por isso.
Coloquei algumas essências e bastante espuma. Retirei todas as peças que me apertavam e entrei na água  perfeitamente aquecida.
Peguei meu telefone e já havia algumas notificações, ao abrir o facebook, uma foto da Paris com três rapazes em um ofurô, que decadência. No Instagram apenas fotos de meninas artificiais com sentimentos extremante falsos. No WhatsApp, grupo de família, prima chata, tio do Natal e opa... Shawn?
"Fazendo o que? Muito triste sem mim?"
Como pode ser tão... Shawn?
Tirei uma foto das minhas pernas cheias de espuma para o rapaz que em menos de 10 segundo me respondeu 
MENSAGEM ON*
"S:Uau, gostaria de está aí com você... E o que te deixaria molhada com certeza não seria a água.
C: se você não parar de falar essas coisas, eu irei te ignorar
S: tudo bem, só alarei o que você quer ouvir... Aliás, o que você quer?
C: não posso dizer...
S: tem certeza que eu quer sou obsceno? Posso te mandar uma foto?
C: acho que sim...
S: certezas 
C: sim
Abaixo, uma foto de sua cintura para baixo, coberto apenas por uma cueca 
C: meu deus, acho que não deveria ter deixado... Aonde você está para me mandar esse tipo de coisa?
S: esse tipo de coisa? Olha a foro que você me mandou... Nua na banheira
C: não estou nua, são somente minhas pernas nuas
S: é você está tomando banho vestida?
C: você ainda não respondeu minha pergunta, aonde está?
S:não Muda de assunto...
C:então me responda...
C:Shawn?
C:vai me deixar falando sozinha mesmo?
C:ok, vou me divertir sozinha.. Beijos beijos 

MENSAGEM OFF*

Bloqueei o celular e o deixei de lado. Fechei os olhos deixando apenas aquela água morna me relaxar por completo. 
Meus dedos faziam um caminho entre minhas pernas e pescoço levando água  de um lugar para o outro. Minhas unhas faziam uma trilha entre minhas coxas e virilha, logo passeando por entre meus lábios da intimidade.
Comecei a massagear meu próprio clitoris delicadamente já sentindo meu corpo vibrar. As duas mãos faziam o trabalho que era geralmente feito por Shawn, e que eu nunca havia feito sozinha.
Introduzi 1, 2, 3 dedos, sentindo minhas unhas me machucarem um pouco, mas ignorando o incomodo que era disfarçado pelo meu desejo. Eles iam e voltavam praticamente por vontade própria, era como se eu não fizesse mais os movimentos. Esqueci  completamente aonde estava e quase gritava o nome de Shawn. Minha outra mão, agora desocupada, me estimulava cada vez mais massageando meus mamilos agora já enrijecidos. Fechei os olhos levando minha cabeça totalmente para trás.
Os movimentos era frequentes, e era quase possível sentir a presença de Shawn ali, te tão bem que estava indo.
Senti o cansaço e a pressão quente subir em meu corpo, já sabendo exatamente o que aconteceria, aumentei a frequência de meus dedos e apenas esperei. Foi possível sentir o líquido quente sair por entre minhas pernas, mesmo debaixo d'Água.
Cedi  deixando a água me recompor. Sorri pensando no que acabara de fazer...
POV SHAWN MENDES
Estava na casa de Tom, querendo descobrir mais sobre isso que Aaron estava fazendo.
Não sabíamos ao certo se era ele mesmo que estava alguém espalhando as fotos ou se era alguém se aproveitando da situação. Mandamos mensagem pra alguns amigo dele para ver se poderiam saber de algo...
Meu celular vibrou mostrando que havia chego mensagem, ao abrir, era Paris.
"É o próprio Aaron que está fazendo isso, porém com a ajuda da Aaliy mesmo...."
Eu fervo por inteiro de raiva. Meus punhos automaticamente se fecharam. Sem falar nada peguei as chaves do carro e sem dizer nada, fomos em direção ao mesmo...
POV CAT WHITESIDES
Sai do banho melhor do que nunca. Como está sozinha em casa, coloquei apenas um shorts e uma camiseta, quando digo apenas, é APENAS mesmo.
Me deitei na "minha cama", e mexi no celular. Mexia no Instagram vendo fotos de pessoas frustadas fingindo uma alegria e eu me alegrava de saber que eu não era superficial.
Fiquei lá deitada, fazendo nada, apenas com minhas musicas tocando.
Escutei a porta dos fundos se fechando é um barulho de folhas secas no jardim, ao olhar pela janela, vi Aaliyah saindo escondida, perfeitamente arrumada parecendo uma mulher de pelo menos 20 anos.
Mas ela quer ser tratada como mulher, então deixarei ir...
POV SHAWN MENDES
Estacionei o carro em frente ao prédio de Aaron, o porteiro me deixou entrar como de costume.
Subi o elevador com pressa e Tom tentava dizer q era melhor apenas deixar pra lá, mas obviamente, não deixaria.
Ao chegar em frente ao seu apartamento, abri a porta e ele estava sentado no sofá arrumado, como se estivesse esperando alguém.
Corri até sua direção, e comecei a dar socos novamente em seu rosto, que ainda haviam alguns hematomas. 
Tom tentava me puxar mas eu relutava e continuava batendo em Aaron. Ouvi tom dizer "Puta que pariu" atrás de mim, ao me virar vi minha irmã lá com cara de taxo.
Me levantei deixando Aaron se contorcer um pouco ainda no sofá, e dei um tapa na cara de minha irmã.
-Vocês são dois imaturos babacas...- disse com raiva
Ao olhar para fora, uma vizinha olhava preocupada e com um telefone na mão. Droga...
POV CAT WHITESIDES 
Meu telefone começou S tocar, era Cameron me ligando. Desliguei a ligação, mas ele insistiu.
Depois de tanta chatice, atendi
-o que foi Cameron?...
-Parece que seu namoradinha se meteu em briga de novo, mas dessa vez foi algo pior-disse meu irmão de saco cheio
-pior como?
-Você precisa vir aqui na delegacia...


Notas Finais


Galeris, mais uma coisinha... Eu de maneira nenhuma estou induzindo a agressão Tabom?
Eles são personagens e irmãos, e como vem nas regras "isso é apenas ficção"
Então, não me xinguem se não gostarem ok...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...