História Vamos ate o fim! (Cellps - cellbit e felps) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Visualizações 34
Palavras 1.378
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vou adicionar o baixamemoria na fic porque, ah porque sim, pensando em adicionar mais pessoas mas ainda não sei

Capítulo 8 - Muitas Injeções


Fanfic / Fanfiction Vamos ate o fim! (Cellps - cellbit e felps) - Capítulo 8 - Muitas Injeções

8💙

*Cellbit*

Já é o segundo dia que estou nesse hospital, desde o primeiro dia eles vem me dando várias injeções, de manhã, tarde e noite, no primeiro dia foram todas as injeções no meu pescoço, no mesmo local do pescoço, que agora tá roxo pra caralho. Hoje eu vou sair dessa cama, eles me mandaram caminhar por uns 45 minutos sem parar e depois ficar na cama o dia todo. O sol hoje estava tão bom, enquanto eu estava no pátio que ficava dentro do hospital vi que tinha outras pessoas aqui também, será que estão todos no mesmo estado que eu ? Será que vamos sair daqui vivos? Se sim, será que um dia vamos sair dessa guerra? É se sairmos a vida vai ser a mesma? Ou vamos viver no medo de uma guerra nova?

- colicença

Saio de meus pensamentos,e vejo que tem uma moça na minha frente,uma garota com um cabelo curto e loira seu cabelo estava quase branco e as pontas como se tivessem sido arrancadas,ela era pequena e tinha um olhar calmo e olhos castanhos escuros.

-ah desculpe eu estava distraído,tudo bem ?

-tudo sim,mas eu reparei essa sua marca no pescoço

- ah sim, muitas injeções

- hoje vai ser uma das piores etapas

- que?

- do seu tratamento

- como você sabe do meu tratamento?

- Margô, deixe o garoto em paz, desculp... cellbit?

Um infermeiro que venho afastar essa tal de Margô me reconhece, e fica muito feliz, ele me abraça e me deixa muito confuso, quem é esse ser

- p-para, eu nem conheço você!

- cellbit sou eu!, baixamemoria!

Eu arregalo meus olhos e vejo que era ele mesmo, mas ele estava muito diferente, estava com uma aparência cansada e parecia que tinha envelhecido, o trabalho aqui deve ter feito isso com ele

- BAIXA MDS E VOCÊ MESMO!!!!!??!?!!

- sim, sim, mas não grita kkk

- ah desculpa

Começamos a conversar enquanto eu fazia minha caminhada pelo pátio,até que o médico Christofer me chama de volta pro quarto

-tchau baixa, bom trabalho

- tchau cellbit

Vou saindo e vejo que ele fica com uma fase triste, olhando em seguida pro chão, oque fizeram com você baixa?, Pergunto pra min mesmo tentando entender oque esse lugar estava fazendo com ele. Chegando no quarto minha cama agora tinha sido trocada por uma cadeira que parecia uma cadeira elétrica

-que porra é essa?

- calma garoto, não será usado nenhum tratamento de choque aqui, é só pra você não se debater muito

- Por que eu faria isso ?

- faz parte do tratamento

- tá mas oq....pera aí, me soltem, ME SOLTEM, OQUE ESTA ACONTECENDO ?

duas enfermeiras me colocam na cadeira, ignorando meus gritos, o médico então tira um tipo de caninho de trabalho da cadeira, colocando na parte em roxo do meu pescoço

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA SOCORRO !!!!! AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA FAZ PARAR, POR FAVOR AAAAAAA

- essa é a segunda parte do seu tratamento, fazer suas células se tornarem mais fortes, nem que seja a força

- huuuuuuuum AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA huuuuuuuum parrraaaaAAAÀAAAAAA

eu jogava minha cabeça pra trás chorando e babando de tanta dor,apertava a cadeira com toda minha força, meu nariz sangrava e meus ouvidos Tam bem

- já vai parar, só mais dois minutos

Já não conseguia mais gritar minha língua avia trancado meu corpo agora dormente de tanta dor, minha cabeça parece que vai explodir, minha visão agora toda turva, até que

- pronto, está feito

A máquina avia se desligado sozinha, eu não conseguia me mecher mais, meus olhos doíam é minha cabeça estava muito quente, meu estômago doía e minhas pernas pareciam que nem estavam mais lá, meus dedos formigavam e eu babava sem parar

- vai ficar assim por uma hora, em estado vegetativo, mas é por uma boa causa você vai ver, agora voltamos com as vacinas

Nessa hora ele falava com as infermeiras, e elas vão até mim e me levam para um quarto diferente do meu, nesse quarto tinha uma mulher negra com um cabelo curto e cacheado, ela coloca um óculos de proteção e vem com algumas agulhas, colocando-as em meus olhos

-huuuuum huuuuuuuum uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

-calma vai ser rápido, desculpa mas vai doer um pouco

Ela coloca em meus olhos eu sentia uma agonia e uma dor agonizante nos olhos, que agora choravam

-desculpa mas isso é pra você não ficar sem sua visão, prometo que amanhã vai ser melhor

Ela beija minha testa e então não aguentando mais eu desmaio

.........algumas horas depois......

