História Valentine or just friends? - Capítulo 15


Escrita por: ~

Visualizações 13
Palavras 1.297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Misticismo, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gt o mundo vai acabar kkkkkk eu postei a fic no dia certo kkkkkkk. Mas, enfim, acho que vcs devem estar curiosos pra esse Cap, ou não neh kkkk, então bora ler ❤

BOA LEITURA 😘❤

Capítulo 15 - Festinha tretastica


💜♈Emi♈💜

Aquilo me fez cair na real, mas aquela ou aquele demônio não iam vencer, eu vou mostrar que ela/ele está errado.

- Matheus, posso te perguntar uma coisa??- gritei porque a música estava muito alta.

- Pode, claro que pode.- diz também gritando.

- Aquela menina que Tava contigo quando você foi nos buscar e sua namorada ??

- Não, claro que não. Ela eh minha irmã, mas por que você pensou Isso.

- Ah não sei, é porque tu eh bonito e ela também e vocês vieram juntos nos buscar.

- Oii ?? Você me chamou do que ?? Desculpa eu não escutei.- ele fala com um sorriso lindo no rosto.

- Você escutou sim. - digo rindo sem jeito.

- É que não é sempre que eu recebo um elogio de uma garota tão bonita.

- Oii ?? Você disse alguma coisa ?? - disse o imitando e rindo.

Aquela conversa não foi como eu esperava, mas dava pro gasto não quero me envolver tão rápido assim tenho medo de tudo dar errado e eu sofrer novamente. Olhei em volta e não vi a Isa em lugar nenhum, então foi procurá-la.

💖♏Isa ♏💖

Estava sozinha num sofá que tinha ali, uns meninos estavam me olhando me estressei e foi procurar o Renan, não tinha o visto desde a hora que cheguei. Andei na muvuva de pessoas e não o achei, deve tá em um canto qualquer como uma menina qualquer. Então foi pra fora, fazia tempo que não falava com o Caio, a saudade ainda vai me matar kkk. Pequei meu celular e liguei pra ele

📱Call on📱

C: Oiii, já ia te ligar.

I: Que coisa não é mesmo kkk.

C: Aonde você tá? Tu tá em uma festa ?

I: Não, tecnicamente, não to do lado de fora. Isso aqui tá um saco sem você.

C: Pois é, o Pedro me chamou pra ir em uma festa com ele. Aparentemente, ele tá tentando esquecer a Emi.

I: Ah graças a Deus!!! Não aguentava mais a cara de cachorro que caiu da mudança no nosso prédio.

C: Não seja tão dura com ele. A gente sabe o que aconteceu de verdade.

I: Eu sei mas, pelo amor de Deus a Emi já tinha falado que não queria saber, e se a gente tivesse contado que já sabiamos ia ferrar pro nosso lado. E a Emi tinha o perdoado, mas ai ele deixou a Elen fazer de novo ai já foi mancada.

C: É realmente, foi mesmo. Mas, enfim, eu to querendo ir nessa festa, tem algum problema?

I: Não, claro que não. E eu também tenho que voltar essa festa bosta kkkk. Tchau beijo.

C: Tchau, beijo.

📱Call off📱

Queria muito ir embora, aquela festa tava muito chata, e não queria me envolver em briga, se os meninos continuassem a me olhar eu ia levanta e ia puxar briga com eles. Não aguento esses menino só querem uma coisa e depois foda se a menina, que meninos idiotas. Entrei e foi procurar a Emi, pelo menos juntas iramos nos divertir mais. Estava andando quando dou de cara com um menino, sinceramente, muito bonito, nunca tinha o visto, ignorei ele e continuei a procurar a Emi, vi o Matheus e foi ver se ele sabia aonde ela poderia estar.

- Matheus, você viu a Emi?

- Não, que eu saiba ela foi te procurar.

- Oxe, já rodei esse lugar todo e não achei ela. - comecei a ficar preocupada e vi que Matheus também ficou.

- Vamos, te ajudo a procurar ela.

- Ta, vamos.

Fomos procurá-la e não a achamos em lugar nenhum, um frio correu pela minha espinha só de pensar que ela poderia ter escutado a minha conversa com o Caio.

- Matheus, olha o Renan vai que ele viu ela em algum lugar. Não se preocupe, eles são amigos de infância, ele é tipo um irmão pra ela.

