História Vamos ate o fim! (Cellps - cellbit e felps) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Felipe Z. "Felps", Malena "Malena0202" Nunes, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, Felps, Malena0202, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Casal Yaoi, Cellbit, Cellps, Felps, Gay, Melhor Shipp, Mpreg, Shipp, Shipp Yaoi, Youtubers
Visualizações 164
Palavras 1.670
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse é meu favorito até agora *_*

Capítulo 6 - Nessa hora


Fanfic / Fanfiction Vamos ate o fim! (Cellps - cellbit e felps) - Capítulo 6 - Nessa hora

6💙

*Felps*

-Felps?

-Cellbit!

Nessa hora cellbit ignora completamente a existência do medido em pé ali em sua frente,parecia que naquele momento só existia nos dois,ele iria correr até mim,estava tinha saído da maca e quando foi correr

-parado

O médico com o voz firme e sem medo ou surpresa no rosto, me olha segurando o braço de cellbit,fazendo ele parrar no mesmo instante,apenas olhando pra mim com uma cara triste, não parecia que ele queria lutar ou se dabater,parecia que já tinha desistido,tem algo de errado aqui,tem algo que eu não sei,mas foda-se tenho que ajudar ele

-SOLTA ELE SEU FILHO DA P....

-CALMA FELPS!!!! CALMA

no mesmo instante em que eu ia pra cima cellbit me para

-felps,calma o médico tem que explicar um negócio

Eu olho pro médico que já não segurava mais o braço de cellbit,e me olhava com uma cara neutra,sem sorriso,sem medo,sem felicidade, concerteza esse homem nos vê mais como ratinhos de laboratório do que seres humanos

-muito bem crianças,e hora da historinha

Diz o médico num tom sarcástico

...................

*Cellbit*

Já avia se passado algum tempo desde que felps avia  invadido​ a quarto,estávamos eu e felps numa sala que parecia um tipo de cinema antigo aonde o médico levou a gente,disse que mostraria porque fomos levados pra cá,e porque salvaram nossas vidas e o mais importante,oque é aqui

-bom garotos...

Começa o médico olhando pra tela que cobria uma parece toda,a sala era coberta de cadeiras como se fosse um cinema,nada muito luxuoso,sentamos na frente e o doutros está a poucos centímetros da tela

-como vocês já devem ter percebido, isso é um hospital,nas não é um hospital público ou particular comum,aqui e aonde nossos soldados e inocentes que foram infectados por radiação,inocentes feridos um guerra são atendidos,nas nossa prioridade são os soldados.

-soldados?

-por favor espere eu terminar de falar pra fazer perguntas

-......

Sou cortado pelo médico que continua-va falar,enquanto imagens do hospital por dentro e por fora são mostradas, aparentemente esse hospital é grande, bem grande, enquanto eu reparo nas imagens sinto algo pegar minha mão,olho e vejo felps segurando minha mão,sorrio por um instante e volto minha atenção a tela e ao medido

-como eu ia dizendo,nosso hospital é o mais importante é o que mais atende soldados,devem estar se perguntando "mas aonde fica esse hospital?"

Nessa hora ele dá uma pequena pausa

-bom, nosso hospital se localiza na base do exército brasileiro, abreviando XB o XB é o maior quarteu general do nosso país,o maior é o melhor,com armas de fogo e soldados alta mente treinados.

Nessa hora começam a aparecer imagens de uma grande floresta com um quarteu gigantesco escondido entre as árvores,era muito grande,e bem escondido protegido por grandes muros e de cercas elétricas,guardas em toda parte na entrada e no alto do XB, três andares um subterrânea,e dois na superfície.

-e é claro nossos soldados mais potentes ,os jovens,nossos pais tem uma grande variedade de jovens prodígios,essa nova geração e mais forte, inteligente, resistente,veja vocês! Foram atingidos por bombas radioativas e saíram com só alguns efeitos colaterais

-efeitos colaterais?

