História Vampires and me - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V, Xiumin
Tags Park Jimin
Exibições 40
Palavras 1.987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee amorzinhos, desculpe n ter postado é q meu irmão fez coisas erradas e eu estava na bad😁😁😁👏❤❤❤❤❤❤❤hehhehehe espero q gostem do cap de hoje foi feito com carinho😍😍😍😍😍

Capítulo 7 - My vampire


Fanfic / Fanfiction Vampires and me - Capítulo 7 - My vampire

Jungkook on

Eu estou fazendo o meu melhor, para cuidar da _______, mais ainda estou sofrendo muito por causa de meus pais, sei lá sinto um fazio q n é preenchido, claro eu tenho a ______ ela me faz muito feliz e me faz me sentir mais responsável, só q eu gostaria de esperimentar essa sensação ao lado dos meus pais, n é fácil. 

Estou até procurando algo para fazer tipo um hoobie ou até um trabalho, mais já fui em tudo quanto é lugar e nada se encacha comigo.

~Ding dong~

Escuto a campainha e desço, a ______ deve ter esquecido a chave, só pode.

-Oi eu gostaria de falar com o Jeon Jungkook-fala um cara no momento em q abro a porta.

-Sim sou eu-digo e ele abre um sorriso.

-Prazer sou Kim Namjoon-Diz ele esticando a mão e eu a comprimento- ah eu gostaria de falar com vc-ele fala coçando a nuca.

-Claro, quer entrar?-pergunto abrindo espaço e o mesmo entrou.

-Então Jeon Jungkook, sua irmã comentou com o meu amigo Jimin, q vc é muito talentoso e eu estou montando uma boy band e estou a procura de mais um integrante, vc gostaria de entrar?-ele pergunta me olhando e com um sorriso minimo nos lábios.

-olha talentoso, talentoso eu n sou mais estou a procura de algo para fazer e isso seria bom para mim-digo sorrindo e o mesmo sorri também.

-Que ótimo, então amanhã a tarde está disponivel?-pergunta ainda sorrindo e entao eu concordo com a cabeça-ótimo nos vemos amanhã ás 18:00 hrs na minha casa te passo o endereço pelo whats okay-falou saindo.

Jungkook off

_________ on

-omma, appa, oq eu tenho q fazer para parar de ser assim?-pergunto olhando para o tumúlo de meus pais.

Sim, mais uma vez estou no cemitério, fazer oq, aq eu me sinto confortável, aq é o mais perto q posso está de meus pais e nesse momento estou precisando muito deles.

-Então omma, appa-falo limpando as lágrimas q cairam- Amo vcs e espero q estajam em um lugar melhor, quero q estajam muito bem, ouviram, sem brigas-digo me levantando.

Saio do cemitério de cabeça baixa e quando estou atravessando a rua, escuto uma buzina forte, me viro e tem  caminhão vindo em alta velosidade em minha direção.

"MEU SENHOR OQ EU FAÇO?"

a única reação q tive foi abaixar a cabeça ficando com os olhos fechados.

"ASSIM SERÁ MEU FIM?"

Meus pensamentos tomavam conta de mim.

"NÃO SENTIR, NÃO SENTIR"

Escuto mais uma buzina só q essa era mais alta, quando vi q o caminhão iria me atropelar, sinto um abraço forte e logo vejo q estou na calçada.

-Ta td bem com vc minha pekenah?-pergunta Jimin me olhando assustado e com seus olhos azuis.

-O...o...q.ue f....o.i i..ss..o?-tento pergunta mais acabo desmaiando em seus braços.

*Quebra de tempo*

-Uau ela é linda Hyung-escuto uma voz grossa falando.

-Olha, olha vc conhece bem o Jiminnie n quer apanhar neh?-escuto outra voz mais essa era suave e calma.

Vou abrindo meus olhos devagar, pois estava com dor de cabeça e a claridade encomodava.

-Ela ta acordando-diz um garoto loiro.

Minha vista foi voltando ao normal e vejo q o mesmo é muito lindo parece até um personagem principal de doramas.

-Taehyung, eu vou chamar o Jiminnie, cuida dela-diz o dono daquela voz suave e calma q  tmb era lindo.

Pera mais todos aqui são Deuses gregos??, eu morri??

-onde eu estou?no céu?-pergunto me sentando na cama e vejo o mesmo rir.

-n se vc estivesse no céu pelo menos asas eu gostaria de ter-diz ele sorrindo-vc está na casa do Seokjin já q ele é o mais velho é o dono n é mesmo-ele fala rindo-Prazer me chamo Kim Taehyung-fala estendendo a mão e eu logo o comprimento.

