História The Killer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 4
Palavras 1.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


-Olá meus amores!
Aqui estou eu com mais uma Fic do BTS *aplausos*
Espero que gostem dessa história!
Bjus e nos vemos lá em baixo!

Capítulo 1 - Capítulo 01



Olá, sou Nina Jackson e bem vida à meu mundo!

Tenho 17 anos, moro em Taebaek, uma pequena cidade da Coréia do Sul, com pouco mais de 50 mil habitantes. Aqui todos se conhecem, é um lugar lindo e tranquilo. Vim morar aqui com minha família mas, há dois anos depois de um incêndio, meus pais acabaram morrendo e hoje vivo somente com minha irmã mais velha, Lisa. O que eu acho sobre morar com ela? É legal! Ao contrário de algumas irmãs que tem idades próximas, nos damos muito bem. Ela tem 19 anos, mas parece ser bem mais velha, já que é a responsável pela casa.

Mas você deve estar se perguntando o que minha vida tem de especial pra ser criada uma história sobre ela, certo? Bom... Você verá!

~~X~~

Acordo com o som do despertador, que marca 6:30h, levanto ainda um pouco sonolenta e olho o calendário. Sexta-feira 13!

- Finalmente você chegou! - digo olhando pro calendário e indo logo em seguida pro banheiro.

Toda sexta-feira 13, o prefeito da cidade da uma festa pra todos os moradores. É sempre a festa mais esperada do ano, só perdendo pro natal. Eu, como qualquer outro morador, adoro essa festa. Elas sempre são temáticas e este ano o tema dela será Halloween.

Estamos em agosto, o mês mais quente do ano e o termômetro mede 20ºC. Se eu estou acostumada com esse frio? Agora sim, mas no início foi bem complicado. Eu sou do Brasil e lá morava na região nordeste, talvez a mais quente do país. No estado onde eu morava, quando raramente fazia 25ºC todo mundo tava de casaco e touca, ja aqui, quando por milagre o termômetro mede 25ºC, todo mundo sai de casa com shorts e camisetas mais leves.

Quando termino de fazer minhas higienes pessoais, volto pro quarto ainda de toalha e abro o armário.

- Preta ou azul? - pergunto referindo-me as minhas calças. - Preta! - deciso pegando-a junto à uma camiseta branca, um casaso fino e meus inseparáveis tênis all star preto. Me visto rápido e olho o relógio que está marcando 7hs. Termindo de me arrumar e desço pra cozinha.

Lisa está fazendo o café da manhã. Ela está preparando algumas panquecas e suco de laranja. Assim que me vê ela sorri.

- Bom dia, Nina.

- Bom dia. - respondo o mais fofo possível.

- Está anciosa? - ela coloca dois pratos sobre a mesa e se senta, eu faço o mesmo. - Com a festa, sabe...

- Sim. Yuna, Mia, Holly e eu estamos esperando está festa desde o início do ano.

- Sua amigas? - confirmo com a cabeça.

Lisa não conhece muito bem minhas amigas. Não costumo levar ninguém em casa e mau falo delas. Por quê? Não sei direito. Não as conheço à muito tempo e também não tenho muita intimidade com elas. Ter amigas pra mim é algo novo. Nunca fui de ter amigas enquanto estudava no Brasil mas assim que vinhemos morar aquifiz amizade com Holly, que é a única das três que eu me sinto mais a vontade. No início desse ano conheci Yuna e depois comecei a falar com Mia, a filha do Prefeito.

Assim que termino de tomar café, escovo os dentes, pego minha mochila e saio. No lado de fora eu encontro o Sr. Jung, meu vizinho desde que chegamos aqui. Ele estava acompanhado de seu filho Hopie. Nunca entendi o porque de chamar um garotinho de 7 de "Esperança" , mas só sei que ele é uma gracinha. Tem um sorriso que contagia a todos e uma energia que parece ser de outro mundo.

- Bom dia, Nina. - o garotinho fala com uma carinha fofa assim que me vê e me abraça, encostando a cabeça na minha barriga.

- Uau, Hopie. - digo, fingindo espanto. - Você está muito grande. - ele ri.

- Na verdade, você que é pequena. - finjo ter me chateado com aquilo.

Não sou pequena! Tá... Talvez eu não seja tão alta assim. Tenho 1,5 de altura e ele com 7 anos está quase do meu tamanho, mas não me importo com isso. Altura não é documento, é o que dizem, certo?

- Desculpa, não quis te magoar. - ele fala, parecendo está preocupado.

- Tudo bem, estou brincando. - lhe dou um beijo na bochecha. - Você não deveria estar na escola?

- Estou indo agora. Meu pai que vai me levar hoje - diz e olha para o Sr. Jung, que confirma com a cabeça. - Tchau, Nina.

- Tchau! - digo e sigo rumo à escola.

No caminho, eu me pergunto o que vou fazer após a escola. Estou terminando o 2º ano, no ano que vem é o último e ainda não sei qual profissão seguir. Poderia ser Pedagogía... Psicología... Arquitetura... São muitas opções mas não sei qual devo escolher. Nesses momentos eu queria ser como minhas amigas que ja sabem. Holly quer ser médica, Yuna estilista e Mia quer fazer faculdade de direito pra poder ocupar o lugar do pai na prefeitura. E eu? O que eu faço?

Meus pensamentos são interrompidos assim que vejo um carro preto passar. Dentro dele tinha um rapaz de pele branca, cabelos pretos, um olhar fuzilador e que com certeza não era da cidade.

O rapaz me olhou dentro dos olhos e isso me deu arrepios. Quem é ele? O que faz na cidade?

~~X~~

Chego na escola ainda pensando no rapaz do carro. Yuna assim que me vê, vem até mim.

- Você não vai acreditar. - ela diz, toda animada.

- No quê?

- Há novatos na escola.

- Novatos? Quase no final do ano? - pergunto e ela responde com um "uhum" - Quem são? - pergunto a encarando e vejo que ela está olhando sobre meus ombros, quase babando. Me viro pra ver o que ela estava olhando.

Três garotos impressionantemente lindos estavam vindo em nossa direção. Um loiro e dois de cabelo escuro. Todas as garotas assim que os viram, paralisaram totalmente.

- Esses são os novatos!


Notas Finais


E então? O que acharam do primeiro capítulo?
Comente ai o que achou.

~brulie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...