História Usted - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desabafando
Visualizações 3
Palavras 531
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu tava de boas nos meus momentos em que eu chorava por lembrar por causa do senpai. Aí pá, escrevi exatamente o que aconteceu entre nós.
Mas vamos fingir que isso foi minha imaginação que criou.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Usted




Naquele dia, oh, naquele dia eu me sentia nas nuvens.

E fiquei assim por semanas.

Descobrir que você também me amava, foi algo tão bom.

Alguns de nossos amigos não faziam ideia da fonte de toda essa nossa felicidade. Mas alguns sabiam tudo.

Eu nunca tinha ficado tão feliz em minha vida, você me fez sentir especial.


Se você não tivesse respondido aquela mensagem, a mensagem onde eu me confessava. Talvez a dor que eu sinto fosse menor, dez vezes menor. Eu tentava acreditar que aquilo era real, mas cada tentativa fazia com que meu coração sentisse cada vez mais que aquilo não era real. Você pode me achar ridícula por estar ainda sentindo isso por ti. Mas você me fez sentir algo profundo e forte demais para que eu lhe esquecesse você tão facilmente.


Quando nós saímos juntos, e estávamos abraçados, segurando a mão um do outro. Estávamos dividindo o fone de ouvido, alguns vidéos passaram, e cada minuto que passava eu sentia tua respiração cada vez mais próxima. E foi só chegar numa música, oh aquela música. Eu escuto ela para tentar lembrar a sensação de ter lhe beijado. Quando chegou no refrão, você me beijou, não exatamente um beijo. Você tinha beijado o canto dos meus lábios, eu fiquei achando tão estranho aquilo. Nunca tinha beijado alguém. E depois houveram outros beijos. Nós fomos pra aquela pracinha próxima a minha casa. Lá você me beijou mais vezes, eu estava tão feliz. Quase não cabia dentro de mim.



Na hora que eu tive de ir embora, você me beijou outras duas vezes. E me abraçou, beijou minha testa e aquele “tchau”, ele ainda ecoa na minha mente. Eu lembro do tom de voz, a altura da sua voz, e a forma que tu me dissestes aquilo. Me sentia ainda mais feliz. Você disse a mim que me amava, e eu também. Tudo estava perfeito. Eu lembrava da sensação do seus lábios nos meus, e agora tudo isso é só uma mera lembrança.


Semanas se passaram, eu queria entender o que nós tínhamos. Assim que eu li a resposta, me senti vazia.


“Não tivemos nada sério. Tudo aquilo era uma paixão passageira.”


Pra você foi.


Eu chorei tanto naquela noite. Na aula, eu sentia muita vontade de chorar. Meu amigo perguntou o que havia acontecido comigo para estar assim. Eu não o respondi, se eu falasse acabaria desabando.


Dois meses se passaram, e eu ainda não superei você. O que tu tens pra me fazer ficar assim?


Aquele sábado foi uma tortura. Um evento qualquer, e eu sabia que você ia. Quando eu te vi, meu coração apertou. Você estava tão bonito, usava a mesma blusa do dia que te vi pela primeira vez. Fingir estar tudo bem me doeu tanto, me pergunto como você não percebeu que eu ainda gosto de ti. E na hora que eu vi você correndo com o meu melhor amigo pra pegar o ônibus, senti vontade de chorar, mas tive que segurar.


Choro por lembrar que você também me amava. Sentir que você não voltará para mim, é doloroso. Mas não superei, não superei a dor.

E hoje eu choro lembrando de ti.

Choro por não ter você de volta.

Choro por ti.

Notas Finais


Se gostaram favoritem. Se gostaram batantes comentem.
Goodbye pessoas.
Não sejam chorões como a Amy aqui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...