História Vampire - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Rosa

Postado
Categorias Naruto
Tags Sasusaku
Exibições 150
Palavras 1.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Magia
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem ❤️😌Beijos

Capítulo 2 - Capítulo 2


 

 

Prazer:

Eu abri os meus olhos, sentia a minha nuca doer um pouco, e minha visão estava embaçada. Sentei-me enquanto alisava a minha nuca, para ver se a dor passava, e fechei meus olhos, tentando se sentir uma dor aliviava. Depois de poucos segundo a dor passou, e logo abri meus olhos novamente, notando que minha visão já não estava tão embaçada. Olhei para onde estava eu e notei que era uma linda cama, decorada de azul e preto, o que deixava o local escuro mais ainda sim muito lindo.

Olhei para a frente, e notei um lindo homem parado me olhando, ele tinha olhos vermelhos com um cálice de sangue, e os cabelos negros como o ébano, mais o que também me chamou atenção, foi as marcas negras dentro do olhos dele, que parecia um tipo de arma afiada de três lâminas.

Notei que ele era muito bonito também de corpo, apesar de estar vestido em uma calça negra, uma blusa branca de botões, um sobre tudo e azul marinho, quase negro que o deixava ainda mais irresistível.

Dava para se ver os músculos dele bem trabalhados, mesmo vestido, o que me deixou excitada, apesar de eu conhecer o NEM, e isto fez com que eu me sentir-se culpada, e repreender-se meus pensamentos nenhum momento mesmo.

Notei que ele me olhava atentamente, como se Estiver Olhando-se meus mínimos detalhes, só ai então olhei para meu corpo, vendo que eu estava somente com minha fina camisola de seda curta. Então me lembrei Um homem que havia aparecido em meu quarto, e que depois de me levantar da cama assustada, eu ve escurecer tudo e acordei ali.

Coloquei os braços em frente ao meu corpo, como se tentar-se avert-lo de ficar me olhando, mais ele parecia determinado, descobrir em cada curva do meu corpo. Um pouco sem jeito, logo eu comecei um dialogo entre nós.

- Hum ... Quem é você? Onde eu estou?

Continuou em silencio ele me olhando, como se eu não tiver-se falado com ele, e isto me irritou muito, pois eu detesto ser ignorada. Então eu logo falei novamente com ele, mais com a voz um pouco irritada.

- Você não me escutou?

Fiquei furiosa, ao notar que ele não me responderia, então me levantei da cama, ficando ainda perto da mesma, e logo falei muito irritada.

- Você é surdo ou o que?

- Você é irritante.

Eu gelei, ao ouvir aquela voz fria e gelida, seca tão severa e que me fez ficar extremamente excitada. Eu podia sentir a umidade da minha calcinha, enquanto sentia um arrepio descer pela minha coluna, fazendo eu abrir entre os lábios, mostrando um pouco da minha excitação. Mais mesmo excitada, eu ainda estava irritada, e responde logo.

- Olha aqui seu filho da puta, me diz onde eu estou agora mesmo.

Eu olhei os olhos dele se transformarem, ficando em um negro profundo como Onix, o que me deixou ainda mais excitada.

- "Eu sou louca."

Pensei isto, ao notar que fiquei mais excitada. Eu Deveria estar com medo dele, e não sentindo atração por ele, afinal um humano não pode mudar a cor de seus olhos. E eu nunca ve uma pessoas com olhos vermelhos sangue, e sinais estranhos como Aqueles dentro dos olhos.

Sai de meus devaneios, ao notar que ele não estava mais lugar nenhum, ele estava bem atrás de mim, e sua respiração batia em meu pescoço, me deixando ainda mais excitada, enquanto ele sensualmente sussurrava em meu ouvido.

- Se me xingar de novo, eu te mato.

Eu me virei para ele, possuída por uma coragem, que eu não sei de onde tirei, e logo falei com meus olhos faiscando de raiva.

- Eu vou te xingar quantas vezes eu quiser, até você me falar onde estou.

Pude ver um pequeno sorriso para logo se forma nos lábios dele, me assustar, ao ver em um movimento, que não consegui acompanhar com os olhos, ele passar para trás de mim, e logo me jogar na cama, enquanto se deitava sobre meu corpo , me olhando nos olhos, enquanto acariciava meu corpo com uma de suas mãos, e sussurrava.

- Qual seu nome?

Não sei por que, ou qual o motivo, mais senti que devia obedecer a ele, sem nada perguntar, responde logo então.

- Sakura ...

