História Vamos brincar de policia e ladrão?-interativa(vagas abertas) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Visualizações 32
Palavras 1.704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Magia, Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Imagem super nada haver mas eu gosto dela -3-

Capítulo 3 - Uma ideia BRILHANTE!!


Fanfic / Fanfiction Vamos brincar de policia e ladrão?-interativa(vagas abertas) - Capítulo 3 - Uma ideia BRILHANTE!!

N.Rayne

 

Estava prestes a sair de casa para poder ir a aula, quando do nada vejo um trem desgovernado, mais conhecido como Blood, ou Kamilly, ela parece estar feliz oque aconteceu?Já estou prevendo a merda que vai dar, quando eu ia a cumprimentar a mesma me puxou pela camisa quase a rasgando.

 

-PARA QUE ESSA ALEGRIA?-Gritei vendo ela diminuir na corrida .

 

-NIGHT SENSEI CONVERSOU COMIGO !! -Gritou ela parando de correr me abraçando, ...É UM ABRAÇO DE URSO? PUTA MERDA ESSA ALEGRIA AI VAI ME MATAR LITERALMENTE AI MINHAS COSTAS!!

 

-KAMILLY CONTROLE-SE AGORA!!-Gritei fazendo ela se acalmar e me soltar.-Ai minhas costas. -falei ficando em posição de velinha, só falta a muleta.

 

-Desculpa? -perguntou ela com um sorriso bobo na cara.

 

-Desculpada. -falei olhando o meu relógio de pulso.- Eu acho que está muito cedo. -falei andando ao lado dela .

 

-A vamos eu sei o por que você acordou cedo. -disse ela rindo, eu olhei nos olhos de Blood e a mesma me olhou com cara de quem vai aprontar.-Para ver o seu querido Mafia Papy -3- -Disse ela rindo da minha cara e eu corei.-Acertei em cheio !-Afirmou ela sorrindo e logo voltamos a caminhar.

 

-Cala essa boca. -falei virando um tomate.

 

12 minutos depois

 

Chegamos na escola depois de um loooongo, tempo conversando,como fomos as primeiras a chegar na sala de aula podíamos mexer nos computadores de lá,fui para sala de informática sendo seguida por Blood, ela havia meio que...hackeado umas contas lá dos professores,ela descobriu dados do Papy e do Nightmare, então já sabem oque fomos ver né? Isso mesmo nudes dos dois.

 

-Anda logo Blo...-Falei sendo interrompida por ela.

 

-Não me chame assim no colégio. -sussurrou ela colocando a mão na minha boca enquanto digitava uns troços estranhos no computador.-Tu sabe que aqui tem câmeras, e a gente ta sendo procuradas então shhh... -falou ela baixinho dando só para mim ouvir.

 

-Ok desculpa heehee. -falei vendo uma pasta aparecer no pc, fui para frente dele vendo um monte de fotos do Papyrus, não só isso, tinha vídeos dele no banheiro, é hoje que eu não durmo (N/A: 7w7 ).

 

Fiquei vendo um monte de coisas do Papyrus enquanto Blood desarmava as câmeras de segurança uma de cada vez, ouvimos passos de alguém vindo para cá, tentei tirar a página mas não deu certo pois ela havia travado,chutei a tela do pc o quebrando na hora, logo ouvi os passos calmos se transformarem em passos rápidos, significando que a pessoa estava correndo, eu sei que vai dar uma bosta se continuarmos aqui, vi Blood invocar a foice dupla dela e cortar a parede, puxei ela e sai correndo para fora da escola dando uma enorme volta por ela, cheguei finalmente em um lugar calmo, Blood fez a foice dela desaparecer e nós duas limpamos nossas blusas.Nos escondemos embaixo das carteiras como se a gente estivesse com medo.Logo vimos M.Papy e N.Nightmare aparecer na porta com os olhos ativados olhando a gente.

 

-AS DUAS ESTÃO BEM!? -gritaram os dois e a gente fingiu um choro e abraçamos cada um eu abracei Papyrus e Kami abraçou Nightmare .

