História Vamos Brincar? - Imagine Jungkook - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook
Visualizações 172
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Cap.7


Fanfic / Fanfiction Vamos Brincar? - Imagine Jungkook - Capítulo 8 - Cap.7

Sun Hee.

Fiquei imóvel, não sabia o que fazer, apenas mordi os lábios e saí o mais rápido possível.

- Vou interpretar isso com um sim! - Gritou.

Desci as escadas vendo Jimin sentado no sofá, puxo seu braço e entramos no carro. No momento que sentei no banco soltei um suspiro pesado, o que há de errado com esse garoto? Como pode dizer tais palavras como se não fosse nada? 

- Está tudo bem? - Jimin chama minha atenção.

- Sim, vamos? - Digo sorrindo tentando parecer calma.

Chegamos na boate rapidamente, já podia escutar o som salto e sentir o grande cheiro de suor. Sentei vendo as pessoas em minha frente dançarem como se o mundo fosse acabar amanhã, isso me fazia sorrir e a vontade de entrar naquela pista e dançar loucamente estava me tomando.

- Aqui - Jimin me entregou um drinque que virei em um gole.

- Vou dançar - Digo colocando o copo na mesa e sorrindo.

Andei até o meio começando a dançar no ritmo da música, dançava loucamente como se dependesse disso. 

Vejo Jimin entrar na pista e me olhar, me virei sorrindo logo pude sentir seu corpo se colando ao meu, colocou suas mãos em minha cintura e começamos a dançar em uma perfeita sincronia, quando Jimin me beija.

Puxei seu pescoço para aprofundar o beijo, apertou meu corpo contra o seu, podia sentir o gosto de álcool e isso era um certo tanto bom.

Distanciou seus lábios dos meus, me puxando da pista e me conduziu até um quarto. Fechou a porta logo me tomando novamente em um beijo prazeroso, me encostou na parede começando a dar pequenos beijos em meu pescoço me fazendo enlouquecer, passa suas mãos em minhas costas abrindo o zíper, tirou meu vestido rapidamente e deixou um sorriso escapar.

- Tão linda. - Disse me beijando.

Deitamos na cama e tirei suas roupas, uma por uma. Quando estávamos prestes a realizar o nosso desejo meu celular toca e era Jungkook.

- Tenho que atender - Digo e Jimin bufa. - O que foi?

- Se esqueceu que ia sair comigo? - Disse se exaltando - Já era pra você estar aqui!

Olhei o horário e já eram 20:00, já se passou tudo isso? 

Me levantei rapidamente e coloquei meu vestido.

- Já estou indo. - Desligo o celular e coloco meu salto - Desculpe Jimin, tenho que ir.

Se levantou me puxando para um beijo novamente - Outra hora terminamos o que começamos, ok?

- Ok! 

(...)

Me encontrei com Jungkook que ficou falando no meu ouvido o caminho inteiro até o hotel, entramos no quarto e eu fiquei de boca aberta de tão enorme e lindo que era. Olhei ao redor e vi uma mesa com um jantar de dar água na boca, não sabia que Jungkook era romântico estou surpreendida.

- Gostou? - Falou sorrindo convencido.

- É... Até que gostei.

- Vamos comer.

Nos sentamos e logo começamos a comer, ficamos conversando e rindo. Jungkook não era tão infantil como imaginei ou como sua mãe me falava, ele era um garoto legal e maduro, só que não demonstra. 

Terminamos de comer e tomar o vinho, me levantei para colocar os pratos na pia, quando sinto Jungkook colocar suas mãos em minha cintura e beijar meu pescoço. Me virou olhando nos fundos de meus olhos, aquele olhar sedutor estava me corroendo por dentro, queria atacar seus lábios mas logo lembrei de que se sua mãe descobrisse estava ferrada e que eu precisava desse emprego, vejo começar a se aproximar e olhar para minha boca.

 Fechei meus olhos fortemente tentando me afastar o máximo que podia, era o máximo que podia fazer, empurra-lo seria impossível... Então a única opção fosse esperar tudo isso acabar.

Escuto Jungkook soltar uma risada fraca, abro meus olhos vendo que tinha me soltado não estava mais entendo nada, ele não iria me beijar? Então porque parou?

- Não ia me beijar? - Perguntei confusa.

- Não irei te forçar a ter uma noite comigo Sun Hee. - Disse sorrindo.

- Aí que ótimo. - Me senti aliviada, talvez Jungkook realmente era alguém maduro.

- Você irá ceder. - Esquece o que eu disse, ele não é. - E quando isso acontecer, estarei te esperando, então agradeceria se não demorasse.

- Isso nunca vai acontecer. - Digo nervosa e Jungkook se aproxima me assustando.

- Grave minhas palavras, você ainda irá gemer meu nome Sun Hee. - Se afastando - Vamos embora? - Falou com um sorriso travesso.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...