História Utopian Word - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland), Guardiões da Galáxia, Once Upon a Time, Os Vingadores (The Avengers), Piratas do Caribe, The Originals, The Vampire Diaries, X-Men
Personagens Anthony "Tony" Stark, Capitão Jack Sparrow, Capitão Killian "Gancho" Jones, Chapeleiro Maluco, Clint Barton, Damon Salvatore, Dr. Bruce Banner (Hulk), Hector Barbossa, James "Logan" Howlett (Wolverine), James Rupert "Rhodey" Rhodes, Klaus Mikaelson, Natasha Romanoff, Professor Charles Xavier, Regina Mills (Rainha Malvada), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Stefan Salvatore, Steve Rogers
Tags Alice In Wonderland, Harry Potter, Once Upon A Time, Piratas Do Caribe, The Vampires Diaries, Vingadores, X-men
Visualizações 11
Palavras 2.311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capitulo fresquinho para vocês! Comentem se está gostando

Capítulo 6 - Era de Ultron


Fanfic / Fanfiction Utopian Word - Capítulo 6 - Era de Ultron

Eu ainda estava no carro do Senhor Stark.

Tony: É então?

Eu: É então o que?

Tony: Por que aceitou vir comigo?

Eu: Porque esse sempre foi meu destino.

Tony: Intendi!

(Comecei a olhar as paisagens na janela)

Tony: O que fazia antes de vir pra cá?

Eu: Eu fazia faculdade de arquitetura

Tony: Olha uma futura arquiteta! (Ele sorri pra mim)

Eu: Não sei se vou continuar como arquiteta

Tony: Há que pena, eu adoraria chamar você para me ajudar a construir minha nova casa.

Eu: Senhor Stark, posso te fazer uma pergunta?

Tony: Me chame só de Stark ou só de Tony

Eu: Então Tony... Você sabe por que dizem que sou tão “poderosa”?

Tony: Eu não sei, mas o Fury deve saber.

(Chegamos no aeroporto e vejo um avião gigante na nossa frente)

Eu: Esse avião é seu? (Pergunto saindo do carro)

Tony: Sim! Bonito não?

Entramos no avião e encontramos o James Rhodes.

James: Achei que não ia chegar mais! (Ele abraça Tony)

Tony: Vim o mais rápido que eu pude.

James: Você é a Senhorita Clark?

Eu: Sim

James: Prazer sou James Rhodes, amigo do Tony! (Ele me cumprimenta)

Eu: Prazer!

Tony: Amigo que usa minhas armaduras de vez em quando (Tony fala se sentando em uma poltrona)

James: Porque você precisa falar isso sempre quando vou conhecer alguém (Ele se senta na poltrona em frente à do Tony onde tem uma mesinha que tem Bebida e alguns biscoitinhos)

Me sentei em uma poltrona um pouco mais longe dos dois mas era bem confortável. Às vezes eu ficava olhando as nuvens do avião e ficava escutando o Rhodes e o Stark conversando.

James: Tony para com isso, o nome Patriota de Ferro passa mais segurança.

Tony: Segurança quem passa é eu, agora eu prefiro mil vezes Máquina de combate! (Ele falava enquanto bebia uma taça de Champanhe)

James: Você não intendi nada de nomes, todas as suas armaduras são chamadas de Marks com alguma numeração.

Tony: Bem mais prático e fácil! (Ele olha pra mim) - Lucia me responde uma coisa!

Eu: Fale!

Tony: Você prefere Máquina de combate ou Patriota de Ferro?

Eu: Máquina de combate

Tony: Viu. (Ele fala se levantando e sentando em uma cadeira do meu lado)

Tony: Esta com fome?

Eu: Um pouco

Tony faz um gesto com a mão e uma aeromoça chega até nós com um prato de bolo.

Aeromoça: Querem mais alguma coisa?

Tony: Agora não minha querida!

A aeromoça sai.

Tony: Que beleza! (Tony fala enquanto vê a bunda da aeromoça desaparecer no final do avião)

*Aposto que ele já pegou todas as aeromoças desse avião* *Agora eu entendo porque falam que ele é playboy*

James: Tony não tem jeito mesmo.

