História "Vai Dar Certo" - Terror EXO - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Lu Han, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Horror, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Luhan, Piadas, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Terror, Xiumin
Exibições 46
Palavras 3.384
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha só quem voltou?
Mais um capítulo para vocês! :3
Boa leitura!

Capítulo 10 - Viagem?!



                                                 Sehun P.O.V. ON

ㅡVamos, Chanyeol. Sai daí. Você tá fazendo a gente passar vergonha.ㅡ Aconselho.

ㅡEspera! Tá quase!ㅡ Ele avisa.

ㅡÉ o seguinte Chanyeol. Se você não sair daí agora eu subo nesse letreiro e te derrubo daí.ㅡ Xiumin começa a enfurecer e tivemos que segurá-lo.

ㅡTo descendo.

ㅡAgora, será que vossa senhoria poderia explicar pra gente por que subiu no letreiro de uma loja?ㅡ Pergunta Baekhyun.

ㅡTinha um Pidgey lá.

ㅡAh não. Agora eu meto a mão na cara dele!ㅡ Seguramos Xiumin mais forte.

ㅡAquela viatura já tava ali?ㅡ Pergunta Chanyeol.

Todos se viram para onde ele estava apontando. Tinha realmente uma viatura parada à poucos metros de nós.

De dentro dela, saem dois policiais. Um deles estava armado, e outro com uma lanterna na mão. O que não estava armado ligou a lanterna e a apontou no nosso rosto.

ㅡParem aí! Não se mecham!ㅡ Gritou ele.

ㅡGente, corre.ㅡ Sussurro bem baixo.

ㅡEU DISSE PRA NÃO SE MECHER!ㅡ Diz novamente o policial.

ㅡGente, corre.ㅡ Repito, mais alto.

ㅡO quê?!ㅡ Grita Xiumin.

ㅡCORRE!
                                            Chen P.O.V ON

Depois de voltarmos do aeroporto, paramos em uma lanchonete, e depois voltamos pra casa.
Todos nós estávamos tristes devido ao que aconteceu. Ninguém quis conversar, foram todos dormir às 2hrs da tarde.

Então, agora, 10hrs, eles saíram pra fazer alguma coisa. Eu apenas fiquei em casa lendo uns livros.

ㅡAbre a porta!ㅡ Ouço uma voz.

ㅡQuem é?ㅡ Pergunto.

ㅡABRE A PORTA!ㅡ Identifico a voz.
Destranco a porta, e todos entram correndo igual a desesperados me atropelando, parecendo até a corrida de Vin Diesel e Paul Walker.

ㅡTRANCA! TRANCA!ㅡ Xiumin grita e obedeço.

ㅡAgora calem a boca. Se alguém aqui der um pio, eu ponho pra fora.ㅡ Ameaça Baekhyun.

Ficamos alguns segundos parados no meio da sala, mudos. Chanyeol vai até a janela e espia. Ele dá um suspiro e volta.
ㅡForam embora.

Eles se jogam no chão, exaustos. E eu, sem entender nada.

ㅡLEVANTEM AGORA.ㅡEles obedecem.

ㅡEU QUERO QUE ME EXPLIQUEM O QUE ACABOU DE ACONTECER AQUI.

ㅡEu falo.ㅡ Baekhyun dá um passo à frente.ㅡ A gente tava andando na rua de boa, só que a criatura especial aliㅡ Aponta pra Chanyeolㅡ Tava jogando Pokémon GO, e teve a linda e brilhante ideia de subir no letreiro do mercado só pra fazer sei lá o que. Ai, bem nessa hora, quando mandávamos o Chanyeol descer, apareceu um carro da polícia com dois cara dentro abordando a gente. O Sehun mandou a gente correr e a gente correu dois quarteirões e agora aqui estamos.

ㅡVocês correram dois quarteirões?!ㅡ Todos confirmam.

ㅡOlha, se a gente for preso, eu nunca mais te perdoo, Chanyeol. Escutou? Nunca mais!ㅡ Sehun ainda respirava pesado.

ㅡOk. Acabou a história. É só não falarmos mais nesse assunto.