 

-Calma calma está tudo bem agora. -falou Papyrus fazendo carinho em mim.-Parece que aqueles ladrões agora vieram para nossa escola...-Falou Papyrus me abraçando forte, pude sentir o cheiro de sua camisa oque me fez parar de chorar (N/A:fingir que tava chorando), e me fez o abraçar super forte.

 

-Temos que chamar a policia ou seilá.-Falou Nightmare desabraçando Kami que estava com cara de quem ia chorar mais, coitada amor não correspondido ...Se bem que... Opa !

 

-Sim !!-Assentiu Kami tentando abraçar Nightmare que não deixava.

 

-Eu sei que você está assustada Kamilly,mas seja forte !-Falou ele fazendo cafuné em Kami .

 

-H-Hai ( TuT )-falou ela chorando.

 

Depois de uns tempos nós, nos separamos dos nossos professores e ficamos na sala esperando o novo professor, AH ESQUECI DE AVISAR!! Nosso colégio nos ensina a manejar armas,invocar armas de emergência,magia essas coisas,esse novo professor ele nos ensina novas magias é que o outro, bom heehee eu meio que o matei...Sabe aqueles tipos de professor que não faz porra nenhuma além de mandar a gente fazer as coisas sem nos ensinar?Então era esse tipo.Felizmente, o professor faltou e eu pude ficar junto ao Papyrus, eu estava o procurando em todos os lugares do colégio,eu estava quase desistindo de o encontrar,entrei no banheiro feminino para lavar o meu rosto e quando estava prestes a sair Papyrus apareceu na porta.

 

-Banheiro errado professor. -falei corando um pouco,olhei para o rosto dele e ele estava super corado.

 

-Rayne,  e-eu sinto meu corpo m-meio e-estranho. -falou ele entrando no banheiro me abraçando.

 

-P-Papy ! -falei surpresa virando um tomate, ele ofegava um pouco perco de minha orelha me causando arrepio.

 

-Me a-ajuda por favor. -implorou ele e logo reparei um brilho em suas calças e um forte volume aparecer .-A Kami havia me dado uma bebida estranha que ela disse que tinha feito.

 

(Blood:Fiz porra nenhuma eu comprei em uma van preta por 40 reais :v)

 

Não sei se bato na Kamilly depois ou se agradeço a ela, olhei Papyrus nos olhos e logo fui pressionada contra a parede, Papyrus me beijou, não era um beijo suave e bonitinho, era um selvagem, tentei acompanha-lo oque deu certinho,Papyrus começou a tirar minhas roupas em um modo rápido (N/A:só avisando eu to bem velhinha nesse negócio de hentai e...QUE A GUERRA DE SABRES DE LUZES COMECEM) corei ao me ver nua na frente de Papyrus que riu com minha situação.

 

-Por que eu nunca pensei em te foder antes?Esse corpo é tão lindo. ~ -Falou ele lambendo os "lábios" (N/A: ESQUELETU NUM TEM LABIUZ  :v).

 

Corei no mesmo instante que ele disse aquilo, senti um de seus dedos me penetrar, mordi os lábios aquilo doía...M-Mas era bom ao mesmo tempo,ele começou a chupar meu seio direito começando a movimentar o seu dedo dentro de mim,logo ele colocou mais dois aumentando os movimentos, eu não pude mais me segurar, soltei um gemido meio baixo corando muito, Papyrus aumentava a cada momento os movimentos dos dedos aquilo me enlouquecia para caralho, mas eu não estou satisfeita eu quero meu Papy dentro de mim.

 

-Papy.~ - chamei seu nome (apelido) entre os gemidos. -Eu te quero dentro de mim sensei p-por favor !!-implorei o vendo soltar um suspiro de alivio.