Felps pergunta apertando de leve minha mão,sua face era seria é assustada, derrepente ele olha pra min é diz

-por Isso você tava meio estranho

-de fato garoto

Fala o médico

-seu amigo,teve o corpo muito danificado pela radiação,o corte na perna ajudou muito a fazer ela se espalhar por dentro

-mas ele vai ficar bem ?

-seu não for tratada aqui,ele morre em uma semana

Nessa hora felps fica espantado,seu rosto fica assustado é triste, então ele apenas se cala olhando pro chão

As imagens da tela agora mostram a imagem de um corpo humano

-o sistema de cellbit foi todo afetado desde seu sangue até seu DNA

Ele fala isso mostrando as veias do boneco na tela

-Seu corpo está mudando a cada minuto, isso que é fascinante em vocês jovens,um homem mais velho não aguentaria essas mudanças seu corpo iria rejeitar e então el.....

-TEM COMO FAZER O TRATAMENTO NELE ?

-acalme-se rapaz,já ia chegar nessa parte,bom o tratamento do seu amigo vai ser de aproximadamente 5 dias, enquanto você felps continuará a fazer a missão de vocês,pois apenas as pílulas que vou te dar vão neutralizar a radiação no seu sangue,por sorte não pegou tanta radiação quanto seu amigo

-missão?

Nessa hora falamos os dois juntos, missão? Quando eu estava aqui com o médico a única coisa que me foi dita era sobre minha doença

- bom já que está tão impaciente vamos direto ao ponto ,eu já falei com seu amigo cellbit sobre o tratamento mas vou resumir tudo aqui pra vocês dois.

Nessa hora ele desliga a tela com um controle pequeno que tira do bolso

-vocês dois não estão aqui porque são inocentes feridos e sim porque são soldados feridos,vcs estão sendo encaminhados para o treinamento e para a guerra junto com outros jovens que tiveram a sorte de serem alistados,parabéns soldados.

Nessa hora nos dois ficamos chocados,sem palavras

-bom, alguma pergunta?

-..........

-foi oque eu pensei,bom eu sei que parece um choque mas vão se acustumar,amanhã cellbit começará seu tratamento intensivo e felps irá para o centro de treinamento de jovens,dentro do XB, vocês terão só mais essa noite juntos até o tratamento terminar

-felps não pode me visitar?

-muito arriscado

..........

Já era noite estávamos eu e felps deitados numa cama que trouxeram pra mim,vai ser essa a cama que vou usar esses 5 dias,felps tá tão quietinho,estamos um virado pro outro com uma coberta em cima de nós ,um olhando prós olhos do outro

-Felps

-fala

-oque você tá pensando?

-tem tudo

-ta com medo?

-pra Caralho

-eu também

Pegamos a mão um do outro e então ele eu me aproximo dele,sentindo sua respiração,seu calor,seu olhar em minha boca então encosto meus lábios nos dele,ele começa a retribuir o beijo ficando cada vez mais gostoso e cheio de luxúria,sinto sua língua na minha boca e sua mão na minha bochecha me fazendo carinho,nossas respirações cada vez mais ofegantes eu coloco minha mão entre seu cabelos aprofundando mais o beijo, então ele faz o mesmo os dedos dele agora na minha nuca puxam minha cabeça pra pras,seus lábios agora em meu pescoço né fazendo gemer baixinho,colo nossos corpos já suados pela adrenalina um no outro sentindo seu membro duro no meu,mordo meu lábio sentindo essa sensação de prazer estamos de novo cara a cara corpo no corpo,sua mão desce até minha bunda apertando ela é né trazendo mais perto ainda ,me fazendo esfregar meu membro no dele cada vez mais

-f-felps aaaahhh

-aahhh... cellbit... huuuuuuuum

Felps falava meu nome enquanto me beijava,já não aguentava mais então tiramos nossas roupas de hospital, ficando os dois pelados,os dois de joelhos em cima da cama nossos corpos suados quentes desejando um ao outro, felps me pega no colo me beijando mais,fazendo nos dois sentirmos nossos penes um do lado do outro,eu apertava suas costas e ele minha bunda nossos corpos nunca estiveram tão próximos assim,adoro sentir a pele morena dele na minha sua saliva na minha boca sua lingua no meu corpo,seus mais no meu corpo

*Felps*

Estava com cellbit em meu colo sentindo todo seu corpo em minhas mãos,nos afastamos um pouco deixando bem amostra nossos membros um do lado do outro duros pedindo pra serem trocados.