ㅡO que podemos fazer agora?ㅡ Questiona Baekhyun.

ㅡQuerem contar histórias?ㅡ Sugiro.

ㅡSim!ㅡ Todos se sentam na mesa da sala.ㅡ Quem vai primeiro?

ㅡEu conto, depois vocês decidem.ㅡ Diz Sehun.ㅡTodos assentem.

ㅡUma vez, num shopping, uma menina de 10 anos se perdeu da mãe, ela usava maria-chiquinhas, seu cabelo era totalmente preto e ela usava um vestido com um arco-íris. Quando ela foi procurar sua mãe no banheiro, por conhecidência, tinha uma serial-killer lá dentro, que bateu a cabeça da menina na pia, fazendo metade da cabeça dela cair. E dizem que até hoje essa menina anda por esse shopping procurando a mãe dela.

ㅡNão entendi nada. Alguém me explica o que é serial-killer?ㅡ Questiona Chanyeol.

ㅡÉ uma pessoa que assiste seriados de assassinos, óbvio.ㅡ Ironiza Xiumin.

ㅡClaro que não, idiota. Serial-killer é uma pessoa que é obssecada em matar e vê isso como diversão, que também tem a identidade desconhecida.ㅡCorrijo.

ㅡMesma bosta.

ㅡGente...

ㅡNão, não é a mesma bosta Xiumin. É totalmente diferente.

ㅡÉ sim, para de querer dar uma de professor, estamos de férias.

ㅡGente...

ㅡEu não aceitaria viver com um tipo de pessoa assim.

ㅡDá pra parar de viadagem? Só por causa de uma mísera palavra?ㅡ Argumenta Sehun.

ㅡGENTEEEEEEEEEEE!

ㅡQue foi Baekhyun?ㅡ Pergunto, irritado.

ㅡO-olha a janela...

Ninguém se atreveu a olhar. 

ㅡTomara que seja o capeta, se for a polícia nois tá ferrado.

ㅡCala a boca Xiumin.

Alguém batia levemente na janela.

ㅡO que é, Baekhyun?ㅡ Sussurro pra ele.

ㅡNão dá pra ver direito, só a mão. Mas no canto dá pra ver uma pessoa.

ㅡAcha que pode ver a gente?

ㅡAcho que não.

ㅡManda todo mundo se esconder, assim ele pode ir embora.ㅡ Baekhyun fez o que pedi.

Eu e Xiumin estávamos embaixo do sofá, Baekhyun e Chanyeol atrás da escada e Sehun simplesmente embaixo da janela. As batidas só aumentavam, e já começávamos a se desesperar.

ㅡAinda são 11 da noite, não tem como ficarmos aqui pra sempre.ㅡ Digo.

ㅡQuer sair e ver?ㅡ Xiumin propõe.

ㅡSe você for, eu vou.

ㅡVai na frente.

ㅡNem fodendo. Quem vai na frente sempre se ferra.

ㅡEntão vai atrás.

ㅡMas quem vai atrás sempre se ferra também.

ㅡPorra, agora vai querer que eu te carregue? Fica aí então.

ㅡFaz o favor de não morrer.

Ele sai de onde estava, e vai engatinhando até a porta. 

ㅡAh não. Tá de sacanagem. Baekhyun, vem aqui agora.ㅡ Baekhyun vai até lá.ㅡ ME DIZ AQUI, AGORA, ONDE QUE ISSO É UMA PESSOA? VOCÊ TEM AUTISMO CARA?

ㅡEU NÃO TENHO CULPA SE NINGUÉM QUIS OLHAR, EU VI SOZINHO!

Assim começou uma discussão que durou a noite toda.

                   Suho P.O.V ON
                     [LIGAÇÃO ON]

Eu: Será que não dá pra vocês virem mais cedo? Tá um tédio aqui.

Jimin: Podemos ir daqui a uns dois dias.

Eu: Já escolheu quem vai na prisão?

Jimin: Sim. Iriam Hoseok e Taehyung, mas seu pai me disse que seria melhor se fossem três, então o Lay vai junto.