Ele pegou uma mecha do meu cabelo, e ficou admirando, para falar logo.

- A cor de seu cabelo natural, é?

- Hai.

- Hum.

- Quem é você?

- Sasuke ... Sasuke ...

- Sasuke ...?

Ele continuava me olhando e acariciando meu corpo me deixando excitada, enquanto eu o olhava nos olhos. Mais fechei os olhos e gemi, ao sentir uma mão gelada dele sobre minha calcinha, colocando um para o lado, enquanto eu gemia.

- Harrr ...

- Você tem uma bucetinha, bem gostosa.

Não sei por que mais aquelas palavras, ditas naquela voz sexy, enquanto ele me masturbava, me fez gemer mais ainda.

Kami-sama, o que eu estava fazendo? Deixando um estranho que nem conheço, ter intimidade comigo esta, acho que ele não havia percebido que sou virgem.

Ele tentou penetrar um dedo dentro de mim, e sentiu logo uma barreira virgindade da minha, então me olhou com um meio sorriso, enquanto sussurrava para mim.

- Que delicia, você é virgem.

- Hai. O que estou fazendo aqui? Por que está fazendo isto comigo?

- Por que você me deram de presente.

- Como?

- Você é meu brinquedinho, até amanhã, já que morrera esta noite.

- Morrerei?

- Sim.

- Como?

- Sangue seu beberei, até você morrer.

- Você é um vampiro, por acaso?

Eu sorri ironicamente com o que ele havia falado.

- Sim.

Olhei para ele um pouco assustada, quando vê como presas dele. Mais por mais que seja estranho, em vez de gritar e correr ao ver aquilo, eu fiquei mais excitada ainda.

Me senti ainda mais excitada, quando ele Rasgou minha calcinha, e logo sorriu para mim de canto, e se levantou para tirar a roupa. Eu fiquei ali deitada olhando ele, enquanto retira a roupa, aquilo parecia um striper, sem mais claro rebolar ele é.

Depois de tirar toda a roupa, eu pensei que ele ficaria somente com um boxer, mais me enganei, ele tirou TUDO. Eu fiquei louca, ao ver aquele corpo musculoso, ao ver que ele era bem dotado, e coloca DOTADO, nisto.

Eu nunca tinha visto um, ao vivo ea cores, mais em vez de ficar com medo, tapa os olhos e tal, não, eu simplesmente fiquei excitada. Forte Geme, quanto ele se deitou novamente, mais abrindo bem minhas pernas, e colocando a cabeça No meio das minhas pernas, enquanto abocanhava um com uma cavidade minha boca.

Quando eu senti, uma língua aquela gelada cavidade em minha, eu quase gritei de tanto prazer, fazendo com que me contorcer-se de tanto prazer.

Ele me Chupava com vontade, e falava safadezas, que me deixavam ainda mais excitada, fazendo com que eu morder-se meus lábios.

- Nossa Sakura, que buceta gostosa A sua ...

Depois de alguns minutos, sentindo ele me chupar com muita vontade e desejo, comecei logo a sentir, como se uma grande onda de prazer fosse me invadir, logotipo e eu gritei de prazer, enquanto um liquido jorrava de mim, então ai eu que percebe havia gozado.

Morde os lábios com tanta força quando gozei, que acabei o ferindo, fazendo com que sair-se sangue, então pude ver Sasuke subir rapidamente, e lamber com vontade meu sangue, enquanto sugava meus lábios, provando do meu sangue.

Virei minha cabeça para o lado, quando ele soltou meus lábios, enquanto ele se posicionava entre minha pernas, Permitindo eu sentir o membro rígido dele, enquanto ele sussurrava para mim.

- Vou te foder rosadinha agora ...

Não sei o que deu em mim, acho que eu estava louca, ou aquele vampiro me enfeitiçou, por que eu sussurrei para ele.

- Então me fode.

Ele Começou a penetrar-me, eu senti muita dor mais mesmo assim não quis que ele parar-se. Depois dele estar totalmente dentro de mim, eu comecei a sentir muito prazer, mais eu gritei de prazer mesmo, foi quando ele deu uma estocada forte dentro de mim, e mordeu meu pescoço sugando meu sangue.

A sensação de perda de sangue, enquanto ele me fodia, me deixava cada vez mais excitada, e fez com que eu ARRANHAR-se as costas dele com força, enquanto ele me penetrava.

Continua ...

Espero que estejam gostando.

Beijos.

 


Notas Finais


Comentem oque acharam 😅❤️Beijos até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...