-Prazer Jeon _______-digo sorrindo.

-Pekenah vc está bem?-pergunta Jimin entrando no quarto.

-Sim-falo e ele se senta ao meu lado na cama-só estou com um pouco de cabeça mais logo passa-digo sorrindo para ele.

-Taehyung vá comprar um remédio para a minha pekenah fazendo favor-diz Jimin e o Taehyung assenti com a cabeça saindo do quarto- eh acho q te devo explicações-ele fala fazendo seu eye smile perfeito.

-também acho-digo rindo e apoiando minha cabeça em seu ombro.

-Mais acima de tudo oq eu conta, vc deve saber, q eu nunca vou machucar vc, vou te proteger e vc deve comprir sua sua promeça de n me deixar-ele me encara sério, eu só assinto com a cabeça como resposta e tirando a mesma de seu ombro.

-E..eu sou um vampiro-diz ele sério.

-V..va..vampiro?-pergunto me levantando rápido e o mesmo concorda com um simples "huhum*.

Corro até a porta na tentativa de sair mais ela estava trancada.

-Calma deixa eu te explicar porfavor-diz ele vindo muito mais muito rápido até mim.

-J..Jimin d..deixa e..e..eu sair-falo gaguejando.

-Confia em mim, eu nunca te machucaria-diz ele segurando meu rosto com uma mão de cada lado.

N sei pq mais com esse ato do Jimin, eu n fiquei com medo, parece q nele eu poderia confiar, será q eu devo?

-Vc tem 5 minutos-digo firme me sentando novamente na cama.

-Hum-ele respira fundo e fica encarando a porta-Eu nasci com uma doença muito desconhecida e muito grave-disse olhando para td menos para mim-Meus pais na época, fizeram feitiços na tentativa de me curar, pagaram os melhores médicos do mundo mais nenhum deles descobriu o q eu tinha e me deram um prazo de vida para até no máximo 23 anos. Quando cheguei nos meus 17 anos, a doença pioroue minha vida estava por um fio- ele para e suspira-Um dia meu hyung Seokjin levou seu amigo Kim Minseok, na casa de meus pais e Minseok disse q poderia me salvar, meus pais desconfiarão de sua capacidade mais cm n tinham mais esperanças aceitarão sua "ajuda". Ele me deu algo estranho para beber, um liquido vermelho e com gosto de ferro, mais era viciante e dava uma sensação boa, eu tomei td o liquido sem deixar uma gota sequer, se passaram 2 minutos e eu apaguei, sim, eu tinha "falecido". Eu acordei em um lugar estranho e morrendo de sede, fiquei deitado até q ouso duas pessoas se aproximando do local, olho rápido para ver quem era e era meu hyung e seu amigo q me "salvou", eles conversarão comigo me explicarão td menos q eu tinha virado um vampiro. Eu naquele dia tomei garrafas e garrafas de água mais a sede n passava, então sai para dar uma volta na floresta, no caminho eu só via e ouvia a veia dos animais n sabia o pq mais eu queria me alimentar do sangue deles, até q avistei um veado na minha frente e sua veia me chamava,n perdi tempo e devorei a mesma, meu hyung viu td a cena de eu estraçalhando o pobre animal mais ele n falou nada e eu só consegui parar quando o animal morreu, ele me estranhou, pois eu n tinha fome de sangue humano e sim de animal. Se passou 1 ano, até q Minseok descobriu, ele me fez desligar minha humanidade pensando q eu era assim pq tinha pena dos humanos, mais pelo aocontrario eu tinha nojo do sangue deles, mais eu acabei matando uma floresta inteira de animais selvagens, meu hyung descobriu oq ele estava fazendo e fugiu comigo. No meio do caminho encontramos Min Yoongi mais conhecido como Suga, encontramos tmb Kim Namjoon q de cara meu hyung se apaixonou por ele e tmb Kim Taehyung meu transformado os únicos de nóis q gosta de tomar só sangue animal sou eu e Taehyung o resto toma pq n gosta de matar pessoas. Eu vivia fugindo do Minseok, por medo de ele fazer algo comigo mais esse medo passou pq agora eu tenho meus amigos ao meu lado-ele fala sorrindo e ainda n olhava para mim.

-Mais pq vc está aq em Seul?-pergunto me levantando.

-Pq, eu queria voltar a minha cidade natal e ter uma vida normal como um humano-ele se vira agora olhando no fundo dos meus olhos e aos poucos seus olhos castanhos escuros, se transformaram em azuis claros-mais quando te vi n sei, eu me senti vivo novamente, senti q minha humanidade estava voltando e eu me apaixonei por vc sem perceber-ele fala se aproximando-eu sei q vc pode me odiar agr por n ter te contado e tmb pode n sentir o mesmo q eu sinto por vc-diz abaixando a cabeça- mais Eu te amo ________.

