História Vampiros lindos a duas retardadas - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yuma Mukami
Exibições 84
Palavras 1.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi!!! Coloquei essa foto de capa pra mostrar pra vocês como as gardiãs são, lindas não? E eu postei o capítulo um pouco mais tarde porque HOJE É FERIADO DORMI ATÉ TARDE MESMO E TO NEM AÍ!!!!!!

Capítulo 37 - Pré-festa


Fanfic / Fanfiction Vampiros lindos a duas retardadas - Capítulo 37 - Pré-festa

O resto dos dias daquela semana foram bem iguais, as mesmas aulas, no mesmo horário, tirando uma aula que fizemos pra aprender a teletransportar (é mais ou menos assim, você pensa no lugar estala os dados e você vai pra lá). Menos sábado a noite, então contarei o que houve nesse dia.
Tudo normal estudamos feitiços e técnicas de luta, já com as nossas armas encantadas e espadas fodonas, no início da tarde Black Rose nos chamou.
- Oi vó! - disse quando entrei na sala dela.
- Boa tarde meninas, queria falar uma coisa sobre a festa de amanhã.
- Pode falar. - disse Elen.
- Bem ela vai começar cedo e só vai acabar de noite, então os meninos vão vir pra cá hoje.
- Como?! - perguntei. - Onde eles vão ficar?
- Menina, aqui é um lugar grande pra porra esse lugar é quase uma base de guerra, a princípio ele seria isso, então eles terão onde dormir. Eles vão ficar no mesmo corredor que vocês dois em cada quarto.
- Legal. - disse.
- Ok... - ela pegou um frasco com um líquido preto no balcão. - Bebam isso, vai anular a poção anti-cansaço.
- Certo. - disse. Ela colocou um pouco da poção em dois copos.
- Saúde. - disse Elen bebendo a poção inteira.
- É meio amargo... - disse tomando o líquido fazendo careta, tomei tudo.
- Muito bem, eu já liguei pros meninos eles devem chegar a qualquer momento.
- Como você conseguiu ligar pra eles? - perguntou Elen.
- Peguei o celular da Pietra e liguei pra eles enquanto vocês estavam na aula de técnicas de combate.
- COMO?! - perguntei. - MEU CELULAR.
- Relaxa estressada eu não li nada.... - disse minha avó. - Podem ir pros seus quartos.
- Ok, até amanhã. - dissemos eu e Elen em conjunto.
- Elen, se tá bonita hoje.... - disse enquanto íamos na direção de nossos quartos, depois de uma semana lá acabamos decorando todos caminhos.
- O que você quer? - perguntou ela.
- Nada não posso querer elogiar minha amada amiga. - pisquei os olhos várias vezes tentando parecer fofa, ela me lançou um olhar irritado. - Ok, ok eu quero alguma coisa...
- E o que seria essa coisa? - perguntou ela parando no corredor.
- Pode dormir em outro lugar hoje? - pergutei parada na frente dela olhando pra baixo.
- Por hoje sim... - disse ela.
- Sério?! Obrigado!! - eu sei um abraço nela. - Talvez você possa dormir com o Kanato.
- Que? Não, quer dizer, talvez no mesmo quarto mas não na mesma cama....
- Entendo. - disse rindo.
- Bem e a Nightmare? Eu levo a Foxy comigo, mas a sua vai ficar lá?
- Puta marca esqueci que elas tão dormindo com a gente.
Vou explicar o porque disso, eu fiquei com dó de deixar elas do lado de fora daí eu deixei elas do lado de fora.
- Ok eu penso nisso depois. - disse.
- Ok vou levar minhas coisas pro quarto na ponta do corredor, bem longe de vocês. - disse ela.
- Ok eu vou pegar uns petiscos pras gardiãs.
Eu peguei uns pedaços de bife e coloquei numa sacolinha e fui pro quarto. Passei no quarto que Elen ficaria e dei uns pedaços pra ela entregar a Foxy, depois disso fui pro meu quarto e fechei a porta. Nightmare estava deitada no canto do quarto.
- Oi minha linda!!! - disse pra ela.
Ela me encarou com cara de "o que você quer porra!"
- Trouxe carne pra você. - disse dando uns pedaços de carne pra ela. - Hoje você pode dormir lá fora?
Ela me encarou como quem diz "Por que?"
- Bem, meu namorado vai vir aqui hoje e eu queria que você ficasse lá no jardim.
Ela me olhou e balançou a cabeça em sinal positivo.
- Você é linda! - disse abraçando ela ela lambeu minha bochecha.
Depois de umas horas os meninos chegaram eu fui pro lado de fora.
- Oi meninos. - disse ascenado de longe.
- PIETRA! - gritou Ayato.
- Amor!!! - disse correndo na direção dele. - Que saudade! - disse ele me abraçando fortemente.
- Ei hoje eu tenho uma surpresa pra você. - disse baixinho no ouvido dele.
- Hahaha, como eu senti falta disso... - disse ele.
- Mas deixa essa coisa pra mais tarde... por enquanto fica com isso... - disse dando um beijo nele e como foi bom.
- Eiii esse é o menino que você me contou. - disse Lilian que apareceu do nada.
- Quem é essa? - perguntou Shu.
Eu levantei o dedo pedindo pra ele esperar enquanto ainda beijava Ayato depois de um minutinho a gente parou pra pegar ar.
- Ela.... é.... minha.... avó... - disse ainda recuperando o fôlego.
- Prazer sou Lilian.
- Vovó, esses são Reiji, Shu, Laito, Kanato namorado da Elen, Subaru, Yuma, Kou, Azuza, Ruki e por último meu amor lindo Ayato.
- Prazer em conhecê-los. - disse ela.
- O prazer é nosso. - disseram eles. - Meninas levem eles pros quartos.
- Pode deixar. - disse com um tom malicioso olhando para Ayato, ele arregalou os olhos e deu um sorriso malicioso pra mim.
- Venham garotos! - disse Elen.
Todos se acomodaram em seus quartos Shu ficou com Subaru, Laito ficou com Reiji, Yuma com Kou, Azuza com Ruki, Elen ficou com Kanato e eu, já sabe né?
- Boa noite genten. - disse fechando a porta do meu quarto e depois disso a tranquei.
- Vem cá. - ele me puxou pelo braço e eu cai sentada no colo dele. - To morrendo de sede.
- Vá logo com isso que eu preciso de outra coisa... - disse tirando meu cabelo do caminho dele pro meu pescoço.
Ele atacou meu pescoço e sugou meu sangue bem rápido depois e um tempinho ele me soltou.
- Seu sangue tá diferente. - disse ele limpando os cantos da boca.
- Eu fiz uma transfusão de emergência. - disse.
- Certo, mas agora o que você precisa? - disse ele.
- Você. - disse o beijando vorazmente e aonde isso acabou vocês já sabem galera....


Notas Finais


Bjs até segunda genten!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...