Cellbit começa a me masturbar e eu a ele enquanto eu o masturbava ficava com mão segurando seu rostinho passando meu dedo em seus lábios,ele lambe meu dedo e então voltamos a nos beijar até que eu desço da cama e deixo ele sentado na ponta da cama

-oque você quer cellbit?

-quero que você me chupe

Fala ele com a mão em meus cabelos

-Pede de novo,implora pra mim

Digo isso colocando sua coxa por cima do meu ombro e lambendo ela,e a beijando,fazendo ele enloquecer

-felps huuuuuuuum eu preciso de você,me chupa felps quero sentir sua boca no meu pau

Começo a chupar ele colocando tudo na minha boca,ele gene alto,muito alto,paro é chupo suas bolas, masturbando ele com uma mais dá outras me masturbando,sinto ele empurrar minha cabeça ainda mais,ele avisa que vai gozar e eu paro

*Cellbit*

Felps para de me chupar e pede pra mim descer e eu desço ficando de joelhos no chão

-posso?

-por favor né

Digo isso começando a chupar Felps sentindo ele completamente dentro da minha boca, então ele começa a socar na minha boca,sinto suas bolas batendo em meu queixo,cada vez mais rápido

-aaaaaaaaaaahhhhhhhhhhh cellbit sua boca é muito gostosa aaaaaaah

Ele começa a socar seu pau na minha boquinha e então me pega no colo me colocando na cama fazendo um meia nove ele me chupa e eu chupo ele,sentindo o calor do corpo dele debaixo do meu ,antes que eu percebesse ele começa a lamber minha entrada

-aaaaiiiihhh isso felps,porra felps

Jogo minha cabeça pra trás sentindo muito prazer,um prazer indescritível

-felps eu preciso,preciso de você aaaaaaah dentro de mim felps me fode

Ficamos agora eu embaixo e ele em cima um de frente pro outro

*Felps*

Cuspo um uma das mãos e lubrifico cellbit mas por algum motivo ele já estava lubrificado,eu vou entrando de vagar mas ele pede por mais então eu entro de uma vez fazendo ele gritar de tesão, apertando as cobertas e o colchão da cama,essa visão me deixou mais animado ainda comecei a ir mais rápido e mais forte ouvindo ele gemer meu nome o mais alto que conseguia viro ele ficando de 4 e vou mais rápido fazendo a cama gemer,ficamos assim por um tempo até eu virar ele de volta pra mim

-felps eu vou gozar felps aaaaaaaaaaaaaaah aaaashhhnnn

-eu tbm aiin cellbit, c-cellbit huuuuuuuum

-aaaaaaaaaaahhhhhhhhhhh

-huuuuuuuuuuuunnnnnnn

Gozamos os dois cellbit gozou tanto que foi até no nossos rostos manchando nos dois completamente de sêmen

Eu gozo dentro dele,fazendo ele gemer ainda mais, eu tenho vou tendo orgasmos múltiplos dentro do cellbit que estava mordendo o lábio inferior e apertando o colchão enquanto sentia meus orgasmos dentro dele,eu segurava sua sintura muito forte precionado meu corpo contra o dele pra ele sentir todos os gatos.

..........

Estamos os dois mortos de cansaço na cama os dois nus,com sorrisos bobos olhando pro teto

-felps isso que a gente fez foi a coisa mais animal que eu já fiz

-jgjgkgkgkgkkhj nem me fale,foi foda

-literalmente khkgkgkgkgk

-nossa, cara

-nossa

Olhamos um pro outro por um instante e então dou um selinho nele

-boa noite Felipe

-boa noite Rafael


Notas Finais


Uma curiosidade,eu pego a primeira frase que vejo no texto e vira titulo,as vezes


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...