História Vc mudou a minha vida!! - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Carmen, Fifth Harmony, Shawn Mendes
Exibições 207
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpa a demora...semana passada foi bem corrida e ainda por cima fiquei doente...

Capítulo 5 - 5


POV Camila

Após o intervalo voltamos todos para a sala e logo entrou a professora de Espanhol. Super agitada e feliz de um jeito que deixa todos alegres também. Ela é nova e muito bonita, tem cabelos castanhos longos e com uma franjinha super fofa. Logo amei ela.

Maricruz: buenos dias mis amores. Extrañe a todos. 

Lauren: nosotros te extrañamos mucho Mari. Creo que eres la mejor professora aqui.

Dinah: la vem a branquela...como ela consegue falar tão bem?

Vero: professora...pode traduzir por favor? (Vero falou e todos riram, inclusive a professora).

Maricruz: claro Veronica, eu disse bom dia e que senti falta de todos e Lauren disse que sentiram minha falta também e que sou a melhor professora daqui. Gracias Lauren. Mis amores, esse ano terão que se esforçar um pouco, pois é o último e será um pouco puxado. Sei que muitos não gostam de espanhol, porém é um idioma muito importante apesar de ninguém achar isso. É o segundo idioma mais falado no mundo gente.

Dito isso ela pede pra abrir o livro e começamos uma leitura. Ela gosta que cada um leia um parágrafo e ao longo da leitura vai traduzindo, explicando algumas coisas gramaticais e também corrigindo alguns erros de pronúncia. Quando chega minha vez eu fico toda vermelha. Odeio a atenção toda para mim...

Maricruz: nossa sua pronúncia é perfeita...você é nova aqui ne? Como se chama?

Camila: sou Camila.

Maricruz: opaaaa...calma aí que só com essas palavras e esse nome já percebi que não é daqui. Nao me diga que também é de Porto Rico como eu?

Camila: não senhora, sou Cubana, mas moro aqui desde pequena. Ainda não sei porque tenho tanto sotaque na verdade.

Maricruz: aaaa sim logo percebi, mas o sotaque não sai da gente não viu, ele as vezes se mascara, mas nunca sai hahahahah. Bom saber que temos mais alguém que fala espanhol aqui, não sei se sabe, mas a Lauren também fala e super bem.

Dito isso eu olhei para Lauren e ela sorriu meio sem jeito. MEU DEUS...porque tô sentindo tudo isso??? Será que estou gostando dela? Aaaaa Karla Camila cala a boca você mal conhece a menina. Ela só te chamou a atenção por ser linda, simpática, inteligente e tem aqueles olhos perfeitos...nada mais...aaaaaaa porque to sentindo tudo isso??? E porque diabos estou falando comigo mesma??

Olhei novamente para Lauren e a mesma continuava a me encarar, mas agora com uma expressão meio séria, como se tentasse ler meus pensamentos. Senti minhas bochechas arderem e desviei o olhar. Se ela soubesse o que tô pensando...

A aula logo acabou e chegou a aula que eu mais temia...educação física. Porque precisamos dessa matéria mesmo? Só o que ganho com isso são roxos e mais roxos, hematomas e mais hematomas...porém, preciso falar com o professor sobre eu ainda não poder fazer atividades muito pesadas, pois ainda faz três meses que tive meu filho e só posso fazer esforço e correr, essas coisas, após seis meses. O problema é...tô  morrendo de vergonha. Resolvo chamar Mani pra me ajudar...

Camila: Mani...posso falar com você rapidinho?

Normani: claro Mila, vem. O que aconteceu?

Camila: na verdade preciso de um favor...preciso falar com o professor que ainda não posso fazer atividades fisicas por conta do parto. Só posso após seis meses, mas estou com vergonha. Pode ir comigo??

Normani: ai Mila é só isso? Claro que vou com você. E na verdade preciso te contar uma coisa. Não sei se podia, mas eu falei pra Dinah sobre você ter um bebê. Desculpa, mas tive que dizer porque ela estava com um pouco de ciúmes de eu estar sempre com você e ainda por cima iremos fazer o trabalho juntas e você sabe né...

