História Vamp School - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rebelde (RBD)
Personagens Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chavez, Christopher Uckermann, Dulce Maria, Maite Perroni, Personagens Originais
Tags Chaverroni, Ponny, Rbd, Vondy
Exibições 9
Palavras 1.086
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


https://youtu.be/d7VDSIjKShU
Clik no Trailer antes de começar a ler.

Capítulo 1 - 1- Era pra ser Apenas um dia Comum


Fanfic / Fanfiction Vamp School - Capítulo 1 - 1- Era pra ser Apenas um dia Comum

 28_/12_/201

6:00 AM

~Ammy abre os olhos aos poucos passa a mão no rosto, senta-se na cama e calça seus chinelos, Logo se depara com uma pétala de sua rosa preta cair~

Ammy.

- Se continuar assim não vai sequer aguentar até o próximo ano.

~Levantou-se de sua cama e arrastou seus pés até o banheiro do seu quarto quando escutou uma música souar~

´´When you feel my heat

Look into my eyes

It’s where my demons hhide``

~ Foi até seu criado mudo e pegou seu celular~

Ammy.

- Alô?

**.

- Bom dia meu Amor!

~ Ammy olha seu celular rapidamente e responde sorrindo~

Ammy.

- Á essa hora Mikaíw? Caio da cama?

Mikaíw.

- Resolvi acompanhar minha gata nos seus exercícios matinais.

Ammy.

-Parece mentira ~Sorrir~ Não vou esperar você chegar ~Dar de ombros~

Mikaíw.

- Não demore a descer!

~Ammy vai até a janela e ver Mikaíw assenando pra mesma que balança a cabeça sorrindo~

Enquanto isso em algum lugar

Na cidade do México

***.

- Dulce meu amor, já estar acordada tão cedo.

~Dulce abraçou os próprios braços ao fechar os olhos~

Dulce.

- Não é nada Rodrigo.

Rodrigo.

- É Aquela mesma sensação de novo?

~ Dulce apenas assente, Rodrigo senta na cama e a abraça~

Rodrigo.

- O que acha que está acontecendo? Será que seu pai estar planejando algo?

Dulce.

- Ele não é meu pai, Com toda certeza, pior que isso! Temo que ele esteja fazendo algo pra algum familiar meu, eu só queria poder lembrar minhas origens

~Rodrigo levanta e começa a vestir sua roupa~

Rodrigo.

- Besteira! Meros mortais insignificantes

~Dulce também levanta e veste uma calça quando escuta alguém bater a porta, se dirige até ela e a abri~

Dulce.

- Anahí? Maite? M-mas.. O que fazem aqui?

Voltando a Grande SP

Ammy.

- Sedentário! ~Rindo sem parar~ Cansou meu amor? ~Apoia o cotovelo nas costas de Mikaíw~

Mikaíw.

- E-eu... Nã-Não ... Sou sedentário

~ Apoiando suas mãos nos joelhos ofegando cansaço ~

Ammy.

- Awn... Que pena que estar cansado, eu ia te dar uma recompensa sabe, mas, deixa pra lá né.

~ Da uma risadinha e corre em direção a um riacho. Ao ouvir aquilo Mikaíw abri um sorriso e rapidamente se pôs a correr atrás dela, Ammy para pra olhar pra trás e é surpreendida por ele a abraçando pondo ela contra a uma árvore ~

Mikaíw.

- Olha, Ainda tenho energia suficiente pra receber minha recompensa

~Morde a olhando quando estão prestes a começar o beijo, uma moto em alta velôcidade perdendo o controle, a moto capota e o motociclista cai bem em cima deles ~

**.

- Auh...

~Fala o motociclista caído~

Ammy.

-Será que dá pra você sair de cima de mim?

~Fala ríspida~

~O Motociclista levantou-se rapidamente e olhou seu pulso onde tinha um relógio~

**.

- Foi mal aí, agora tenho que ir

Mikaíw.

- tá de boa mano..aah ~Levanta~ Vai na paz

~Ammy resmungou de dor ainda no chão~

~O motociclista vai até ela e se ajoelha tirando o capacete. Ammy não pode deixar de olhar, era um cara alto de olhos verdes, pele clara com cabelo preto bagunçada. Ele estendeu a maopra ela~

Ammy.