Eu: E quando vai ser?

Jimin: Hoje, eles estarão indo daqui a pouco.

Eu: Certo, qualquer coisa fale comigo.
           

   [LIGAÇÃO OFF]

Desligo o celular e meu pai chega. Ele procurava alguma coisa pelo meu quarto, quando encontra aquele colar que Sehun me deu.

ㅡO que é isso?ㅡ Ele se irrita um pouco, desnecessariamente.

ㅡOs outros me deram. Eu não quis contar do meu envolvimento.

                     Suho P.O.V OFF
                      Lay P.O.V ON
 

ㅡÉ sério que você vai junto com a gente?ㅡ Taehyung se empolga.

ㅡAcho que sim, foi o Jin que disse.

ㅡEBA! Olha, a viagem pra lá vai demorar umas 4 horas, e a gente vai ter que parar em alguns lugares pra comer e tal. Então, se você reconhecer alguém em qualquer lugar, tenta não manter contato visual, ok?

ㅡCerto. Quem vai junto?

ㅡVai eu, você e o Hoseok. Já viu ele?

ㅡAinda não.

ㅡEntão vem, a gente tem que se preparar, talvez você veja ele.ㅡ Ele me puxa pelo braço para um lugar desconhecido.

ㅡAqui tem tudo que precisamos. Pode pegar o que quiser.

ㅡO que vamos fazer pra conseguir fugir com o Yoongi?

ㅡPrimeiro, vamos encontrar o Yoongi pelo lado de fora de lá. O Jimin falou com um cara que vai desligar as grades de choque durante dois minutos, então a gente foge e volta pra cá.

ㅡNossa, e as armas? Tem alguma coisa de diferente?

ㅡA gente só vai usar elas se tiver policiais na hora da grade desativar. Elas são feitas de um material diferente que não é detectado por aparelhos e as balas foram fabricadas no Irã, América.

ㅡPra que todo esse luxo?

ㅡ*risada* o Jimin gosta de coisas assim, fazer o quê?

                           (...)
 

ㅡTem mesmo que levar isso? ㅡ Duvidoㅡ Você mesmo disse que a gente vai parar em alguns lugares.

ㅡIsso é pra emergência, se acabar o dinheiro.ㅡ Ele responde.

ㅡEntão por que você não trouxe comida de verdade ao invés de um pacote gigante de biscoito?

ㅡÉ mais fácil levar isso que quinhentas panelas de feijão com arroz.

                            (...)
 

ㅡCadê o retardado do Hoseok? Ele ta atrasado vinte minutos.ㅡ Reclamou Taehyung.

ㅡCalma, ele deve tar vindo.ㅡ Só depois de meia hora ele chega.

ㅡPor que demorou tanto?

ㅡTenho meus motivos.
(Notas do autor: não pensem besteiras :/)

ㅡE aí, Lay?ㅡ Cumprimenta Hoseok.

ㅡOi.

ㅡTá ansioso?

ㅡPra quê?

ㅡPra meter bala na cara daqueles infelizes.

ㅡJimin disse que só é pra atirar der ruim.ㅡ Relembra Taehyung.

ㅡVou matar todo mundo e ponto. O único que vai sair vivo de lá vai ser Min Yoongi e ninguém vai me impedir.
                           (...)

                  Lay P.O.V OFF
                Sehun P.O.V ON

ㅡAcorda Sehun.

ㅡNão...

ㅡLEVANTA SEHUN!

ㅡNÃO PORRA

ㅡPeraí Baek, não é assim que se faz.ㅡ Xiumin se aproxima. ㅡ Aprenda com o mestre.

Ele lambe um dedo e enfia no meu ouvido.

ㅡVOCÊ TEM PROBLEMA MENTAL?ㅡ Estava prestes a vomitar.

ㅡQUE NOJO VELHOㅡ Chanyeol saiu correndo, escorregou no tapete, bateu no espelho e caiu.

ㅡEU NÃO VI ISSOㅡ Chen quase engasgava de tanto rir.

ㅡALGUÉM CHAMA UMA AMBULÂNCIA PRA ELE!ㅡ Xiumin grita.