Camila: Nossa Mani, mas por favor fala pra ela não falar pra ninguem ainda por favor. Sofri muito com isso na outra escola e não quero isso aqui também. (falei quase chorando);

Normani: calma Mima, desculpa, mas eu precisava falar pra ela, estamos tendo uma coisa juntas sabe? Começamos a ficar e acho que vai pra frente e com ela com ciúmes fiquei com medo de perder ela, pois gosto dela de verdade, mas fica tranquila que ela não vai falar nada e ainda disse que irá te ajudar e te defender sempre. E com relação aos outros, quando você resolver falar eu tenho certeza que irão te compreender e nunca irão te tratar diferente por isso. Eles são meio loucos, mas são ótimas pessoas e nunca fariam algo de mal pra você.

Camila: tudo bem Mani, mas ainda não to preparada pra contar...vamos lá falar com o professor por favor. 

Sai puxando Mani pela mão e resolvi acabar com esse assunto logo. Assim que falamos com o professor ele super entendeu e disse pra eu ficar sentada nas arquibancadas apenas assistindo. Falei que usaria o banheiro primeiro e já voltava e ele assentiu. Deixei Mani na quadra e andei até o banheiro. Na verdade não queria usar e sim queria ligar pra casa e ver se tudo estava bem. Assim que liguei pra minha mãe ela disse pra ficar tranquila que tudo estava bem. Disse que o Victor experimentou uma banana hoje pela primeira vez e amou, fiquei super orgulhosa até porque também amo banana. Mas logo bateu uma tristeza, pois não estava aproveitando essas primeiras coisas com meu filho e isso me deixou com culpa. Após desligar o telefone e soltar algumas muitas lágrimas, lavei o rosto e voltei pra quadra onde todos estavam jogando volley. Subi as arquibancadas e sentei para assistir. Logo me distrai com o celular vendo algumas fotos do meu bebê e então senti alguém sentando ao meu lado.

Lauren: você está bem? Está passando mal?

Camila: estou bem sim, porque?

Lauren: é que você saiu e Mani disse que foi ao banheiro e que você não pode participar da aula. Achei que estava sentindo algo. Fiquei preocupada. (ela ficou preocupada mesmo? é isso?)

Camila: obrigada por se preocupar, mas não precisa. Eu ainda não posso participar da aula, mas nem faço falta na verdade. Sou péssima em esportes hahahah.

Lauren: hahaha eu também não sou das melhores, mas até que gosto. Porque ainda não pode? Você tem algum problema de saúde? (perguntou me olhando preocupada).

Camila: humm...não...é...que...bem... (porra o que vou falar?)

Lauren: não precisa contar se não quiser, apesar de eu já imaginar o que seja. (como assim já imaginar? será que ela ouviu minha conversa com Mani?)

Camila: co...como assim? 

Lauren: você tá recém operada né? Colocou silicone? Desculpa, mas não tinha como deixar de reparar, mas seus seios são bem grandes. (o que? silicone? seios grandes?)

Dito isso a única coisa que eu conseguia fazer era dar risada. E muita, mas muita risada. Eu gargalhava de sair lágrimas.

Camila: hahahahaahha ai Lauren...haahahahahaha silicone? hahahahaha sério isso? hhaahahahha sério que achou isso? hshahahahhahahaha

Lauren: Camila porque tá rindo tanto...para que tá me fazendo ficar sem jeito. Desculpa, só achei isso rsrsrs

Camila: Lauren (falei já me recuperando) eu não tenho silicone, nem nada do gênero. Morro de medo de médico e só vou quando realmente preciso. Nunca faria uma cirurgia dessas por livre e espontânea vontade rsrsrs...não é por isso que não posso, mas também não posso contar o porque. Desculpa.

Lauren: tudo bem Camz, não precisa.

Camila: Camz? (ela me deu um apelido...que lindaaaaa).

Lauren: ai desculpa, é...quero dizer...Mila.

Camila: nãããããoooooo...pode me chamar de Camz. Eu amei, mas vamos fazer assim. Só você pode me chamar assim tá?

Lauren: ufa achei que não tivesse gostado. Então tudo bem, só eu posso te chamar assim Camz 

Camila: tudo bem Lolo. E eu te chamarei assim.

Nos olhamos e sorrimos. Fiquei perdida nos olhos dela e ela parecia também perdida nos meus...


Notas Finais


Meus capítulos estão meio grandes né???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...