- Renan. - gritei pra que ele pudesse escutar.

- Oiii. Estava te procurando. Pensei que você não tinha vindo. E ai Matheus ? Você conhece a Isa ?

- Sim, mas isso não importa. Você viu a Emi ?

- A ultima vez que eu vi ela foi indo pro banheiro. Faz uns 3 minutos.

- Valeu mesmo. To te devendo uma. - diz Matheus indo pra escada. Eu o segui e fomos até o banheiro. Bati na porta e uma voz meio bugada veio de dentro.

- Ja, tá saindo. - falou baixo.

- Emi ??????? É você que tá ai ? - perguntei.

- É pera que eu já to saindo. - falou.

Matheus relaxou os ombros quando escutou a voz da Emi, e eu também.

- Emi do céu. Eu fiquei preocupada com você. Te procurei nessa casa inteira.

- Calma, tive que ver se a minha make tá intacta, ela tava meio bugada então vim pro banheiro arrumar ela.

-Meu Deus, tu me deu um susto. - disse o Matheus indo em sua direção. - Não faça mais isso tá? - disse com um tom brincalhão.

-Tá, agora vamos nos divertir. - falei puxando a Emi pra pista de dança.

Eu e Emi começamos a dança, mostra o poder brasileiro. Pequei o celular da Emi e pedi pro DJ deixar eu colocar umas musicas, coloquei uns funks que tinha no cel da Emi e começamos a dançar, rebolar, esquecemos que tinha mais gente na pista, era como se só tivesse nós duas ali, a gente se soltou de uma tal forma que até o Matheus assustou, mas depois acabou entrando no meio, a Emi tava tão feliz, nunca a vi tão feliz assim.

Começamos a chamar as pessoas que seguiram nossos passos, a parte mais legal foi quando era pra dar um sarada, até os gringos deram, meio sem jeito mais pra primeira vez sarando foi legal. Depois de um tempo os funcks da Emi acabaram ai eu foi pegar uma água pra mim e pra ela, que continuava dançando, agora as músicas do DJ, tava comprando as nossas águas quando aparece aquele cara e eu tinha esbarado mais cedo.

-Oi, você dança bem em? Por que não tá na pista com a sua amiga?- disse ele meio que me abraçando por trás.

-Ah é que eu to cansada agora, e ela é minha irmã.- digo saindo dos braços daquele cara.

-Você não gostaria de dançar pra mim não?

-Sai filho da puta, eu tenho namorado, e eu não gosto de dançar pra pessoas igual a você seu escroto! - gritei e dei um tapa na cara daquele babaca.

-Isa, você tá bem? Ele te fez alguma coisa? - diz Renan atrás de mim.

-Não, mais queria. Olha seu filho da puta, não mexe com quem tá queto não tá?- disse e não aguentei e dei um chute naquele lugar, convenhamos ele merecia.

-Clama, pensei que você tinha me dado mole.

-Quando que só agora que você falou comigo? Vai se fude!- gritei já alteradíssima. Foi até a Emi dei a água pra ela e foi embora daquela festa bosta.

-Isa, espera. Eu vou com você.

-Emi, fica se diverte, conheça gente nova, eu não queria muito vir a essa festa mesmo, to cansada. Fica, se divirta com o Matheus.

-Você tem certeza?

-Tenho, pode ficar, eu vou bem sozinha.

-Então tá, vê se se cuida tá?

- Pode deixar, BEJO.- disse indo embora, não queria ficar ali mais nenhum minuto se quer.

Foi pra casa escutando musica, musicas que me fazia querer dançar, cheguei em casa rápido. Abri a porta e já tirei meu sapato foi direto pro meu quarto pra trocar de roupa, a musica tava animada e muito alta, não conseguia nem ouvir minha própria voz. Chegando no meu quarto peguei minha toalha, tinha que tomar um banho estava suada, mas nisso já estava só de lingerie, estava dançando totalmente do tipo foda-se só tem eu em casa mesmo, quando foi pegar um troca de roupa vi que tinha um ser na porta do meu quarto e adivinha quem era?????


Notas Finais


Ihhhhhhh.... Quem ser esse ser ??? Quem vcs acham que tava no quarto ??? Comentem quero ver quem vai aceitar kkkkk. Bye bye e até o próximo Cap 👋❤😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...