ㅡÉ TÃO FEIO QUE QUEBROU A DROGA DO ESPELHO!ㅡ Baekhyun ria igual à um viciado.

ㅡVou embora daqui.ㅡ O acidentado se levanta, e claro, que não sai.

ㅡNão esquece de levar o tapete!ㅡXiumin se acalmara um pouco.

ㅡOlha quem fala, o água de salsicha.

ㅡMe chamou de quê?

Outra briga. Eu só queria dormir...

                 Sehun P.O.V OFF
                 Jimin P.O.V ON
 

ㅡSerá que já chegaram?ㅡ Questiona Jeon.

ㅡAcho que sim, devem estar se preparando.ㅡ Respondo.

ㅡEu to um pouco preucupado com o Hoseok...

ㅡPor quê?

ㅡEle anda muito rebelde ultimamente... Quer bater em nós, ameaça a gente o tempo inteiro e tal.

ㅡAcha que ele vai desobedecer alguma ordem minha?

ㅡAinda duvida?

ㅡNesse caso vou ter que mandar os outros dois tomarem conta dele.

ㅡBoa ideia. Ah, eu queria te perguntar uma coisa.

ㅡSim?

ㅡVocê viu aquela minha arma especial?

ㅡTá com o Hoseok, eu vi ele pegando escondido.ㅡ Namjoon aparece, nos assustando.

ㅡFodeu. Ele vai querer matar todo mundo.

ㅡO que a gente vai fazer?ㅡ Jeon se desespera.

ㅡA única coisa que a gente pode fazer agora é avisar pros outros, eles não sabem.

ㅡE se o Hoseok e os outros forem pegos?

ㅡNão vai acontecer. Namjoon, vai falar com o Taehyung e o Lay sobre isso.

ㅡOk.

ㅡJimin, acha que ele pode matar os outros?

ㅡEle sabe que não, e se fizer, está ciente do que vai acontecer, não se preucupe. Vá no arsenal e veja se não tem mais nenhuma arma faltando.

ㅡCerto. Mais alguma coisa?

ㅡNão.

                 Jimin P.O.V OFF
                Yoongi P.O.V ON
 

A prisão é uma merda. Odeio ficar isolado pro resto da minha vida com um bando de animais em uma cela, obedecendo regras inúteis e irritantes de pessoas que nunca vi na vida.

Tudo aconteceu ano passado. Eu, Hoseok e Jin fomos ao centro da cidade, num banco, para roubar dinheiro. Enquanto Jin roubava, eu e Hoseok ficávamos de guarda. Eu o alertava constantemente para que ele não fizesse nada de errado e ele apenas assentia.

Então parei de me preucupar, até ouvir o barulho de um tiro. Ele tinha matado um policial dentro de um carro, de onde saíram mais 3. Jin foi o primeiro a fugir, saiu pelos fundos. Depois nós dois tentamos correr para o mesmo lugar também. Só que quando iríamos passar pela porta, o desgraçado me empurrou. Os policiais me revistaram e viram o meu equipamento. Fui preso na hora. Foi assim que cheguei nesse inferno.

Mas hoje isso vai mudar. Fiquei sabendo que mais um entrou, e vieram me buscar hoje, quando eu voltar, no momento exato, e no lugar exato, vou me vingar de Hoseok. Pelo o que ele fez, e claro, pode fazer com qualquer um. Eu não fui a primeira vítima, e com certeza, não serei a última.

                           (...)

Chegou a hora livre. Combinei com o amigo do Jimin de ele desligar a energia da grade elétrica por dois minutos, enquanto os outros de lá distrairíam os seguranças.

Eu espiava cada canto do lado de fora pela grade. Não saia de lá. Era só esperar eles chegarem, fazer o sinal pros detentos e fugir.

Eles finalmente apareceram. Taehyung, um novo e Hoseok. Ele me encarava como se fosse a pessoa mais inocente do mundo, aquilo me deu ódio.

Taehyung fez um sinal para que o plano começasse. Fui até os detentos, que já estavam preparados.

ㅡAgora.                        

