História Vampiry Academy:" por que minha vida é tão estranha??" - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Academia de Vampiros (Vampire Academy)
Tags Ação, Aventura
Exibições 14
Palavras 1.443
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aviso: nessa fica contém vampiros saradões kkkkkkk🙈🙈💖💖💋👏👏

Capítulo 1 - Viagem de carro


Fanfic / Fanfiction Vampiry Academy:" por que minha vida é tão estranha??" - Capítulo 1 - Viagem de carro

               Querido diario , São Valadimir uma especie diferente de colegio , claro ,lá apremos álgebra, quimica , português essas coisas assim,mas e bem mas complicado do que você pensa,tem magia , estacas de pratas , armas de fogos ,vampiros e é eu não estou brincado . Meu nome é Bela eu sou um caso raro - raríssimo de dampiro , um milagre da natureza por que como sabem vampira não pode ter filhos com um dampiro e surpresa meus pais são dampiros e como eu nasci ? Só Deus ! Eu sendo dampiros isso me torna uma guardiã . os guardiões são responsáveis pelos morois- ou seja protegemos eles- que no caso a minha moroi é umas das minhas melhores amigas Elysabeth Ozera Dragomir ou faça como eu e simplesmente chame - a de lyssy - foi mal sutaque - lyss vocês já devem saber quem são os pais dela Vasilisa Dragomir e Christian Ozera engraçado não achá . uma palavra que meus amigos usasam pra me definir " perfeita "  aluna perfeita , eu não acho perfeita o adjetivo certo pra me definir - até mesmo por que perfeito não existe como adjetivo no meu vocabulário- ate mesmo por que eu tenho vários defeitos - eu acho -eu tenho 6 melhores amigos Camilly Rinaldi - acredite se que ser ,Nathanall Ozera Dragomir - filho mas velhos ,Deniall - dó que ? Ninguém sabe , Cauter Ashford e Elisabeth Ozera Dragomir - filha mas nova ( Milly , Nathan, Deny , cauter , Lysse ou Lyss e eu Bell ) Nathan e Lysse são irmãos um com juízo e outra com senso de rebeldia , Milly ela é filha única e minha melhor amiga mas eu não suporto a mãe dela , Deniall é um pouco azedo e joga na cara a verdade de vez em quando mas você se acostoma , Cauter é um doce de garoto mas é bastante assanhado é cuidar deles é bem difícil acredite mas eu não pediria amigos melhores                                                                                                                               Bela Belikov

