História Vai Namorar Comigo, Sim! - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Kookmin
Visualizações 184
Palavras 782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora, mas agora voltei com tudo (eu acho).
Acabei de terminar esse capítulo agora e já estou vindo postar para vocês.
Até domingo eu espero postar mais um, pelo menos.
Espero que vocês gostem e até as notas finais o/

Capítulo 13 - Folgado e Lindo


Fanfic / Fanfiction Vai Namorar Comigo, Sim! - Capítulo 13 - Folgado e Lindo

Hoje o dia esta especialmente mais brilhante.

Depois do que aconteceu ontem, Jungkook se despediu de mim com um beijo no rosto, é claro que eu gostaria que fosse em outro lugar. Hoje é domingo, e Hoseok e Taehyung vão vim aqui me fazer uma visita indesejada, porque a minha real vontade era de ficar espiando Jungkook pela janela do meu quarto, e pensar no nosso futuro juntos.

Já que não tive escapatória, preparei uma panela de brigadeiro e fiquei esperando os dois pombinhos chegarem com os salgados. Hoje está uma tarde linda, o sol está brilhando e o meu sorriso radiante também. Eu queria muito chamar Jungkook pra conversar, mas eu estou tão nervoso e nem sei o que mandar, acho que apenas um coração seria muito apressado, ou um "eu te amo" seria impactante demais.

No final, eu fiquei pensando tanto se chamava ou não, que o casal de aborrecimentos chegaram na minha casa. Os dois estavam de mãos dadas com um jeito bem apaixonado, já cortei aquela brisa romântica me colocando entre os dois.

- Eu não quero que essa felicidade toda entre na minha casa - Falo assim que abro a porta e pego os salgados da mão do Hoseok - Agora podem entrar.

- Boa tarde pra você tbm, Jimin - Taehyung fala me dando um beijo na bochecha, sabe que não suporto essas brincadeiras dele e faz de propósito, um dia ainda perde uns dentes, com a minha super força.

- Oi, Jimin - Hoseok fala já indo direto para o sofá, e se joga como se estivesse na casa da mão Joana - Eu vou ficar deitado aqui e vocês podem preparar as coisas, já que eu só ia atrapalhar mesmo.

- Além de vagabundo é folgado - Falo enquanto jogo meu sapato na cabeça dele - Taehyung, você que vai preparar tudo, já que a casa é minha e o namorado é seu.

- Sempre sobra pra mim, eu sempre tenho que fazer tudo, eu sempre tenho que aturar tudo - E mais uma vez ele começa com esse draminha, parece até Dorama - Pelo menos me ajudem a segurar essa barra que é gostar de vocês.

A tarde foi muito agradável, porque querendo ou não, os dois são meus melhores amigos, e não tem como não amar melhores amigos, não importa o quão insuportáveis eles possam ser. Me despeço dos dois e já estou me preparando para tomar aquele banho, quando a campainha toca. Eu pensei que era os dois idiotas, já que sempre costumam esquecer alguma coisa, então vou atender sem a camisa mesmo. Assim que eu abro a porta, me deparo com um Jungkook surpreso com o físico do Deuso aqui, no caso, eu.

- Ah, oi Jimin - Ele me cumprimenta meio tímido, e eu acho isso adorável.

- Oi, Jungkook - Sorrio para ele, porque nesse exato momento eu estava me sentindo a pessoa mais feliz do mundo, nem parece que sou darkness as vezes.

- Eu vim aqui pra passar um tempo com você - Ele sorri de volta para mim e já entra na minha casa - Se você não se importa, é claro - Folgado, porém lindo, então não tem como não se apaixonar.

- Claro, só me deixa tomar um banho - Eu falo já indo em direção as escadas, quando sinto seus braços me envolverem - Jungkook?

- O seu corpo é muito bonito, me deixa ficar um pouquinho assim com você - Meu coração tá batendo tão rápido, que eu acho que a qualquer momento ele pode sair por algum buraco do meu corpo.

- Tu-tudo bem - Então ele permanece por alguns segundos apenas com os braços em volta do meu corpo, e eu achei que ia só ficar nisso, mas eu sinto suas mão subirem e tocarem no meu mamilo. Foi quase impossível conter um gemido, porque eu sempre soube que meus mamilos eram sensíveis, e ainda mais que eram Jungkook os tocando - Junkook, o que vo-você tá fazendo? - Pergunto tentando não cair duro no chão de tanta alegria e nervosismo.

- Eu só quero te tocar um pouco, não posso? - Ele pergunta enquanto começa a aperta um dos meus mamilos, e eu sinto o quão duro os dois ficam - Desde que eu comecei a me lembrar das coisas da festa, o seu corpo sempre vem na minha mente, Jimin - Agora ele começa a beijar o meu pescoço, e eu sinto minhas pernas ficarem bambas.

- O que está acontecendo aqui? - Puta vida, mãe, você poderia ter voltado qualquer dia, mas por que diabos resolveu voltar bem na hora da sacanagem? Empata foda é foda.


Notas Finais


Curtinho...como sempre rsrsrs sorry
Perdão novamente pela demora, porque eu sei o quanto dói pra quem acompanha ficar sem o capítulo de alguma fic por um tempo, mas eu não penso em abandonar nunca essa fic. Então posso até demorar para postar, mas sempre postarei.
Até mais <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...