História Vamos tentar recomeçar - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Cho Chang, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Ronald Weasley, Theodore Nott
Tags Aventura, Draco, Dramione, Fic, Harrypotter, Hermione, Romance, Shipp
Exibições 41
Palavras 836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii
Mais um cap frexxxquinho saindo 😀😀😀

Capítulo 7 - Let's start again



Let's start again


POV DRACO


~som do despertador, 7:30am~


Por incrível que pareça, depois daquela conversa estranha que tive com a Granger na noite passada, acordei com a mente bem mais leve. Parecia que parte do peso e da culpa que eu carregava havia saído de minhas costas. Me levantei devagar e observei meu quarto por um tempo, logo depois parti para minha higiene matinal. 

Cerca de 40mins depois eu estava pronto à caminho da escada, quando avisto aquela que não saia dos meus pensamentos desde então sentada na bancada da cozinha, bebendo algo que eu deduzi ser chá. Ela realmente gosta de chá...


- Você parece apreciar bastante chás...-falei me aproximando da bancada. Ela, que parecia estar absorta em pensamentos, deu um pulo, pondo a mão no coração.

- Nossa, um dia você me mata de susto!- falou, corando em seguida- aceita um chá? Faz bem para manter o bom funcionamento do organismo e ajuda a relaxar...

- Aceito se você me contar se conseguiu dormir melhor depois da nossa conversa- ela fez uma cara de surpresa e pareceu bastante perplexa com o início de conversa.

- Bem... Melhor do que poderia ter sido, pode ter certeza!- ela falou e deu um sorriso tímido- você parece mais leve... Particularmente eu estou gostando bastante desse nosso recomeço.- ela falou e eu dei de ombros.

- Nada que um bom chá não resolva.- falei dando uma piscadela- Melhor irmos, ou vamos nos atrasar.

Ela acentiu e me seguiu até a saída do dormitório. Fomos andando lado à lado em silêncio até o salão e lá nos separamos e fomos em direção as mesas de nossas casas. Não pude deixar de notar um brilho diferente, e até atraente, naqueles olhos castanhos e aquilo me deixou pensativo.


POV HERMIONE


- Amiga, me belisca!- falou Gina aparentemente assustada assim que eu me aproximei da mesa da Grifinoria.

- Mas o que houve?-perguntei sem entender.

- Acho que estou sonhando... Ainda não acredito que vi você e a doninha chegando juntinhos ao salão principal sem tentar algo contra a vida do outro.

- Ora, larga de ser besta!- falei dando um beliscão no braço dela, fazendo-a dar um pulinho- está vendo? Não foi um sonho!

- Mas o que você fez para conseguir essa façanha? O Malfoy finalmente caiu nos seus encantos???- perguntou a ruiva sugerindo segundas intenções- Quem diria, heim Mione?

- Mas você é uma boboca tarada mesmo! Nós apenas conversamos e chegamos à um acordo de paz- falei bem devadar para que aquela cabecinha pudesse processar bem as informações.

- Oras, boboca é você, que esta não está enxergando essa beldade. Só não dou uns pegas nele porque sou louca pelo Harry, mas isso não me faz cega!

- Então acho melhor você finalizar esses comentários, pois seu amorzinho está vindo aí, juntamente com seu querido irmão- falei cínica.

- Você sabe ser chata quando quer, hein Granger?- falou uma ruiva emburrada.

Logo os garotos se juntaram à nós para tomar café da manhã. Em seguida, fomos para nossas respectivas aulas.

O resto do dia passou rápido, mas não pude deixar de voltar meus pensamentos para a noite passada. Eu fiquei realmente intrigada com os segredos de Draco Malfoy ja faz um tempo, mas ontem eu fiquei bastante surpresa com nossa conversa. Ele parecia outra pessoa, parecia em pedaços, um ser destruído em baixo de sua armadura de prata, onde ninguém poderia penetrar. Mas ontem parte daquela armadura se partiu, permitindo um vislumbre de seu oceano cinza, sua alma, seu verdadeiro "eu". Fiquei realmente feliz com o avanço, assustada com a intensidade dele, mas feliz, pois finalmente essa barreira que existia entre nós de alguma forma começou a ruir.


Após as aulas, resolvi passar na biblioteca e garantir os livros necessários para estudar antes que fosse tarde. Segui para o dormitório e, com intenção de ir para a mesinha de estudos, avisto Malfoy desajeitadamente jogado no sofá. Deixei os livros no criado-mudo e fui en direção à ele, que parecia estar em um sono muito pesado. Me permiti analisar aquele semblante por um tempo. Sua pele pálida e seus cabelos bagunçados tão loiros que pareciam platinados ressaltaram suas feições masculinas, porém bastante afiladas e uma boca bem desenhada me prendeu a atenção. Seu corpo era esguio, mas dava para notar a definição dos músculos naquela camisa ligeiramente apertada. Voltei à olhar para cima e quase morri do coração quando aqueles olhos cinzas se encontraram com os meus. Ficamos perdidos naquela troca de olhar até que ele rompeu o contato e se levantou rapidamente.

- Mas não é a Granger sabe-tudo desejando meu corpo secretamente?- falou ele num mix de deboche e graça.

- Mas você se acha muito mesmo- falei e pude notar minhas bochechas queimando- só vim ver se estava dormindo mesmo, pois pretendo estudar- falei tentandl me recompor.

- Então vou para o meu quarto. Não quero atrapalhar o ritual da sabe-tudo. - falou num tom de graça. Não havia mais aquela rispidez em suas palavras.

- Hermione. Me chame de Hermione.- falei séria olhando profundamente em seus olhos.

Ele desviou o olhar e foi em direção às escadas.


- Me chame de Draco.









Notas Finais


Mais um cap frexquinho e bem exguio pra vocês!
Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...