História Vampiros lindos a duas retardadas - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yuma Mukami
Exibições 75
Palavras 1.370
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie!!!! Essa foto é tipo a Pietra, a Elen e a Lilian mais arrumadinhas entende. Boa leitura

Capítulo 38 - Festa


Fanfic / Fanfiction Vampiros lindos a duas retardadas - Capítulo 38 - Festa

(Visão da Elen)
Entrei no meu quarto seguida por Kanato,
dentro de nosso quarto haviam duas camas que eram bem espaçosas eu fui ao banheiro e me troquei, depois disso voltei pro quarto e me deitei pra dormir. Kanato se trocou no quarto enquanto eu estava no banheiro, eu me deitei e ele veio deitar do meu lado.
- Eu já vou dormir.... - disse.
- Eu fico com você. - disse ele com um sorriso no rosto.
A gente namora e tal mas eu não quero dividir minha cama com ele ainda.
- Bem... - não consegui terminar a frase, Foxy de jogou em cima da cama do meu lado e ficou rosnando pra ele.
- Que é isso! - exclamou ele dando um pulo pra trás.
- Essa é a Foxy. - disse passando a mão na cabeça de minha raposa. - E ela pelo jeito quer dormir aqui....
- Como você conseguiu uma raposa?!
- É minha gardiã, eu ganhei ela.
- Certo.... eu acho que vou dormir ali. - disse ele indo pra outra cama.
- Boa noite. - eu virei pro outro lado e fechei os olhos.
- Boa noite. - disse ele depois disso desligou a luz.
No outro dia acordamos cedo ele foi tomar banho e eu escolher um vestido bonito pra ir na festa peguei um verde água na altura dos joelhos que eu tinha, a saia dele era soltinha adoro vestidos assim.
- Pronto... - Kanato saiu do banheiro com uma blusa social branca e uma calça preta e sapatos de mesma cor.
- Tá bonito. - disse pra ele. - Agora u vou me trocar.
Fui pro banheiro tomei banho e me troquei, depois voltei pro quarto pra colocar umas sapatilhas.
- Uau! Como você tá bonita. - disse Kanato.
- Valeu. - disse corando um pouco.
- Vamos. - disse ele me dando a mão.
- Sim, Foxy vem junto. - disse chamando minha companheira.
Abri a porta e fomos pra fora, andamos até o pátio onde seria a festa. Todos os meninos estavam arrumados.
- Elen! - gritei Pietra quando me viu. - Tá gata!!!
- Valeu! Você também. - disse a ela. Ela usava um vestido preto meio curto, sapatos com um salto não muito alto e uma maquiagem bem bonita.
- Elen você chegou! - disse Lilian. - Vejo que Foxy também veio.
- Pode trazer a grardiã junto? - perguntou Pietra.
- Lógico. - respondeu Lilian.
- Ok! - disse Pietra. - NIGHTMARE!
- O que é isso? - perguntou Ayato curioso.
- Espere e verá. NIGHTMARE FILHA DO CAPETA CADÊ VOCÊ?!
Após mais alguns gritos Nightmare apareceu correndo, indo diretamente pra ela.
- Minha linda. - disse Pietra a pantera parou ao lado dela e começou a se esfregar na perna dela.
- Que que é isso? - perguntou Ayato.
- É meu bichinho.
- Bichinho é um jeito carinhoso de chamar isso. - disse ele.
A pantera rosnou pra ele.
- Melhor não irritar ela! - gritou Laito. - Parece ter o mesmo temperamento da sua garota!
- Ah cala a boca! - gritou Pietra.
- Nossa irritada... - disse ele.
- Querido! Pega suas palavras enfia no cu e gira pra ver se é bom! - disse ela.
- Essa é a minha garota, se parece tanto comigo. - disse Lilian. - Agora vamos curtir a festa!
Dançamos bastante contamos várias histórias engraçadas e outras coisas.
- Onde vocês estudam? - perguntou Valentim que estava junto com a gente.
- Numa escola noturna perto da casa deles... - disse. - Mas não sei se vamos continuar indo pra lá.
- Lógico que vamos. - disse Pietra. - A gente só sai de um liga diferente todo dia. Teletransporta pra um beco qualquer sai de lá e vai pra escola assim não tem padrão pra rastrear.
- Boa ideia. - disse Mizuke.
- E o namoro da minha neta como anda. - disse Lilian.
- Bem ativo pelo que parece! - disse Laito.