Tony: Lucia você tem quantos anos?

Eu: 18 anos

James: Tony nem pense nisso!

Eu: O Que você quer Tony?

Tony: Só uma companhia diferente. Cansei de olhar pra cara do Rhodes por hoje. (ele fala sorrindo)

James: Depois dessa vou até tentar dormir! (Ele ajeita sua poltrona)

Tony recebe uma ligação no telefone, então ele atende e coloca em chamada de vídeo.

Tony: Fala Pepper!

Pepper: Tony onde você está? Você disse que ia chegar ontem e depois que iria buscar a Lucia.

Tony: o chato do Fury me mandou pra outro lugar com os vingadores e nem teve como avisar.

Pepper: É o seguinte Tony, eu vou fazer uma viagem de férias e só vou voltar daqui dois meses.

Tony: Você já não tirou férias não?

Pepper: Já faz três anos que eu não tiro férias então resolvi tirar uma esse ano.

Tony: Há me deixa apresentar uma pessoa (ele me mostra no celular) essa aqui é a Lucia. Manda um oi Lucia

Eu: Oi Pepper

Pepper: Olá senhorita Lucia, como vai?

(Tony tira a câmera de mim)

Tony: Vai viajar pra onde?

Pepper: Vou pra Las Vegas.

Tony: Olha Las Vegas, amo esse lugar.

Pepper: Tony meu avião já tá chegando então só vim avisar que deixei a chave da casa com o Happy.

Tony: Obrigado!

Pepper: Tchau senhor Stark!

Tony: Tchau Pepper. (Ele desliga seu celular)

Eu: Sua namorada?

Tony: Ela só me ajuda no trabalho

Eu: Intendi!

Ficamos conversando mais um pouco até que o piloto nos diz que chegamos. Eu e Tony descemos do avião e nos encontramos com Fury que estava esperando a gente perto de outro avião escrito Avengers.

 

Fury: Tony! (Ele cumprimenta)

Tony: Avisa aos seus amigos pra acordar o Rhodes no avião.

Segui o Stark e o Fury até o avião dos vingadores.

Fury: Lucia acho que você já deve ter ouvido falar dos vingadores.

Eu: Já ouvi sim.

Lembro-me de ter ficado com meu coração apertado quando ele decolou, mas depois eu me acalmei e fiquei curtindo a vista fascinante que tinha. O avião era todo tecnológico, várias vezes eu escutava o Jarvis conversando com o Senhor Stark.

(Chegamos à Torre Stark)

Fury: Os outros vingadores já estão esperando vocês na sala.

(seguimos Fury ate um elevador onde nos levou até a sala principal)

Na sala estava apenas o Steve e o Thor.

*uau! Acho que vou ter um treco*

Steve: Bem na hora Stark!

Tony: Que foi? Já estava com saudades de mim?

Thor: Quem é essa do seu lado? (Steve e Thor olham pra mim)

Fury: Essa é a Lucia, ela ficara conosco para a segurança dela e de todos.

Stark saiu para um corredor onde estava Bruce e eu o segui. Do lado esquerdo do corredor tinha uma janela grande de vidro onde dava para ver o Clint deitado em uma espécie de cama com uma medica e na porta estava a Natasha Romanoff.

Bruce: Como ele tá?

Tony: Infelizmente ainda é o Barton.

Bruce: Isso é terrível!

Tony: Está bem, com sede. (ele segue o caminho até sua sala e eu o sigo)

Tony: Jarvis acorda, vamos trabalhar! Só temos dois dias com esse brinquedinho então vamos aproveitar. (Tony vai em direção ao Cetro do Loki)

Fico observando o senhor Stark.

Tony: Me atualize com análise estrutural e composicional.

Jarvis: O cetro é alienígena! Existem elementos que eu não consigo codificar

Tony: Mas alguns consegue neh?

Jarvis: A gema parece ser um capsula protetora para alguma coisa que esta lá dentro. Alguma coisa poderosa

Tony: Tipo um reator?

Jarvis: Tipo um computador. Acredito estar decifrando o código.

Eu: Posso interromper?

