História Uprising


Escrita por: ~ e ~Ankhy


Sinopse:
O mundo tinha se tornado num lugar sombrio de se viver. A fome estava em cada canto, os desastres deixavam as suas cicatrizes a cada dia e a morte não abandonava o ombro, pronta para consumir a cada sinal de doença. Em contrapartida, a tecnologia evoluiu num grau estrondoso; descobertas fascinantes, produtos mais incríveis ainda. Os pobres tornavam-se mais pobres, os ricos tornavam-se mais ricos.

Tóquio é o palco desse antagonismo. Atlas, a grande empresa de renome, tinha lançado um novo software que abalou as estruturas do planeta. Não havia uma única pessoa que não trouxesse ao pulso o seu RSF. Porém, nem todos traziam uma venda nos olhos. Uma fação de rebeldes foi se formando, a Incendium. No meio de tantas diferenças, eles queriam revolucionar. Como esperado, não foram bem recebidos. Eles eram vistos como os loucos, sendo perseguidos e caçados a cada esquina. Não foi difícil a chama da Incendium começar a apagar-se. O Estado ganhava mais e mais poder, as pessoas ficavam mais e mais cegas.

Tudo parecia estar se perdendo até um acontecimento inflamar o fogo dos Incendiários!
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Amor Doce
Personagens Armin, Castiel, Kentin, Lysandre, Personagens Originais
Tags Ação, Amor Doce, Castiel, Cyberpunk, Kentin
Exibições 60
Comentários 3
Palavras 1.670
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Uprising
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Faíscas são a gênese dos incêndios
3
60
1.670

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Angelbadboys
Capítulo 1 - Faíscas são a gênese dos incêndios
Usuário: ~Angelbadboys
Usuário
Sccar e Ankhy eu nunca li nada de vocês antes, e me arrependo por isso. A primeira palavra que veio na minha cabeça quando eu acabei de ler foi: "FODA". Realmente estou surpresa com escrita de vocês. O enredo parece bem original. É extremamente bem desenvolvido e acaba enriquecendo ainda mais a história, que já é ótima. Com toda certeza vou acompanhar essa fanfic. Aparecerei nos próximos capítulos, podem me esperar. Boa sorte, desejo a vocês todo o sucesso do mundo inteiro.
Postado por ~Muun
Capítulo 1 - Faíscas são a gênese dos incêndios
Usuário: ~Muun
Usuário
Nossa Senhora, acabei de levar mais tiros que toda a equipe Beta de uma vez. Sinceramente, o que eu acabei de ler? Não sei dizer, não consigo definir o quão foda isso está, acho que o suficiente para fazer sentir que todas as minhas fanfics não passam de um montinho de lixo e que deveriam ser queimadas no lugar da equipe Beta.

Sinceramente, é claro que podia se esperar algo maravilhoso vindo de vocês duas. Mas eu não esperava tanto. Não sei o que dizer exatamente, apenas sentir. Eu poderia dar inúmeros motivos há meia hora atrás para não estar tão animada para essa fanfic quanto para outras, no entanto, isso fica no passado. Estou estupendamente animada e nada poderá mudar isso. A forma como tudo se desenvolveu e foi explicado... vocês -- em especial a Ankhy, que escreveu o capítulo -- me fizeram sentir como se eu estivesse absorvendo todo o conteúdo por osmose, pois não houve momento algum em que brotou alguma dúvida sobre alguma coisa. E tenho certeza que a Sccar fará um trabalho tão bom quanto no próximo capítulo.

Quanto ao enredo, não é surpresa que esteja fantástico, esse tipo de tema me encanta e arrepia da cabeça aos pés, embora pareça que minha "praia" seja os romances fofinhos, eu também sei dar total atenção à um tema complexo e futurista como esse. E amo, vocês sabem que eu sou fã de tudo que possa envolver física e algo mais tecnológico, e só posso dizer que vocês acertaram em cheio. Vocês me tem nas mãos, abusem-me com essa fanfic.

Logo de início já se mostrou com detalhes importantes de fisgar, como o clima. O fato de usarem Tóquio também não me passou despercebido, é realmente uma cidade de um país com uma das maiores porcentagens de chance de chegar à esse avanço. As descrições foram como estar assistindo um filme, e quando li o nome do Giles já pensei logo de cara: fodeu. Kentin será inimigo de Circe, afinal? Ou será inimigo da própria linhagem? Vamos ver futuramente.

Fiquei triste pela equipe Beta, mesmo que tenham aparecido pouco pude sentir a personalidade forte de cada um, em especial da América. Foram poucos diálogos que me fizeram gostar dela e lamentar por sua morte, assim como lamentei pela morte dos outros quatro. Essa cena foi demasiadamente necessária para entendermos como tudo funciona, como não existe conversa, apenas interesses. E também para mostrar que estamos caminhando para isso na nossa própria realidade.

Gostei da aparição da Frank, eu tenho certeza que há muitas pessoas que pensam como ela, não é difícil encontrar um cérebro capaz de criticar. Não, não é. O que é difícil é encontrar alguém com atitude, alguém com vontade de mudar, pois as pessoas tem a terrível habilidade de ignorarem e continuarem fingindo que estão felizes, que está tudo bem; mesmo sabendo que não está. Frank me impressionou, e não só isso como a forma que vocês falam da Incendium, esse fogo que não apaga. Estou amando ler cada referência ao nome dessa organização.

Meu coração pulou quando os personagens já muito queridos por nós apareceram, é sempre bom ler estórias com nomes e rostos conhecidos, torna-se mais fácil entender o que está acontecendo ao redor se não precisarmos ficar também memorizando nomes e personalidades. Castiel sendo Castiel, a atitude dele é compreensível, principalmente se estamos falando de alguém mais explosivo e impulsivo como ele. Tenho certeza que até o Lysandre, que tentou acalmá-lo de início -- sem sucesso -- gostaria de surtar dessa forma as vezes, ninguém é de ferro. A entrada de Circe foi triunfal, eu amo esse personagem, e gostaria de saber quem é a irmã dele, já estou com ciuminho! Não só isso como gostaria de saber o que aconteceu à ela, espero que ela realmente melhore, e já posso ver que será um pilar importante, tal como todos que foram apresentados nesse capítulo. A falta que senti de Kentin só me fez ter mais certeza da minha ideia inicial, mas vamos ver no que dá.

Ah, não posso deixar de dizer que o Lysandre está uma delícia, me dá.

Enfim, brincadeiras a parte, esse final foi de paralisar o coração. Que magnífico, cadê o próximo? Você conseguiu, vocês conseguiram! Estou mais animada que nunca, e quero muito ver a entrada da Frank na Incendium, quero muito ver como tudo irá se desenrolar.

Melhor primeiro capítulo! Vocês arrasam.
Beijão <3
Postado por ~Night-Monster
Capítulo 1 - Faíscas são a gênese dos incêndios
Usuário: ~Night-Monster
Usuário
No começo pensei que não era de amor doce, mas aí no fim percebi que era mesmo. Muito bom. Criativo e diferente. Uma pena a morte dos betas!

Estou ansiosa pelo próximo capítulo. Quero saber mais deles, saber o que são, pelo que lutam, quem quer se juntar, em que ano isso se passa, entre outras coisas que ainda não entendi.

Ah! O título. Está tudo junto. Não seria separado? Ao invés de "Uprising" acho que deveria ser "Up rising". Ressurgindo?