 Um começou a espancar o outro, gritar, jogar cadeiras, qualquer coisa que atraísse atenção. Não demorou um minuto para que os seguranças chegassem para separar a briga. Eles foram espertos, e puxaram os policiais para a briga também, daí começou a pancadaria total.

Voltei para a grade, onde Taehyung mandou escalar rápido. Eu subia ela com toda a força e esforço que tinha.

Estava tudo bem, até que um segurança me viu, quando já tinha passado pela grade. Ele puxou uma pistola, apontou pra nós e ordenou que eu voltasse. Hoseok pegou uma arma ㅡ bem maior que a do policialㅡ,passou pelo buraco da grade e atirou no policial, bem no olho esquerdo.

Ele caiu, fazendo um grande estrondo no chão. Todos se olharam e voltaram para o cadáver, depois pra nós. Agora, todos, todos mesmo, começaram a escalar a grade, como eu. Azar deles que a energia dela se ativou bem quando estavam lá, e eles cairam, mortos.

ㅡVEM CARA, CORRE!ㅡ Taehyung me puxa em direção ao carro.

Entramos no carro, aliviados. Taehyung, como sempre, não parava de falar, Hoseok xingando e reclamando dele e o cara novo, quieto, olhando pra janela.

ㅡYoongi, você já conhece ele?ㅡTaehyung me tira dos pensamentos.

ㅡN-não.

ㅡOi, pode me chamar de Lay.

ㅡPrazer, sou Min Yoongi.

                Yoongi P.O.V OFF
              Taehyung P.O.V ON

ㅡEi, Lay.ㅡ Sussurro.ㅡ Você viu aquela arma do Hoseok?

ㅡSim.ㅡ Ele responde.ㅡ Aquilo era o quê? uma basuca?

ㅡSei lá, só sei que não é dele. A gente tem que pegar de volta, se não ele vai sair atirando em tudo que vê pela frente.

ㅡOk. Vamos tentar quando chegarmos na lanchonete.

                           (...)

ㅡYoongi, vem aqui.

ㅡOi, fala.

ㅡTá vendo aquele canhão no bolso do Hoseok?

ㅡQue eu me lembre, aquilo é o JungKook.

ㅡDepois, quando ele for pro balcão fazer o pedido, pega dele pra mim.

ㅡPor que não agora?

ㅡPelo simples fato de você estar vestido de presidiário. Tá todo mundo com medo de você, vai trocar de roupa.

ㅡAh, sim.

Conseguimos pegar o objeto e fomos embora.

                           (...)   

               Taehyung P.O.V OFF
              Xiumin P.O.V ON

ㅡJá se acalmou?ㅡ Sehun parecia minha babá.

ㅡJá, pode dormir aí.

ㅡPois bem. Quero que você e os outros saiam daqui. Ah, e são 5 da manhã, sem gritaria.

ㅡSim senhor.ㅡ Falo com ironia.

ㅡO ÚLTIMO A CHEGAR NA SALA NAMORA O SEHUN!
Aquilo pareceu mais pra arrastão do que uma simples corrida. Um empurrando o outro, pisando no rosto de todo mundo.

ㅡCHANYEOL CHEGOU POR ÚLTIMO!ㅡ Comemora Baekhyun.

ㅡAcho que não.ㅡ Ele puxa Chen pra atrás dele, e dá um passo à frente.

ㅡNOSSAㅡ Grito propositalmente.ㅡ ALGUÉM DÁ UM MITO PRA ESSE OSCAR

                          (...)

                 Xiumin P.O.V OFF
                 Jimin P.O.V ON

ㅡPor que demoraram tanto?ㅡ Pergunto irritado.

ㅡO Taehyung quis parar em tudo quanto é lugar, não sei porque diabos.ㅡ Responde Hoseok.

ㅡCadê o Yoongi?

ㅡNo carro.

ㅡVai buscar ele e manda todo mundo ir pra sala de reuniões, agora.

                             (...)

ㅡO que aconteceu?ㅡ Jin parecia confuso.

ㅡVamos pro Japão. Arrumem suas coisas, vamos sair amanhã.

