História Vatican Dragon - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Dragões, Drama, Ficção, Hibridos, Militar, Romance, Vaticano
Visualizações 13
Palavras 694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


:vv

Capítulo 5 - Pan...ties?


No caminho a Capela, Iappo encontra Stefaine...

-Stefaine!! – ela finge não ouvir e se distância. – Stefaine!!! – Iappo chega mais perto.

- O que você quer comigo!?

- Que arma você vai pegar Stefaine?

- O Rifle de Precisão.

- Hm... Por que?

- Por... Nada – Ela parecia incrivelmente distante quando falou isso. –  Mais alguma coisa?

- Eu também queria pedir desculpas pelo que aconteceu hoje de manhã... eu as vi... – Quando Iappo disse isso Stefaine ficou vermelha. – Desculpa...

- E-e o que achou..? – Stefaine pergunta com o rosto virado para o lado, agora com uma expressão um pouco mais séria, mas mesmo assim vermelha.

- Como assim, o que achei?

- Exatamente isso, o que você achou, não vai me discriminar ou coisa do gênero?

Iappo mesmo confuso respondeu:

- Por que eu faria isso? Eu as achei muito fofas! – Stefaine o olhou com o rosto todo vermelho, mas mesmo assim com um sorriso.

- Sério!? Sério mesmo!?

- Sim... Por que alguém descriminaria  alguém por causa do tipo de calcinhas que usa? – Nesse momento Stefaine parou.

- Ah... O que você viu..?

- As suas calcinhas, quando estava indo pegar o seu uniforme... Não era esse o assunto da conversa?

- Você viu as minhas calcinhas? – Stefaine se encolheu um pouco de vergonha – Seu indecente! Pervertido! – Mais uma vez Stefaine sai em disparada na frente de Iappo.

“Se nós não estávamos falando sobre as calcinhas, então era sobre o que?”

Foi quando chegaram na Capela que a ficha de alguns caiu, Sistina não era mais uma capela e sim um Paiol, quase não se via as pinturas das paredes, pois estavam cobertas por armas e mais armas.

Iappo escolheu a Katana porque a achou muito legal e  porque presumiu que Stefaine pegasse uma Foice ou o Rifle.

Além da Katana lhe foram entregues 3 Anios, uma Pistola e uma Adaga, relativamente grande.

Depois de todos escolherem as armas o general voltou a falar:

- Esse ano será crucial para aprenderem a usar corretamente a sua arma! Vocês serão separados em 3 classes, uma para cada tipo de arma, fora as aulas de pistola e de combate a curta distancia usando a adaga! O resto do dia podem usar como quiser! Dispensa-

- Senhor! Podemos usar o campo de treinamento como bem entendermos? – Mais uma vez Stefaine e suas perguntas...

- Sim Soldado! Agora, dispensados!!

“E pensar que ela já vai treinar, eu vou voltar para o quarto e descansar que ganho mais...”

Iappo foi caminhando numa boa até seus aposentos, balançando sua Katana, quase cortou algumas pessoas enquanto andava, mas ta de boas, porque foi quase.

Entrando em seu quarto, Iappo larga a sua Katana na cama e vai tomar um banho, porque depois de quase dois dias sem tomar banho o seu cheiro estava de matar. Depois de tomar o banho e de se secar, mais ou menos, Iappo fica parado no espelho, se olhando.

“Por que ela sempre acaba por fugir de mim? Um gato de olhos verdes, pele pálida e cabelos pretos... Será que ela fugiu porque eu sou muito gostoso? Não, não parece coisa que ela faria, mas eu conheci ela ontem, então posso estar enganado...”

Nesse tempinho Iappo se vestiu e estava tentando escolher um nome para a Katana...

- Será que Yama..? Taka..? Precisa ser algo legal... Ku...ne? Não...

- Que tal Aka? É simples e tem um certo impacto – Stefaine estava escorada na porta enquanto falava isso.

- Isso! Obrigado Stefaine... – Iappo olha para a porta... – Stefaine! Desde quando você está ai!?

- Desde que você começou a criar esses nomes para a sua Katana – Iappo queria morrer de vergonha naquele momento. – Agora estamos quites.

- Não estamos não, bisbilhoteira!

- Olha quem fala, amante de calcinhas!!

Os dois começaram a rir, muito...

- Stefaine..-

- Pode me chamar de Stef.

- Então, Stef, o que são essas coisas nas suas bochechas? Parecem es-

- Não são nada! Deve ser alguma sujeira! – Stef vira o rosto, pega sua roupa e vai para o banheiro.

“Pisei na bola de novo, não?” Os dois pensaram nisso ao mesmo tempo. Quando Stef saiu do banho Iappo já estava dormindo...


Notas Finais


Criatividade ta bombando, popularidade não.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...