História Vamos Brincar?! - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, One Direction, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Camilacabello, Camilag!p, Camren, Larry, Laurenjauregui, Norminah
Visualizações 310
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Orange, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Cap.8: Vamos Brincar?!


Fanfic / Fanfiction Vamos Brincar?! - Capítulo 8 - Cap.8: Vamos Brincar?!

Fazem três hora que Lauren está na sala com o senhor Malik. Durante todo esse tempo eu apenas encarava a porta, apreensiva com o que está acontecendo lá dentro.

Será que ele tocou em Lauren? Será que ela está bem? Eu fui egoísta? Essas perguntas não saiam da minha da minha cabeça.

Levando do sofá bruscamente quando vejo a porta se abrir e de lá sair Zayn e Lauren, ambos com um sorriso no rosto.

Quê? Pera. Lauren sorridente? O que aconteceu?

- Bom Laur já vou indo, até amanhã princesa. -- Deu um beijo em sua bochecha.

Estou perdida, e completamente confusa.

- Tchau Zaza. -- Dá uma risadinha, e agarra sua cintura.

Eu estava estática observando atentamente a cena, o que foi que eu perdi?!  

Ainda agarrada em sua cintura Lauren o leva até a porta, e antes de finalmente ir embora Zayn dá um beijo em sua testa. Lauren fecha a porta e caminha até mim.

- Você tá bem Camz? -- Pergunta me analisando.

- Hã? Oi? -- Balanço a cabeça, voltando a mim.

Então eu fiquei aqui que nem uma idiota preocupada com ela, por nada? Ah mais ela vai me explicar isso direito, se não Lauren que me aguarde.

- Quero que me conte tudo que aconteceu lá dentro, e não me esconda nada. -- Falo um pouco alterada.

Lauren abaixa a cabeça, e brinca com seus dedos.

- Vamos Lauren fala o que aconteceu lá... AGORA. -- Passo as mãos pelo cabelo nervosa.

- Na-Não po-posso Camz. -- Responde encolhendo os ombros.

- Por que não pode? -- Cruzo os braços.

- Por que é segredo. -- Levanta seu rosto para olhar nos meus olhos. - Zaza disse que não posso contar se não ele não deixa mais a Lolo feliz.

Como assim, deixar a Lolo feliz?

- Hm. -- Vou até ela a pegando no colo e levando-a até o sofá, sento e a coloco sobre minhas coxas. - E qual é o segredo que a Lolo não pode contar para Camz?

- Que a gente brinca de beijar. -- Dá uma risadinha e esconde seu rosto na curva do meu pescoço.

Mais é boba mesmo viu. E a tola nem percebeu que me contou. Mas é bom que ela continue bobinha, assim é mais fácil de arrancar algo dela.
Tá mais isso não vem ao caso agora, eles brincaram de beijar? Como assim?

- Como era essa brincadeira Laur?

- Primeiro, eu tava com medo dele, aí Zaza disse que não precisava ter medo dele, por que ele era amigo de Lauren, que nunca faria mal a ela, primeiro Lauren não acreditou no que Zazayn disse, mas aí ele falou que ia mostrar para ela como deixa-la feliz com uma brincadeira bem legal. -- Começou a brincar com meu cabelo. - Lauren ficou animada pois iram brincar, então Lauren disse que iria dar uma chance a ele, então Zazayn brincou com Lauren, bem aqui. -- Tirou sua mão de seu cabelo e apontou para sua boca. - Minha língua brincou com a dele. -- Deu um risinho. - Foi muito bom Camzi. Quero brinca de beijar sempre. -- Diz animada.

Eu vou matar aquele desgraçado. Não acredito que ele fez isso com MINHA Lauren, quem aquele vagabundo pensa que é.

Tiro Lauren do meu colo, e me levanto já sentindo meu rosto esquentar.
- Lauren Michelle Jauregui Morgado, eu não quero você perto dele nunca mais está me entendendo. -- Falo apertando minhas duas mãos em cada um de seus braços. - Nunca mais deixe ele te tocar. -- Balanço u corpo, e ela me olha assustada com indício de lágrimas nos olhos. - Está me entendendo? -- Pergunto em um tom mais alto, estava muito furiosa. - RESPONDA.

- T-tá b-bem Ca-Ca-Camz. -- Abaixa a cabeça, chorando silenciosamente.

A solto, empurrando a mesma no sofá.
- Se apronte. Vamos para casa de Dinah. -- Deixo ela sozinha, subindo para meu quarto.

Decido tomar um banho para esfriar a cabeça. Tiro minha roupa, pego uma toalha limpa no closet e me direciono ao banheiro. Decido banhar-me no chuveiro, a banheira demoraria muito de encher e estou completamente sem paciência para esperar. Entro no box e ligo a ducha.

A água fria caia sobre meus ombros, me dando uma sensação de tranquilidade e paz. Ali era o único momento que eu tinha de pensar no rumo que a minha vida está tomando. De como tudo mudou de uns tempos para cá, quando Clara começou a viajar constantemente, deixando Lauren sobre meus cuidados e de Mike.   -- Pego o sabão e passo por todo meu corpo, lanvando cada sujeita transmitida. -- Por falar nesse crápula, não posso esquecer que ele voltará amanhã, tenho que me preparar para isso. Apesar de ter dezenove anos, dependo dele para me  sustentar, já tentei sair de casa uma vez, mais necessariamente fugir não aguentava mais as agressões tanto físicas, quanto psicológicas, mas sempre ele arrumar um jeito de me encontrar não importava se eu estivesse em outro país ele me achava. -- Depois de ensaboar, enxaguo meu corpo. -- Acabei desistindo de tentar, e aceitando que esse seria o único destino da vida para mim. Viver para sempre nesse inferno. Quer dizer, quase inferno. Com Lauren aqui tudo fica mais interessante. É bom estar com a garota de olhos verdes, me faz sentir no controle, e isso me deixa radiante. -- Desligo o chuveiro, pegando a toalha e me secando devagar, estava sem o mínimo de presa.

Caminho até o closet com a toalha ao redor do meu corpo. Pego uma cueca box e top cinza da Calvin Klein, uma calça jeans preta rasgada no joelho, uma blusa sem manga, curta, relógio de assessório e um tênis vans azul. Visto-me devidamente e pego meu IPhone 7 para ligar para Dinah.

  Ligação on.

- Oi Chancho.

- Oi Cheechee, está em casa né? -- Pergunto descendo as escadas.

- Estou sim pode vim, e traga roupa de de banho, vamos entrar na piscina.

Ligação off.

Antes que eu pudesse contestar, e dizer que já havia tomado banho e não poderia entrar assim como Lauren, que não sabia nadar, ela desligou na minha cara.

Pelo que conheço Dinah Jane, acho melhor levar as roupas de banho. Volto para o meu quarto pego uma mochila para por a sunga branca e a parte de cima de um biquíni preto. Vou até o quarto de Lauren para pegar o seu biquíni, e escolhi um vermelho sangue.

Depois de tudo, realmente, pronto, desço encontrando uma Lauren quieta e triste brincando com seus dedos em cima do sofá. Okay aquilo me comoveu, talvez  só talvez, eu tenha tenha pegado um pouco pesado com ela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...