-ei eu n te odeio-digo ficando frente a frente com ele e levantando seu rosto, agr seus olhos estavam azuis escuros-Eu n sei como em tao pouco tempo posso amar uma pessoa tanto quanto eu estou te amando Jimin-falo e ele sorri largamente.

Ficamos um tempo nos olhando e sorrindo até ele me beijar, um beijo calmo mais necessitado e com desejo.

Ele me deita na cama devagar, sem parar o beijo ficando por cima de mim, o mesmo desce seus lábios até meus pescoço deixando vários beijos e alguns chupões no local.

Ele tira sua blusa, me dando a vista daquele abs maravilindo e definido dele, sem querer querendo eu mordo os lábios e o mesmo me olha e sorri, ele desce até a barra de minha blusa tirando a mesma com calma como se n ouvesse o amanhã, termina de tirar minha blusa e joga para o lado.

Ele volta a me beijar com mais desejo e começa a massagear meus seios por cima do sutiã, me fazendo soltar leves gemidos no meio do beijo.

Ele desce seus lábios até meu ombro mordendo de leve no local e vai até meu sutiã, o tirando, tampo rápido meus seios e ele sorri.

-N precisa ter vergonha minha pekenah, vc é limda perfeita da ponta dos pés até o ultimo fio de cabelo-fala sorrindo e tirando meus braços com calma.

Ele começa a massagear meu seio e logo abocanha me fazendo jogar a cabeça para trás por puro prazer.

-Ahh Jiminnie-deixo escapar um gemido baixo.

Ele sorri e beija meus dois seios e vai descendo seus beijos para minha barriga até chegar na barra de meu shorts, num movimento rápido ele tira meu shorts junto com a calcinha e da um beijo emcima de minha intimidade.

-hum tao molhadinha só para mim-ele sussura rouco em meu ouvido passando seu dedo em minha intimidade me fazendo arfar.

Ele desce e começa a estimular meu clitóris com a língua em movimentos circulares, me fazendo delirar.

Sem avisar ele enfia um dedo, sinto uma leve ardencia, mais quando ele começa a estocar vai virando prazer.

Ele para me fazendo, olhar para ele confusa e ele se levanta rápido.

-Vc tem certeza q quer isso?-pergunta e eu concordo com a cabeça, ele sorri largamente e tira sua calça junto com a cueca fazendo com q seu membro saltasse para fora e eu corase e muito.

Ele deita em cima de mim e abre minhas pernas, me beija com desejo e vai adentrando seu membro devagar, senti uma ardencia muito grande.

-Ta doendo muito?quer q eu pare?-ele pergunta parando o beijo e limpando uma lágrima q escoreu.

-N Jimin eu quero isso-falo e ele sorri e adentra seu membro inteiro em mim.

-ah tao apertadinha-ele fala meio q foi um gemido.

Ele começa a se movimentar devagar e a dor foi passando.

-Jiminnie mais-digo entre gemidos e ele começa a estocar com força e rápides.

Aquele momento estava sendo perfeito, minha primeira vez com alguém q eu amasse.

-Te amo-ele sussura em meu ouvido.

-Eu tambem te amo-falo e ele aumenta mais a velocidade atingindo meu ponto sensível.

Logo senti um arrepio estranho percorrer o meu corpo, então ele aperta forte minha cintura e da uma ultima estocada, então sinto algo quente dentro de mim. 

Ele se retira de dentro de mim e se deita ao meu lado, puxando a coberta e nos tampando com a mesma.

-Está td bem minha pekenah?-ele pergunta me abraçando.

-está ardendo um pouco-falo manhosa.

-está?-ele me olha e morde seu dedo, oq me faz se assustar, sem avisar ele adentra seu dedo em mim.

-Jimin-digo assustada, mais sinto uma sensação boa e aquela ardência passa.

- Só estou fazendo com q vc n fique com dor meu amor-ele diz me deitando sobre seu peito.

-Obrigado Chimchim-digo sorrindo.

-Boa noite minha pekenah-ele fala beijando minha testa e me fazendo cafuné.

-Bos noite meu vampiro-digo e acabo dormindo.








Notas Finais


N sou boa com hentai mais vou tentar melhorar 😁😁😁😁

Awinn como o Jimin é fofo xonei nele 😍😍😍😍😍

Obrigado por lerem comentem aii please

Desculpa os erros e até o proximo amores bjuuuuuuss com nuttela😘😘😘😘❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...