 

Ele retirou os dedos de dentro de mim e parou de chupar o meu seio, desci as calças dele e a cueca vendo seu membro (N/A:AMO CENSURAR ESSA PALAVRA A DEIXANDO MAIS LEVE >:3 Me sinto mais confortável :V) ereto, duvido isso caber dentro de mim, é hoje que a Mia vai me levar de cavalinho para casa,fiquei olhando seu membro por alguns segundos quando senti a mão de Papyrus segurar minha cabeça me fazendo abocanhar seu membro, admito tem um gosto ótimo, comecei ao chupa-lo como se fosse um pirulito, ele tirou uma das mãos da minha cabeça me deixando se movimentar sozinha, e tentou abafar seus gemidos,eu fazia movimentos circulares com a língua,enquanto explorava cada gosto ótimo de seu membro, logo depois comecei a chupar seu membro de forma mais agressiva,ele soltava cada gemido meio alto que me enlouquecia, a cada momento sentia que minha vagina ficava cada vez mais molhada,depois de acho que uns cinco minutos fazendo aqueles movimentos senti as mãos de Papyrus empurrar minha cabeça contra seu membro, logo senti seu liquido quente entrar em minha boca, engoli aquilo meio satisfeita.

 

-P-Papy ! -chamei seu nome corada.

 

Papyrus me colocou deitada no chão e ficou por cima de mim, seu membro estava na entrada de minha vagina quase entrando,abracei Papyrus o beijando circulando minhas pernas na cintura dele,Papyrus cedeu o beijo me penetrando sem pensar duas vezes, soltei um gemido alto, que acho que metade da escola ouviu,Papyrus começou a se movimentar com dificuldade dentro de mim, eu gemia abafado e muito alto, senti como se ele estivesse me rasgando por dentro a cada estocada que eu recebia,comecei a chorar um pouco pela dor, mas aquilo não me importava a dor sumia a cada gemido que eu dava,Papyrus parecia se divertir com aquilo, logo ele separou o beijo e começou a me dar chupões pelo meu corpo, chegou uma hora que eu já não aguentava mais eu abracei mais forte Papyrus que parecia ter entendido o aviso,ele se movimentou mais rápido dentro de mim, eu gemi o nome de Papyrus até que nós dois gozamos juntos, Papyrus não saiu de dentro de mim pois parecia querer que o seu gozo fica-se um pouco mais dentro de mim, logo ele se retirou de dentro de mim e se vestiu, eu fiquei meio encolhida por causa da dor já que...Essa foi minha primeira vez, e foi com o meu amado Papy~.

Me vesti e abracei Papyrus que retribuiu o abraço me dando um beijo na testa,eu acho que estou sonhando, se isso for um sonho eu não quero acordar tão cedo.

 

-Se eu engravidar tu vai assumir que é o pai né? -perguntei meio preocupada e Papyrus soltou uma risada baixa.

 

-Nyehehehe claro que sim, o grande Papyrus nunca irá te abandonar, vamos manter isso em segredo ok?-falou ele sorrindo e eu assenti rindo.

 

-Claro que sim, eu não quero que você seja expulso !-Falei sorrindo e ele me deu um selinho e logo limpamos o gozo que estava no chão, e saímos do banheiro.

 

Que bom que a Kami desligou as câmeras, eu passava pelos alunos corada de cabeça baixa, mas parecia que nenhum deles sabia do que aconteceu,olhei Kamilly encostada em uma parede sorrindo, corri até ela e a olhei nos olhos surpresa.

 

-Como nenhum aluno parece saber oque aconteceu?- perguntei surpresa .

 

-Nhé. -disse ela cruzando os braços. -Fácil eu falei para todos colocarem fones no máximo pois se decorássemos, as letras todas das músicas a pessoa iria ganhar um prêmio. -explicou ela sorrindo, meus olhos brilharam mas eu não sabia oque faria com ela eu quero a bater por que ela fez isso, mas também quero a abraçar, como ela consegue me surpreender assim? 

 

O MELHOR DISSO É QUE EU PERDI A VIRGINDADE COM MEU AMADO M.PAPYRUS!! YEEEEEEEEEEEY!!

 

 (N/A:M.Papyrus é Mafia Papyrus ou Mafiatale Papyrus :V)

 

CONTINUA?


Notas Finais


E ai gostaram? -3-
eu sei que estou enferrujada nos assuntos de hentai mas eu dei o meu melhor.
bye bye chocomentas -3-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...