História Vazio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Osomatsu-san
Personagens Ichimatsu Matsuno, Karamatsu Matsuno
Tags Ichimatsu, Karaichi, Karamatsu, Nawta, Osomatsu-san
Exibições 30
Palavras 507
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Slash
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu só consigo escrever coisa assim nessa categoria mds.

Capítulo 1 - Capítulo Único - Vazio


 

Capítulo Único — Vazio. 

 

Chovia incessavelmente.

 Podia-se ouvir o barulho da chuva a bater fortemente contra o telhado, isso não prejudicava os doces sonhos que os Matsuno estavam tendo no entanto havia apenas um dos sêxtuplos que estava com dificuldades para dormir, este era Karamatsu. Diferente do que se imagina, Karamatsu não estava conseguindo dormir por culpa da chuva mas sim por culpa de seus pensamentos.

Levantou-se com certa dificuldade e saiu do quarto indo em direção a cozinha. Ao chegar ligou as luzes, seus olhos arderam levemente por causa da claridade, suspirou e foi em direção a geladeira abrindo a mesma e tirando uma garrafa de vinho tinto suave de dentro.

— Eu preciso de uma bebida. — Disse a si mesmo pegando uma taça de vinho.

Encheu completamente a taça e bebeu o líquido forte de uma só vez, limpou a boca na própria camiseta enquanto seus olhos voltavam-se novamente a taça que agora se encontrava vazia.

— Isso é tudo uma porra... — Disse enquanto se preparava para encher mais uma vez a taça.

— Falando sozinho? 

Karamatsu assustou-se a ouvir a voz semelhante atrás de si, virou-se de forma rápida para olhar a face de Ichimatsu.

— Ah, é você... Achei que estivesse dormindo. — Disse Karamatsu, voltando sua atenção ao vinho.

— Eu estava. — Respondeu Ichimatsu sentando-se ao lado de seu irmão.

— Hum... — Suspirou.

— Eu não me importo, mas vou perguntar. O que há de errado com você? — Perguntou Ichimatsu, apoiando seus braços sobre a mesa.

— O que?! Não tem nada de errado comigo... — Respondeu visivelmente nervoso.

— Você está bebendo em plena madrugada, há algo de errado. — Disse a encarar a face de Karamatsu. — Vamos lá, abre o jogo.

— Eu só... Estou com medo. — Respondeu passando as mãos pelos cabelos. — Um dia nós iremos nos separar e como eu vou ficar? Sozinho, sem ninguém... E o pior disso é que eu ainda me iludo achando que um dia as minhas Karamatsu Girls irão chegar, só que... Elas não vão vir.

— Uh.

— Porque você acha que eu estou sempre usando óculos escuros? Toda noite eu choro. — Olhou dentro dos olhos profundos de Ichimatsu. — Você já se sentiu sozinho mesmo estando com outras pessoas a sua volta?

Ichimatsu não podia negar, por mais que fossem óbvias as confissões do irmão, ele nunca imaginou que pudesse sentir que havia coisas em comum entre os dois.

O tempo todo. — Respondeu Ichimatsu olhando para Karamatsu.

— Então você sabe como é... Eu só gostaria de parar de sentir esse vazio... — Seus olhos se encheram de lágrimas, relutantemente ele começou a chorar. 

Ichimatsu sem pensar duas vezes puxou o irmão pela camisa iniciando um abraço forte e caloroso. 

Eu estarei com você até o final e eu prometo que você nunca mais se sentirá sozinho. — Disse Ichimatsu a acariciar os cabelos do irmão.

Karamatsu não conseguiu proferir uma palavra ao irmão, aquilo o deixou de fato muito surpreso então ao invés de dizer algo ele agiu. Abraçou seu irmão fortemente com um leve sorriso no rosto enquanto ainda chorava, só que agora era por um motivo mais feliz.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...