- Bela ! Acorda , acorda adormecida - souar um voz doce e familiar na cabeça de Bela - florzinha ? Vamos deixa de priguisa - Falava a voz e como de costume ela preferia bater primeiro e depois ver em quem ela batel - Aaaaiiiii!!! - dizia um garoto de pele clara e cabelos roivos como sangue. Ele tinha certeza absoluta que o soco de Bela tinha quebrado seu nariz .                                                                                                - eu não me lembro de pedir despertador - Bela diz centado na cama com os olhos ainda pesados.                  - boenos dias pra uste tabiem - diz cauter passado a mão no nariz que sangrava.                                                - Buenos cauter , Buenos - ela retribue o bom dia se espriguisando ainda dentada na cama - Que ,que horas são ?- ela pergunta a cauter quando ver que o sou esta se pondo                                                                              -são 17:00 - ele diz pra ela que se assustou com o horário . Bela costumava acorda bem cedo todo dia.           - acho que dormi tarde ontem com o treino - ela treinava pra libera a raiva e não matar ninguém as vezes.    - que hora? - ele pergunta preocupado . Bela sempre terminava oque começava e se tinha haver com bater.   - acho que ... - ela é enterro lida por cauter que cetara no chão quando a dor passou um pouco.                      - to ouvido muito "acho " nessa conversinha sua - ele diz espremendo os olhos pra ela                                         - como eu dizia acho que 13 : 30 - ela fala deixando cauter ainda mas preocupado                                               - sê tá louca menina!!!- ele ele disse com os olhos arregalados - e se tivesse se queimado ?? - ele diz.            - mas não me machuquei - Bela nasceu com uma doença rara e estranha que tinha seus prós e contra . um tipo muito raro de " alergia ' . na nossa pele existem globos na qual agem quase como protetor solar os dos morois já são fracos por natureza e os de Bela simplesmente não existe fazendo sua pele queimar e avermelhar isso não ira matala mas ira machucala pra caranba - eu to legal tá bem - ela fala puxando a manga do pijama pra baixo                                                                                                                                                - seu pijama - ele diz observando as mangas compridas dele . Bela mesmo com todo não é uma garota bagunçeira e tem um macacão específico pra cada estação do ano  pra todos os tipos de raios de sol.           - qué que tem ?- ela se distae um pouco mas já sabia a resposta de cauter.                                                            - é de inverno e estamos no outono - ele fala se levantado e sentando com ela na cama - tenha mas cuidado da próxima florzinha você pode se machacar pra valer fazendo isso sabia - cauter sabia oque Bela estava realmente fazendo na noite passada mas não contara a ninguém e nem ia contar era um segredo dele e dela . e Bela era esperta e inteligente e sabia se cuidar sozinha com ou sem ela e isso não era segredo pra ninguém - e você mente muito mal sabia ! - ele tenta mudar de assunto.                                           - tenta mentir pro seu melhor amigo que por acaso tem uma " ligação" com você - no mesmo estante Bela para um soco de cauter com a mão - tenta de novo mas sem rir do ar na próxima vez                                          - você quebrou meu nariz e eu vou te pegar - ele diz ficando menos de um centímetros de seu rosto olhando diretamente nos olhos castanhos mel de Bela                                                                                                - então eu sou tenho uma coisa a dizer... Lá ela !!! Você pegar a mim - eles caíram na gargalhada encima da cama de Bela eles eram tão amigos que não cosigian se ver como algumacoisa a mais . Ele se levanta e vai até a porta do quarto  Bela ficou um tempo sem entender nada ficou boiando boiando.                                       - vai se arrumar florzinha o carro já já sai - ele diz antes de sair deixando Bela mas boido do que já tava.         - carro? Que carro ?- ela se pergunta dentada em cima da cama prendedo o cabelo em um rabo de cavalo      - * é surpresa * - ele reponde pelo laço ela fica um pouco preocupada mas confia no Nathan pra dá um pouco de juízo a turma quando ela não esta por perto.   Ela se levanta e vai pro banheiro toma banho ,escova os dentes ,desebaraça o cabelo e vai se vestir coloca um tipo de maio por baixo da roupa um tipo estranho de maio que é impenetrável, uma camisa branca , uma causa jeans preta , uma bota marrom , e um casaco com estava escorsesa vermelho sangue depois foi atrás de Lyss e de Milly 

Milly e Lyss estavam do outro lado do patio, Milly estava dando polinhos de alegria- como sempre - e Lyss estava brincando com o cabelo a mente das duas parecia esta longe e bela não precisava de nenhum laço psíquico pra saber disso . Lyss estava usando um short de camurça marrom ,uma blusa branca ,e um bleiser sem manga que combinava com a bota cano corto e o short , Milly estava com um vestido que prendia no pescoso rosa , capote jeans azul com uma bota preta de couro - mesmo com o salto não parava de pular - quando perceberam a amiga  estavam saindo de transe profundo e sonolento.     - aaaaaa- gritou a de cabelos laranja - Bel você tá Show de bola - Milly dizia enquanto Lyss revirava o olho.      - Show de bola quem ainda fala isso ?- Bela pergunta já acostumada com o rosto de Milly que sempre estava alegre e radiante com os enorme olhos que sempre via magia e bondade em tudo e em todos.                         - Ela !kkk- falou Lyss com o ar de " ta na cara " ela era uma garota rebelde e divergente mas boazinha e gentil mesmo com as encrencas ela nunca deixava de ser doce e legal por dentro e por fora.         - iai ,oque foi que vocês aprontaram hoje ??- ela pergunta olhando nos olhos azul marinho de Lyss que começou a andar até um carro preto que tinha ali perto Milly foi saltitando e cantando e Bela foi seguindo elas com um certo desconforto                                                                                                                                         - feliz aniversário- diz Milly quando chegam no carro, um carro preto e grande um carro que era bem familia - o que ?aniversario  ? Meu aniversario não é hoje, não que eu me lembre- ela diz um pouco confunsa . aqueles 5 deixam a cabeça de qualquer um girando

Continua... 

 


Notas Finais


Foi mal pessoal e muita coisa pra escrever em um dia .
Amanha eu continuo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...