ㅡQUÊ?!ㅡ Namjoon quase caiu da cadeira.

ㅡOrdens do chefe.

ㅡMAS A GENTE NÃO PODE SIMPLESMENTE...

ㅡPode sim. Sai daqui logo e vai catar suas coisas.

ㅡQue horas vamos sair?

ㅡLogo quando acordarem e tomarem café da manhã.

                        (10 A.M.)

ㅡLevanta, Lay.ㅡ Ouço Jin dizendo muitas vezes.

ㅡEle não levanta?ㅡ Pergunto.

ㅡSim, ele já comeu e eu tive que arrumar tudo pra ele, mas o bicho-preguiça deitou e não quer mais levantar.

ㅡChama o Hoseok, ele sabe acordar ele.

Como eu mandei, estavam todosㅡ Menos Lay e Hoseokㅡ na sala principal, com as malas arrumadas.

Lay chega logo depois de mim.

ㅡTaehyung, o Hoseok me bateu.

ㅡProblema é teu.

ㅡJimin, o Hoseok me bateu.

ㅡBate nele.

ㅡSe eu fizer isso ele me espanca até a morte.

ㅡEntão esquece.

                (No avião...)

ㅡÉ sério que o Hoseok que vai pilotar o avião?ㅡ Questiona Jeon.

ㅡSim.

ㅡOlha, isso vai dar merda. Chama alguém pra ficar lá com ele.

ㅡOk, leva o Lay pra lá.

                   Jimin P.O.V OFF                        
                   Sehun P.O.V ON

Acordei logo depois da gritaria dos animais e saí pra comprar pão. Enquanto caminho na rua, sinto ser observado, não sei por quem ou o quê. Às vezes eu olhava para trás, e tinha a sensação de que tinha alguém atrás de mim.

Eu não faço ideia de onde os outros estão. Provavelmente quando eles chegarem e verem o pão, aquilo vai virar tipo jogos mortais. Ninguém comeu ontem, com certeza estavam morrendo de fome.
Não tava afim de comer isso, então fui até uma lanchonete pra comer alguma coisa. Chego lá e a mesma atendente de sempre veio.

ㅡOi, KyungSoo!

ㅡBom dia, Sehun. Cadê seus amigos?

ㅡSe eu te contar que eu não sei, você acredita?

ㅡ*risos*, falando nisso, aquele seu colega bonitinho tá ali.

ㅡO Kai?

ㅡIsso, ele tá ali.

ㅡChama ele pra mim?

ㅡClaro, peraí.

Ela faz o que peço. Kai se vira pra mim e o sorriso que adoro se forma no rosto dele. Ele vem até a mesa onde eu estava, e ficamos conversamos durante horas. Como meu lanche e vou embora com Kai.

ㅡTchau, KyungSoo!

ㅡAté logo!

                             (...)

ㅡVOCÊ TROUXE COMIDA?!ㅡ Chanyeol veio correndo pra cima de mim.

ㅡELE TROUXE PÃO, GENTE!ㅡ Ele pega de mim e joga pros outros. Eles comeram, literalmente, como animais.

ㅡQuem vai limpar essa sujeira toda?ㅡ Pergunto em forma de sarcasmo.

ㅡO Baekhyun, a casa é dele.ㅡ Xiumin responde.

ㅡBaekhyun e seus amigos vão arrumar tudo junto com ele porque eles sujaram também.ㅡ Ironiza Baek.
                           (...)

ㅡGenteㅡ Kai chama.ㅡ Têm notícias do Lay?

ㅡAinda não, aquele desgraçado...ㅡ Chen começa a rir.

ㅡO que acham de ligar pra ele?ㅡ Proponho.

ㅡBoa ideia, eu ligo.ㅡ Xiumin se voluntaria.

ㅡVocê não vai xingar ele e depois desligar, né?ㅡ Pergunta Baekhyun.

ㅡClaro que não. Me dá o telefone.

Ele disca o número e coloca o aparelho no ouvido.

ㅡEstranho...ㅡ Ele franze a testa.ㅡ Deu fora de área...

Continua...

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...