- Como assim? - disse Valentim.
- É que.... - começou ele.
- Calado. - disse usando um feitiço de comando pra fechar a boca dele.
- Hahahaha. - ri da situação dele. - O gato comeu a língua?
- Vai ficar quietinho? - perguntou Pietra.
Ele balançou a cabeça positivamente.
- Bom mesmo.- ela desfez o feitiço.
- Nunca.... mais.... faça.... isso... - disse ele recuperando o fôlego.
- Mas um namoro assim é tão bom... - disse Lilian encarando Pietra.
- Vó! - exclamou ela.
- O que foi é verdade...
- Vamos mudar de assunto! - disse.
- Concordo. - disse minha colega.
- Bem antes de vocês irem embora de vez, vou dar um presente pras duas. - disse Mizuke.
- Sério? - perguntei.
- Claro! Eu vou buscar. - disse ele.
Depois de um tempinho ele voltou com duas pequenas bolsas de mão, uma vermelha e a outra preta.
- Aqui está, um kit de poções tem tudo que vocês vão precisar pra fazer suas misturas por quatro meses se eu não me engano, quando acabar vocês voltam pra pegar mais. - disse ele nos entregando as bolsas, a preta pra mim e a vermelha para Pietra.
- Mas isso é tão leve e tão pequeno, não cabe nem metade das coisas que vamos precisar aqui. - disse.
- Abram e vejam com seus próprios olhos.
Abri minha bolsinha desconfiada e olhando em seu interior vi vários potes de plástico com etiquetas dizendo seu conteúdo e alguns pequenos caldeirões.
- Uau! - disse Pietra. - Como tudo isso coube aqui?
- É uma bolsa enfeitiçada, tem bastante espaço nela, cabe isso e mais algumas coisas que possam precisar. - disse Valentim.
- Eu tenho uma igual, na minha eu guardo até uma barraca de camping caso eu precise. - disse Lilian.
- Uau! Valeu é bem útil. - agredeci.
Conversamos mais, dançamos, comemos, bebebos. Até umas 19:00 quando meu telefone tocou.
- Calma ae! Tenho que atender. - disse.
Olhei pra tela e estava registrado como número desconhecido. "Quem pode ser?" - pensei.
~Ligação~
E: Alô?
D (desconhecido) : Oi.
E: Quem é?
D: Não sabe quem eu sou?
E:.Não, se não tem nada a dizer pare de me ligar!
D: Isso lá é jeito de falar comigo!
E: Quem é você pra me dizer como eu tenho que falar!
D: Tem certeza que não me conhece?
E: Não! Quem é?
D: Sua mãe.
E: Mãe? Desculpa eu não sabia quem era...
M/E (mãe da Elen): Tá certo, só liguei pra avisar que eu vou passar na sua casa hoje a noite.
E: Como?
M/E: Eu e seu pai resolvemos ver como você e sua amiga estão. Então estamos indo pra sua casa.
E: Mãe espera... (não consegui terminar)
M/E: Estamos saindo de casa chegamos ai as 21:00. (ela desligou o telefone)
~Fim da ligação~
Corri até a mesa onde todos estavam exceto Pietra e Ayato.
- Cadê a Pietra e o Ayato? - perguntei.
- Devem ter ido se pegar no cantinho. - disse Laito.
-.... eu vou chamar ela. - disse começando a procurar ela.
Laito estava certo os dois estavam se pegando num cantinho.
- Pietra. - disse.
- Agora não... - disse ela entre alguns beijos curtos que eles davam.
- Minha mãe vai em casa hoje... - disse.
- Como?! - disse ela afastando Ayato.
- Ela vai pra lá hoje. - repeti.
- GALERA! CÓDIGO AZUL! - gritou ela.
- O que é um código azul? - perguntou Lilian.
- Azul de fudeu! - disse ela. - Vó eu vou sair mais cedo.
- Por que? - perguntou Lilian.
- Porque minha mãe vai lá pra casa. - disse.
- Meninos arrumem suas coisas! - disse Pietra.
Arrumamos nossas coisas rapidamente e depois fomos nos despedir de todo mundo.
- Venham nos visitar sempre que quiserem. - disse Lilian quando estávamos indo embora.
- Pode deixar. - disse Pietra.
- Até mais pequena! - disse Valentim abraçando Pietra.
- Não sou mais tão pequena assim. - disse ela.
- Obrigado por tudo! - disse ascenando pra eles.
Entramos no carro e fomos pra casa, espero que tudo corra bem.


Notas Finais


Até mais!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...