Acordo agora sentindo meu corpo, a primeira coisa que faço e sair correndo da cama e indo direto a porta, mas a mesma estava trancada, eu bato na porta forte tentando arrombar ela

-POR FAVOR NÃO AGUENTO MAIS

eu chorava compulsivamente batendo na porta, quando uma voz vinda da câmera me chama, a mesma voz da médica das vacinas

- cellbit

- CALA A BOCA! EU NÃO QUERO MAUS OUVIR

- cellbit por favor, aqui quem fala é a doutora Roli, por favor queria que me escute, você está muito doente esse tratamento é pra você melhorar, desculpe se nós tenhamos sido um pouco grosseiros no tratamento mas da forma rápido e menos doloroso

Eu não conseguia reagir a essa voz,parece que fui violado, me sinto sujo, me sinto horrível.

- p-podem parar essa parte do tratamento?

- sinto muito mas essa parte e muito vital, mas prometemos avisar antes de qualquer coisa que fizermos em você prometemos

- ......

- preciso que seja forte

- não sei se consigo

-mas você tem que tentar

-.....

-melhor descansar mais um pouco

eu volto a minha cama a deito nela ficando de baixo dos cobertores

..........terceiro dia.......

Estava andando no patio, dessa vez com medo do que viria depois

- como foi o tratamento?

A mesma garota de ontem agora com a cabeça raspada me pergunta isso, com um sorriso no rosto, e uma cicatriz na cabeça

-bom, e seu corte de cabelo, quanto foi?

- foi de graça, a propósito você deve ganhar um Tam bem, ea quarta fase, raspar todos os pêlos do corpo pra poder passar no "raio x" deles, que vai matar todos as imperfeições do corpo, doenças, radiação, causar absortos, sarrar cortes

- qual seu problema? Por que não me deixa em paz ? É vai tentar aproveitar seu último dia aqui

- último?

- de ontem foi a quarta fase então hoje a última 5 dias

- HAHAHA HAHAHAHAH

ela começa a rir esteticamente, todos nós olhavam é então baixa vem e tenta levar ela pra longe e quanto Ian de distanciando ela grita

- EU HA ESTOU AQUI A 2 SEMANAS, PASSANDO POR ESSAS 5 FASES DIA APÓS DIA!!!!

- 5 semanas.....

Meu tempo no pátio termina e me levam pro quarto aonde levei as agulhas nos olhos, vejo a doutora Roli arrumando algumas coisas num armário que tinha no canto e então ela vem até min com uma maleta pequena com injeções

- posso?

- tenho escolha?

- a vida é sua não posso te obrigar a viver

- pode

Ela então coloca a agulha no meu pescoço mas agora na parte do lado

-AI

-proto agora só faltam 19

- 19 !!!!! PORRA

na segunda injeção que ela coloca eu acabo vomitando no chão, um vomito rosa

-estranho

-desculpa, fiquei tonto do nada

- isso é normal, só a cor....vou precisar de um exame de sangue

-ok

.....19 injeções depois.....

-proto, agora você já sabe oque vem por aí, acha que consegue?

- vou tentar....

- tente não resistir

-posso te fazer uma pergunta?

- claro

- aquela garota, Margô ela disse que está aqui a muito tempo, me falaram que eu ficar apenas 5 dias é verdade?

- olha...depende do caso no mínimo pra todos e 5 mas se não surtir muito efeito você vai ficar mais tempo

-.....ok

Sou levado pro quatro aonde vejo aquela cadeira lá de novo, respiro fundo e vou até ela sentando nela e tendo o caminho conectado no meu pescoço

-pronto ?

- não, nas foda-se vai

-AAAAAAAAAAAAAAAA........huuuuuuuum

tendo relaxar meu corpo e a dor diminuí um pouco, meu corpo logo fica dormente e tudo se repete, mas dessa vez meu corpo não está mais dormente

-ainda acordado?, Isso é ótimo

Então vou até o quarto da doutora Roli que agora usa um remédio em gotinhas nos meus olhos e me dá alguns remédios

-agora você vai ter que tomar isso uma vez por dia e fazer exercícios físicos

-cla...

- CELLBIT

a última coisa que vejo é a doutora Roli gritando meu nome antes que eu desmaie


Notas Finais


Oi, tenha um ótimo dia, não desista do que você quer.
As vezes um clicle pode ajudar alguém


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...