Tony: Claro! (ele olha pra mim)

Eu: O que houve com o Clint?

Tony: Ele foi ferido na missão de ontem, antes de eu ir buscar você.

Eu: Que missão?

Tony: Buscar o cetro do Loki que estava com a Hydra

Eu: Intendi.

*Pelo jeito eu estou dentro do filme dos Vingadores a era de Ultron*

(Tony pega umas bebidas)

Tony: Pega uma Lucia!

(eu pego a bebida)

Eu: Obrigada Senhor Stark.

Tony: O que eu disse sobre Senhor Stark mais cedo.

 Eu: Obrigado Tony (falo sorrindo enquanto a gente andava ate o local onde estava o Clint e mais alguns dos vingadores)

Tony: Não, esse cara já era! (ele fala entrando no local) – Hora da morte?

Clint: não, não, não. Eu vou viver pra sempre (ele começa a rir) – Eu vou ser feito de plástico

Tony: Olha a bebidinha! (ele entrega uma bebida para o Clint ainda deitado)

Medica: Vai ser feito de si mesmo senhor Barton! Nem sua namorada vai notar a diferença.

Clint: Eu não tenho namorada.

Eu: Bem... Essa parte não tem conserto! (falo rindo)

(Ellen começa a mostrar a maquina onde o Clint estava)

Medica: Isso é o que há de mais novo Tony (ela falava sobre á maquina que regenera tecido) – Os trajes de sucata feito de metal vão ficar pra trás.

Tony: Hum... Esse é exatamente o plano. Mas eae Ellen vai estar na festinha de sábado?

Medica: Diferente de você eu não tenho muito tempo pra festas. Mas... o Thor vai estar? (ela fala meio tímida nessa parte)

(Tony se retira da sala junto com Bruce)

Tony: Você vem Lucia? (ele se vira pra mim)

Eu: Claro! *Estou fazendo nada mesmo*

Chegamos mais uma vez na sala do Tony Stark.

Bruce: Qual é o problema?

Tony: Pois é! É o cetro. Nós chegamos a comentar como o Strucker ficou tão criativo então estive analisando o interior da gema (Tony pega algo) – talvez você reconheça! (Ele faz um gesto com o objeto e aparece um holograma laranja na nossa frente)

Eu: Esse é o Jarvis! (digo olhando para o holograma, afinal eu já tinha visto esse filme umas 100 vezes)

Tony: No inicio Jarvis era só uma interface de linguagem natural, agora com uma legião de ferro ele controla os negócios mais que qualquer um, exceto a Pepper.

Bruce: hum!

Tony: Top de linha!

Jarvis: Imagino que não por muito tempo!

*Merda eles estão falando sobre criar o Ultron! Será que eu falo alguma coisa?* *e se eu falar e acabar mudando a linha do tempo? Melhor eu ficar quieta*

Tony: Conheço um concorrente! (ele faz a mesma coisa e aparece outro holograma só que azul)

Bruce: É lindo!

Tony: Vai chuta ai, ele está fazendo o que?

Eu: Está pensando!

Bruce: Eu ia falar isso! Bem... Não é uma mente humana, mas... Olha isso! (ele aponta para o holograma todo chocado)- parecem neurônios disparando

Tony: No laboratório do Strucket eu vi alguns trabalhos em robótica bem avançados. Eles destruíram dados, mas... Acho que estava batendo em uma porta bem especifica.

Bruce: Inteligência artificial. 

Tony: Pode ser isso Bruce. (ele chega mais perto dele) - Pode ser o que faltava para criarmos o Ultron!

Eu: Tony não faz isso! (eu chego perto dos dois)

Tony: Porque não?

Bruce: Pensei que o Ultron era uma fantasia?

Tony: Ontem era. Se pudermos acessar esse poder, aplicar ao meu protocolo da legião de ferro.

Bruce: Tem um “se” gigantesco (ele fala se retirando de perto de Tony)

Tony: Nosso trabalho é um “se”. E se você pudesse tomar margaritas em uma praia ensolarada ficando bronzeado em vez de ficar verde!? Sem ficar preocupado com medo da Veronica.