-Nem vem ~bateu na mão dele e levantou~ Retardado, presta mais atenção! Vem Mikaíw

~Passou por ele batendo ombros e saiu puxando seu namorado~

Um pouco mais tarde em algum canto do Ceará

Christopher.

- Natália, Por favor me deixa quieto.

Natália.

- Claro que não Christopher! E olhe pra mim quando falo

~Christopher a olhou~

Natália.

- Nós tem que se casar homi! De hoje não passa, você vai fazer o pedido num é mermo?

Christopher.

-Natália, olha... Eu.. ~Para de falar a ouvir a porta bater~ Mas... Quem pode ser?

~Vai até a porta e a abre~

Voltando a cidade do México

Dulce.

- Deixa eu ver se entendi, Drácula descobriu que que os Meathos voltaram, e quê quer nos reunir novamente?

Maite.

- Sim, ele vai pegar novos alunos

Anahí.

-Coitados, não é Fácil abandonar seus sonhos

Dulce.

- Infelizmente. Mas e o Christian e o Alfonso?

Anahí.

- Provavelmente já estão lá, temos que ir agora Dulce

Dulce.

- Mas e o Rodrigo? Não posso deixa-lo sem sequer avisar

Maite.

- Dulce minha querida, vai ser questão tempo pra não poder mais vê-lo

Dulce.

- Mas...

Anahí.

- Olha Dulce, mais cedo ou mais tarde você voltaria a ver Christopher

Dulce.

~Forja uma risadinha~

- Nem lembrava mais de Christopher

~ Anahí e Maite se entre olharam ~

Maite.

- Anda vamos logo, não podemos perder tempo

~ Dulce Olha rapidamente pra casa onde Rodrigo estava~

Anahí.

- Vai ? Ou não vai?

Voltando ao Ceará

Christopher.

- Drácula? O que faz aqui depois de tudo? ~Passa para fora e fecha a porta, faz um rápido movimento com as mãos fazendo com que o corpo de Drácula se chocasse contra parede~ Vá embora daqui!

Drácula.

~ Solta uma risada alta ~

- Tolice achar que pode me controlar Christopher, já foi mais inteligente ~ Saí facilmente do poder de Christopher~ Vamos Uckermann não a tempo a perder os Meathos voltaram

Christopher.

~ Dar uma rápida olhada pra Natália pela janela~ tá bem!! Vem vamos logo ~Vai indo na frente~

Drácula.

- Leve Natália!

Christopher.

- É né?

A Grande SP

07:00 AM

Angel.

- Como assim foram atropelados?

~Rindo~

Ammy.

- Um idiota caiu em cima de nós

Evan.

~Se recuperando dos risos~

- Hum... E o que os serumaninhos estavam fazendo na floresta que não viram a moto se aproximar?

~ Faz cara de Safado e abraça Angel por trás~

Stella.

- Ah... Com licença

~ Sai andando, Evan sussurra pra Angel~

Evan.

- Vai atrás dela.

~ e Angel vai~

Não tão longe Dalí

Maite.

- Aah mais paciência cadê esse povo

~ A porta se abre fazendo as meninas voltarem o olhar a porta, Dois homens entram~

Anahí.

-Quem são vocês?

~ Eles se entre olham abrindo um sorriso~

**.

- Não lembra de mim senhorita Perroni?

~ A Olhou sorrindo, e Maite respondeu derretida~

Maite.

- Não rs... Perdão

**.

- Nossa titinha

Maite.

- Christi? ~ Abriu um largo sorriso o abraçando~ Ai que Saudades

Christian.

- May!

Anahí.

- Então se ele é o Christian, você é?

**.

- Isso, Alfonso Herrera. Anahí

Anahí.

- hum.. Não é tanta coisa ~ Sorrir~ achei que fosse um galã de novela

Alfonso.

- Ah.. Mas.. É o que falam

~A porta abre e Christopher e Natália entram acompanhados de Drácula~

Christopher.

- Natália eu já falei.

~ Para de falar ao notar Dulce que também a olhava, Natália continuou falando mais ele não tava nem aí, nossa como era bom rever aqueles olhos, Dulce correspondia a altura, ver Christopher depois de tanto tempo, eles definitivamente não estavam preparados pra isso~

Voltando a escola

~ Ammy tinha acabado de guardar seu material e trancado seu armário quando alguém esbarrou nela~

Ammy.

- Ah não! Você de novo?


Notas Finais


Gente, Comentem é muito importante!!deem sua opinião me ajudem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...