História U'r Mine - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Chanbaek, Lemon, Yaoi
Exibições 20
Palavras 860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoinhas, essa não é minha primeira fanfic, mas exclui pois eu não estava satisfeita.
espero que vocês gostem dessa longe fic Chanbaek

Capítulo 1 - Why?


Fanfic / Fanfiction U'r Mine - Capítulo 1 - Why?

25 de julho, 2024

{16:30 }

-Senhor Park Chanyeol, sua encomenda chegou

Aquela frase fez meu dia, depois de tanto esperar ele chegou.

24 de julho, 2024

{06:00}

Despertador toca me acordando, mais um dia de escola, levantei da minha cama sonolento e fui em direção ao banheiro olhei para minha cara amassada e fiz um bico em reprovação, minhas madeixas estavam desgrenhadas e para o alto, fui removendo minha roupa e jogando em qualquer canto daquele local pois sabia que minha Omma ia juntar tudo depois e entrei debaixo do chuveiro, a água morna caia sobre meu rosto me fazendo despertar lentamente, me lavo e lavo meu cabelo também, senti vontade de brincar com o mesmo mas estava com preguiça demais pra isso.

Saio de meu banho me enxugando, seco meu cabelo rapidamente com o secador e visto minha box, vou para a frente do meu armário e pego lá uma blusa branca e um casaco azul bebê, uma calça jeans azul e meu tênis all star branco, depois de pronto desço pego uma maça e como a mesma, olho em volta e percebo que minha Omma não está em casa ignoro esse fato e ao terminar de comer a maçã subo para escovar os dentes, pego minha mochila e meu celular e saio para a escola.

{9:30}

Mais um daqueles dias chatos na escola, eu não era de muitos amigos pois todos me achavam infantil demais pra minha idade, fui para um canto isolado da escola para comer e voltei pra sala, terminei de assistir as duas ultimas aulas e resolvo voltar pra casa.

{12:15}

Minha Omma novamente não estava em casa o que me deixou um tanto intrigado, vou na cozinha e percebo ali um bilhete com umas partes um pouco úmidas nele estava escrito

~~~~~ Querido Baekkie

Aqui é mamãe, me desculpa eu realmente não queria que isso estivesse acontecendo mas infelizmente está. Você cresceu a vida toda sem seu pai, isso nunca te fez falta eu sei mas seu pai não era um homem bom, ele morreu mas nos deixou uma divida gigantesca, e quando você era menor seu pai me fez prometer que eu iria vende-lo para pagar nossas dividas. Infelizmente essa promessa foi legalizada e assinada por mim, era para você ter ido com 15 mas consegui enrrolar para que você não tivesse que passar por isso mas não funcionou, arrume sua mochila com algumas roupas e espere que as 13:00 um carro irá busca-lo, lá eles te explicarão tudo.

Me desculpa, mamãe te ama ...

~~~~~~~~~~~~~~~

Após ler a esta carta a única coisa que fui capaz de fazer foi chorar de forma desesperada, mas infelizmente não poderia ficar ali parado, eu estava com medo de que algo pudesse acontecer a minha Omma então me levantei respirei fundo e ainda soluçando fui pegar duas mudar de roupa, pus em minha mochila e sentei no sofá esperando.

{13:00}

Ainda com o rosto vermelho e inchado de tanto chorar ouço uma buzina na frente da minha casa... eram eles... saio e um homem de terno abre a porta para mim, entro naquele carro extremamente chique e o mesmo que abriu a porta da a partida, pego meus fones de ouvido e coloco “Begin” para tocar, fito a janela e acabo dormindo.

{13:40}

Chegamos em um hotel que sinceramente eu nunca tinha visto em toda minha vida, desço do carro dando um pequeno salto por eu ser baixinho, vou atrás do moço e entro junto com o mesmo no hall daquele hotel aparentemente cinco estrelas, olho em volta e tinham algumas crianças e homens de terno, vi um levando uma das crianças e ao olhar em seu rosto pude ver um sorriso extremamente falso que me causou arrepios, vejo o moço que me trouxe me cutucar, ele aponta pro sofá e ali eu sento, vejo ele se abaixar na minha frente e o fito.

- Bom, Byun Baekhyun certo? – assinto – Deixe-me lhe explicar o que está acontecendo, sua mãe te vendeu para pagar dividas de seu pai, amanha seu dono irá pega-lo, uma dica não o desobedeça por que você não tem noção do que esses homens são capazes.

Assinto assustado e sinto o mesmo bagunçar meus cabelos, ele era simpático mas mesmo assim eu estava assustado demais, ele se levanta e segura minha mão, me levanto e o acompanho até o elevador, entro no mesmo e me tremelico ao devido ao silencio profundo daquele lugar, chegamos em um corredor assustadoramente enorme seguimos no mesmo até uma porta cujo nessa entramos.

- Fique aqui ok? Irão te trazer comida, como seu dono só irá vê-lo amanha você terá que ficar hospedado aqui.

Ele sai me deixando ali naquele grande, vazio e deprimente quarto de hotel, sem nada para fazer tiro meus sapatos, subo na cama e me estiro ali em cima, coloco musica clássica para tocar começa com “Agape”, retiro minha caça jeans e levanto, resolvi dançar já que só aquilo e cantar me animaria, começo a rodopiar e usar tudo que aprendi em meus quatro anos de balé ali naquele quarto de hotel, me canso e deito e acabo pegando no sono e dormindo.


Notas Finais


Então esse foi o primeiro cap da minha fic <33 to muito empolgada com essa long fic ja que ela foi inspirada num rpg que eu jogava chamado dolls house !! infelizmente o rpg flopou mas agradeço por ele ter existido <3 comentem o que acharam da fic <3 e me deem sugestôes .. kissusss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...