Quase ri nessa parte, mas segurei.

 *Fica quieta senão o Stark te expulsa daqui*

Bruce: Tony, eu ajudei a projetar a Veronica.

Tony: Como uma emergência, neh? E em uma situação boa...

Eu: Que situação boa?

Tony: e se o mundo estivesse seguro? E quando alienígenas viessem pra boate e virem que conseguissem passar pelos seguranças

Bruce: A única ameaça ao planeta seria as próprias pessoas.

*Me sinto tão burra com esses dois falando de coisas nerds*

Tony: Eu quero aplicar isso no programa Ultron, mas Jarvis não consegue baixar uma programação tão densa e só vamos conseguir fazer isso enquanto tivermos o cetro aqui. Dê-me três dias

Eu: Você vai fazer isso sem avisar a equipe?

Tony: Sim, é isso! Não há tempo para debater na câmera municipal, para ouvir um papo onde um homem não deve ser envolver com isso. (ele fica serio) - Eu vejo uma armadura em volta do mundo.

Bruce: Parece um mundo frio demais, Tony.

Tony: Já vimos pior! Esse nosso planetinha azul precisa do Ultron.

*Precisa não! O planeta vai sofrer com o Ultron*

Tony: Paz para o nosso tempo! Imagine isso.

(Bruce sai da sala e deixa só eu e Tony)

Tony: Jarvis manda uma mensagem para o Happy para que ele venha até eu entregar minha chave! 

Jarvis: Claro senhor Stark.

Eu: Tony eu preciso te falar uma coisa!

Tony: Diga!

*Não vou dizer que eu já vi essa cena porque ele não vai acreditar, mas preciso dar um jeito para que ele não construa o Ultron*

Eu: Tony eu sinto que o Ultron é uma péssima ideia.

Tony: Eu não acho.

Eu: Você quer parar de pensar só em si mesmo e me escutar! (Falo com raiva) *Quer saber vou abrir o jogo mesmo*

Eu: Eu já vi isso acontecer e a construção do Ultron é uma péssima ideia! Pessoas vão morrer por conta dele.

Tony: Como assim? você já viu isso acontecer?

(conto toda a historia sobre eles serem personagens de filmes e conto também tudo que acontece nos filmes dos Vingadores: Era de Ultron)

Eu: O mundo não precisa dele!

Tony: Isso tudo é um filme Lucia!

Eu: será mesmo Tony!? Ou você que não quer acreditar?

Tony: será que você não entende, eu quero paz!

Eu: O Ultron não vai te trazer paz!

Tony: Você quer saber por que eu não acredito em sua historia?

Eu: Por que você prefere fazer tudo do seu jeito e se alguém tem uma opinião diferente você simplesmente ignora.

Tony: Eu não acredito porque não vai acontecer nada igual ao filme!

Eu: Como pode ter tanta certeza?

Tony: Por que você esta aqui! Isso já faz da historia diferente.

*Isso ele tinha razão, só o fato de eu estar ali já muda um pouco a historia! Será que ele está certo? Será que isso é um aviso para que eu não mude a linha do tempo?*

Tony: tenho uma coisa para você! (ele pega uma caixinha em cima da mesa e me entrega)

Eu: Um celular?

Tony: É de ultima geração! As únicas pessoas que tem esse modelo são só eu e você.

Eu: Obrigado Tony! (agradeço sorrindo e saio da sala do Stark)

Chego à sala onde estava Bruce sentado no sofá lendo um jornal. Sento-me em outro sofá que ficava do lado e começo a tentar mexer no celular novo que o Tony tinha acabado de me dar.

Bruce: Talvez demore um tempo para você aprender a mexer! (ele para de ler seu jornal e olha pra mim)

Eu: Meu outro celular era bem mais fácil!

Bruce: Imagino!

Eu: Bruce, você vai aceitar fazer o Ultron com o Tony?

Bruce: Eu não sei ainda, mas vai ser difícil o convencer do contrario.

Eu: Eu não sei você, mas estou com um pouco de medo!

Bruce: Acredite, eu também estou!


Notas Finais


Gostaram desse capitulo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...